PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

CONFRATERNIZAÇÃO DOS PROJETOS DA AJA























0XX85 3337.1208





Salada de Batata a minha moda


Salada de Batata a minha moda
Ingredientes
500 gr de batata descascada cortada em cubos e cozida
2 maçãs com casca cortada em cubos
 (acrescentar suco de um limão para não escurecer a maçã)
2 cenouras grandes raladas 
50 gr de uva passa branca
50 gr de uva passa preta
3 colheres de sopa bem cheias de maionese
1 caixa de creme de leite
1 copo de Iogurte Natural
Sal a gosto
Para decorar:
Alface Americana
Batata Palha
Cozinhe as batatas, porém não muito, o ponto certo é o ponto firme, para que não as despedace muito.
Corte as maçãs em cubos, e acrescente suco de um limão,para que as maçãs não escureçam.
Tire a casca da cenoura e rale-as em um ralador fino. Reserve

Numa tigela, misture todos os ingredientes, até o creme encorpar.


 Numa Travessa, coloque a alface ao redor, acomode a salada de batatas e finalize com batata palha!
"Esta salada é uma ótima pedida para o Verão!.. meio agridoce, geladinha.. pode até ser servida no lanche de fim de tarde!! Aqui em casa é um sucesso só! "

CONFRATERNIZAÇÃO DA ESCOLINHA DE FUTSAL NO PETISCAR

..

Confraternização da Escolinha de Futsal e Voleibol da AJA - Associação dos Jovens de Aracoiaba, na pousada do Petiscar em Aracoiaba.

HORA DO RISO

O professor começa a sua aula. * Hoje vamos falar de órgãos do corpo! humano que são números pares. Por exemplo, nós temos dois olhos, dois é par. Mariazinha, dê outro exemplo de órgãos pares. * As orelhas - responde Mariazinha. * Muito bem! Outro exemplo, Juquinha. * Os ovos. O professor fica meio acabrunhado, mas aceita a resposta. * Tudo bem, Juquinha. Joãozinho, outro exemplo. * O pinto, professor. * Peraí, Joãozinho, nós só temos um pinto! O meu pai tem dois: um pequenininho que ele usa pra fazer xixi e um grandão que mamãe usa pra escovar os dentes.

Fim de ano, superstições e simpatias...

Olá Amigos!!

Você acredita em superstições e simpatias? Vejam algumas aqui, superstições e simpatias para final de ano...

Acredita-se que comer lentilha traz sorte, pois, como é um alimento que cresce, faz a pessoa crescer também;

Uma das simpatias mais comuns feitas no Ano Novo para atrair dinheiro é a da romã. Chupe sete sementes na noite de Réveillon, embrulhe todas num papel e guarde o pacotinho na carteira para ter dinheiro o ano inteiro;

O consumo de aves, como o peru e o frango, e o de caranguejo não é indicado na ceia de Ano Novo.

Como esses animais ciscam ou andam para trás, acredita-se que quem comê-los regride na vida;

Guarde uma folha de louro na carteira durante o ano inteiro para ter sorte;

Coma três uvas à meia-noite, fazendo um pedido para cada uma delas;

Jogue moedas da rua para dentro de casa para atrair riqueza;

Dê três pulinhos com uma taça de champanhe na mão, sem derramar nenhuma gota, e jogue todo o champanhe para trás para deixar tudo o que for ruim no passado;

Passe as 12 badaladas em cima de uma cadeira ou banquinho e depois desça com o pé direito;

Pule num pé só (o direito), à meia-noite, para atrair coisas boas;

Não passe a virada do ano de bolsos vazios para não continuar o ano inteiro com eles vazios;

Coloque uma nota no sapato para chamar dinheiro;

No dia 31, faça uma boa limpeza na casa, varrendo-a de trás para frente. Coloque para fora todo lixo, objetos quebrados e lâmpadas queimadas. Não guarde as roupas do avesso;

Para evitar energias ruins, muitas pessoas lavam os batentes das portas com sal grosso e água e borrifam água benta nos quatro cantos da casa;

Na primeira noite do ano, use lençóis limpos;

À meia-noite, para ter sorte no amor, cumprimente em primeiro lugar uma pessoa do sexo oposto;

Quem pretende viajar bastante no ano que se aproxima, deve pegar uma mala vazia e dar uma volta dentro de casa;

Abra as portas e janelas da casa e deixe as luzes acesas;

Significado das cores:

- Rosa: ideal para que procura romantismo, um novo amor;
- Vermelho: deve ser usado pelas pessoas que desejam uma paixão intensa;
- Amarelo: para quem está na pindaíba e precisa de dinheiro;
- Verde: representa a esperança no ano que vai começar;
- Laranja: busca por alegria, espontaneidade;
- Azul: faz referência a fidelidade ou a busca por um ideal;
- Roxo: para quem deseja conquistar respeito e desfrutar de um ano próspero;
- Prata: inovação para a vida, mudanças;

Queridos amigos!!

Não importam quais são suas simpatias e superstições, o que importa é a sua fé, o que im-porta é que você acredite que você pode realizar muitas coisas se você quiser, basta ter vontade e ir atrás do que deseja! As coisas boas só acontecem quando fizermos algo para que se tornem reais!

Um forte Abraço!!
Velho Sábio!!

O ABRAÇO


Bom Dia Amigos!!

Quem não gosta de um bom abraço, não é mesmo... O abraço trás a sensação de proteção, paz, e é uma maneira de demonstrar que a outra pessoa é especial para você...

Estudos têm revelado que a necessidade de ser tocado é inata no homem. O contato nos deixa mais confortáveis e em paz.
O Dr. Harold Voth, psiquiatra da Universidade de Kansas, disse: O abraço é o melhor tratamento para a depressão.
Objetivamente, ele faz com que o sistema imunológico do organismo seja ativado.
Abraçar traz nova vida para um corpo cansado e faz com que você se sinta mais jovem e mais vibrante.
No lar, um abraço todos os dias reforçará os relacionamentos e reduzirá significativa-mente os atritos.
Helen Colton reforça este pensamento: Quando a pessoa é tocada, a quantidade de he-moglobina no sangue aumenta significativamente. Hemoglobina é a parte do sangue que leva o suprimento vital de oxigênio para todos os órgãos do corpo, incluindo coração e cérebro.
O aumento da hemoglobina ativa todo o corpo, auxilia a prevenir doenças e acelera a recuperação do organismo, no caso de alguma enfermidade.
É interessante notar que reservamos nossos abraços para ocasiões de grande alegria, tragédias ou catástrofes.
Refugiamo-nos na segurança dos abraços alheios depois de terremotos, enchentes e a-cidentes.
Homens, que jamais fariam isso em outras ocasiões, se abraçam e se acariciam com entusiasmado afeto, depois de vencerem um jogo ou de realizarem um importante feito atlético.
Membros de uma família, reunidos em um enterro, encontram consolo e ternura uns nos braços dos outros, embora não tenham o hábito dessas demonstrações de afeição.
O abraço é um ato de encontro de si mesmo e do outro. Para abraçar é necessário uma atitude aberta e um sincero desejo de receber o outro.
Por isso, é fácil abraçar uma pessoa estimada e querida. Mas se torna difícil abraçar um estranho.
Sentimos dificuldade em abraçar um mendigo ou um desconhecido. E cada pessoa acaba por descobrir, em sua capacidade de abraçar, seu nível de humanização, seu grau de evolu-ção afetiva.
É natural no ser humano o desejo de demonstrar afeição. Contudo, por alguma razão misteriosa, ligamos ternura com sentimentalidade, fraqueza e vulnerabilidade. Geralmente hesitamos tanto em abraçar quanto em deixar que nos abracem.
O abraço é uma afirmação muito humana de ser querido e de ter valor.
É bom. Não custa nada e exige pouco esforço. É saudável para quem dá e quem recebe.
* * *
Você tem abraçado ultimamente sua mulher, seu marido, seu pai, sua mãe, seu filho?
Você costuma abraçar os seus afetos somente em datas especiais?
Quando você encontra um amigo, costuma cumprimentá-lo simplesmente com um aperto de mão e um beijo formal?
A emoção do abraço tem uma qualidade especial. Experimente abraçar mais.
Vivemos em uma sociedade onde a grande queixa é de carência afetiva.
Que tal experimentar a terapia do abraço?

Redação do Momento Espírita, a partir de adaptação do texto A importância do abraço, do Prof. Jorge Luiz
Brand e Rolando Toro Araneda, Biodança, coletânea de textos.
Disponível no livro Momento Espírita, v. 2, ed. Fep.
Em 05.12.2011.

Queridos Amigos...

Não tenham vergonha de demonstrar o afeto pelas pessoas que vocês gostam seus pais, amigos, irmãos... Um presente recheado de proteção, carinho e amor é um simples abraço, não custa nada, e trás uma sensação de bem estar e proteção. Quando as palavras não puderem amenizar uma dor um abraço é sempre bem vindo...

Desejo para vocês...
Um forte abraço!!
Velho Sábio!!

HOMILIA DIÁRIA

O aborto e o infanticídio são abomináveis aos olhos do Deus da Vida

Postado por: homilia

dezembro 28th, 2011


Hoje é o dia que a Igreja escolheu para a festa dos Santos Inocentes, mártires; dia em que o Evangelho nos fala da matança dos inocentes, ordenada por Herodes.
Quero juntar, a todos estes Santos Inocentes anônimos, todos aqueles a quem não foi permitido nascer e  também todas as crianças mortas por maus-tratos.
Com efeito, Deus, Senhor da Vida, confiou aos homens para que estes desempenhassem, de um modo digno, o nobre encargo de conservar a vida. Esta deve, pois, ser salvaguardada com extrema solicitude desde o primeiro momento da concepção.
O aborto e o infanticídio são crimes abomináveis!
A Igreja honra, como mártires, este coro de crianças, vítimas do terrível e sanguinário rei Herodes, arrancadas dos braços de suas mães para escrever, com o seu próprio sangue, a primeira página do álbum de ouro dos mártires cristãos a merecerem a Glória eterna, segundo a promessa de Jesus: “Quem perder a vida por amor de Mim, há de reencontrá-la”.
Para eles, a Liturgia repete hoje as palavras do poeta Prudêncio: “Salve, ó flores dos mártires, que na alvorada do Cristianismo fostes massacrados pelo perseguidor de Jesus como um violento furacão, arranca as rosas apenas desabrochadas!”
Vós fostes as primeiras vítimas, a tenra grei imolada. Num mesmo altar recebestes a palma e a coroa.
O episódio é narrado somente pelo evangelista Mateus que se dirigia principalmente aos leitores hebreus e, portanto, tencionava demonstrar a messianidade de Jesus, no qual se realizaram as antigas profecias: “Quando Herodes descobriu que os sábios o tinham enganado, ficou furioso. Mandou matar em Belém e nos arredores todos os meninos de dois anos para baixo, conforme o tempo que ele tinha apurado pelas palavras dos sábios”.
Foi assim que se cumpriu o que o profeta Jeremias havia dito: “Em Ramá se ouviu um grito: coro amargo, imensa dor. É Raquel a chorar seus filhos e não quer ser consolada, porque eles já não existem”.
A origem dessa festa é muito antiga. Aparece já no calendário cartaginês do século IV, e cem anos mais tarde em Roma no Sacramentário Leonino.
Hoje, com a nova Reforma Litúrgica, a celebração tem um caráter jubiloso e não mais de luto como o era antigamente, e isso em sintonia com os simpáticos costumes medievais, que celebravam, nestas circunstâncias, a festa dos Meninos do Coro e do Serviço do Altar.
Entre as curiosas manifestações, temos aquela de fazer descer os Cônegos dos seus lugares, ao canto do versículo: “Depôs os poderosos do trono e exaltou os humildes”. Deste momento em diante, os meninos, revestidos das insígnias dos cônegos, dirigiram todo o ofício do dia.
A nova Liturgia, embora não querendo ressaltar o caráter folclórico que este dia teve no curso da história, quis manter esta celebração elevada ao grau de festa por São Pio V, muito próxima da festa do Natal.
Assim, colocou as vítimas inocentes entre os companheiros de Cristo, para circundar o berço de Jesus Menino de um gracioso coro de crianças, vestidas com as cândidas vestes da inocência, pequena vanguarda do exército de mártires que testemunharão, com o sangue, a sua pertença a Cristo. Ontem, assim como hoje, continuam os gritos e vozes de crianças inocentes que já não existem mais. Nós devemos ser o grito e a voz delas no nosso mundo.
Padre Bantu Mendonça

LITURGIA DIÁRIA

Evangelho (Mateus 2,13-18)

Quarta-Feira, 28 de Dezembro de 2011
Santos Inocentes, Mts.





— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

13Depois que os magos partiram, o Anjo do Senhor apareceu em sonho a José e lhe disse: “Levanta-te, pega o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que eu te avise! Porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo”. 14José levantou-se de noite, pegou o menino e sua mãe, e partiu para o Egito. 15Ali ficou até a morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho”. 16Quando Herodes percebeu que os magos o haviam enganado, ficou muito furioso. Mandou matar todos os meninos de Belém e de todo o território vizinho, de dois anos para baixo, exatamente conforme o tempo indicado pelos magos. 17Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias: 18“Ouviu-se um grito em Ramá, choro e grande lamento: é Raquel que chora seus filhos, e não quer ser consolada, porque eles não existem mais”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK