PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 8 de maio de 2011

HORA DO RISO

*Viajando com a sogra *

O guarda rodoviário manda o sujeito parar o carro:
- Seus documentos, por favor. O senhor estava a 130 km/h e a velocidade
máxima nesta estrada é 100.
- Não, seu guarda, eu estava a 100, com certeza.
Mas a sogra, no banco de trás, corrige:
- Ah, JOÃO ANDRÉ, que é isso! Você estava a 130 ou mais!

O sujeito olha para a sogra com o rosto fervendo.
- E sua lanterna direita não está funcionando...
- Minha lanterna? Nem sabia disso. Deve ter pifado aqui na estrada.
A sogra insiste:
- Ah, JOÃO ANDRÉ, que mentira! Você vem falando há semanas que precisa
consertar a lanterna!

O sujeito está fulo e faz sinal à sogra para ficar quieta.
- E o senhor está sem o cinto de segurança.
- Mas, seu guarda, eu estava com ele. Eu só tirei para pegar os documentos!
- Ah, JOÃO ANDRÉ, deixa disso! Você nunca usa o cinto!

O sujeito não se contém e grita para a sogra:
- CALA A BOCA !!!

O guarda se inclina e pergunta à senhora:
- Ele sempre grita assim com a senhora?

- *Não, seu guarda; só quando bebe... *

HORA DO RISO

O MORDOMO...


O velho Conde retornando de seu passeio matinal, chega à sua mansão e é recebido pelo seu mordomo, que, desmedidamente respeitoso, com um largo sorriso, abre-lhe a porta e, de cabeça abaixada, o saúda:
- Entre, seu filho de uma grande puta!!! De onde é que a porra do
Conde vem com essa cara de viado velho?
E o Conde, sorridente, lhe responde:
Do OTORRINO... Acabo de comprar um aparelho auditivo!!!

CENTRO EDUCACIONAL CEL. PEDRO GUEDES ALCOFORADO - CNEC DE ARACOIABA - "HISTÓRICO"

A CNEC surgiu em 29 de julho de 1943 no Recife, Pernambuco, do ideal de um grupo de estudantes universitários, liderados por Felipe Tiago Gomes. Naquela época, constatando ser a escola privilégio dos ricos, este grupo universitário resolveu oferecer ensino gratuito aos pobres, fundando assim a primeira unidade do sistema, o Ginásio Castro Alves. Os alunos sedentos do saber recebiam os ensinamentos de mestres voluntários que dividiam o que sabiam com quem tinha vontade de aprender.
O sonho desse grupo de jovens tornou-se em bandeira de luta cívica pela democratização do ensino no país e transformou-se numa verdadeira cruzada nacional em favor do ensino gratuito, abrindo espaço para as comunidades pobres terem acesso ao saber; como dever de cidadania e de fraternidade cristã.
O empenho dos estudantes universitários na divulgação deste ideal se propagou pelo país, conquistando fortes adesões praticamente em todos os estados brasileiros.
Inicialmente denominada CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS GRATUITAS (CNEG), em 1969 houve a mudança para CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE (CNEC). A expressão gratuito já não correspondia a realidade do trabalho, uma vez que eram as comunidades que proviam a parte mais significativa das despesas.

O sonho dos ideais cenecista chegaram a Aracoiaba em meados dos anos 60 do séc. XX. No dia 03 de agosto de 1968, foi fundada a CNEC de Aracoiaba pela diretoria do setor local, cujo presidente era o senhor Nilo Alves de Oliveira e pelos membros: Manoel Silvestre, Francisco Augusto de Oliveira (pai de Dr. Elson Paiva), Antonio de Oliveira e a Profa. Iraci Costa. Para diretor do educandário foi escolhido o Dr. José Elson Paiva de Oliveira, promotor público e professor. Homem culto e de extrema inteligência, implantou o sistema de educação com muita disciplina e austeridade (sua marca registrada), tanto na sede do município como nos anexos dos distritos de ideal, jaguarão, jenipapeiro e pedra branca. Outra pessoa muito importante para a escolha de Dr. Elson como primeiro diretor da CNEC, foi a professora Pedrina Correia. Foi ela também quem organizou o primeiro quadro de professores da CNEC, do qual ela fazia parte juntamente com as professoras: Zélia Paiva, Teresinha Oliveira, Maria Nelsa Rocha e o próprio Dr. Elson. Para compor a primeira turma de alunos (1968), houve provas de seleção na cidade de Baturité. Inicialmente as aulas começaram no prédio do antigo posto de saúde, alugado, que era de propriedade do senhor Cesar Guedes Alcoforado ( filho do Cel. Pedro Guedes Alcoforado) e que posteriormente foi comprado tornando-se definitivamente a sede da CNEC de Aracoiaba; ficava localizado na praça 16 de agosto. No inicio da década de 70, a CNEC impantou o 2º grau nos cursos de administração e contabilidade para complementar mais ainda o saber e o currículo escolar de seus alunos, e contava com a colaboração de profissionais formados nas mais diversas áreas. Além do lado educacional, a CNEC também ficou marcada pelos eventos sociais e esportivos que proporcionava não só a seus alunos, como a sociedade aracoiabense de um modo geral.
Quem não se lembra do carnaval de 1974, quando era prefeito o Dr. Gerardo Melo e a 1ª dama dona Nicinha, que ajudou a proporcionar o carnaval da CNEC quando foram organizados dois blocos carnavalescos: “Canecão” e “Ossos do Barão” (os únicos até hoje criados em nossa cidade). Houve desfile pelas ruas da cidade com a participação do “Rei do carnaval” representado pelo senhor José Leite da Silva (Zé da Lica) e da “Rainha” representada pela jovem Maria Cacilda Florencio.
Quem não se lembra dos desfiles para a escolha da mais bela cenecista; Aracoiaba sempre foi bem representada pela beleza feminina tendo em várias oportunidades ganho este concurso com as jovens: Vilani Silveira, Lúcia Firmino, Celma Nascimento, Sandra Helena e Karlana Prado, vencedoras da mais bela cenecista regional; e da jovem Rita Ferreira vencedora da mais bela cenecista do Ceará.
Quem não se lembra dos jogos cenecista que eram realizados anualmente e unia num espírito esportivo toda a comunidade cenecista do Ceará. a CNEC de Aracoiaba sempre se destacou nesses jogos chegando a ser campeã cearense e representar o Estado a nível de Nordeste (Piaui) e a nível Nacional (Rio de Janeiro).
Quem não se lembra dos desfiles de 07 de setembro e da “Banda da CNEC”, que tocava para o ritmo da marcha e era inconfundível.
Quem não se lembra dos “Centros Cívicos” que movimentaram a juventude cenecista dos anos 80 e proporcionaram a sociedade aracoiabense algumas das maiores festas sociais da nossa cidade. das festas animadas pela Eliane ( a rainha do fórro); do Beto Barbosa (o rei da lambada); da Gretchen ( a rainha do bumbum – ícone musical e símbolo sexual da época); das memoráveis festas de término de curso com as melhores bandas de Fortaleza e da região . . . além das tertúlias, que marcaram uma geração e eram realizadas todos os sábados à noite, após a santa missa, na quadra da CNEC.
Quantos alunos não passaram pelos bancos da CNEC e através dos ensinamentos ali aprendidos, venceram na vida e hoje se destacam em cargos ou funções importantes por todo o Brasil. Infelizmente, no início da década de 90, Dr. Elson adoeceu e ficou impossibilitado de continuar comandando a escola que ele tanto amava e que dedicou a sua vida. Em substituição, assumiu a direção o professor Isaias Braz de Almeida que ali permaneceu por pouco tempo. O diretor geral da CNEC no Ceará, posteriormente, vendeu esse educandário para a Prefeitura de Aracoiaba e em janeiro de 2002, passou a se chamar Escola Municipal Coronel Pedro Guedes Alcoforado.
Foram tantos os momentos que marcaram os 33 anos de atividades da CNEC em Aracoiaba, que seria impossível descrevê-los em tão poucas linhas; resta-nos o reconhecimento e agradecimento para com todos aqueles que contribuíram para a existência desta escola e em especial, em memória do saudoso Dr. Elson Paiva de Oliveira. Eterno diretor e benfeitor da CNEC que construiu através desta escola, pilares na educação de Aracoiaba que o tempo não pode apagar.

Prof. Jorge Luiz Florenço Alves
Historiador

FONTE: http://rosemarysantanamatos.ning.com/profiles/blogs/centro-educacional-cel-pedro

FELIZ DIA DAS MÃES


FONTE: http://rosemarysantanamatos.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

DIA DAS MÃES - ORIGEM

O Dia das Mães também designado de Dia da Mãe teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte-americana, Anna Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia das Mães se alastrou por todos os Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de Maio

AQUI TEM O RESTANTE DA MATÉRIA: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_M%C3%A3es

JOERGENSON, FELIZ ANIVERSÁRIO !!!



APROVEITE O DIA DE HOJE PARA FAZER UM BALANÇO DA SUA VIDA: REPENSE OS SEUS ERROS E RELEMBRE OS SEUS ACERTOS, PERDOE-SE PELOS FRACASSOS E ORGULHE-SE DE SUAS VITÓRIAS. E ENTENDA QUE ERROS, ACERTOS, FRACASSOS E VITÓRIAS SÃO A SUA HISTÓRIA, A HISTÓRIA DA SUA VIDA. E, POR ISSO, DEVEM SER VALORIZADOS POR IGUAL. SEM ELES VOCÊ NÃO SERIA QUEM É HOJE.

DESEJO A VOCÊ MUITA PAZ, SAÚDE, ALEGRIA E, CLARO, MUITO AMOR.

FELIZ ANIVERSÁRIO! PARABÉNS!!

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK