PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 31 de julho de 2012

VI NO FACE


ARACOIABA VOTA PARA RENOVAR E CRESCER...
Luiz Silvestre31 de Julho de 2012 17:52
ARACOIABA VOTA PARA RENOVAR E CRESCER
PROPOSTAS PARA EDUCAÇÃO SERJÃO 40
Valorizar os profissionais do magistério;
ampliar a oferta de educação em todos os níveis de ensino;
Eleição para diretor de escola;
Criar o processo de democratização da gestão do ensino público;
Garantir o fardamento, material e mochila escolar para os alunos da rede municipal de ensino;
Garantir merenda escolar de qualidade nas escolas públicas;
Garantir progressivamente o transporte escolar em ônibus;
Desenvolver programa de orientação às famílias para atuarem na estimulação precoce e desenvolvimento psicomotor e sócio-afetivo das crianças nos primeiros anos de vida, articulado com as políticas de saúde;
Criar novas vagas de creche e pré-escola de modo a atender progressivamente todas as crianças em idade escolar;
Implementação de programas para eliminar o analfabetismo escolar, assegurando todas as condições de infra-estrutura e didático-pedagógicas para aprendizagem da leitura, escrita e cálculo, já na primeira série do ensino fundamental;
Assegurar o cumprimento e qualidade do tempo escolar e ampliar progressivamente a jornada, visando a implementação do tempo integral em algumas escolas;
Garantir no currículo do ensino fundamental atividades artísticas, esportivas e culturais e ter a escola como elemento de integração entre as políticas de educação, esporte e cultura;
Estimular os jogos estudantis;
Articular a educação de jovens e adultos mediante um projeto pedagógico com o mundo do trabalho e com a inclusão sócio-digital;
Ampliar e requalificar os programas de alfabetização de adultos com vistas à eliminação do analfabetismo de jovens e adultos;
Realizar progressivamente a inclusão digital nas escolas, em parceria com o MEC através do Programa Nacional de Informática na Educação (Proinfo).
Criação da Lei da meia-entrada em eventos para estudante municipal;
Criação do Projeto Jovem na Universidade, com a implantação do curso pré-universitário custeado pelo município em convênio com estudantes da UFC e UECE;

Gestão democrática da educação
Realizar a Conferência Municipal de educação que subsidiará a elaboração de forma participativa, do Plano Municipal de Educação;
Fortalecer os mecanismos de avaliação institucional das escolas, de modo que o núcleo gestor preste contas dos resultados escolares, envolvendo professores, alunos e pais, e incrementando a participação da comunidade na gestão da escola;
Criar o processo de seleção pública e eleição de diretores das escolas, ampliando as oportunidades de participação dos mais preparados;
Incentivar a livre organização dos grêmios estudantis e o papel dos conselhos escolares, recuperando sua função social e pedagógica, de modo a garantir o controle da qualidade do ensino pela comunidade;
Incentivar o envolvimento dos pais na melhoria do desempenho escolar dos seus filhos;
Revisão do plano de cargos, carreira e remuneração dos trabalhadores em educação;
Fazer convênio com as universidades públicas para a formação de professores para a educação básica;
Estabelecer, como um dos eixos da gestão, uma política de desenvolvimento profissional que contemple programas de formação inicial e continuada com o sistema de acompanhamento, suporte pedagógico e avaliação centrada;
Assegurar as condições (estruturais e pedagógicas) para a inclusão na escola regular, bem como a oferta de centros de educação para as pessoas portadoras de necessidades especiais, consolidando os seu direito a educação;
Criar programas de educação ambiental que qualifique as escolas e os alunos como agentes de uma cultura de paz, responsabilidade social e ambiental;

Dia do Orgasmo: uma em três brasileiras diz ter falta de desejo sexual, segundo estudo


As principais causas da falta de desejo sexual nas mulheres são fatores psicológicos


da Folha de S. Paulo
Nesta terça-feira (31) é comemorado o Dia Mundial do Orgasmo. A data foi criada por uma rede britânica de sex-shop. Segundo pesquisas encomendadas pelos donos dessas lojas, 80% das mulheres no Reino Unido não chegam ao clímax no ato sexual.

As brasileiras, aparentemente, têm mais prazer. Em uma pesquisa do Datafolha de 2009, 39% das entrevistas afirmaram sempre chegar ao orgasmo e 37%, quase sempre. Entre os homens, 76% disseram que sempre 'chegam lá'.

Um outro estudo, realizado pelo Prosex (Projeto Sexualidade) da Universidade de São Paulo, mostrou que 29,3% das brasileiras com mais de 18 anos sofrem com disfunção orgásmica e 34,6%, com a falta de desejo sexual.

As principais causas são fatores psicológicos, segundo Gerson Pereira Lopes, presidente da Comissão Nacional Especializada em Sexualidade da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia ).

Mas fatores fisiológicos também podem impedir o prazer. Por exemplo, uso de medicamentos como inibidores de apetite e antidepressivos, que retardam a ação do sistema nervoso central, dificultando o orgasmo. Disfunção hormonal ou má formação congênita da região genital, também estão entre as causas orgânicas, segundo Hugo Miyahira, vice-presidente da Região Sudeste da Febrasgo.

PRAZER BLOQUEADO

De acordo com Miyahira, de 15 a 30% das mulheres são afetadas pela anorgasmia, disfunção que bloqueia o orgasmo e pode ser absoluta ou eventual. A anorgasmia pode ser causada por acidentes que atingem a medula, alterações hormonais e anormalidades no formato da vagina, útero ou músculos da região genital. "Mas todos estes problemas são reversíveis com encaminhamento adequado", afirma o médico.

Já na chamada frigidez -- diminuição da libido -- a falta de desejo compromete a lubrificação vaginal, o que torna a relação desprazerosa. Lubrificantes, psicoterapia e reposição hormonal (na menopausa) são possibilidades para tratar o problema.

Outra disfunção é a dispareunia, dor genital durante ou após o coito. Ela pode ser causada por infecções na vulva, herpes genital e outras DSTs, cistites, endometriose e tumores pélvicos.

O que mais leva as mulheres aos consultórios é o vaginismo, apesar de não ser o distúrbio mais comum - afeta de 2% a 6% da população. A disfunção, um espasmo involuntário recorrente que contrai a vagina, impede a penetração ou faz com que ela seja extremamente dolorida. As principais causas do vaginismo são infecção pélvica, cicatrizes no orifício vaginal, lesão por cirurgia ou irritação devido ao uso de preservativos de látex, ducha íntima e espermicidas, além de fatores emocionais.

Os tratamentos das disfunções que dificultam o orgasmo costumam ser breves e eficazes, afirma Gerson Lopes.

APRENDIZADO

O melhor caminho para chegar ao orgasmo ou perceber que há algo de errado com a sexualidade é conhecer o próprio corpo, afirmam os médicos. "A mulher que se toca, sabe como sentir prazer e não fica tensa na hora da relação. Além disso, ela consegue identificar disfunções sexuais com mais facilidade", diz Lopes.

Nem todas se sentem à vontade para assumir o aprendizado. Na pesquisa do Datafolha, 78% afirmaram não se masturbar. No estudo do Prosex, da USP, 92,1% das brasileiras disseram que não se masturbam frequentemente.

GOZO OBRIGATÓRIO

No dia do orgasmo ou em qualquer outro, é bom lembrar que satisfação não é sinônimo de clímax. "Em uma relação sexual há outras formas de prazer", diz Gerson Lopes.

Mas a sociedade atual parece impor a obrigação do orgasmo -- a 'orgasmocracia', segundo Lopes. "Esta situação leva muitas mulheres a fingirem, o que as deixa ainda mais frustradas."

Entre as mulheres ouvidas pelo Datafolha, metade afirmou já ter fingido o orgasmo. Mas eles também mentem: 26% dos homens entrevistados também disseram fingir o gozo.

"Tão opressor quanto não conseguir gozar, é se sentir obrigado a fazê-lo", diz o especialista em sexualidade da Febrasgo.


FONTE: http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2012/07/31/dia-do-orgasmo-uma-em-tres-brasileiras-diz-ter-falta-de-desejo-sexual-segundo-estudo.jhtm

OLIMPÍADAS 2012


últimas notícias
mais notícias...

FONTE: http://esportes.br.msn.com/olimpiadas-2012/noticias/

Twitter torna-se fonte de polêmicas olímpicas

Ele já eliminou dois atletas dos Jogos de Londres, motivou a prisão de um torcedor e, segundo o COI, atrapalhou...



Ele já eliminou dois atletas dos Jogos de Londres, motivou a prisão de um torcedor e, segundo o COI, atrapalhou até os comentaristas de uma prova de ciclismo. Com mensagens limitadas a 140 caracteres, o Twitter está no pódio das fontes de polêmicas na Olimpíada 2012.
No Brasil, a judoca Rafaela Silva, após ser desclassificada por um golpe irregular, atacou a usuários da rede. "Cala a boca imbecil", escreveu, entre outras ofensas. Nesta terça-feira, a técnica Rosicleia Campos afirmou, mostrando a mensagem em um celular, que o descontrole foi motivado por Rafaela, que é negra, ter sido chamada de "macaca" no Twitter.
Na Inglaterra, um comentário supostamente ofensivo de um jovem de 17 anos a um competidor resultou na detenção do rapaz. "Você decepcionou o seu pai, espero que você saiba isso", publicou o jovem, em mensagem ao saltador inglês Tom Daley, que perdera a chance de medalha. Fonte de inspiração para o saltador, o pai de Daley morreu de câncer em 2011.
Não são só desavenças entre os atletas e público que tornam o Twitter foco nos Jogos.
No sábado, durante a prova de ciclismo de estrada, comentaristas esportivos não tiveram acesso a informações em tempo real da posição dos participantes porque, entupidos pelas mensagens, os satélites não conseguiam transmitir a posição dos ciclistas.
Por isso, segundo a agência de notícias Reuters, o Comitê Olímpico Internacional pediu moderação nos tuítes e nas mensagens via celular dos espectadores durante provas. Mas, em um dos sites oficiais dos Jogos, o próprio COI incentiva a interação via internet entre competidores e público. O Athletes Hub reúne os perfis em redes sociais das estrelas e até promoveu entrevistas via Twitter com os principais nomes em Londres.
Londres não é a primeira Olimpíada divulgada, criticada e vigiada via Twitter - o site foi fundado em 2007. Mas a relevância do Twitter hoje torna pálida a experiência dos Jogos de Pequim. Em 2008, segundo o site, eram publicadas 300 mil mensagens por dia em média; atualmente, são mais de 50 milhões.
RACISMO
Por causa de um escorregão na rede social, a saltadora grega Voula Paraskevi Papachristou foi cortada da sua equipe antes mesmo dos Jogos. Papachristou escreveu que, por causa da presença de africanos na Grécia, os mosquitos do Nilo poderiam comer comida caseira. Papachristou pediu desculpas, mas o Comitê Olímpico da Grécia ressaltou a falta de "respeito por um valor olímpico básico" para tirar a grega de Londres.
Outro acusação de racismo via rede social tirou Michel Morganella, jogador de futebol suíço, da competição. O jogador chamou os sul-coreanos de "atrasados mentais" depois que sua equipe perdeu para o time asiático.


“Comida inteligente” será capaz de “enganar” o cérebro


“Comida inteligente” será capaz de “enganar” o cérebro


Depois que você termina de comer aquela porção generosa de lasanha à bolonhesa, seu sistema digestivo manda uma mensagem ao cérebro dizendo “estou cheio”. Esse mecanismo de regulação pode ser uma ferramenta poderosa no combate à obesidade, e está sendo investigado por um grupo internacional de pesquisadores.

“Sabemos que nutrientes interagem com as células do sistema digestivo, que disparam mensagens químicas – hormônios – para o cérebro para sinalizar que o estômago está cheio”, explica o endocrinologista Jens Hols, da Universidade de Copenhagen (Dinamarca). Ele descobriu uma pequena molécula envolvida no processo, a GLP-1, e agora está tentando descobrir exatamente como funciona esse “diálogo” entre o cérebro e o sistema digestivo.

A equipe espera, com isso, poder produzir futuramente aditivos capazes de desencadear o processo e fazer com que a pessoa se sinta satisfeita comendo menos. Enquanto a “comida inteligente” não sai do papel, a re-educação alimentar vai continuar dependendo da força de vontade de quem quer perder peso de modo saudável.



Está vendo a moto?‏


É óbvio que a velocidade da moto contribuiu e muito para o acidente. Se o motorista visse a moto, a veria longe e muito pequena!

Você está vendo a moto?
Descrição: cid:BCD5C3CD84C140CFB6B8C03F161CAD7F@UsuarioPC
Descrição: cid:001901ca529a$f2371da0$80c2d1c9@equipo2

O motorista do veículo tampouco a viu...

E agora, consegue ver?


Descrição: cid:001b01ca529a$f2371da0$80c2d1c9@equipo2


Descrição: cid:001d01ca529a$f2371da0$80c2d1c9@equipo2


Descrição: cid:001f01ca529a$f2371da0$80c2d1c9@equipo2
O motociclista viajava aproximadamente à 135 km/h. O condutor do VW estava falando ao celular quando saiu de uma rua lateral, sem ver a moto. Não teve tempo de evitar o acidente... O carro levava dois passageiros. O motociclista foi encontrado dentro do carro com os outros dois passageiros. O VW capotou pela força do impacto e caiu a 7m do local da colisão. As três pessoas morreram instantaneamente. Os veículos foram exibidos numa feira de motocicletas da Polícia. Falar ao celular enquanto dirige aumenta o risco de acidentes em uns 200%; isto em uma conversa normal. Mas se a mesma for carregada de emoção, então a distração é ainda maior."Textear" multiplica por 10 este índice!
Deixe de falar ao celular e mandar mensagens de texto quando estiver dirigindo.
Guarde o celular !
Envie esta mensagem aos seus amigos, recordando-lhes a importância de não se falar ao celular enquanto se dirige um veículo.
É hora de ver o nosso Brasil mais seguro a PARTIR DE NÓS MESMOS E DAS NOSSAS ATITUDES PESSOAIS!!!!



......................................
COLABORAÇÃO DE LEDA BARBOSA

Conheça 12 verdades sobre o chá verde


Conheça 12 verdades sobre o chá verde

Com ação antioxidante, ele protege o coração e acelera o metabolismo

O gosto dele é um pouco amargo, de fato, mas a ciência já provou que vale a pena fazer careta pelo monte de vantagem que o chá verde pode fazer pela sua saúde. "Ele contém quantidades consideráveis de manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e a vitamina B2, nutrientes que são essenciais para o bom funcionamento do organismo", explica a nutricionista Daniela Jobst, de São Paulo.

A seguir, você descobre os benefícios e os cuidados na hora do consumo e também aprende como amenizar o gosto forte da planta. 
  • Chá de saquinho - Foto Getty Images
  • Relógio chá - Foto Getty images
  • Chá com hortelã - Foto Getty Images
  • Chá dor de cabeça - foto getty images
  • metabolismo - foto getty images
  • chá verde coração - Foto Getty Images
  • Mulher tomando chá- Foto Getty Images
  • chá verde - Foto Getty Images
  • Gripe- Foto Getty Images
  • Mulher tomando chá- Foto Getty Images
  • Afasta a depressão - Foto Getty Images
  • grávida - foto Getty Images
 
 
DE 12
Chá de saquinho - Foto Getty Images
1. Chá de saquinho é menos eficiente 

O chá verde é preparado a partir brotos e folhas de uma erva chamada Camellia sinensis."Basta colocar água para ferver e assim que começar a borbulhar, apagar o fogo e acrescentar a erva, deixando me infusão por três minutos", explica nutricionista Débora Razera Peluffo, de Caxias do Sul.

Nesse processo, todas as propriedades das folhas da erva passam para a água. Já, quando o chá é feito com o saquinho industrializado, parte das propriedades se perdem, porque o pacotinho leva uma mistura com o caule da planta, com menos nutrientes 
Relógio chá - Foto Getty images
2. Existe a melhor hora para tomar o chá 

Um cuidado para o consumo é o horário em que o chá verde é ingerido. "Assim como o café, ele não deve ser tomado logo após as refeições. A cafeína, presente nas folhas do chá, prejudica a absorção de ferro e vitamina C pelo organismo. Por isso, é preciso esperar pelo menos uma hora antes de consumir chá verde", explica a nutricionista Daniela Jobst.  
Chá com hortelã - Foto Getty Images
3. Acabe com o gosto amargo

Uma solução para acabar com o sabor forte do chá é adicionar alguns outros ingredientes à receita. Uma boa dica é acrescentar duas colheres de sopa de mel, que deixará o chá com um sabor mais adocicado. Basta, após o preparo do chá, batê-lo no liquidificador com duas colheres de mel. Mas é preciso ter cuidado, já que o mel é bastante calórico e rico em açúcar.

Outra opção é bater o chá no liquidificador com frutas, como morango, amora, maçã verde, laranja e uva. Ou simplesmente adicionar as frutas, gotas de limão ou ervas mais suaves (como hortelã e capim cidreira) na hora da infusão. 
Chá dor de cabeça - foto getty images
4. Alerta para a cafeína 

A ressalva para o consumo desse chá vai para as pessoas sensíveis à cafeína, substância presente em sua composição. Com efeito estimulante sobre o sistema nervoso, a cafeína pode causar dor de cabeça, agitação, irritação e aumento do ritmo cardíaco. "Pessoas sensíveis à substância podem sofrer com esses sintomas se ingerirem quantidades superiores a um litro por dia", diz a nutricionista e clinica funcional Camila Duran, da Clínica Pedrinola & Rascovski. Quando comparado com outras bebidas quentes, o chá verde apresenta níveis menores desse componente ? são 3 mg para cada 50 ml. Compare a quantidade de cafeína contidas na mesma dose de:

Café: 25-50 mg
Capuccino: 25-50 mg
Chá preto: 10 mg 
metabolismo - foto getty images
5.Acelera o metabolismo 

O chá verde contém grandes quantidades de antioxidantes e outras substâncias, como a própria cafeína, que favorecem o gasto de energia pelo organismo. "São propriedades que aceleram o metabolismo e favorecem a queima de gorduras", diz a nutricionista Daniela Jobst. De acordo com a nutricionista, a recomendação diária, nesse caso, varia de cinco xícaras a um litro. Mas para obter os resultados de perda de peso, o consumo deve levar no mínimo três meses seguidos. "A temperatura do chá não interfere no resultado, podendo ser quente ou fria", explica. 
chá verde coração - Foto Getty Images
6.Protege o coração
"O chá verde ajuda a proteger a saúde do coração, diminuindo as chances da formação de coágulos nas artérias, graças aos flavonoides que carrega"", explica a nutricionista Daniela Jobst. Os flavonoides também mantêm as artérias mais flexíveis, suavizando os impactos das constantes mudanças da pressão arterial. Para sentir esse efeito, é necessário consumir ao menos três xícaras da bebida por dia. 
Mulher tomando chá- Foto Getty Images
7.Bebida antienvelhecimento 

Por ter um poderoso efeito antioxidante, o chá verde impede a ação dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce das células. "Nutrientes como carotenos, vitaminas C e E, presentes nas folhas, favorecem a elasticidade da pele e previnem as rugas", diz Daniela Jobst.
chá verde - Foto Getty Images
8.Reduz o colesterol ruim 

Um estudo feito pela Universidade do Paraná mostrou que pessoas que tomam chá verde têm mais chances de diminuir os níveis de colesterol ruim do sangue, o LDL, se comparadas as pessoas que não consomem a bebida. Segundo o estudo, o chá verde sozinho não deve ser usado como medida para o controle do colesterol, mas deve ser um aliado de uma alimentação com baixo teor de gorduras saturadas e grande quantidade de vitaminas e minerais.  
Gripe- Foto Getty Images
9.Fortalece o sistema imunológico

O chá verde contém polifenois, vitaminas C, K, B1 e B2, manganês, potássio e ácido fólico. "Todas essas substâncias melhoram o funcionamento do sistema imunológico, prevenindo infecções, inflamações, cáries e muitas doenças causadas por vírus, bactérias ou fungos", diz a nutricionista Camila Duran. 
Mulher tomando chá- Foto Getty Images
10.Protege contra o câncer

A prevenção contra o câncer é outro benefício do chá verde. "Além da catequina, um poderoso antioxidante que impede que a proliferação das células aconteça de maneira desregular, o chá verde é rico em bioflavonoides. Essas duas substâncias bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores", diz a nutricionista e clinica funcional Camila Duran, da Clínica Pedrinola & Rascovski.

Esse resultado foi observado em um estudo feito pela Universidade do Estado de Luisiana, nos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, pacientes diagnosticados com câncer de próstata que tomaram quatro cápsulas por dia de um ativo denominado Polifenol E - um montante equivalente a cerca de 10 xícaras de chá verde tiveram uma redução na proliferação de células cancerígenas em até 30%.  
Afasta a depressão - Foto Getty Images
11.Afasta a depressão

Segundo um estudo publicado American Journal of Clinical Nutrition, pessoas que tomam chá verde com frequência estão 44% menos propensas a ter depressão. Essa propriedade está ligada ao aminoácido chamado theanina, encontrado no chá verde e que tem efeito tranquilizante. De acordo com os cientistas, é preciso tomar de três a quatro xícaras do chá diariamente para observar tal proteção. 
grávida - foto Getty Images
12.Grupos que devem evitar o chá 

O chá verde é um poderoso aliado da boa saúde. Mas, algumas pessoas devem consultar um médico antes de inclui-lo na dieta. "O uso do chá não é recomendado para gestantes, indivíduos com hipertensão, glaucoma e doenças psiquiátricas. Ele pode interagir com alguns remédios comumente ingeridos por esse grupo de pessoas", explica a nutricionista Débora Razera Peluffo. Mas, como sempre, é preciso procurar um médico para analisar se o consumo é permitido.



FONTE: http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/14267-conheca-12-verdades-sobre-o-cha-verde?utm_source=news_mv&utm_medium=repick_alimentacao&utm_campaign=655671

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK