PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 17 de março de 2013

Brasileiro inspirou nome do papa


REFERÊNCIA AOS POBRES

Brasileiro inspirou nome do papa

17.03.2013


Pontífice gostou do conselho de dom Cláudio Hummes e resolveu homenagear São Francisco de Assis
Vaticano. O papa Francisco revelou ontem a jornalistas que se inspirou nas palavras do cardeal brasileiro dom Cláudio Hummes, que é arcebispo emérito de São Paulo e prefeito emérito da Congregação de Bispos, para escolher seu nome. Francisco contou que à medida que a eleição no conclave evoluía para a escolha do nome a ser utilizado por ele como novo papa, dom Hummes o abraçou e recomendou: "Não se esqueça dos pobres".

O papa demonstrou simpatia e bom-humor na breve audiência com os jornalistas, que durou menos de 30 minutos. O local escolhido foi a Sala Paulo VI, no interior do Vaticano , com capacidade para 8 mil pessoas FOTO: REUTERS

Ao ouvir as palavras do cardeal brasileiro, o pontífice pensou em São Francisco de Assis, o santo que é um símbolo de austeridade, paz e serviço aos pobres. "Imediatamente me veio à mente São Francisco, o defensor dos pobres, que combatia as guerras e o homem da paz", disse o papa, que se comunicou a maior parte do tempo em italiano, mas também falou em espanhol.

Ainda sobre a escolha do nome, o papa se referiu a São Francisco de Assis como "o homem que nos dá esse espírito de paz, um homem pobre", e acrescentou: "como eu gostaria de uma Igreja pobre e para os pobres".

Francisco disse que também recebeu sugestões para escolher o nome de Adriano em alusão ao papa Adriano VI, reformador e considerado moderno. Outra sugestão era o nome Clemente. "Mas aí eu disse: ´Não, Clemente foi o papa que pensou em extinguir a ordem dos jesuítas, a minha´. Isso eu não podia fazer", contou o novo papa.

Leveza e humor
O papa demonstrou simpatia e bom-humor na breve audiência com os jornalistas, que durou menos de 30 minutos. O local escolhido foi a Sala Paulo VI, no interior do Vaticano, com capacidade para 8 mil pessoas. A sala ficou lotada. Muitos profissionais e funcionários do Vaticano levaram as famílias para a audiência com a imprensa.

Para a audiência, marcada para às 11h (7h de Brasília), muitos jornalistas madrugaram na fila de acesso às entradas para a sala. Detectores de metais e uma segurança rigorosa atrasavam o processo de entrada. No interior da Sala Paulina, apenas alguns áreas podiam ser ocupadas. Os locais com visão privilegiada foram destinados aos chamados vaticanistas - profissionais especialistas em Vaticano - e funcionários da Santa Sé.

Ainda no encontro de ontem, o papa provocou gargalhadas ao brincar com o ritmo excessivo de trabalho nos últimos dias. "Obrigado pelo trabalho de vocês. Como vocês trabalharam nos últimos dias", disse em italiano, dando um sorriso em seguida.

O papa Francisco foi presenteado com uma cuia de chimarrão - que na Argentina é chamada de mate - pela jornalista argentina Virginia Bonard, que é especialista em temas religiosos.

O papa também surpreendeu ao cumprimentar uma pessoa com deficiência visual que estava com um cão-guia. Após cumprimentá-la, Francisco fez um carinho no cachorro - um labrador, que se comportou tranquilamente na frente de Francisco.

Bênção
Entre as pessoas que estavam presentes na Sala Paulo VI estava a dona de casa argentina, Maria Laura Di Bella, casada com um jornalista argentino. A mulher estava acompanha de suas duas filhas - Maria Teresa, de 2 anos, e Caterine, de 1 ano - para receber a bênção papal. "Viemos para cá porque meu marido é correspondente aqui no Vaticano e nós somos muito católicos. Estou muito feliz, pois o papa Francisco é um homem boníssimo", afirmou.

Durante a audiência com o papa, Maria Laura incentivou as filhas pequenas a chamarem pelo nome "Francisco". Em seguida, ela explicou. "Tenho certeza que o conclave foi guiado pelo Espírito Santo. Conhecemos o papa desde que era arcebispo de Buenos Aires . É um excelente sacerdote que sempre pensa naqueles mais necessitados. É totalmente desprendido e realmente bom".

Imprensa e Igreja têm pontos de proximidade
Vaticano O papa Francisco disse ontem que a Igreja Católica Apostólica Romana e a imprensa têm "pontos de proximidade na comunicação" com os povos. Segundo o papa, ambas são orientadas pelos mesmos princípios - a verdade, a bondade e a beleza. Em seguida, ele disse que, mesmo os não católicos teriam sua bênção, pois todos são "filhos de Deus".

"A verdade, a bondade e a beleza são pontos de proximidade entre a Igreja e a imprensa", disse, em italiano. "Sei que muitos aqui não pertencem à Igreja, mas peço que respeitem sua consciência e sabendo que são filhos de Deus, eu os abençoo", acrescentou, em espanhol.

Advertência
O papa, porém, advertiu que a cobertura da imprensa sobre a Igreja tem distinção em relação a outros temas. Segundo ele, na Igreja o que guia as ações é o Espírito Santo, e não a política. "A Igreja não tem uma natureza política, mas espiritual. Aqui o centro das atenções não é o sucessor de Pedro, mas a Igreja".

Apenas os jornalistas denominados vaticanistas, funcionários da Santa Sé e alguns padres e freiras puderam cumprimentar individualmente o papa.

Encontro com Bento XVI e Kirchner
Vaticano O papa Francisco visitará Bento XVI no dia 23 de março em Castelgandolfo, a residência papal próxima de Roma onde o papa emérito mora desde sua histórica renúncia no dia 28 de fevereiro deste ano, informou o Vaticano. Amanhã, porém, o pontífice argentino receberá a presidente de seu país, Cristina Kirchner, naquela que será a primeira audiência do novo papa com um chefe de governo.

A audiência acontecerá na Casa Santa Marta, onde o Papa reside temporariamente à espera da mudança para o apartamento pontifício no Palácio Apostólico.

Cristina Kirchner também assistirá, no dia seguinte, à missa de entronização do novo papa, na qual deverão estar presentes cerca de 150 chefes de Estado e de governo. A presidente da Argentina, que é católica, desejou uma "frutífera tarefa pastoral" para Francisco, mas mantém uma fria relação com o até semana passada cardeal Jorge Mario Bergoglio, especialmente desde que o Congresso legalizou o casamento gay em 2010.

No próximo dia 23, o Papa Francisco viajará de helicóptero até Castelgandolfo, a 30 quilômetros da capital italiana, para um almoço com o antecessor.

Francisco conversou por telefone com Bento XVI na quarta-feira (13), pouco depois da eleição. Desde então, o novo pontífice reservou palavras afetuosas para o antecessor em cada uma de suas aparições públicas.

Elogio
Para aquele apontado pelo próprio papa como inspirador de seu nome, o brasileiro dom Cláudio Hummes, a eleição de Francisco já representa os novos tempos da Igreja Católica Apostólica Romana. "É um papa da América latina, um argentino, nosso vizinho. Tudo isso era algo de forte, significativo, que indicava tempos novos para a Igreja, que tanto precisa neste momento", disse ontem em entrevista à rádio do Vaticano.

Dom Hummes contou que pediu para estar ao seu lado ao ser apresentado aos fieis. "Ele me convidou e me disse: ´Venha, esteja comigo, ao meu lado neste momento´. Eu fui junto com o cardeal Vallini e era apenas um menino feliz", explica.

FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1243045

Mães poderão registrar os filhos no Brasil


Mães poderão registrar os filhos no Brasil

Folhapress | 14h47 | 16.03.2013

Nova lei iguala direitos do pai

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (13) o Projeto de Lei 817/11 que iguala os direitos de pai e de mãe fazer o registro de nascimento dos filhos. 
Mães poderão registrar filhos sem precisar justificar ausência dos pais (Foto: Lucas de Menezes)
O projeto altera a Lei de Registros, de 1973, que determina ao pai registrar o filho até 15 dias depois do nascimento e que a mãe só pode registrar se o pai estiver impossibilitado. 
O projeto aprovado estabelece que o registro poderá ser feito pelo pai ou pela mãe, isoladamente ou em conjunto, no prazo de 15 dias. No caso de falta ou impedimento de um dos dois, o outro terá prazo prorrogado por 45 dias para fazer o registro.



FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=355761

Recupere o seu poder


Recupere o seu poder

-                 a poderosaPoder é a capacidade de agir. Quando você entrega o seu poder, o que essencialmente faz é tirar o ponto de referência de você, e colocá-lo lá fora, para a coisa que você dá seu poder. Agora isto é significativo porque, para ser poderoso, você precisa ter a capacidade de fazer escolhas que vêm da sua vontade, (não de outra pessoa) e ativar estas escolhas, se assim o desejar, que é o que é o poder. Assim, uma questão pertinente agora, que você é um adulto, é: Você tem a capacidade de fazer escolhas que vêm de sua vontade e de ativar essas escolhas se assim o desejar?
Se não, então quem tem o seu poder? É o seu chefe? Ou é o seu parceiro, seu amante, ou cônjuge? O medo tem o seu poder? Ou você tem dado o seu poder para costumes sociais, ou instituições como o governo, uma religião ou uma filosofia? São os médicos ou advogados que tem o seu poder? Ou são os líderes espirituais como rabinos, padres, ministros, ou gurus? Você o entrega para pessoas controladoras e dominadoras? Entregou seu poder para alimentos de conforto, álcool, drogas ou outras formas de escape? Você o deu para cuidar de todos os outros? Ou, você deixa as pessoas que são infelizes drenarem e sugarem sua energia? Você deu o seu poder ao dinheiro, tempo, ou a escassez e a falta deles?
O problema decorre do fato de que muitas vezes, enquanto crianças, recebemos definições muito distorcidas e deformadas de poder. Fomos informados de que você não pode ter o seu ponto de referência como VOCÊ, porque é ser egoísta. Isso é egoísmo. Isso é ruim. Você precisa cuidar, amar e servir aos outros. Não pense em si mesmo, ou ninguém vai gostar de você. Foi-nos dito coisas como: “Ah, essa pessoa é poderosa”, mas quando olhamos para aquela pessoa, o que vimos foi uma pessoa dominadora, controladora e vazia. Assim, concluímos que, para sermos poderosos, tínhamos de ser resistentes, fortes, e ter poder sobre as pessoas; não queríamos ser um ‘daqueles’ então nos esquivamos do poder.
Para você entrar em seu poder, você deve tomar o seu poder de volta a partir dessas definições distorcidas e deformadas. Você teve o poder apenas para entregá-lo a outros e você precisa tomá-lo de volta de todas as autoridades a quem você o deu. Abaixo está uma poderosa técnica para que você possa recuperar seu poder:
1. Em sua mente, veja a pessoa ou coisa a quem você está dando sua energia. Se é uma coisa, então a personifique.
2. Imagine o poder como uma bola de luz e mentalmente a alcance e agarre o poder dela e traga-a de volta para você.
3. Enquanto isso, tome um fôlego grande, enquanto diz: “O Poder que eu dei a você, volta para mim. Poder volte para mim.” Repita isso três vezes.
4. Agora, sinta-se como sendo muito grande cerca de 5-6 metros e se veja olhando para esta pessoa (ou coisa). Você ficou maior porque tomou o seu poder de volta. Observe que esta pessoa (ou coisa) não é tão sólido, tão vibrante porque toda a sua intensidade de poder era a sua energia.
5. Em sua mente, agradeça a pessoa (ou coisa) por mostrar onde você deu o seu poder e pela oportunidade de pegá-lo de volta.
6. Então perdoe (a pessoa ou coisa.)
7. Por fim, perdoe-se por entregar seu poder a pessoa (ou coisa).
Você nunca é impotente porque você tem escolha em cada momento. Você tinha inclusive o poder de fazer a escolha de ser impotente. Por que não fazer uma escolha agora e ser poderoso? Por que não usar seu poder para trazer o seu ponto de referência de volta para você, e fazer valer os seus pontos fortes, suas habilidades, seus dons e seus talentos? Se você possui seu poder, você vai achar que você pode mudar qualquer coisa.
Suzanne Hosang


FONTE: http://universonatural.wordpress.com/2013/03/16/recupere-o-seu-poder/

Leitura Orante



Preparo-me para a Leitura Orante, rezando com todos os internautas:
Creio, meu Deus, que estou diante de Ti.
Que me vês e escutas as minhas orações.
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro.
Tu me deste tudo: eu te agradeço.
Foste tão ofendido por mim:
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso: eu te peço todas as graças
que sabes serem necessárias para mim.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Jo 8,1-11, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Jesus havia passado a noite em oração no Monte das Oliveiras. O fato aconteceu no pátio do Templo de Jerusalém, durante a festa da luz, quando se acendiam grandes candelabros junto ao Templo. Foi antes do nascer do sol que os doutores da Lei e fariseus queriam flagrar Jesus em alguma contradição para acusá-lo. A mulher, surpreendida em adultério, sem o seu cúmplice, foi trazida para ser apedrejada, conforme a Lei de Moisés. E, mesmo sabendo da Lei, perguntaram a Jesus, o que Ele pensava sobre isto. Ao escrever no chão, em silêncio, Jesus criou expectativa. E os fariseus insistem na pergunta. Foi quando Jesus lhes disse: “Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher!” Aqueles que se julgavam juízes, naquele instante, passaram à condição de réus, ou seja, ao invés de olhar para fora, voltaram seu olhar para dentro de si mesmos. Jesus derruba, ali no pátio do Templo, o sistema que oprimia ao invés de salvar. E “todos foram embora, um por um, começando pelos mais velhos”. Para a mulher, Jesus tem a Palavra libertadora: “Eu também não condeno você. Vá e não peque mais”.
O fato acontece no Templo. Os letrados e fariseus apresentam ao "mestre" um caso concreto: a mulher  flagrada em adultério. Ao invés de responder, Jesus escreve no chão. Depois responde e continua a escrever. O que escreve, o texto não diz. Talvez apenas rabiscos. Talvez tomando tempo para refletir. Na segunda vez, diz:"Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher!” Jesus faz entender que há outro pecado mais grave: a infidelidade a Deus. Então, os doutores da Lei e fariseus entram em si e começam a se retirar, um a um, até o último. No final, ninguém condenou a mulher porque condenaram antes, a si mesmos, e, muitos, talvez, eram cúmplices do pecado que acusavam.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Com quais personagens me identifico? Com Jesus, a mulher ou com seus acusadores? Escolho para mim a atitude de Jesus que não julga e ajuda as pessoas a não julgarem. Em Aparecida, disseram os bispos: “Não podemos nos esquecer que a maior pobreza é a de não reconhecer a presença do mistério de Deus e de seu amor na vida do homem e seu amor, que é o único que verdadeiramente salva e liberta. Na verdade, “quem exclui a Deus de seu horizonte falsifica o conceito de realidade e, consequentemente, só pode terminar em caminhos equivocados e com receitas destrutivas235. A verdade desta afirmação parece evidente diante do fracasso de todos os sistemas que colocam Deus entre parêntesis”. (DAp 405).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou posso cantar com Padre Zezinho,scj:
Alô meu Deus
Fazia tanto tempo que eu não mais te procurava.
Alô meu Deus.
Senti saudades tuas e acabei voltando aqui.
Andei por mil caminhos.
E como as andorinhas eu vim fazer meu ninho em tua casa e repousar.
Embora eu me afastasse e andasse desligado,
Meu coração cansado resolveu voltar!
Eu não me acostumei nas terras onde andei ( bis)
Alô meu Deus.
Fazia tanto tempo que eu não mais te procurava.
Alô meu Deus.
Senti saudades tuas e acabei voltando aqui.
Gastei minha herança comprando só matéria.
Restou-me a esperança de outra vez te encontrar.
Voltei arrependido, meu coração ferido,
E volto convencido que este é o meu lugar!
Eu não me acostumei nas terras onde andei (bis)
(CD Um certo Galileu 1 – Paulinas COMEP)

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Como vou vivê-lo na missão?
 Meu novo olhar é de perdão para com os outros e para comigo também.

Bênção
 - Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 


Sugestões:
- Campanha da Fraternidade 2013 - Veja informações no blog:
http://comunicacatequese.blogspot.com.br/

- Veja a mensagem do Papa Bento XVI para a Quaresma em
http://paulinascomunica.blogspot.com/

- Faça o Retiro de Quaresma e Páscoa seguindo o blog
http://viverecomunicarcristo.blogspot.com

- Se você quiser receber o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx

Ir. Patrícia Silva, fsp



HORA DO RISO: A Visitante Portuguesa


Como todo mundo sabe, fila em Portugal é chamada de "bicha".
A mulher estava na fila para comprar ingressos no teatro, quando, de repente lembra-se que esqueceu a carteira no carro. Sai da fila para buscar a carteira e quando volta percebe que a fila havia aumentado bastante.
— Nossa! Como essa bicha cresceu! — comenta em voz alta.
O último da fila, um brasileiro passando férias em Lisboa, vira-se para ela e diz, desmunhecando:
Posso saber de onde a senhora me conhece, dona?


SERÁ QUE DEUS EXISTE OU É FANTASIA HUMANA ?


SERÁ QUE DEUS EXISTE OU É FANTASIA HUMANA ?

www.variedades1.com
Quem é Deus? Ele tem sido descrito como tudo, de uma força impessoal que reina no universo ao Deus pessoal e Criador. Ele tem sido chamado por vários nomes: "Zeus", "Júpiter", "Brahma", "Alá", "Rá", "Odin", "Ashur", "Izanagi", "Viracocha", "Aúra-Masda" e o "Grande Espírito" são alguns exemplos. Alguns se referem a Ele como "Mãe Natureza" e outros como "Deus Pai". Mas quem Ele realmente é? Quem Ele afirma ser? Ao longo da história da humanidade a ideia ou compreensão de Deus assumiu várias concepções em todas sociedades e grupos já existentes, desde as primitivas formas pré-clássicas das crenças provenientes das tribos da Antiguidade até os dogmas das modernas religiões da civilização atual. Deus muitas vezes é expressado como o criador e Senhor do universo. 
www.variedades1.com
Teólogos têm relacionado uma variedade de atributos para concepções de Deus muito diferentes. Os mais comuns entre essas incluem onisciência, onipotência, onipresença, benevolência (bondade perfeita), simplicidade divina, zelo, sobrenatural, eternidade e de existência necessária. A questão é mais simples do que vocês possam imaginar. E, também, mais complexa do que qualquer um já pensou. Tudo depende do ponto de vista. Se você vê a Deus como um Senhor, você é um servo. Se você vê a Deus como um empregador, você é um empregado. Se você vê a Deus como um supermercado (sim, tem gente que o vê assim…), você é o cliente. Se você vê a Deus como um oleiro, você é o vaso. Se você vê a Deus como um médico, você é o paciente. 
www.variedades1.com
Se você vê a Deus como criador, você é a criatura. Se você vê a Deus como um pai, você é um filho. E assim eu poderia escrever inúmeras associações de palavras. De fato, muitas espécies de razões foram apresentadas para acreditar em Deus (e as mesmas razões foram expostas para acreditar em deuses diferentes e incompatíveis). Algumas razões são facilmente classificadas de insatisfatórias. Por exemplo, o argumento de que Deus deve existir porque em quase todas as sociedades as pessoas acreditam nele. A aceitação generalizada de uma crença não é, decerto, uma boa razão para a aceitar. Muitas crenças falsas são ou foram quase universais (por exemplo, a de que a Terra é plana). Mais ainda, apesar de a crença num deus ou noutro ser quase universal, não há um deus em que a maioria das pessoas acredite. Como poderia, por exemplo, o fato de algumas pessoas acreditarem num deus crocodilo justificar a crença no Deus cristão? Há evidências históricas, arqueológicas e proféticas que ele existe! Há algumas perguntas que você pode se fazer para obter esta resposta, entre elas a 1ª, se Deus não existe, então como eu estou aqui ? Quem criou o primeiro cidadão do mundo ? Perguntas que não tem resposta? Sim, para os ateus.  
www.variedades1.com
Me digam a verdade, vocês acreditam mesmo que o mundo foi criado por uma grande explosão (o famoso Big Bang?) Para mim uma explosão só causa destruição. E mesmo que nós tivéssemos sidos criados por uma explosão, como se formou essa explosão? Pois, pelo que eu saiba no espaço só tem vácuo. Não vou tentar convencer a ninguém que Deus existe ou não existe, mas apenas guardem um tempo do seu dia para refletir sobre essas perguntas, uma reflexão pode mudar muita coisa, então por favor reflitam.

Read more at http://www.variedades1.com/2012/08/sera-que-deus-existe-ou-e-fantasia.html#ojuJdL2OVdCTD1ec.99 


FONTE: http://www.variedades1.com/2012/08/sera-que-deus-existe-ou-e-fantasia.html

HÁ NECESSIDADE DE ACEITAR CONSELHOS!


HÁ NECESSIDADE DE ACEITAR CONSELHOS!

www.variedades1.com
Tem um ditado que diz que se conselho fosse bom não se dava se vendia, realmente bons conselhos deviam ser vendidos, porém encontramos pessoas boas que nos fornecem conselhos preciosos e não nos cobram nada. Em nossa vida encontramos uma enorme quantidade de problemas e geralmente não aceitamos ninguém dar opiniões em nossa vida, claro que em certos casos, assuntos particulares não passamos para frente e nem permitiremos pessoas ficarem sabendo, muito menos falar algo e dar opiniões, é claro, não queremos que nossos problemas se tornem uma peça teatral. Mas na maioria das vezes são problemas superficiais que podemos nos abrir com pessoas experientes que podem nos ajudar a resolvê-los de forma rápida, essas pessoas geralmente são pessoas mais maduras que já passaram por experiências similares a nossa e que já sabem lidar com certos problemas, sabemos que experiência vem de passagens de nossa vida que poderão ser bem sucedidas ou não, desta forma quando entramos em contato com pessoas que já passaram por dificuldades a qual não temos nenhuma experiência isso pode ser de sumária importância para nós, desta forma evita que passemos por experiências ruins, ao aceitar um conselho mostramos uma quantidade enorme de sabedoria, desta forma evitando trilhar por caminhos que não nos levarão a um bom desenvolvimento de nossas habilidades na vida. Mas de quem devemos receber conselhos? Como saberemos se a pessoa pode nos fornecer informações preciosas para o problema que estamos passando?

Quem poderá lhe dar conselhos?
www.variedades1.com
O mundo está cheio de pessoas que se dizem inteligentes e espertas, que dizem ter grande experiência, mas um identificador principal que funciona como um termômetro da experiência de qualquer pessoa é como ela leva a vida, suas histórias passadas, seus erros, as coisas que ela conquistou como ser humano, não estou falando de conquistas materiais, porque conquistas deste tipo não favorecem ou engrandecem ninguém como ser humano, as conquistas que eu falo são de vitórias ou problemas que a pessoa passou e venceu na trajetória de sua vida, pessoas deste tipo tem muito a nos oferecer no campo dos conselhos, então quando você precisar de conselhos, procure pessoas que já tenham passado por problemas similares ao seu, veja como ela resolveu, preste muita atenção nas dicas dadas por ela, para que você possa passar pelo problema com mais facilidade. Claro que cada caso é um caso e por mais que o problema possa ser similar, sempre vai haver certas variáveis que vão levar você a outras possibilidades, mas com um bom conselho vai ficar mais fácil lidar com situações que causam dor e transtornos em nossas vidas. Também é necessário ser prudente quando recebemos conselhos, isto porque cada caso é um caso diferente e podemos estar levando uma resposta aos nossos problemas diferente do que é necessário, devido a isto seja analítico com seus problemas e veja como aplicar bons conselhos. Receba conselhos de pessoas adultas, maduras e com senso de responsabilidade elevado, pessoas que têm uma personalidade forte e quem tenha uma moral elevada, pessoas deste tipo têm muita coisa para nos passar e uma experiência que evitará muitos transtornos em nossas vidas. Se você tem ainda seus pais, aproveite, pois eles são uma grande fonte de sabedoria e podem lhe dar conselhos preciosos, sem contar que seus pais são do seu círculo familiar e vão saber guardar segredo de coisas que precisam ficar no anonimato.

Porque devemos receber conselhos 
www.variedades1.com
Sabemos que nossa vida é cheia de acidentes de percurso e nesta enxurrada de problemas podemos esbarrar em situações que não conseguimos nem sequer ter uma idéia para solucionar, é nestas horas que devemos receber conselhos de pessoas experientes, sim, isto por que em nossa vida existe o caminho longo e o curto, o caminho curto nos levará situações de resolução rápida e enquanto o caminho longo nos levará a situações de transtorno que vai tirar nossa paz de espírito e nossa paciência. Geralmente pessoas que dizem serem expertas sempre quebram a cara em tais situações, dizendo “isso resolvo sozinho” ou então “não preciso de conselhos de ninguém”, porém, vagam pelo caminho longo e passam por estresses e frustrações diárias, para que sofrer se pode existir um caminho mais rápido que uma pessoa mais vivida pode lhe fornecer, agir como pessoas que não aceitam opiniões ou conselhos de ninguém,  falta de sabedoria  pode nos levar por caminhos penosos, e como pessoas sábias não queremos enveredar-nos pelo caminho do orgulho. De forma que receber conselhos de pessoas experientes é sinal de humildade, uma qualidade pouca vista em nossa sociedade nos dias atuais, porém ela é de grande serventia e nos livrará de circunstâncias constrangedoras. Desta forma esteja decidido a mostrar humildade e receber conselhos que lhes farão ter mais facilidade em enfrentar desafios em sua vida e não se esqueça de procurar conselhos de pessoas discretas, humildes e com extrema experiência na vida.


FONTE: http://www.variedades1.com/2012/01/tem-um-ditado-que-diz-que-se-conselho.html

O KRAV MAGÁ - A LUTA MORTAL DE ISRAEL


O KRAV MAGÁ - A LUTA MORTAL DE ISRAEL

www.variedades1.com
Krav magá  é um sistema de combate corpo a corpo, desenvolvido em Israel, que envolve técnicas de luta. Sua filosofia enfatiza a manobras de defesa e ataque simultâneos, e agressão. 

O krav magá é utilizado pelas Forças Especiais de Defesa de Israel, pelo FBI, unidades SWAT do departamento de polícia de Nova Iorque e Forças de Operações Especiais dos Estados Unidos. O krav magá não é considerado um esporte, já que não possui regras. 

Todos os golpes são permitidos e treinados o objetivo e eliminar o adversário de forma rápida e desperdiçando a menor energia possível. O krav maga se difundiu pelo mundo como a mais poderosa técnica de defesa pessoal. 

O objetivo principal é simplesmente abater o adversário – neste caso o inimigo, já que estamos falando de um assaltante, sequestrador ou até mesmo de um soldado. Para isso, a técnica visa a defesa pessoal e todos os golpes são permitidos, afinal, trata-se de salvar vidas. 

Sua técnica visa impedir que o ataque atinja o alvo e ao mesmo tempo simplifica e aumenta a força dos movimentos do contra-ataque. Racionaliza matematicamente os movimentos de ataque e defesa, utilizando a transferência de peso e a força de explosão; potencializando a ação independentemente da força física. 

Como a Física nos diz, força é igual à massa multiplicada pela aceleração. O golpe leva para o alvo o peso do corpo (aproximadamente 2/3 do peso), que certamente é muito maior que a força muscular do membro de qualquer pessoa que está aplicando o golpe. O movimento do golpe funciona como uma mola contida que é liberada: a velocidade não vai aumentando durante o percurso, ele já sai com velocidade máxima. É à força de explosão. 

Os golpes visam a atingir pontos sensíveis do corpo, o que iguala qualquer adversário, independentemente de sua força física. Não há muitos requisitos, homens e mulheres podem participar do krav magá, como não é um esporte, não possui uma federação esportiva oficial, assim como não há roupas específicas para a prática, nem muitas divisões de categorias e níveis.

A primeira coisa que o praticante deve fazer é tentar evitar o confronto. No entanto, em face de um ataque, ele deve responder com a força e o impacto necessários, a fim de neutralizar a ameaça e sair da situação de perigo. 

No Krav Maga o praticante aprende como atingir as partes mais vulneráveis do seu adversário, a fim de neutralizá-lo da maneira mais rápida possível impedindo-o de causar qualquer dano.

A filosofia do Krav Maga é só uma, a sobrevivência do praticante. Neste sentido não existem regras de conduta ou de cavalheirismo, nem são desenvolvidos conhecimentos ou capacidades que vão para além desse objetivo. 

No entanto, evitar o confronto a todo o custo, ser digno e atingir a competência e mestria necessárias para que não seja necessário tirar a vida a ninguém, são valores fundamentais característicos da modalidade.

Read more at http://www.variedades1.com/2013/03/o-krav-maga-luta-mortal-de-israel.html#wvvjJvgdyvKcJjV3.99 


FONTE: http://www.variedades1.com

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK