PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 5 de maio de 2011

A ESTRADA


A ESTRADA

A estrada para a felicidade

Não é uma reta.

Há uma curva chamada, ódio...

Um trevo chamado, confusão...

Quebra molas chamado, amigos...

Faróis de advertências chamado, família

E pneus furados chamado, orgulho.

Mas..se você tiver um estepe

Chamado, AMOR...

Um motor chamado, CARIDADE...

E um motorista chamado, JESUS!

Você chegará a um lugar chamado PARAISO


A.D.

SALPICÃO DE FRANGO

O SOL E O VENTO


O SOL E O VENTO

O sol e o vento discutiam sobre
qual dos dois era mais forte e o vento disse:
-Provarei que sou o mais forte.
Vê aquele velho que vem lá embaixo
com um capote?
Aposto como posso fazer com que ele tire
o capote mais depressa do que você.
O sol recolheu-se atrás de uma nuvem
e o vento soprou até quase se tornar um furacão,
mas quanto mais ele soprava,
mais o velho segurava o capote junto a si.
Finalmente o vento acalmou-se
e desistiu de soprar.

Então o sol saiu de trás da nuvem e sorriu
bondosamente para o velho.
Imediatamente ele esfregou o rosto
e tirou o capote.
O sol disse então ao vento que a gentileza
e a amizade eram sempre mais fortes que
a fúria e a força.


(Autor Desconhecido)

Biane

CONSELHOS

*" Tenho um conselho valioso para dar aqui: se você acabou de conhecer um
rapaz, ficou com ele algumas vezes e já está começando a imaginar o dia do
seu casamento e o nome dos filhos, pare agora e me escute! Na próxima vez
que encontrá-lo, tente disfarçadamente descobrir como é sua barriga.
Se for musculosa, torneada, estilo “tanquinho”... Fuja!!!
Comece a correr agora e só pare quando estiver a uma distância segura... É
fria, vai por mim.
Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, ostentar uma barriguinha de
chopp. Se não, não presta. Estou me referindo àqueles que, por não colocarem
a beleza física acima de tudo (como fazem os malditos metrossexuais),
acabaram cultivando uma pancinha adorável. Esses, sim são pra manter por
perto. E eu digo por quê.
Você nunca verá um homem barrigudinho tirando a camisa dentro de uma boate e
dançando como um idiota, em cima de um balcão. Se fizer isso, é pra fazer
graça para turma e provavelmente será engraçado, mesmo. Já os “tanquinhos”
farão isso esperando que todas as mulheres do recinto caiam de amores – e eu
tenho DÓ das que caem. Quando sentam em um boteco, numa tarde de calor,
advinha o que os pançudos pedem para beber? CERVEJA!!! Ou coca-cola, tudo
bem também. MS você nunca os verá pedindo suco. Ou, pior ainda, um copo com
gelo, pra beber a mistura patética de vodka com “Clight” que trouxe de casa.
E você não será informada sobre quantas calorias tem no seu copo de cerveja,
porque eles não sabem e nem se importam com essa informação. E no quesito
comida, os homens com barriguinha também não deixam a desejar.
Você nunca irá ouvir um ah, amor... “Quarteirão” é gostoso, mas você podia
provar uma “Mc Salad” com água de coco. Nunca!!! Esses homens entendem que,
se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, você também não precisa
estar. Mais uma vez, REPITO: não é pra chegar ao exagero total e mamar leite
condensado na lata todo dia! Mas uma gordurinha aqui e ali não matará um
relacionamento. Se ele souber cozinhar, então, BINGO! Encontrou a sorte
grande, amiga. Ele vai fazer pra você todas as delícias que sabe, e nunca
torcerá o nariz quando você repetir o prato. Pelo contrário, ficará feliz!!!
OUTRA COISA FUNDAMENTAL
Homens barrigudinhos são confortáveis!
Experimente pegar a tábua de passar roupas e deitar em cima dela. Pois essa
é a sensação de se deitar no peito de um músculo besta. TERRÍVEL!!!
Gostoso mesmo é se encaixar no ombro de um fofinho, isso que é conforto. E
na hora de dormir de conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa
perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.
Homens com barriguinha não são metidos, nem prepotentes, nem donos do mundo.
Eles sabem conquistar as mulheres por maneiras que excedem a barreira do
físico. E eles aprenderam a conversar, a ser bem humorados, a usar o olhar e
o sorriso para conquistar. É por isso que eu digo que homens com barriguinha
sabem fazer uma mulher feliz.
PSICÓLOGO SEXUAL*

DIFERENÇA DO MACHO E O MUITO MACHO


DIFERENÇA DO MACHO E O MUITO MACHO


Todos ouvimos falar em alguém ser macho ou muito macho.
Mas você sabe realmente a diferença entre ambos?


MACHO - É chegar em casa tarde da noite, após uma festa com

os amigos, e ser recebido por sua mulher segurando uma

vassoura, e ter coragem de perguntar: "Ainda está limpando a

casa, ou vai voar para algum lugar?"



MUITO MACHO - É chegar tarde da noite em casa, após uma

festa com os amigos, cheirando a perfume e cerveja, batom

no colarinho, e ter coragem de dar um tapa na bunda da sua

mulher e dizer.... "Você é a próxima, gordinha!"

ESPERO QUE VOCÊ POSSUA...

Espero que você Possua...

Um coração que nunca endureça,
emoção que nunca pressione,
um toque que nunca magoe.

Um carinho que nunca envelheça,
uma doçura que não estacione,
um coração que, por vezes, perdoe.

Uma paixão que não enfraqueça,
um prazer que nunca relaxe,
um silêncio que nunca destoe.

Uma verdade que nunca encareça,
um medo que não ameace,
uma tristeza que não amontoe.

Uma amargura que não amanheça,
uma alegria que nunca entristeça,
uma fantasia que não voe.

Uma felicidade que não empobreça,
um desejo que nunca se apague,
e um amor que o abençoe...*
*
(Desconheço a autoria)

O PAPA E O NEGÃO

*O Papa e o Negão

O Papa chegou ao Brasil em missão não oficial *
*e alugou um carro com um
motorista negão.
**Ele tinha um compromisso e estava atrasado *
*e o motorista não passava de 80 Km/h., *
*e a toda hora o Papa falava pro Negão andar mais rápido e nada...
**E ele continuava nos 80 km/h . *
*Ai o Papa disse:
- Deixe que eu mesmo irei dirigindo. *
*E foi. *
*O Negão ficou no banco de trás *
*e o próprio Papa foi levando o carro a 140 km/h . *
*Lá na frente, um policial rodoviário mandou o Papa parar e, *
*quando viu quem era, resolveu passar um rádio pro chefe dizendo:
- Chefe peguei um cara importante voando na Dutra, *
*o quê que eu faço?!
**- Quem é... Um deputado? Perguntou o chefe.
**- Não chefe, é mais importante.*
*- É um senador?*
*- Não chefe, é mais importante ainda.*
*- Então, é um governador de estado!*
*- Que nada chefe, é mais importante ainda...*
*- Então só pode ser o próprio presidente!*
*- É mais importante que o próprio presidente, chefe...
**- Puxa, nesse caso então só pode ser o Papa!
- Que nada chefe. *
*O Papa é apenas o motorista dele. *
*Acho que é São Benedito.*

CRÉDITOS: http://groups.google.com/group/turmadobafometro/msg/9c0112ed59d587b2

HORA DO RISO

*O Aposentado e o Brotinho no banco.*

*Autor: Roberto Rabat Chame *


*A semana passada estava entrando num banco para ver se tinha restado algum
trocado, *

*até o dia da "viúva" (INSS) fazer o depósito, *

*foi quando uma linda garota de uns quarenta anos, **minissaia, entrou na
fila dos caixas, *

*imediatamente sai da fila dos idosos e também entrei na mesma fila. *

*Em pouco tempo ela olhou para trás e sorrindo e disse:*

* - Porque o senhor não utilisa a fila dos idosos?*

* - Você sabe para que lugar eu tive vontade de mandá-la, não é? *

*Porém, mantive a calma e usei toda minha experiência. *

*Puxei papo e resolvi inventar, para impressionar. *

*Falei das minhas "experiências como comandante de navio de cruzeiro" *

*- semana passada havia lido um livro sobre um comandante de navio de
turismo. *

*Sabia tudo a respeito.*

*- Uau! o senhor foi comandante de transatlântico?*

* - Só por vinte e dois anos. - respondi expressando uma certa indiferença
pelos anos de trabalho, *

*mas sentindo que tinha capturado a presa, era só abater e comer. *

*- Nossa! e com essa sua pinta o senhor deveria certamente, agradar muito o
**público feminino, *

*nas noites de jantar com o comandante.*

* - Boquiaberto só pude responder: Hã? *

*- distraído, eu estava de olho fixo no decote da jovem que exibia,
exuberantemente, seus lindos seios. *

*Ela me pegou no flagra. Eu sem graça e ela não fez por menos!*

*- O senhor ficou vermelho! Ficou até mais bonito. *

*Aliás, o senhor deveria fazer um teste na televisão.*

* Eu estava perplexo e apavorado, depois dos sessenta, isto acontece uma só
vez antes da morte. *

*Aquele avião pronto para decolar e eu sem condições nem mesmo de efetuar o
chek in. *

*Sim, não sabia ao certo quanto teria na conta corrente... *

*Quanto estaria custando um Viagra? *

*Onde poderia arrumar duzentão, até o dia do depósito da "viuva"?... *

*Quanto estariam cobrando um apê no motel? *

*Será que se chamar um táxi pega bem? Comecei a suar frio.*

*- Eu, artista de televisão? *

*- Sim! o senhor lembra aquele famoso galã dos anos cinquenta, *

*que minha avó me mostrou na revista "Rainha do Rádio". *

*Ela tem verdadeira paixão por essas revistas. *

*Adorava Marlene, Emilinha Borba... Deus nos livre de alguém mexer nas suas
revistas. *

*Ela guarda a sete chaves, com o maior carinho. *

*O senhor é saudosista também?*

* - Sim! Mas, você ta me gozando. Galã dos anos cinquenta? *

*- Verdade... não me lembro bem o nome, só sei que ele fazia filmes para o
cinema, era muito famoso. *

*Ma..Mário, não era. Era alguma coisa como... ah sim, tinha dois zz no nome.
*

*- Mário Gomezz (Apelei)?*

*- Não, não era este o nome. *

*Ahhh lembrei...*

* Mazzaropi? Isto Mazzaropi! Mazzaropi era um galã, não era?*

* - Betão, nesta hora minha autoestima fez um buraco no chão e foi parar na
terra do sol nascente. *

*Pô, quando ela disse que eu parecia galã dos anos cinquenta, pensei num
Paulo Gracindo, Paulo Autran, ou algum Antonio Fagundes da vida.*

* Mas, Mazzaropi? ...PQP foi de fuder. *

*Mas, até aí tudo bem, para pegar aquele avião eu ia de Mazzaropi mesmo..*

* O meu fabuloso programa da tarde só veio a acabar, quando ela
incautamente, *

*derrubou um livro que tinha na mão. *

*Eu, como um verdadeiro cavalheiro, inventei de abaixar para apanhá-lo. *

*Só que esqueci as recomendações do meu ortopedista sobre minhas artroses e
artrites, *

*que quando eu me abaixasse, o fizesse de uma forma bem vagarosa. *

*Enquanto o livro descia, eu mais que depressa, inventei de pegá-lo na
altura dos joelhos desnudos da jovem. *

*- Só escutei a frase dela: "uau! que reflexo - você parece um garotão!".*

* - Ouvi esta frase, e mais dois sons. *

*Um som abafado da região da minha coluna que travou no ato, *

*e o som estridente de um prolongado peido que alem de sinalizar a frouxidão
do rabo *

*lembrou-me da intensa dor na coluna. *

*E quem disse que eu conseguia endireitar o corpo, nem chamando o Carvalhão.
*

*Arcado, tentava me endireitar e peidava. *

*Tentava, e novamente peidava. *

*Pô, o pior, que há pouco tinha almoçado num restaurante alemão. *

*Imagina o odor?*

* A jovem vendo que a situação não reverteria, *

*tirou os dois dedos que apertavam suas narinas, *

*apanhou o celular e discou para o SAMU. *

*Fim de um provável romance... *

*Você ta rindo por que não foi com você.*

FONTE: http://groups.google.com/group/turmadobafometro/msg/b33b6a66fa496c31


O RETIRANTE

O retirante

Caio Lucas & Aisha


Lá está ele a beira da estrada carregando a vida bruta,
vez ou outra caminha ao lado da cerca de palmas,
alimento que resta e divide com outro animal,
sua boca não tem fala, nem lamentos, os pés sem rumo.

Vestem as mãos
os calos que mostram o trabalho
com a força do sangue que rega a terra
que seca descansa sob o sol que castiga.

Na cacimba larga o lamento velando a morte do olho d´agua,
o choro na terra já não existe, não molha,
enquanto um sol inteiro invade margeando os sonhos,
fica a seca, a boca sem alimento, as palavras sem som.

No rosto, o cansaço aparente,
na pele, os mesmos desenhos do solo ressequido pelo tempo,
na alma, o calor que alimenta o corpo que a fome maltrata,
caminha o retirante levando às costas o mundo que conhece.

A lua corta o céu em pedaços traçando caminhos sem nuvens,
sua reza é forte, seus deuses parecem surdos,
os pés sagram nas rachaduras impregnadas de terra vermelha,
a teimosia não deixa a vida, seu corpo segue seu destino.

Passo a passo, planta suas esperanças seguindo a trilha velha
deixando suas raízes na semente que não germinou,
carrega na alma somente imagens semi-apagadas
do sofrimento e da terra que os seus deixaram de herança.

No rosto a tristeza marca com rugas rasgando a pele dura,
nos olhos sem esperança nenhum alento,
o vento veio fraco noite passada, do calor sobe o mormaço,
na barriga apenas o ronco da fome que mata.

E pensa o homem castigado pela vida que lhe cobra em juros,
muda-lhe o destino lançando-o longe de sua origem.
E em meio a tantos novos sonhos, ganha nova identidade
tornando-se apenas mais um a gritar por dignidade e pão.

Perdido na imensidão da cidade grande,
seu roçado anda sumido na noite da sua imaginação,
os sonhos secaram como as matas da caatinga,
restou um céu com goteiras do teto de um barraco velho.

Uma gota, parte de um mar criado pela dura seca
que lhe tirou a vida convertendo-o em pó somente,
e na terra de seus ancestrais
apenas a morte alimentada por velhas sementes...

03/02/2006

Formatado por/ Caio Lucas

http://twitter.com/caiocaiolucas
http://www.youtube.com/caiolucas02
http://mais.uol.com.br/poetacaiolucas
http://www.recantodasletras.com.br/autores/caiolucas
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=37789687

fonte:http://groups.google.com/group/turmadobafometro/msg/7c1453b65e4cdb05?pli=1

FELIZ ANIVERSÁRIO!! PARABÉNS VITÓRIA


VITÓRIA,
FELIZ ANIVERSÁRIO!!
PARABÉNS!!

Dia Nacional das Comunicações 5 de maio

Comunicação é o ato de transmitir ou receber mensagens através de um tipo de linguagem: linguagem falada, linguagem musical, linguagem gestual, e outras. Os seres humanos se comunicam principalmente por meio da linguagem falada.

Nos tempos atuais, podemos nos comunicar instantaneamente com qualquer parte do mundo. Para isso dispomos de vários meios de comunicação. Os principais são:

O telefone: inventado por Alexander Graham Bell, permite a conversação à distância. Seu aperfeiçoamento possibilita chamadas locais, interurbanas e in­ternacionais. O telefax, ou fax simplesmente, permite a reprodução, por telefone, de um texto qualquer. Usando telefones equipados com televisão, as pessoas podem se ver enquanto conversam.

O telégrafo: é um aparelho que transmite mensagens a grandes distâncias. Foi o primeiro método usado para enviar mensagens usando a eletricidade. Em 1837, Samuel Morse enviou sinais à distância de 518 metros, sem utilizar fios; era o telégrafo experimental. Ele criou ainda o Código Morse, um conjunto de sinais que representa as letras do alfabeto, usado para transmitir mensagens telegráficas.

O correio: repartição que recebe e envia correspondência, cargas e valores. Na Antigüidade, as notícias eram levadas por corredores ou mensageiros a cavalo. Em 1840, a Inglaterra emitiu o primeiro selo postal, em que figurava a Rainha Vitória. O primeiro país da América a emitir selos foi o Brasil (1843). Hoje o correio é imprescindível à sociedade.

A radiodifusão: permite o envio de sons - mensagens faladas, músicas e sinais de comunicação -, através de ondas de rádio que se propagam no ar, para o mundo inteiro. Os primeiros sinais radiofônicos foram transmitidos por, Guglielmo Marconi, físico italiano, em 1896. No Brasil, a primeira transmissão aconteceu em 1922, mas o rádio só foi ao ar comercialmente em 1923, com a emissora Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, fundada por Roquete Pinto e Moritzi.

A televisão: transmite imagens e sons. É um dos meios de comunicação mais importantes da atualidade pelo grande número de pessoas que atinge. Por meio de circuitos fechados, escolas, empresas e outras instituições usam a tevê com objetivos específicos. No Brasil, a televisão teve início em 1950 com a TV Tupi, canal 3, de São Paulo, emissora pertencente aos Diários Associados.

A imprensa: teve muita importância para o desenvolvimento cultural da humanidade. A imprensa surgiu na Alemanha, com Johannes Gutenberg, a quem se deve a invenção da tipografia. Gutenberg começou a imprimir livros por, volta de 1450. Os livros, que antes eram escritos à mão, passaram a ser feitos em série. Até 1890, o processo era manual. Hoje em dia, máquinas modernas imprimem rapidamente milhões de livros, jornais e revistas, e a imprensa transformou-se em importante veículo de informação e educação.

Além do rádio, da televisão e da imprensa, também o cinema integra os chamados meios de comunicação de massa, responsáveis por uma verdadeira revolução nas comunicações no início do século XX, que tornou possível a transmissão rápida de notícias e informações a uma quantidade muito grande de pessoas.

fonte http://iaracaju.infonet.com.br/users/stocker/comunicacoes.htm

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK