PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 10 de junho de 2012

VENHA PARA O ALTO SANTO - ARACOIABA - CEARÁ

MENSAGEM PARA MEDITAÇÃO


Meditação: Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer. (Lucas 18:1)

Pensamento: O atraso não é uma resposta negativa, por isso continue orando.

Leitura: Lucas 18:1-8.

Mensagem:
Sem Resposta

            Uma de minhas maiores lutas é uma oração não respondida. Talvez você passe pelo mesmo. Você pede a Deus que resgate um amigo de um vício, conceda salvação a um ente querido, que cure uma criança doente, restaure um relacionamento. Acreditamos que todas estas coisas devem ser vontade de Deus. Você ora por anos, mas não recebe nenhuma resposta dele e não vê resultado algum.
            Você lembra o Senhor que Ele é poderoso. Que seu pedido é algo bom. Você suplica. Você espera. Você duvida – talvez Ele não ouça você, ou talvez Ele não seja tão poderoso no fim das contas. Você desiste de pedir – por dias ou meses. Você se sente culpado por duvidar. E lembra-se de que Deus quer que você leve suas necessidades a Ele e novamente lhe fala sobre seus pedidos.
            Podemos algumas vezes nos sentir como a viúva persistente na parábola de Jesus registrada no livro de Lucas 18. Ela continua voltando ao juiz, incomodando-o e tentando cansá-lo para que ele ceda. Mas sabemos que Deus é mais gentil e mais poderoso que o juiz na parábola. Confiamos nele, porque Ele é bom, sábio e soberano “… orar sempre e nunca esmorecer” (Lucas 18:1).
            Portanto pedimos a Ele, “Reúne, ó Deus, a tua força, força divina que usaste a nosso favor” (Salmo 68:28). E depois confiamos nEle… e esperamos.

FONTE:
Anne M. Cetas
Nosso Andar Diário – Ministério RBC
MENSAGENS Q EDIFICAM

Luiz Gonzaga - ☆☆☆ A Hora do Adeus ☆☆☆

BOA NOITE!!










Meu anjo amado
"Por mais que
lhe falem da tristeza
prossiga sorrindo!
Por mais que lhe
demonstrem rancor,
prossiga perdoando!
Por mais que lhe
tragam decepções,
prossiga confiando".

Por mais que lhe
ameacem de fracasso
prossiga apostando
na Vitória!

Que DEUS Lhe Abençoe!
Tenha Uma Linda Noite!
De Muita Paz E Luz
!
 Com Carinho...


Beijos em vc
** Cris **

EVANGELHO DO DIA


Evangelho segundo São Marcos 3,20-35


Naquele tempo, 20 Jesus voltou para casa com os seus discípulos. E de novo se reuniu tanta gente, que eles nem sequer podiam comer.


Domingo, 10 de Junho de 2012.
SANTO DO DIA: Beata Diana de Andaló, virgem; São Censúrio; São Máximo
Primeira leitura: Gênesis 3,9-15
Leitura do livro do Genêsis:
Depois que o homem comeu da fruta da árvore, 9o Senhor Deus chamou Adão, dizendo: "Onde estás?" 10 Ele respondeu: "Ouvi tua voz no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; e me escondi". Disse-lhe o Senhor Deus: "E quem te disse que estavas nu? Então comeste da árvore de cujo fruto te proibi comer?" 12 Adão disse: "A mulher que tu me deste por companheira, foi ela que me deu do fruto da árvore, e eu comi". 13 Disse o Senhor Deus à mulher: "Porque fizeste isso?" E a mulher respondeu: "A serpente enganou-me e eu comi". 14 Então o Senhor Deus disse a serpente: "Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais domésticos e todos animais selvagens! Rastejarás sobre o ventre e comerás pó todos os dias de tua vida! 15 Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar".

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 130
Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, escutai a minha voz! Vossos ouvidos estejam bem atentos ao clamor da minha prece!
R: No Senhor, toda graça e redenção!
Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir? Mas em vós se encontra o perdão, eu vos temo e em vós espero.
R: No Senhor, toda graça e redenção!
No Senhor ponho a minha esperança, espero em sua palavra. A minha alma espera no Senhor mais que o vigia pela aurora.
R: No Senhor, toda graça e redenção!
Espere Israel pelo Senhor mais que o vigia pela aurora! Pois no Senhor se encontra toda graça e copiosa redenção. Ele vem libertar a Israel de toda a sua culpa.
R: No Senhor, toda graça e redenção!

Segunda leitura: Segunda carta aos Coríntios 4,13-5,1
Leitura da carta de São Paulo aos Coríntios:
Irmãos, 13 sustentados pelo mesmo espírito de fé, conforme o que está escrito: "Eu creio e, por isso, falei", nós também cremos e, por isso, falamos, 14 certos de que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também com Jesus e nos colocará ao seu lado, juntamente convosco. 15 E tudo isso é por causa de vós, para que a abundância da graça em um número maior de pessoas faça crrescer a ação de graças para a glória de Deus. 16 Por isso, não desanimamos. Mesmo se o nosso homem exterior se vai arruinando, o nosso homem interior, pelo contrário, vai-se renovando dia a dia. 17 Com efeito, o volume insignificante de uma tribulação momentânea accarreta para nós uma glória eterna incomensurável. 18 E isso acontece porque voltamos os nossos olhares para as coisas invisíveis e não para as coisas visíveis. Pois o que é visível é passageiro, mas o que é invisível é eterno. 5,1 De fato, sabemos que, se a tenda em que morarmos neste mundo for destruída, Deus nos dá uma outra moradia no céu que não é obra de mãos humanas, mas é eterna.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 3,20-35
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- O príncipe deste mundo agora se´ra expulso; e eu, da terra levantado, atrairei todos s mim mesmo (Jo 12, 31s)
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:
Naquele tempo, 20 Jesus voltou para casa com os seus discípulos. E de novo se reuniu tanta gente, que eles nem sequer podiam comer. 21 Quando souberam disso, os parentes de Jesus saíram para agarrá-lo, porque diziam que estava fora de si. 2 Os mestres da lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Belzebu e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. 23 Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: "Como é que satanás pode expulsar a satanás? 24 Se um reino se divide contra si mesmo, ele não poderá manter-se. 25Se uma família se divide contra si mesma, ela não poderá manter-se. 26 Assim, se satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. 27 Ninguém pode entrar na casa de um homem forte, para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa. 28 Em verdade vos digo, tudo será perdoado aos homens, tanto os pecados como qualquer blasfêmia que tiverem dito. 29 Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo nunca será perdoado; será culpado de um pecado eterno". 30 Jesus falou isso porque diziam: "Ele está possuído por um espírito mau". 31 Nisso chegaram sua mãe e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32 Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: "Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à sua procura". 33 Ele respondeu: "Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?" 34 E, olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: "Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35 Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Comentário ao Evangelho do dia feito por Beato João Paulo II
Encíclica «Dominum et vivificantem», § 46
O pecado contra o Espírito Santo
Por que razão é a «blasfémia» contra o Espírito Santo imperdoável? Em que sentido devemos entender esta «blasfémia»? São Tomás de Aquino responde que se trata de um pecado «imperdoável pela sua própria natureza, porque exclui aqueles elementos graças aos quais é concedida a remissão dos pecados». Segundo tal exegese, a «blasfémia» não consiste propriamente em ofender o Espírito Santo com palavras; consiste, antes, na recusa de aceitar a salvação que Deus oferece ao homem mediante o mesmo Espírito Santo, que age em virtude do sacrifício da Cruz. Se o homem rejeita este deixar-se «convencer quanto ao pecado», que provém do Espírito Santo e tem carácter salvífico, rejeita contemporaneamente a «vinda» do Consolador: aquela «vinda» que se efectuou no mistério da Páscoa, em união com o poder redentor do Sangue de Cristo, o Sangue que «purifica a consciência das obras mortas».
Sabemos que o fruto desta purificação é a remissão dos pecados. Por conseguinte, quem rejeita o Espírito e o Sangue permanece nas «obras mortas», no pecado. E a «blasfémia contra o Espírito Santo» consiste exactamente na recusa radical desta remissão de que Ele é o dispensador íntimo, e que pressupõe a conversão verdadeira, por Ele operada na consciência. Se Jesus diz que o pecado contra o Espírito Santo não pode ser perdoado, nem nesta vida nem na futura, é porque esta «não-remissão» está ligada, como à sua causa, à «não-penitência», isto é, à recusa radical da conversão.
A blasfémia contra o Espírito Santo é o pecado cometido pelo homem, que reivindica o seu pretenso «direito» de perseverar no mal - em qualquer pecado - e recusa por isso mesmo a Redenção. O homem fica fechado no pecado, tornando impossível da sua parte a própria conversão e também, consequentemente, a remissão dos pecados, que considera não essencial ou não importante para a sua vida. É uma situação de ruína espiritual, porque a blasfémia contra o Espírito Santo não permite ao homem sair da prisão em que ele próprio se fechou.

TwitterFacebookOrkut
Arautos do Evangelho
Copyright© Arautos do Evangelho 2011 Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK