PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 15 de março de 2013

Médico receita vodca para nebulização de bebê


Médico receita vodca para nebulização de bebê

Receita escrita pelo médico
Receita escrita pelo médico Foto: Reprodução
Bruno Dalvi, especial para O Globo



VITÓRIA — Um médico da cidade de Aracruz, no interior do Espírito Santo, orientou que fossem utilizadas gotas de vodca na nebulização de um bebê. A orientação foi prescrita a pelo menos duas pacientes, num formulário oficial do Hospital e Maternidade São Camilo, que é filantrópico e atende a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).
Uma das mães é a agente de saúde Luana Tomaz, de 22 anos, mãe de um bebê de seis meses. O filho dela começou a passar mal no início desta semana, com quadro de tosse, secreção e suspeita de pneumonia. A criança foi levada ao hospital e atendida pelo médico Luiz Alexandrino Alves, que recomendou nebulização com vodca.
Na receita, ele indica que a bebida deveria ser dosada com outras medicações - entre elas Berotec, soro e Atrovent - e usada no procedimento de nebulização da criança a cada seis horas, pelo período de sete dias. A consulta transcorreu normalmente e a mãe só se surpreendeu quando chegou à farmácia para comprar os remédios.
- O farmacêutico disse que não tinha o que eu estava pedindo, pois era vodca de supermercado. Não acreditei quando ouvi isso - disse Luana, que fez a consulta pelo SUS.
A indignação ganhou as redes sociais quando Luana postou o caso no Facebook. Em seguida, ela descobriu que uma amiga, Joyce Silva, que é mãe de um bebê de um mês, também havia passado pela mesma situação. As duas mulheres contrataram uma advogada e alegam que, antes de prescrever as receitas, o médico ainda "brincou" com elas.
- Ele me perguntou se eu conhecia um remedinho chamado vodca. Falei que não e ele me respondeu, surpreso, 'mas eu só estou falando de vodca de supermercado'. Na hora, achei que ele estivesse brincando comigo, nunca pensei que fosse receitar isso para o meu filho - disse Luana.
A situação pode parecer estranha, mas pediatras especialistas em doenças respiratórias ouvidos pelo GLOBO esclarecem que há muito tempo, por falta de recursos terapêuticos, os médicos usavam a vodca para desidratar as secreções nos tratamentos de asma e bronquite. Entretanto, eles afirmam que isso já foi abolido, pois existem outros medicamentos comprovadamente mais eficazes.
O Hospital e Maternidade São Camilo informou que pediu um parecer da Sociedade Brasileira de Pneumologia (SBP) para saber se existe alguma contraindicação do uso de medicamentos aliados a vodca. Só depois de receber o documento, o hospital vai decidir o que fazer em relação ao caso.
- A prescrição ocorreu, mas ainda estamos apurando os fatos. O que temos até agora é uma pessoa que não possui conhecimento técnico relatando algo feito por uma pessoa que tem conhecimento técnico - informou o gerente executivo do hospital, Clemário Angeli.
Ele explicou ainda que o hospital não pode interferir em ‘hipótese alguma’ na conduta dos médicos e que eles são os responsáveis exclusivos de seus atos clínicos. Por enquanto, o médico Luiz Alexandrino Alves, que atua no hospital há quase um ano, continua atendendo normalmente. Ele foi procurado, mas ainda não foi localizado.
O Conselho Regional de Medicina informou que só pode investigar o caso se as mães fizeram uma denúncia no órgão.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/medico-receita-vodca-para-nebulizacao-de-bebe-7853559.html#ixzz2NeeFTAes


FONTE: http://extra.globo.com/noticias/brasil/medico-receita-vodca-para-nebulizacao-de-bebe-7853559.html

Médico receita vodca para tratar bebê doente em Aracruz (ES)

Thiago Varella Do UOL, em São Paulo


Um médico pediatra receitou nebulização com vodca Orloff para um bebê de seis meses que sofria de tosse intensa, na última segunda-feira (11), em Aracruz (ES), a 80 km de Vitória.

A agente de saúde Luana Tomaz, 22, levou seu filho Aryel ao pronto-socorro do Hospital São Camilo, em Aracruz, no fim da tarde de segunda. Segundo a mãe, uma médica atendeu o bebê, pediu um raio-X e um exame de sangue.

“Com o raio-X, falou que era uma sinusite muito forte, receitou duas nebulizações com Berotec e pediu para passar com outro médico assim que o outro exame estivesse pronto”, contou Luana. 

Por volta das 23h, a mãe levou o bebê ao pediatra de plantão. O médico examinou Aryel, disse que o peito do menino estava chiando e receitou soro e uma nebulização com Berotec, Atrovent e vodca Orloff, de seis em seis horas, por uma semana.

“Ele ainda falou ‘você conhece, mãe, um remedinho chamado vodca? Vodca de supermercado?’ Achei que era brincadeira”, disse Luana. 

Na manhã seguinte, com a receita em mãos, a mãe foi a uma farmácia, onde descobriu que, de fato, o médico havia receitado nebulização com uma bebida alcoólica.

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2013/03/15/medico-receita-vodca-para-tratar-bebe-doente-em-aracruz-es.jhtm

..
Mãe tirou foto da receita médica com "vodka Orloff"

Violino do Titanic é autenticado 101 anos após o naufrágio

DA AFP, EM LONDRES


O violino do chefe de orquestra do Titanic foi encontrado em um sótão na Inglaterra e autenticado 101 anos após o naufrágio do navio, indicou uma casa de leilões britânica.
Foram necessários sete anos para certificar a origem do instrumento, que sobreviveu ao naufrágio, explicou Andrew Aldridge, da casa Henry Aldridge & Son localizada no sudoeste da Inglaterra.
O violino feito pertenceu a Wallace Hartley, chefe da pequena orquestra do Titanic, que ficou conhecida por ter tocado até que o navio desaparecesse no Atlântico em abril de 1912.
O corpo de Wallace Hartley passou dez dias na água. "O violino foi encontrado em uma mala de couro, que estava presa a seu corpo", contou Andrew Aldridge.
Henry Aldridge/Associated Press
Imagem do violino que pertenceu a Wallace Hartley, chefe da orquestra do Titanic
Imagem do violino que pertenceu a Wallace Hartley, chefe da orquestra do Titanic
Pouco tempo depois da tragédia, a mãe de Wallace Hartley disse à imprensa que "sabia que ele morreria com seu violino". Segundo ela, ele era "apaixonadamente ligado a esse instrumento".
O violino, presente de sua noiva Maria Robinson, tinha uma pequena placa em prata escrita "Para Wallys, por ocasião de nosso noivado. Maria", um elemento que permitiu autenticá-lo.
Os peritos que examinaram o instrumento também concluíram que "os sedimentos e a ferrugem" encontrados no violino eram "compatíveis com uma imersão na água do mar", segundo Andrew Aldridge.
Após o resgate do instrumento, as autoridades canadenses o enviaram a Maria Robinson.
Depois de sua morte, em 1939, foi confiado ao Exército da Salvação. Em uma carta escrita no início dos anos 1940, uma professora de música da organização escreveu: "É quase impossível tocar [com o violino], provavelmente por causa de sua vida movimentada". O instrumento foi então dado a uma família que o guardou em seu sótão.
"É uma incrível história humana", comentou Andrew Aldridge. Para ele, Wallace Hartley é uma das personalidades mais importantes da história do Titanic, principalmente devido à sua coragem.
O violino é avaliado em pelo menos € 100 mil (R$ 258 mil). Ficará exposto a partir da Páscoa na prefeitura de Belfast, cidade onde o Titanic foi construído. Está fora de questão colocá-lo em leilão por enquanto, segundo Andrew Aldridge, que está negociando com museus.
O Titanic naufragou nas águas geladas do Atlântico Norte durante sua viagem inaugural na madrugada do dia 14 para o 15 de abril 1912 após colidir com um iceberg. Das cerca de 2.200 pessoas a bordo, 1.500 morreram, entre elas os oito membros da orquestra.


FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1247169-violino-do-titanic-e-autenticado-101-anos-apos-o-naufragio.shtml

Concurso na BA pede que mulher faça exame ginecológico ou ateste virgindade


Um edital da Polícia Civil da Bahia que exige a comprovação de virgindade para candidatas a delegada, escrivã e investigadora causou polêmica e virou alvo de protesto no Estado.
A seção baiana da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) divulgou uma nota de repúdio nesta quarta-feira (13) contra o edital.
O motivo é um item do edital que libera mulheres "com hímen integro" de passar por "avaliação ginecológica detalhada, contendo os exames de colposcopia, citologia e microflora".
Para isso, porém, as postulantes terão de comprovar serem virgens por meio de um atestado médico, com assinatura, carimbo e registro profissional do médico em questão.
A OAB contesta a exigência. "Exigir que as mulheres se submetam a tamanho constrangimento é, no mínimo, discriminatório, uma vez que não tem qualquer relação com as atribuições do cargo, além de tornar mais oneroso o concurso para as candidatas do gênero feminino", diz o texto da Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher da entidade.
A nota ainda fala em violação ao chamado princípio da dignidade da pessoa humana, previsto pela Constituição brasileira, e à "intimidade, vida privada, honra e imagem".
Procurada pela Folha, a Secretaria de Administração baiana disse que a situação é recorrente em "vários concursos públicos realizados no país". E que "não se configura uma cláusula restritiva, mas sim uma alternativa para as mulheres que, porventura, queiram se recusar a realizar os exames citados no edital".
O certame dará 600 vagas, com salários de R$ 1.558,89 a R$ 9.155,28. As primeiras provas, com questões objetivas e discursivas, estão marcadas para 7 de abril.


FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1245916-edital-de-concurso-da-policia-na-bahia-exige-comprovante-de-virgindade.shtml

Marco civil da internet complementa leis de crimes virtuais


Especialistas defendem proposta que prevê guarda de dados de conexão pelos provedores, considerada essencial na apuração da autoria dos crimes




Embora duas leis que tipificam crimes na internet tenham sido aprovadas pela Câmara no ano passado (a Lei Azeredo e a Lei Carolina Dieckmann), deputados e especialistas apontam que ainda é necessário aprovar a proposta de marco civil da internet, do Executivo, para facilitar a apuração da autoria dos crimes.
A proposta, que está na pauta do Plenário, prevê que os provedores de internet guardem os chamados logs (dados de conexão do usuário, que incluem endereço IP, data e hora do início e término da conexão) por um ano. Como as empresas responsáveis pelo serviço de conexão mantêm cadastros dos internautas, normalmente são capazes de identificar, pelo endereço IP, quem é o usuário.
Deputado Eduardo Azeredo (PSDB-SP) defende que servidores guardem logs de acesso Foto: Luiz Alves / Agência Câmara
Deputado Eduardo Azeredo (PSDB-SP) defende que servidores guardem logs de acesso
Foto: Luiz Alves / Agência Câmara
A legislação de crimes cibernéticos não contém a previsão de manutenção de logs, pois foi acordado com o governo que a obrigação constaria do marco civil. "Isso faz parte do acordo parlamentar que fizemos, para garantir a aprovação das leis", explica o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-SP), relator na Câmara do projeto que gerou a Lei 12.735/12, que leva seu nome.
Dados de navegação
Para o advogado especialista em Direito Digital Renato Ópice Blum, o marco civil também deveria obrigar os provedores de conteúdo (ou seja, os donos de sites) a guardar os registros de acesso dos usuários aos sites e a aplicativos. A proposta apenas faculta aos provedores manter esses registros, o que só será obrigatório no caso de ordem judicial. Com isso, na visão do advogado, a investigação da autoria dos crimes será dificultada.
Precisamos do registro de quem acessou o quê, a que horas
Marcelo Caiadochefe da Divisão de Segurança da Informação da Procuradoria Geral da República
Essa também é a visão do procurador Marcelo Caiado, chefe da Divisão de Segurança da Informação da Procuradoria Geral da República. "Precisamos do registro de quem acessou o quê, a que horas", afirmou o procurador, "só assim conseguiremos colocar os criminosos digitais na cadeia".
"É preciso aperfeiçoamento legislativo para identificar todos os usuários de internet", defende o deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP). Além disso, Protógenes acredita que todas as postagens na web, sejam em redes sociais, sites ou blogs, devam ser identificadas.
Privacidade
Já o relator do marco civil, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), ressalta que os dispositivos têm o objetivo de garantir a privacidade da navegação. "O marco civil prevê que o sigilo e a privacidade da navegação sejam a regra; a exceção será a quebra desse sigilo, por ordem de juiz, autorizando isso", afirma.
Deputado Alessandro Molon (PT-RJ) defende privacidade da navegação Foto: Gustavo Lima / Agência Câmara
Deputado Alessandro Molon (PT-RJ) defende privacidade da navegação
Foto: Gustavo Lima / Agência Câmara
O delegado Carlos Miguel Sobral, chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da Direção-Geral da Polícia Federal, também destaca a importância de manter a privacidade na internet. "As pessoas não devem ser obrigadas a se identificar", defende. Sobral afirma que há instrumentos tecnológicos que o Estado pode utilizar como meios de investigação.
Novas leis
Embora considerem as novas leis de crimes cibernéticos uma "evolução", Marcelo Caiado e Ópice Blum criticam as baixas penas previstas no texto. "Dificilmente alguém vai ser condenado", avaliou o advogado. Já o deputado Protógenes acredita que as leis de crimes cibernéticos aprovadas são muito sucintas, com poucos crimes previstos. "Essas leis não solucionam o problema", opinou.
A LEI 12.737/12 (LEI CAROLINA DIECKMANN) TIPIFICA OS SEGUINTES CRIMES:
- invasão de computadores para obter vantagem ilícita;
- falsificação de cartões e de documentos particulares; 
- interrupção ou perturbação de serviço telegráfico, telefônico, informático, telemático ou de informação de utilidade pública. 
A LEI 12.735/12 (LEI AZEREDO):
- inclui um novo dispositivo na Lei de Combate ao Racismo (7.716/89) para obrigar que mensagens com conteúdo racista sejam retiradas do ar imediatamente, como já ocorre atualmente em outros meios de comunicação, como radiofônico, televisivo ou impresso;
- prevê a criação das delegacias especializadas no combate a crimes cibernéticos na Polícia Federal e nas Polícias Civis.
As leis entram em vigor no dia 2 de abril.
Deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP) defende identificação para postagens em redes sociais Foto: Alexandra Martins / Agência Câmara
Deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP) defende identificação para postagens em redes sociais
Foto: Alexandra Martins / Agência Câmara
Protógenes defende que as mais de 40 propostas sobre crimes na internet que ainda estão em análise na Câmara tramitem de forma unificada e que se produza, a partir delas, um código de crimes cibernéticos. Já o delegado Sobral acredita que a legislação brasileira de repressão a cibercrimes já está adequada, com a aprovação das leis no ano passado. "Basta agora começar a colocá-las em prática", salientou.
"A lei é um instrumento, e agora precisamos de operadores dos instrumentos", disse. "Sem termos pessoas preparadas, com equipamentos, prontas para agir, a lei vai ficar só no papel", complementou Sobral.



FONTE: http://tecnologia.terra.com.br/internet/marco-civil-da-internet-complementa-leis-de-crimes-virtuais,96d353057207d310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

"Tenho dois vibradores", diz Carol Narizinho em evento em SP


"Tenho dois vibradores", diz Carol Narizinho em evento em SP

Carol Narizinho diz que usa fantasias para apimentar a relação Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
Carol Narizinho diz que usa fantasias para apimentar a relação
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
  • Danielle Barg
    Direto de São Paulo
Rotina é uma palavra que não faz parte do relacionamento de Carol Narizinho com Mateus Boeira, que além de namorado é também seu assessor.  Em evento realizado na capital paulista na noite desta quinta-feira (14), para o lançamento do novo catálogo de produtos eróticos da Hot Floweres, ela falou um pouco das suas preferências na intimidade. 
Carol disse que é adepta de recursos para apimentar a relação. “Uso gel, bolinhas, óleo de massagem, cremes. Também tenho dois vibradores”, contou. “Namoro há dois anos, então quando começa a cair na rotina tem que inventar, ir para um motel, fazer uma dança, um pole dance, usar um gel de massagem.
 
A Panicat, que é a atual capa da Playboy, disse também que gosta de se vestir de diversas maneiras para agradar ao namorado. “Tenho várias fantasias, de coelhinha, enfermeira, colegial, policial”, afirmou.
LEIA MAIS: 

FONTE: http://mulher.terra.com.br/comportamento/,84693fe47ad6d310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Em SP, Larissa Riquelme diz que prefere sexo "tranquilo"


Em SP, Larissa Riquelme diz que prefere sexo "tranquilo"

  • Danielle Barg
    Direto de São Paulo
Larissa Riquelme, que ficou conhecida durante a Copa do Mundo de 2010 por ser fotografada sempre carregando o celular entre os seios, reapareceu na noite desta quinta-feira (14), em São Paulo, no lançamento da nova linha dos de produtos eróticos da marca Hot Flowers, da qual é garota-propaganda. A paraguaia falou sobre suas preferências entre quatro paredes. Ela disse que não usa “brinquedinhos” e que é adepta do sexo “tranquilo”. “Gosto de mimos, carinhos e alguma coisa especial”, afirmou. 
Se há três anos, ela aproveitou a fama instantânea para posar nua na Playboy e aparecer em programadas de TV com roupas ousadas e provocantes, hoje ela está com visual mais comportado. Larissa apareceu usando calça, miniblusa branca e uma camisa transparente por cima. Nada de decote e celular nos seios, apenas a barriguinha de fora.
Depois de subir ao palco e comprimentar os convidados,  ela contou aos jornalistas presentes no local que namora há dois anos. Para conquistar um homem, os truques também são menos ousados do que se possa imaginar. “Uso meu sorriso. Também sou muito carinhosa. Mas agora tenho namorado”, ressaltou, deixando claro que não pretende conquistar mais ninguém no momento.
Quando o assunto é qual o homem mais caliente, o brasileiro ou o paraguaio, Larissa preferiu ser diplomática. “Ambos são bons amantes”, afirmou.
Ana Paula Minerato, Larissa Riquelme e Thais Bianca no evento Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
Ana Paula Minerato, Larissa Riquelme e Thais Bianca no evento
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
​O evento contou também com a participação de outras celebridades, como as panicats Thais Bianca, Ana Paula Minerato e Carol Narizinho, que é capa da Playboy deste mês, além do ex-BBB Serginho e do candidato ao título de Mister Brasil, Ricardo Florillo, que estrelou o catálogo da marca junto com a paraguaia.
 
Realizado em uma casa noturna na capital paulista, a pista também contou com gogo-boys e mulheres vestidas com fantasias eróticas, como coelhinhas e enfermeiras, além de uma apresentação de pole dance.
 
Entre as novidades, estavam expostos produtos como géis relaxantes para relação anal, vibradores líquidos e óleos corporais, além do "Sempre Virgem" - uma emulsáo líquido que deixa o canal vaginal mais estreito.



FONTE: http://mulher.terra.com.br/comportamento/em-sp-larissa-riquelme-diz-que-prefere-sexo-tranquilo,2a7ca3ec99d6d310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Eu Vou Passar o Sabonete


Eu Vou Passar o Sabonete

Trio da Huanna

Essa é a nova onda
Eu te pego e te esculacho
Ela faz amor por cima
Eu faço amor por baixo
No calor dessa menina me aqueço e me relaxo
Sei que amor é amor e esculacho é esculacho
Eu vou passar o sabonete no corpinho dela
Eu botar doce de leite no umbiguinho dela
Fala baixinho que me ama
Eu digo que eu amo ela
Ela me chama vem Luizinho e eu vou lá e arrocho ela (2x)

O QUE VI ACONTECER HOJE NA NOVEL SALVE JORGE


HOJE SEX, 15 DE MARÇO

Morena vê Lívia no hotel em Istambul 

e se apressa para falar com ela

Helô faz Morena prometer que não contará a ninguém que está viva e avisa a Stenio que vai para a Turquia. Cyla afirma a Demir que descobrirá quem é o pai do filho de Morena. Bianca conta para Maitê que armou um encontro com Zyah no mesmo cenário em que se conheceram. Helô arruma as malas e estranha não ver as flores que Stenio costuma lhe mandar. Rosângela descobre que Antonia não é a chefe da organização. Wanda implica com Lívia por se importar demais com Théo. Helô combina com Morena que um policial irá buscá-la para levá-la ao seu encontro em Istambul e Zyah decide acompanhá-la. Bianca conta para Maitê como foi seu primeiro encontro com Zyah. Bianca fica nervosa com o atraso de Zyah. Isaurinha reclama da implicância de Celso com Antonia. Morena vê Lívia no hotel em Istambul e se apressa para falar com ela.




















FONTE: http://tvg.globo.com/novelas/salve-jorge/capitulo/2013/3/15/morena-ve-livia-no-hotel-em-istambul-e-se-apressa-para-falar-com-ela.html

Só se eu for junto! Zyah decide acompanhar 'resgate' de Morena


Mustafa pede para o guia cuidar da segurança da traficada


Zyah diz que Morena só entra no carro com ele (Foto: Salve Jorge/TV Globo)Zyah diz a policial que Morena só entra no carro com ele (Foto: Salve Jorge/TV Globo)
Morena (Nanda Costa) finalmente tomou coragem e abriu o jogo para Helô (Giovanna Antonelli). Através do perfil falso que criou em uma rede social, a gata contou todo o inferno que passou desde o momento em que aceitou o convite de Wanda (Totia Meirelles) para ir para a Turquia.
Assim que descobre que a filha deLucimar (Dira Paes) está viva, a delegada consegue articular uma operação policial para buscar Morena na Capadócia. Mas, claro, tudo na maior discrição. Almir (Murilo Grossi), policial da confiança de Helô, vai até a vila. Mas, temendo pela segurança de Morena,Zyah (Domingos Montagner) avisa que a brasileira só vai para Istambul com ele junto.
Será que Morena finalmente vai escapar de todo esse pesadelo? Não perca a cena, que vai ao ar na sexta-feira, 15 de março. Saiba mais sobre o capítulo.


FONTE: http://tvg.globo.com/novelas/salve-jorge/Vem-por-ai/noticia/2013/03/so-se-eu-for-junto-zyah-decide-acompanhar-resgate-de-morena.html

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK