PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

ATIVIDADE DE DISPERSÃO


Atividade de Dispersão

1)   O que é? E para que serve uma bomba de infusão?

Bomba de Infusão é um aparelho médico-hospitalar ou veterinário, utilizado para infundir líquidos tais como drogas ou nutrientes, com controle de fluxo e volume nas vias venosa, arterial ou esofágica.
Bomba de Infusão - serve para a administração de medicamentos que necessitam de um controle rigoroso da velocidade ou quantidade de infusão.

2)   Quais os tipos de bomba de infusão existente, e qual a diferença de cada uma delas?
Bombas de Infusão Volumétricas Universais:
Este tipo de Bomba de Infusão utiliza equipo de soro padrão para bombear e controlar os líquidos a serem infundidos para dentro do corpo. O controle de fluxo nestes equipo sem bomba infusora é normalmente feito por gravidade e estrangulamento da luz do tubo por um dispositivo chamado de pinça rolete. Quanto maior a luz interna do tubo, maior a vazão e vice-versa. Este método não é estável e varia muito com a temperatura e acomodação do material do tubo, que mede de 2,5 a 4 milímetros de diâmetro e cerca de 2 metros de comprimento.
Com a bomba de infusão, um acionador mecânico provoca um deslocamento do líquido no interior do tubo por ação peristáltica. Este mecanismo pode ser classificado de rotativo ou linear. O rotativo é composto de um rotor principal munido de roletes que pressionam o tubo dentro de uma voluta ou caçapa, algo como meia panela. O linear é composto de teclas que pressionam o tubo de plástico em seqüência e modo senoidal, também de encontro a um encosto. O mecanismo é acionado por um motor de passos com redutor e comandado por um circuito eletrônico de precisão, capaz de informar ao operador o fluxo e quantidade de líquido a infundir ou já processada. O fluxo pode variar desde 0,5 mililitros por hora até 1 litro por hora e quantidades de 1 ml até 10 litros, conforme necessidades do paciente.

Bombas de Infusão de Equipo Especiais:

As bombas de Infusão com equipo especiais podem ser do mesmo principio peristáltico descrito acima, porém utilizando equipo feitos com um segmento de tubo mais elástico e mais resistente que o padrão dos tubos de infusão normais. Normalmente o material utilizado é o silicone, que proporciona maior precisão e durabilidade (até 48 horas). Também são bombas de equipo especiais as que utilizam outros métodos como os de êmbolos ou membranas flexíveis acopladas às válvulas de esferas ou laminares que só permitem o fluxo unidirecional. O fluxo neste caso é pulsátil e também controlado por motores de precisão. Alguns modelos carregam seu próprio suprimento de energia e líquido, como por exemplo, as normalmente usadas para dosagens contínuas de insulina ou anestésicos, presas à cintura do portador.

Bombas de Infusão de Seringas:

As bombas de Infusão de seringa utilizam seringas de injeção descartáveis comuns para infundir. Por meio de um dispositivo mecânico, um acionador vai empurrando o embolo da seringa continuamente, podendo ser um eixo sem-fim ou engrenagens tipo pinhão e cremalheira. Um tubo fino (equipo de seringa) conduz o líquido da seringa para dentro do corpo, que pode ser por uma agulha de injeção ou cateter. São os modelos de maior precisão e fluxo contínuo.
3)   Na unidade de enfermagem em que atua quais as técnicas que exige maiores treinamentos dos profissionais de enfermagem? Como fazê-lo? Reflita, escreva e coloque em sua pratica diária.
Participar das atividades de atenção realizando procedimentos regulamentados no exercício de sua profissão na UBS e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demais espaços comunitários (escolas, associações etc.);
Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea;
Realizar ações de educação em saúde a população adstrita, conforme planejamento da equipe;
Participar do gerenciamento dos insumos necessários para o adequado funcionamento da UBS;
Contribuir, participar e realizar atividades de educação permanente.

4)   Cite os itens que considera mais importante, durante a realização dos procedimentos de higiene, para acelerar o conforto e a privacidade do cliente.
BANHO NO LEITO (Paciente com Dependência Total)
NORMAS
01 - Trocar a água do banho sempre que necessário;
02 - Quando houver colostomia e/ou drenos, esvaziar as bolsas coletoras antes do banho ou trocá-la,
depois trocar as luvas e iniciar o banho;
03 - Quando o banho for dado em apenas uma pessoa, levando-se em consideração que a paciente ajuda seguir a mesma técnica, pôr, sem esquecer-se de lavar as mãos enluvadas, antes de manipular a roupa limpa;
04 - O uso de mascara para banho e opcional como rotina. Levar em consideração os pacientes altamente
infectados.

Material

Carro de banho ou mesa de cabeceira,
Luva de banho,
Toalha de banho (lençol protetor),
Material para higiene oral,
Material para higiene intima,
Pente,
Sabonete individualizado,
Comadre e/ou papagaio do próprio paciente,
Roupa para o paciente (pijama ou camisola),
Roupa de cama (02 lençóis, 01 cobertor S/N, 01 toalha de banho, 01 para fralda S/N, 01 forro S/N,
Luvas de procedimento,
Luvas de banho,
Hamper,
01 bacia,
01 balde,
Fita adesiva,
Biombos,

Técnica

01 - Lavar as mãos e calcar as luvas de procedimentos;
02 - Explicar ao paciente o que vai ser feito;
03 - Trazer o carro de banho e o hamper próximo ao leito;
04 - Fechar as portas e janelas;
05 - Proteger a unidade do paciente com biombos;
06 - Oferecer comadre ou papagaio ao paciente e procurar saber se tem clister prescrito. Se houver, faze-
lo em primeiro lugar;
07 - Desprender a roupa de cama, iniciando de o lado oposto onde permanecer;
08 - Fazer higiene oral do paciente e lavar a cabeça, se necessário;
09 - Trocar a água do banho, obrigatoriamente, apos a lavagem da cabeça;
10 - Lavar os olhos, limpando o canto interno para o externo, usando gaze;
11 - Lavar, enxaguar e enxugar o rosto, orelhas e pescoço;
12 - Remover a camisola ou camisa do pijama, mantendo o tórax protegido com o lençol, descansando os braços sobre o mesmo;
13 - Lavar e enxugar os braços e mãos do lado oposto ao que se esta trabalhando, depois o mais próximo,
com movimentos longos e firmes, do punho a axila;
14 - Trocar a água;
15 - Lavar e enxugar o tórax e abdome, com movimentos circulares, ativando a circulação, observando as condições da pele e mamas;
16 - Cobrir o tórax com lençol limpo, abaixando o lençol em uso, ate a região genital;
17 - Lavar, enxaguar e enxugar as pernas e coxas, do tornozelo ate a raiz da coxa, do lado oposto ao que
se esta trabalhando, depois o mais próximo;
18 - Colocar bacia sob os pés e lavá-la, principalmente nos interdigitos, observando as condições dos Mesmos e enxugar bem;
19 - Trocar a água da bacia e a luva de pano, obrigatoriamente;
20 - Encaixar a comadre no paciente;
21 - Fazer higiene intima do paciente, de acordo com a técnica;
22 - Trocar, obrigatoriamente, a água da bacia e a luva de banho, retirando a comadre, deixando-a ao lado do leito;
23 - Virar o paciente em decúbito lateral, colocando a toalha sob as costas e nadegas, mantendo esta
posição com o auxilio de outra pessoa;
24 - Lavar e enxugar as costas, massageando-as, incluindo nadegas e cóccix do paciente;
25 - Deixar o paciente em decúbito lateral, empurrando a roupa úmida para o meio do leito, enxugando o
colchão;
26 - Trocar de luvas ou lavar as mãos enluvadas, para não contaminar a roupa limpa;
27 - Proceder à arrumação do leito, com o paciente em decúbito lateral;
28 - Virar o paciente sobre o lado pronto do leito;
29 - Retirar a roupa suja e desprezá-la no hamper;
30 - Calcar outras luvas ou lavar as mãos enluvadas e terminar a arrumação do leito;
31 - Fazer os cantos da cama: cabeceira e pés;
32 - Vestir o paciente;
33 - Pentear os cabelos do paciente;
34 - Trocar a fronha;
35 - Utilizar travesseiros para ajeitar o paciente no decúbito mais adequado;
36 - Limpar balde, bacia, comadre com água e sabão;
37 - Recompor a unidade do paciente, colocando tudo no lugar;
38 - Retirar as luvas e lavar as mãos;
39 - Anotar no prontuário o que foi feito e as anormalidades detectadas, se houver.

5)   Explique detalhadamente todos os cuidados de enfermagem durante a sondagem naso-enteral.
Orientação e Cuidados Gerais
As orientações dispensadas aos pacientes, familiares e cuidam dores, relacionam-se aos cuidados com:
Manuseio da sonda  – cuidados com retrações, pois pode ser deslocada do posicionamento correto. Exemplo: durante o sono, banho, mudança de decúbito ou pelo próprio paciente.
Limpeza/Higiene/Fixação – Após banho secá-la e trocar a fixação (Nasogástrica, Nasoentérica) da face, devendo estar sempre limpa e seca, evitando o desconforto para o paciente, odores desagradáveis, higienizar as narinas do paciente e tomar cuidado para não tracionar a asa nasal ao fixar a sonda, causando lesões. Às vezes se faz necessário restringir as mãos do paciente com luvas sem os dedos, para impedi-lo de retirar a sonda, como pode ocorrer com doentes com demências, agitação motora, quadros de confusão mental, etc.
Administração de dieta, infusões de líquidos e medicamentos – posicionar o paciente sentado e ou, sendo acamado, manter cabeceira elevada por no mínimo 30 graus, (diminuindo riscos de aspirações de dieta, refluxos gástricos), e não deitar o paciente logo após ingesta alimentar e hídrica, lavar a sonda com água filtrada após administração de dietas (1 -2 seringas de 20 ml), medicamentos, mantendo sua permeabilidade, evitando obstruções por resíduos alimentares. Havendo obstruções, pode se realizar manobras para desobstrução, infiltrando água morna (ideal com seringa de 50 ml).
Observação e detecção de anormalidades – obstrução, vazamentos, quebras dos conectores das extremidades proximais, Se (gastrostomia,) proteger a pele se houver contato com conteúdo gástrico, para evitar formação de lesões, inflamações, infecções.
Tempo de troca – determinado pelo protocolo do serviço de acompanhamento do paciente.
Complicações com o uso da sonda
1. Infusões rápidas – levam a quadros de distensão abdominal, diarréias, vômitos.
2. Refluxos gástricos e pneumonias aspirativas – podem ser observada pelos familiares na presença de agitação, tosse, dispnéia, cianose de face. (idosos acamados, seqüela dos afásicos, com reflexos diminuídos).
3. Quadros de constipação intestinal, flatulências – necessitando readequação nutricional, sendo de grande importância aos familiares e cuida dores, observarem a presença de eliminações fisiológicas (volume, quantidade, aspecto, consistência, etc.).
Vale reforçar, que, o paciente no domicilio, deve ser acompanhado sempre por uma equipe multiprofissional e multidisciplinar, cabendo a nutricionista, definir a terapia nutricional mais indicada, também avaliando e acompanhando os resultados e adequando as alterações necessárias a cada paciente, levando em conta seu histórico alimentar, histórico de doenças, tipos de sonda, etc., orientando também, familiares e cuida dores.
Técnica de sondagem- procedimento é de responsabilidade do enfermeiro ou médico
1. Características da sonda nasoenteral
A sonda nasoenteral tem comprimento variável de 50 a 150 cm, e diâmetro médio interno de 1,6mm e externo de 4 mm,com marcas numéricas as longo de sua extensão, facilitando posicionamento, maleáveis, com fio guia metálico e flexível, radiopaca.
2. Cálculo do tamanho da sonda a ser empregada
Fazer uma medição do lobo da orelha a ponta do nariz até o apêndice xifóide, adicionando-se mais 05 a 10 cm.
3. Instalação da sonda
A instalação da sonda pode seguir vários procedimentos dependendo de normas e rotinas de cada instituição, porém alguns passos são universais, como: a) após a instalação, o paciente deve ficar pelo menos 4 horas em jejum para não haver náusea ou vômitos; b) evitar muitos adesivos que possa prejudicar a visão do paciente; c) não infundir a dieta rapidamente, pois pode causar diarréia; d) manter o paciente em posição sentado ou semi-sentado durante e após o processo de administração da dieta; e) dar preferência ao uso de “bomba de infusão” para um melhor controle da dieta; f) utilizar as sondas de fino calibre que diminuem o risco de refluxo gástrico, conseqüentemente previne as pneumonias aspirativas.

Cuidados com pacientes que fazem uso de sonda nasoenteral:
1.     Certificar a posição gástrica através da ausculta com estetoscópio em região epigástrica, injetando 20 ml de ar, aspirar conteúdo gástrico e realizar RX torácico/abdominal,
2. Deixar o paciente em posição lateral direita para progressão da sonda para região pilórica;
3. Manter a cabeceira do leito elevada a 30 graus para diminuir o risco de bronca aspiração;
4. Administração da dieta pode ser contínua ou intermitente;
5. Controlar, quando possível em bomba de infusão para melhor manutenção;
6. Observar intolerância (náuseas, vômitos e diarréia) a alguns componentes da dieta, neste caso deve-se alterar sua composição, principalmente quando idosos;
7. Deve-se aspirar ao conteúdo gástrico através sonda, toda vez que for instalar nova dieta, para avaliar a presença de resíduos gástricos Caso exista um volume gástrico aspirado maior que 200 ml suspender a próxima dieta;
8. Controlar sinais vitais, diurese, distensão abdominal, glicemia capilar, edemas, turgor da pele, dispnéia;
9. Ficar atento na fixação da sonda, alternando o local para não lesar a pele das narinas;
10. Cuidados no preparo e manuseio das sondas e dietas, de forma estéril, mantendo as dietas em refrigerador exclusivo, podendo ficar até 04hs em temperatura ambiente e 24hs na geladeira;









Fonte de pesquisa: Vários sites da internet.
Equipe: Antonieta, Nilda, Regina Lucia e Michelle


Trabalho
                                           
                                    
                          De


Dispersão






Antonieta, Nilda, Regina Lucia e Michelle.

Futebol de Rua - Você jogou??? Então teve sorte..

Quem não jogou, perdeu essa época.
As 10 regras do Futebol de Rua, o verdadeiro futebol de macho!




1. A BOLA

A bola pode ser qualquer coisa remotamente esférica. Até uma bola de futebol serve. No desespero, usa-se qualquer coisa que role, como uma pedra, uma lata vazia ou a merendeira do irmão menor.

2. O GOL

O gol pode ser feito com o que estiver à mão: tijolos, paralelepípedos, camisas emboladas, chinelos, os livros da escola e até o seu irmão menor.
3. O CAMPO

O campo pode ser só até o fio da calçada, calçada e rua, rua e a calçada do outro lado e, nos grandes clássicos, o quarteirão inteiro.

4. DURAÇÃO DO JOGO

O jogo normalmente vira 5 e termina 10, pode durar até a mãe do dono da bola chamar ou escurecer. Nos jogos noturnos, até alguém da vizinhança ameaçar chamar a polícia.

5. FORMAÇÃO DOS TIMES

Varia de 3 a 70 jogadores de cada lado. Ruim vai para o gol. Perneta joga na ponta, esquerda ou a direita, dependendo da perna que faltar. De óculos é meia-armador, para evitar os choques. Gordo é beque.

6. O JUIZ

Não tem juiz.

7. AS INTERRUPÇÕES

No futebol de rua, a partida só pode ser paralisada em 3 eventualidades:
a) Se a bola entrar por uma janela. Neste caso os jogadores devem esperar 10 minutos pela devolução voluntária da bola. Se isso não ocorrer, os jogadores devem designar voluntários para bater na porta da casa e solicitar a devolução, primeiro com bons modos e depois com ameaças de depredação.
b) Quando passar na rua qualquer garota gostosa.
c) Quando passarem veículos pesados. De ônibus para cima. Bicicletas e Fusquinhas podem ser chutados junto com a bola e, se entrar, é Gol.

8. AS SUBSTITUIÇÕES

São permitidas substituições nos casos de:
a) Um jogador ser carregado para casa pela orelha para fazer lição.
b) Jogador que arrancou o tampão do dedão do pé. Porém, nestes casos, o mesmo acaba voltando a partida após utilizar aquela aguá santa da torneira do quintal de alguém.
c) Em caso de atropelamento.

9. AS PENALIDADES

A única falta prevista nas regras do futebol de rua é atirar o adversário dentro do bueiro.

10. A JUSTIÇA ESPORTIVA

Os casos de litígio serão resolvidos na porrada, prevalece os mais fortes e quem pegar uma pedra antes, rsrsrsrsrsrsrsrs


QUEM NÃO JOGOU, PERDEU UM DOS MELHORES MOMENTOS DA VIDA.

Não pule o café da manhã! 14 receitas light para você‏

Receitas
10 de fevereiro de 2012

Twitter Facebook  



Prepare sete receitas de pães com poucas calorias
Eles não precisam ficar de fora do café da manhã nem do chá da tarde


Já ajudou 451 pessoas




Bolo de laranja light
Uma receita simples e deliciosa para te acompanhar em qualquer momento


Já ajudou 596 pessoas


Suco vitaminado
Prove esta bebida que faz bem à saúde e ao paladar


Já ajudou 641 pessoas


Cappuccino de verão
Se delicie com a versão light da bebida que é bem vinda em qualquer momento


Já ajudou 1 pessoas




Biscoito integral
Um lanche saudável que vai agradar a todos


Já ajudou 28 pessoas


Bolo de fubá light
Aproveite a receita tradicional e se delicie


Já ajudou 436 pessoas




Rocambole de pão de fôrma recheado com patê de atum
Inove em seus lanches e faça esta combinação deliciosa e nutritiva


Já ajudou 18 pessoas


Salada de frutas orgânicas
Experimente esta receita leve e deliciosa


Já ajudou 29 pessoas

Fantástico- Colesterol, glicemia, lipídios e trigl icerídeos triglicerídeos‏

UM SEGREDO REVELADO


Alguns anos atrás, um ex-professor meu mostrou-me uma análise de sangue; o que eu vi me deixou impressionado.

Os cinco principais parâmetros do sangue, ou seja: uréia, colesterol, glicemia, lipídios e triglicerídeos apresentavam valores que, em muito excediam os níveis permitidos.

Comentei que a pessoa com aqueles índices já deveria estar morta ou, se estava viva, isto seria apenas por teimosia.

O professor, então, mostrou o nome do paciente que, até então, tinha sido ocultado pela sua mão. O paciente era ele mesmo!

Fiquei estupefato! E comentei: "Mas como? E o que você fez?".

Com um sorriso ele me apresentou a folha de uma outra análise, dizendo:
"Agora, olhe esta, compare os valores dos parâmetros e veja as datas".

Foi o que eu fiz. Os valores dos parâmetros estavam nitidamente dentro das faixas recomendadas, o sangue estava perfeito, impecável, mas a surpresa aumentou, quando olhei as datas; a diferença era de apenas um mês (entre
as duas análises da mesma pessoa)!

Perguntei: "Como conseguiu isso? Isso é, literalmente, um milagre!"

Calmamente, ele respondeu que o milagre se deveu a seu médico, que lhe sugeriu um tratamento obtido de outro médico amigo. Este tratamento foi utilizado por mim mesmo, várias vezes, com impressionantes resultados.

Aproximadamente, uma vez por ano, faço análise de meu sangue e, se algum dos parâmetros estiver apresentando tendência ao desarranjo, volto
imediatamente a repetir esse processo. Sugiro que você o experimente.
Aqui está o SEGREDO: Semanalmente, por 4 semanas, compre, na feira ou em supermercado, pedaços de abóbora. Não deve ser a abóbora moranga e sim a abóbora grande, que costuma ser usada para fazer doce. Diariamente, descasque 100 gramas de abóbora, coloque os pedaços no liquidificador,
junto com água (SÓ ÁGUA!), e bata bem, fazendo uma vitamina de abóbora com água.

Tome essa vitamina em jejum, 15 a 20 minutos antes do desjejum (café da manhã). Faça isso durante um mês, toda vez que o seu sangue precisar ser corrigido.
Poderá controlar o resultado, fazendo uma análise antes e outra depois do tratamento com a abóbora. De acordo com o médico, não há qualquer contra-indicação, por tratar-se apenas de um vegetal natural e água (não se usa açúcar!).

O professor, excelente engenheiro químico, estudou a abóbora para saber qual ou quais ingredientes ativos ela contém e concluiu, pelo menos parcialmente, que nela está presente um solvente do colesterol de baixo peso molecular: o colesterol mais nocivo e perigoso - LDL .

Durante a primeira semana, a urina apresenta grande quantidade de colesterol LDL (de baixo peso molecular), o que se traduz em limpeza das artérias, inclusive as cerebrais, incrementando, assim, a memória da pessoa.

Há apenas um inconveniente: o sabor da abóbora crua não é muito agradável! Nada mais.
Porém, há um detalhe importante: nem a abóbora, nem a água poderão ir para a geladeira, porque a refrigeração destrói os ingredientes ativos da vitamina.

Esta é a razão de
ter que comprar, semanalmente, a abóbora, pois, fora da geladeira, ela se estraga rapidamente.
Referência:
[1] Salvatore de Salvo e Mara Teresa de Salvo, Novos Segredos da Boa Saúde, Editado pela Biblioteca 24x7 [www.biblioteca24x7.com.br],
São Paulo-SP, novembro 2008.

ABÓBORA...
Não faça disso um    segredo...
DIVULGUE!

Clica em cada linha !!! Fantástico.!!!!!.

LINDO MESMO !!!!! VALE A PENA VER
Fátima Pattero




Você provavelmente conhece fotos panorâmicas,  3 D 
Então clique nos links abaixo  no vermelho e você pode se surpreender!    
 
        

Nasceu na Paraíba o Facebookson!‏

Casal da Paraíba batiza o filho como “Facebookson”
e causa polêmica no mundo!

http://www.sensacionalista.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/09/facebookson.jpg
Como muitos casais modernos, o motoboy Anderson Cerqueira e a auxiliar de escritório Janete dos  Santos se conheceram por uma rede social. Os dois casaram-se e tiveram um bebê lindo, que nasceu saudável no último sábado. O conto de fadas contemporâneo tinha tudo para ficar no anonimato não fosse por um detalhe: os dois batizaram o bebê com o nome de Facebookson, em homenagem à rede na qual se encontraram pela primeira vez. Anderson contou que teve que ir a dois cartórios antes de conseguir registrar a criança. (só dois??!! Era pra tá rodando até agora atrás de um !!) “Eu queria chamar de Facebook, mas eles disseram que não pode dar nome estrangeiro, então eu coloquei Facebookson, porque eu sou Anderson”, explicou ele. (Ah tá. Quer dizer que o fato de ter o “son” no final do nome, o tornou de origem nacional! Cadê o bom-senso dos cartórios nessas horas??)
       
A história ganhou o mundo depois que o jornal americano Daily Bulletin (na foto, o pai com o exemplar), de Los Angeles, publicou o caso.Nas redes sociais, o casal foi alvo de críticas. Para muitos, o episódio reforça a popularização do Facebook no Brasil. A matéria, publicada na editoria de economia, usou o caso como exemplo de como a rede de Zuckerberg está avançando inclusive no Brasil, onde o domínio do Orkut era absoluto.Alheio a toda a polêmica, o pequeno Facebookson dormia tranquilo no colo da mãe. Resta saber se até ele ficar adulto, o Facebook ainda terá o prestígio que tem hoje.
Comentário: Ainda bem que foi menino. Se fosse menina, seria Facebokete, em homenagem ao nome da mãe: Janete!

NO ORKUT TEM CADA MARAVILHA!!




___________ Está mensagem é para te alegrar e te dar forças . Faça de seus pensamentos a força de que está precisando. Esqueça as coisas ruins e limpe a mente cultivando somente bons pensamentos. Acredite no sucesso total, não imagine obstáculos na sua mente. Tudo que uma pessoa é capaz de planejar, ela é capaz de realizar. Tenha fé, otimismo e ação. Sua vida só você a vive. Portanto goste mais, acredite mais, e seja mais feliz. Procure plantar sementes de amor e otimismo na sua vida e você colhera sempre maravilhosos frutos.___________

 ..... Shalon 

HORA DO RISO: Velho Diabetico....‏

VELHO DIABETICO MUITO BOA

No meio de uma viagem, a aeromoça pergunta a um passageiro da 1ª classe: O senhor aceita um docinho?

Muito obrigado, eu sou diabético.

Que tal um suco de laranja?

Não, laranja tem açúcar e eu sou diabético.

Depois de ter oferecido tudo e ele nada aceitar ela avacalha: E o que o senhor acha de uma pinga?

Ele, sacando que ela estava curtindo com sua cara, respondeu: "Não, pinga vem da cana, cana tem açúcar e eu sou diabético.”

Sendo assim, de que forma eu poderia atendê-lo para o senhor sair satisfeito de nosso vôo?

Ele se ergue e fala no ouvido dela: Eu quero seu rabo.

Ela, com a maior cara de espanto, responde: "Mas o senhor é um velho muito atrevido, safado, vou contar ao comandante e ele tomará uma atitude!”

Ela foi na cabine de comando e  reclamou: Comandante, aquele senhor da poltrona 2 disse que queria meu rabo! E eu fui gentil com ele, ofereci-lhe tudo que havia para comer. E agora, o que faremos com aquele filho da puta?

Bom, eu sugiro que você volte lá e dê seu rabo, afinal ele é o presidente desta companhia, é genioso e nosso emprego está em suas mãos, ou, melhor dizendo, no seu rabo.

E tanto o comandante como o co-piloto gritaram: "Confiamos em você!”

Ela voltou cabisbaixa e disse para o velho: Senhor, vamos lá pro fundo do avião que eu lhe darei o que me pediu.

E ele respondeu-lhe: Agora eu não quero mais.

Como?  Eu faço questão de dar....

Agora é tarde. Você fez cú doce e eu sou diabético
.
____ OLHA O GOOGLE  DIMINUINDO NOSSOS SCRAPS  kkkkkkkkk____

10 dicas para fazer receitas mais nutritivas‏

Alimentação
09 de fevereiro de 2012

Twitter Facebook  



MATÉRIA

Faça receitas mais nutritivas com estas 10 dicas
Acerte no preparo dos alimentos para ganhar nutrientes sem extrapolar nas calorias


Já ajudou 1091 pessoas



// Farinha de berinjela faz você emagrecer mais
// Saiba o que entra e o que sai do prato para proteger o coração
// Entenda os riscos de fazer a dieta da sopa




MATÉRIA

Saiba como deixar seu arroz mais saudável na hora do preparo
Temperos prontos, requeijão, manteiga ou a dupla cebola e alho fazem parte desta lista


Já ajudou 1891 pessoas


MATÉRIA

Substituir carne vermelha por outras fontes de proteína diminui risco de derrame
Troca pode garantir queda de até 27% na ocorrência da doença


Já ajudou 29 pessoas

TV Minha Vida







Como acabar com a prisão de ventre?



Já ajudou 372 pessoas




Avaliação de Peso




Você conhece seu peso ideal?


Faça a Avaliação de peso ideal do Dieta e Saúde e veja como podemos te ajudar!


Descubra



Guias




Confira os novos
Guias do Minha Vida:


Guia de Digestão

Guia de Dieta
Guia de Alimentação






MATÉRIA

Dieta rica em magnésio aumenta a proteção do coração contra derrames


Já ajudou 10 pessoas


MATÉRIA

Excesso de vitamina D pode ser prejudicial ao coração


Já ajudou 18 pessoas


MATÉRIA

Oito nutrientes que ajudam a controlar os sintomas da TPM


Já ajudou 293 pessoas

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK