PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 20 de maio de 2011

QUEM SOU EU??

QUEM SOU EU?



Nesta altura da vida já nao sei mais quem sou... Vejam só que dilema!!!
Na ficha da loja sou CLIENTE, no restaurante FREGUES, quando alugo uma casa INQUILINO, na conduçao PASSAGEIRO, nos correios REMETENTE, no supermercado CONSUMIDOR.
Para a Receita Federal CONTRIBUINTE, se vendo algo importado CONTRABANDISTA. Se revendo algo, sou MUAMBEIRO, se o carne tá com o prazo vencido INADIMPLENTE, se nao pago imposto SONEGADOR. Para votar ELEITOR, mas em comícios MASSA, em viagens TURISTA, na rua caminhando PEDESTRE, se sou atropelado ACIDENTADO, no hospital PACIENTE. Nos jornais viro VÍTIMA, se compro um livro LEITOR, se ouço rádio OUVINTE. Para o Ibope ESPECTADOR, para apresentador de televisao TELESPECTADOR, no campo de futebol TORCEDOR..
Se sou Fluminense, Botafogo ou Vasco, SOFREDOR. Agora, já virei GALERA. (se trabalho na ANATEL , sou COLABORADOR) e, quando morrer... uns dirao... FINADO, outros ..... DEFUNTO, para outros .... EXTINTO, para o povao ... PRESUNTO. Em certos círculos espiritualistas serei ... DESENCARNADO, evangélicos dirao que fui ...ARREBATADO.

E o pior de tudo é que para todo governante sou apenas um IMBECIL !!! E pensar que um dia já fui mais EU.

Luiz
Fernando Veríssimo
.

O PODER DE UM CRACHÁ

O PODER DE UM CRACHÁ

Um policial federal vai a uma fazenda e diz ao dono, um velho fazendeiro:

- Preciso inspecionar sua fazenda. Há uma denúncia de plantação ilegal de maconha.
O fazendeiro diz:
-Ok, mas não vá naquele campo ali." E aponta para uma determinada área.
O oficial P...' da vida diz indignado:

- O senhor sabe que tenho o poder do governo federal comigo?"
e tira do bolso um crachá mostrando ao fazendeiro:
-Este crachá me dá a autoridade de ir onde quero..... e entrar em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? me fiz entender?"
O fazendeiro todo educado pede desculpas e volta para o que estava fazendo.
Poucos minutos depois o fazendeiro ouve uma gritaria e vê o oficial do governo federal correndo para salvar sua própria vida perseguido pelo Santa Gertrudes, o maior touro da fazenda. A cada passo o touro vai chegando mais perto do oficial, que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O oficial está apavorado.
O fazendeiro larga suas ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:
- "Seu Crachá, mostra o seu CRACHÁ!”

DIÁRIO DE UMA DOMÉSTICA...

DIÁRIO DE UMA DOMÉSTICA...

Aproveitando a ausência dos patrões, Dircinéia pega o telefone e fofoca com a amiga Craudete:


-Oi Crau, hoje de manhã eu fui à feira. Antes de sair, meu patrão me pediu para eu trazer figo.


Aí eu perguntei:

- Figo fruta ou bife de figo?

- O home ficou uma fera.

Gente fina, seu Adamastor, num ligo não.
Ele tem sistema nervoso. Também, com um emprego chato daqueles, vou te contar.
Ele é Fiscal da Receita. Deve ser um saco ficar conferindo receita de médico o dia inteiro.


Depois chegou o Adamastorzinho, o filho mais novo deles. Acabou de ganhar um carro todo equipado. Tem roda de maionese, farol de pilha, teto ensolarado e trio elétrico. Não sei por que trio elétrico num carro deve ser porque ele gosta de música baiana.



- Cê num sabe da úrtima? Eu discubri que aqui nessa mansão que eu trabaio é tudo fachada!

- Como assim, Dircinéia ? - pergunta a colega, confusa.

- Nada aqui é dos patrão ! Tudo é imprestado! TUDO! Cê cridita numa coisa dessas ? Óia só: a rôpa que o patrão usa é dum tal de Armani... a gravata é dum tal de Perre Cardine... os moveis são do tal Luis quinzi, o carro é de uma tal de mercedes... nadica de nada é deles.

- Nooooossa, que pobreza!

- E além de pobre, eles são muito inxibido, magina que ôtro dia eu escutei o 'patrão no telefone falano que tinha um Picasso.

- E num tem?

- Que nada, fia... é piquinininho de dá dó !'

TENTE LER SEM ERRAR

Tente ler sem errar:


O gato assim fez
O gato é fez
O gato que fez
O gato se fez
O gato mantém fez
O gato um fez
O gato anormal fez
O gato ocupado fez
O gato por fez
O gato dez fez
O gato segundos fez


Agora leia somente a terceira palavra de cada uma das frases e...


Certamente você não resistirá à tentação de reenviá-lo.

Obs:- E não adianta "chiar" achando que isso é coisa de quem não tem o que fazer !!!

CONHEÇA AS TRÊS UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR:

CONHEÇA AS TRÊS UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR:


03 coisas que você nunca soube sobre seu celular.
Será útil manter essas informações com você.
Existem algumas coisas que podem ser feitas em caso de emergência.
Seu celular é uma ferramenta que pode salvar sua vida.
Veja o que ele pode fazer por você:

Emergência I:
O número universal de emergência para celular é 112
Se você estiver fora da área de cobertura de sua operadora e tiver alguma emergência, disque 112 e o celular irá procurar conexão com qualquer operadora possível para enviar o número de emergência para você, e o mais interessante é que o número 112 pode ser digitado mesmo se o teclado estiver travado. Experimente!

Emergência II: *3370#
Vamos imaginar que a bateria do seu celular esteja fraca. Para ativar, pressione as teclas: *3370#
Seu celular irá acionar a reserva e você terá de volta 50% de sua bateria. Essa reserva será recarregada na próxima vez que você carregar a bateria.

Emergência III: *#06#
Para conhecer o número de série do seu celular, pressione os seguintes dígitos: *#06#
Um código de 15 dígitos aparecerá. Este número é único. Anote e guarde em algum lugar seguro. Se seu celular for roubado, ligue para sua operadora e dê esse código. Assim eles conseguirão bloquear seu celular e o ladrão não conseguirá usá-lo de forma alguma. Talvez você fique sem o seu celular, mas pelo menos saberá que ninguém mais poderá usá-lo.. Se todos fizerem isso, não haverá mais roubos de celular.



PS: Essas informações não são conhecidas, por isso passe para seus amigos e familiares.

APRENDA A DAR UMA MÁ NOTÍCIA

Aprenda a dar uma má notícia:


- Alô, Sô Carlos? Aqui é o Uóshito, casêro do sítio.

- Pois não, Seu Washington. Que posso fazer pelo senhor? Houve algum problema?

- Ah, eu só tô ligano para visá pro sinhô qui o seu papagai morreu.

- Meu papagaio? Aquele que ganhou o concurso?

- Êle mermo.

- Puxa! Que desgraça! Gastei uma pequena fortuna com aquele bicho! Mas morreu de
que?

- Dicumê carne istragada.

- Carne estragada? Quem fez essa maldade? Quem deu carne para ele?

- Ninguém. Ele cumeu a carne dum dos cavalos morto.

- Cavalo morto? Que cavalo morto, seu Washington?

- Aquele puro-sangue qui o sinhô tinha! Eles morrero de tanto puxá carroça
dágua!

- Tá louco? Que carroça d'água?

- Prapagá o incêndio!

- Mas que incêndio, meu Deus?

- Na sua casa, uma vela caiu, aí pegô fogo nascurtina!

- Caramba, mas aí tem luz elétrica! Que vela era essa?

- Do velório!

- De quem?

- Da sua mãe! Ela apareceu aqui sem avisá e eu dei um tiro nela pensando que era
ladrão!

- Meu Deus, que tragédia! - e o homem começa a chorar.

- Peraí sô Carlos, o sinhô num vai chorá pur causa dum papagai, vai?

VOCÊ TEM DUAS OPÇÕES: RIR OU REFLETIR

Nesta crônica de Millôr Fernandes você tem duas opções: rir ou refletir! (adaptado)

Uma família de tartarugas decidiu sair para um piquenique. As tartarugas, sendo naturalmente lentas, levaram 7 meses preparando-se para o passeio. Passados 6 meses, após acharem o lugar ideal, ao abrirem a cesta de piquenique descobriram que estavam sem sal.

Então, designaram a tartaruga mais nova para voltar à casa e pegar o sal, por ser ela a mais rápida. A pequena tartaruga lamentou, chorou e esperneou, mas concordou em ir com uma condição: que ninguém comeria até que ela retornasse.
Três meses se passaram… Seis meses… E a pequenina não tinha retornado. Ao sétimo mês de sua ausência, a tartaruga mais velha já não suportando a fome, decidiu desembalar um sanduíche
Nesta hora, a pequena tartaruga saiu de trás de uma árvore e gritou:
- Viu! Eu sabia que vocês não iam me esperar. Agora que eu não vou mesmo buscar o sal.
Pense bem! Algumas vezes em nossa vidas as coisas acontecem da mesma forma. Desperdiçamos nosso tempo esperando que as pessoas vivam à altura de nossas expectativas.
Ficamos tão preocupados com o que os outros estão fazendo que deixamos de fazer o que nos compete.

“Não venci todas as vezes que lutei, mas perdi todas as vezes que deixei de lutar!”

e-mail

A MOTO



*O inventor da moto Harley-Davidson, Arthur Davidson, morreu e foi para o céu.

Ao chegar lá, São Pedro disse-lhe:
- Meu filho, foste um bom homem e as tuas motos mudaram o mundo, pode**s**fazer um pedido:
*
*Arthur pensou um pouco e disse:
- Quero encontrar-me com Deus!*
*São Pedro levou Artur até a sala do trono e apresentou-o a Deus.
Deus reconheceu Arthur e disse-lhe:
- Então inventaste a Harley-Davidson?
Arthur respondeu: - É verdade, fui eu ..*

*Deus comentou: *

*Não foi uma boa invenção...*

*É um veículo instável, barulhento e poluidor. Manutenção complicada, alto consumo...*

*Arthur ficou aborrecido com o comentário e retrucou:*

*
- Desculpe-me, mas não foi o senhor que inventou a mulher?*

*- Sim, fui eu! - Responde Deus. *

*- Bem, aqui entre nós, de profissional para profissional, você também não foi nada feliz na sua invenção!*

*
- Há muita inconsistência na suspensão dianteira;**

**- É muito barulhenta e tagarela em altas velocidades;*

*- Na maioria dos casos, a suspensão traseira é muito macia e vibra demais;*

*- A área de lazer está localizada perto demais da área de reciclagem;*
*- Os custos de manutenção são exorbitantes. *


*Deus refletiu e respondeu: *

*- Sim, é verdade que o meu invento tem defeitos, mas de acordo com os dados que levantei, há muito mais homens montados na minha invenção do que na tua*

O CÃO FOFOQUEIRO

*O CÃO FOFOQUEIRO*

*Um rapaz maranhense vai para os Estados Unidos para cursar a Universidade,
mas já na metade do 1° semestre acaba o dinheiro que o pai lhe deu.
Aí ele tem uma idéia brilhante. Telefona ao pai e sai com esta:*
*
**- Pai, você não pode acreditar nas maravilhas da moderna educação neste
país. *
*Pois não é que aqui eles tem um curso para ensinar os cachorros a falar?
O pai, um sujeito simplório, fica maravilhado:
- E como é que eu faço para que aceitem o Rex aqui de casa?
- É só mandar ele para cá com U$5.000 que eu faço a matrícula.
E o pai, é claro, cai na conversa, e segue a orientação do filho. *
*
**Passados mais alguns meses, o rapaz torra a grana e liga outra vez:
- E daí, meu filho? Como vai o Rex?
- Fala pelos cotovelos, pai. Mas agora abriram outro curso aqui, para os
cachorros aprenderem a ler.
- Não brinque! E podemos matricular o Rex?
- Claro! Mande-me U$ 10.000 e deixe comigo!
E o velho, mais uma vez, manda o dinheiro.*
*
**O tempo vai passando, o final do ano vai chegando, e o rapaz se dá conta
que vai ter que explicar
O cachorro, é claro, não fala uma palavra, não lê porra nenhuma, enfim,
continua como sempre.*
*
**Sem nenhuma consideração, solta o pobre bicho na rua e pega o avião de
volta para casa.
A primeira pergunta do pai não podia ser outra:
- Onde está o Rex? Comprei uma revista sobre animais em inglês, para que ele
leia para mim.*
*
**- Pai, você não imagina... Já tinha tudo pronto para a viagem de volta,
quando vi o Rex no sofá, lendo o New York Times,como fazia todas as manhãs.
E aí ele me saiu com esta:
**- Então, vamos para casa... Como será que está o seu velho? Será que ainda
continua comendo aquela viúva que mora na casa da frente?*
*E o pai, mais do que rapidamente:
- Mas que cachorro lazarento... espero que você tenha metido uma bala nesse
filho da puta, antes que ele venha falar com tua mãe!*
*
**- Mas é claro, pai. Foi o que eu fiz!
- É assim que se procede, filho! ...*
*
**Dizem que o rapaz se formou com louvor, e tornou-se um político de renome
no Maranhão, chamado José...*S...

FONTE: http://groups.google.com/group/turmadobafometro/msg/d4a753d223bfcea0?pli=1

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK