PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Não deixe a ansiedade desequilibrar suas emoções

Nova publicação em Universo Natural

Não deixe a ansiedade desequilibrar suas emoções

by José Batista de Carvalho
Não deixe a ansiedade desequilibrar suas emoções  universe naturalA ansiedade é uma das características mais habituais da conduta contemporânea.
Impulsionado ao competitivismo da sobrevivência e esmagado pelos fatores constringentes de uma sociedade eticamente egoísta, predomina a insegurança nomundo emocional das criaturas.
As constantes alterações da Bolsa de Valores, a compressão dos gastos, a correria pela aquisição de recursos e a disputa de cargos e funções bem remunerados geram, de um lado, a insegurança individual e coletiva. Por outro, as ameaças de guerras constantes, a prepotência de governos inescrupulosos e chefes de atividades arbitrários quão ditadores; os anúncios e estardalhaços sobre enfermidades devastadoras; os comunicados sobre os danos perpetrados contra a ecologia prenunciando tragédias iminentes; a catalogação de crimes e violências aterradoras respondem pela inquietação e pelo medo que grassam em todos os meios sociais, como constante ameaça contra o ser e o seu grupo, levando-os a permanente ansiedade que deflui das incertezas da vida.
Passando, de uma aparente segurança, que era concedida pelos padrões individualistas do século 19, no apogeu da industrialização, para o período eletrônico, a robotização ameaça milhões de empregados, que temem a perda de suas atividades remuneradas, ao tempo em que o coletivismo, igualando os homens nas aparências sociais, nos costumes e nos hábitos, alija os estímulos de luta, neles instalando a incerteza, a necessidade de encontrar-se sempre na expectativa de notícias funestas, desagradáveis, perturbadoras.
Esvaziados de idealismo e comprimidos no sistema em que todos fazem a mesma coisa, assumem iguais composturas, passando de uma para outra pauta de compromisso com ansiedade crescente.
A preocupação de parecer triunfador, de responder de forma semelhante aos demais, de ser bem recebido e considerado é responsável pela desumanização do indivíduo, que se torna um elemento complementar no grupamento social, sem identidade, nemindividualidade.
Tendo como modelo personalidades extravagantes, que ditam modas e comportamento exóticos, ou liderado por ídolos da violência, como da astúcia dourada, o descobrimento dos limites pessoais gera inquietação e conflitos que mal disfarçam a contínua ansiedade humana.
A ansiedade tem manifestações e limites naturais, perfeitamente aceitáveis.
Quando se aguarda uma notícia, uma presença, uma resposta, uma conclusão, é perfeitamente compreensível uma atitude de equilibrada expectativa.
Ao extrapolar para os distúrbios respiratórios, o colapso periférico, a sudorese, a perturbação gástrica, a insônia, o clima de ansiedade torna-se um estado patológico a caminho da somatização física em graves danos para a vida.
O grande desafio contemporâneo para o homem é o seu autodescobrimento.
Não apenas identificação das suas necessidades, mas, principalmente, da sua realidade emocional, das suas aspirações legítimas e reações diante das ocorrências do cotidiano.
Mediante o aprofundamento das descobertas íntimas, altera-se a escala de valores e surgem novos significados para a sua luta, que contribuem para a tranquilidade e a autoconfiança.
Não há, em realidade, segurança enquanto se transita no corpo físico.
A organização mais saudável durante um período, debilita-se em outro, assim como os melhores equipamentos orgânicos e psíquicos sofrem natural desgaste e consumição, dando lugar às enfermidades e à morte, que também é fenômeno da vida.
A ansiedade trabalha contra a estabilidade do corpo e da emoção.
A análise cuidadosa da existência planetária e das suas finalidades proporciona a vivência salutar da oportunidade orgânica, sem o apego mórbido ao corpo nem o medo de perdê-lo.
Os ideais espiritualistas, o conhecimento da sobrevivência à morte física tranquilizam o homem, fazendo que considere a transitoriedade do corpo e a perenidade da vida, da qual ninguém se eximirá.
Apegado aos conflitos da competição humana ou deixando-se vencer pela acomodação, o homem desvia-se da finalidade essencial da existência terrena, que se resume na aplicação do tempo para a aquisição dos recursos eternos, propiciadores da beleza, da paz, da perfeição.
O pandemônio gerado pelo excesso de tecnologia e de conforto material nas chamadas classes superiores, com absoluta indiferença pela humanidade dos guetos e favelas, em promiscuidade assustadora, revela a falência da cultura e da ética estribada no imediatismo materialista com o seu arrogante desprezo pelo espiritualismo.
Certamente, ao fanatismo e proibição espiritualista de caráter medieval, que ocultavam as feridas morais dos homens, sob o disfarce da hipocrisia, o surgimento avassalador da onda de cinismo materialista seria inevitável. No entanto, o abuso da falsa cultura desnaturada, que pretendeu solucionar os problemas humanos de profundidade como reparava os desajustes das engrenagens das máquinas que construiu, resultou na correria alucinada para lugar nenhum e pela conquista de coisas mortas, incapazes de minimizar a saudade, de preencher a solidão, de acalmar a ansiedade, de evitar a dor, a doença e a morte...
Magnatas, embora triunfantes, proíbem que se pronuncie o nome da morte diante deles.
Capitães de monopólios recusam-se a sair à rua, para evitarem contágio de enfermidades, e alguns impõem, para viver, ambientes assepsiados, tentando driblar o processo de degeneração celular.
Ases da beleza cercam-se de jovens, receando a velhice, e utilizam-se de estimulantes para preservarem o corpo, aplicando-se massagens, exercícios, cirurgias plásticas, musculação e, não obstante, acompanham a degeneração física e mental, ansiosos, desventurados.
Propalando-se que as conquistas morais fazem parte das instituições vencidas — matrimônio, família, lar — os apaniguados da loucura creem que aplicam, na velha doença das proibições passadas, uma terapêutica ideal. E olvidam-se que o exagero de medicamento utilizado em uma doença, gera danos maiores do que aqueles que eram sofridos.
A sociedade atual sofre a terapia desordenada que usou na enfermidade antiga do homem, que ora se revela mais debilitado do que antes.
São válidas, para este momento de ansiedade, de insatisfação, de tormento, as lições do Cristo sobre o amor ao próximo, a solidariedade fraternal, a compaixão, ao lado da oração, geradora de energias otimistas e da fé, propiciadora de equilíbrio e paz, para uma vida realmente feliz, que baste ao homem conforme se apresente, sem as disputas conflitantes do passado, nem a acomodação coletivista do presente.
Joanna De Angelis - O homem integral  - Psicografia de Divaldo P. Franco
José Batista de Carvalho | 17/09/2014 às 17:35 

Jejum para exames de sangue - Tire dúvidas

Publicado por: 

Tire todas as dúvidas com relação ao jejum para os exames de sangue e outros exames laboratoriais.

Muita gente pensa que o jejum é obrigatório antes de fazer qualquer exame de sangue, mas isso não é verdade. Alguns exames não precisam de jejum, mas para os exames que necessitam que o paciente fique sem comer o tempo recomendado deve ser respeitado para o correto diagnóstico. Veja perguntas e respostas mais comuns com relação ao tempo de jejum para exames diversos.

Artigo relacionado
Jejum para tratar parkinson

Devo estar em jejum para fazer qualquer tipo de exame de sangue?

Jejum para exames de sangue - Tire dúvidas
Jejum para exames de sangue - Tire dúvidas
Não. A maioria dos exames não necessita de jejum. Entretanto, alguns exames precisam de jejum por tempos diferentes. Os exames mais comuns que necessitam que você esteja sem se alimentar são: Glicose, Insulina, exames de função hepática, Colesterol, Triglicérides e Ferro, principalmente.

Quanto tempo de jejum é preciso estar para os exames de sangue mais comuns?

Cada exame pode ter um tempo diferente de jejum.
- Glicose, Insulina, exames de função hepática: 8 a 12 horas
- Colesterol e Triglicérides:12 a no máximo 16 horas.
- Ferro e muitos outros tipos como alguns exames hormonais: 4 horas
- Hemograma: Não precisa de jejum

É importante lembrar que passar desse tempo médio também pode dar alteração na precisão do resultado.

Beber água "quebra" o jejum?

Não. A ingestão de água suficiente para satisfazer a hidratação normal não significa que o jejum tenha sido quebrado. Contudo, beber água em excesso pode interferir nos exames de urina.

As crianças pequenas também necessitam estar em jejum? 

O jejum pode ser dispensado para as crianças com menos de 1 ano, porém é preferível que a coleta do sangue seja realizada o mais próximo possível da próxima alimentação. Já as crianças de 1 a 5 anos, devem fazer uma ceia antes de dormir e a coleta do sangue logo pela manhã, antes de sua primeira refeição.

E se o médico solicitar exames que precisam de jejum junto com outros que não necessitam ficar sem comer?

Você pode coletar todos no mesmo dia e o jejum deve ser feito conforme a necessidade do exame que exigir mais tempo de jejum.

Posso tomar meus remédios antes de fazer a coleta de exames que precisam de jejum?

Se for realmente importante, você poderá tomar o medicamento antes da coleta com pouca quantidade de água, senão poderá aguardar a coleta para tomar o medicamento. Em qualquer dos casos você deve informar no laboratório, na hora da coleta, quais são os medicamentos toma diariamente (para diabetes, depressão, pressão alta, entre outros). Com relação à aspirina (ácido acetilsalicílico), que substância presente em muitosmedicamentos como Aspirina, AAS, Melhoral, Buferin e em associações em muitos medicamentos ela não deve ser tomada antes de exames de sangue, principalmente em altas doses.

Vitaminas podem interferir nos resultados de exame de sangue?

Sim. A vitamina C, por exemplo, pode alterar os exames creatinina e glicose. 

Posso fazer exame de sangue à tarde ou à noite?

Em geral, não. Dosagens de Cortisol, ACTH, TSH e Ferro, devem ser feitos pela manhã, pois ocorrem variações dessas substâncias no organismo ao longo do dia. Porém, algumas vezes o médico solicita que a coleta seja realizada em horários diferentes para um diagnóstico específico.

Fumar no dia em que fizer exame de sangue pode causar alteração nos resultados?

Sim, em muitos exames como curva glicêmica e agregação plaquetária. É prudente que não se fume antes da coleta de seus exames e durante os intervalos da curva glicêmica, inclusive na coleta pós-prandial (2h após o almoço).

Como deve ser minha alimentação no dia anterior ao exame?

Alimente-se como de costume, mas evite alimentos muito gordurosos como a feijoada que pode fornecer um resultado de excesso de colesterol e triglicérides no sangue. Evite, ainda, comer bife de fígado se for fazer dosar a quantidade de ferro e fazer hemograma.

E sobre isso tenho uma história familiar curiosa e bastante elucidativa. - Meu pai certa vez fez um exame de sangue e em seu hemograma o valor da hemoglobina estava altíssimo e ele me mostrou, preocupado, antes de ir ao médico. Eu então, sorri e perguntei: -Você comeu fígado ontem? E ele respondeu que sim... Curiosamente, a médica muito competente por sinal, fez a mesma pergunta ao analisar o exame.
Fonte: Dra. Renata Fraia - Farmacêutica


FONTE:

O pássaro que desbota quando preso.pps.marlislides.Vídeo: frespinho.wmv

..
Publicado em 18/09/2014
"As lindas cores do tié-sangue atraem os criadores, mas é impossível apreciar sua beleza em cativeiro, visto que ele fica com uma cor pálida, alaranjada, desbotada.
Pois, entre a variedade dos frutos de que o passarinho se alimenta, há alguns que contém um pigmento de nome astaxantina, que mantem sua coloração. A beleza do tié está na proporção de sua liberdade. Quanto mais livre, mais belo.
Nesse aspecto, o ser humano se parece muito com o tié.
Precisa estar livre para ser belo, para ser feliz.
Precisa alçar voos com o pensamento, nutrir-se de ideias e
sentimentos, relacionar-se com os outros e com o cosmos.
Necessita conhecer as verdades do universo, bem como
as que estão em sua intimidade espiritual".

Ser, Ter, Parecer, ou Aparecer?

Nova publicação em Universo Natural

Ser, Ter, Parecer, ou Aparecer?

by José Batista de Carvalho
Ser, Ter, Parecer, ou Aparecer Eis a questão universe naturalEm 1976, Erich Fromm publicou um livro cujo título, “Ter ou Ser”, indicava que estava em curso uma mudança fundamental. As alterações nos valores culturais acompanham, em geral com certo atraso, as que acontecem no plano dos avanços da tecnologia – especialmente quando eles estão diretamente ligados ao cotidiano da maioria dos cidadãos. Nosso “habitat” vem mudando drasticamente principalmente a partir da II Grande Guerra. Nós, humanos, interferimos continuadamente sobre o ambiente que nos cerca; depois temos que nos adaptar às mudanças que nós mesmos provocamos. Por vezes, levamos um susto com o que nos acontece, como se não fôssemos nós os causadores de tudo!
Até os anos 1960, os valores que as pessoas mais prezavam eram a integridade moral, o conhecimento, as boas e sólidas relações de amizade, a competência para o exercício de uma atividade socialmente útil. Em uma frase, os valores mais relevantes tinham a ver com o conteúdo das pessoas mais do que com a aparência delas. O indivíduo se orgulhava de ser professor, médico, empresário… Era o tempo em que o “ser” valia mais que tudo, mais do que a remuneração que se obtinha em decorrência da atividade que se exercia.
A partir dos anos 1970, os critérios de valor começaram a se alterar e o pêndulo se voltou essencialmente na direção do que se consegue “ter”, ou seja, o que mais se passou a valorizar foi o montante que se ganha e quais os bens que podem ser adquiridos com esse dinheiro. As marcas de grife ganharam fama enorme e se tornaram cada vez mais conhecidas de todos. A maior parte das pessoas passou a desejá-las com vigor: o uso de uma determinada bolsa e de certas marcas de relógio passou a indicar a importância e a posição social de quem os possui. Tornaram-se fonte de respeitabilidade.
A remuneração que se obtém passou a ser mais importante do que as aptidões necessárias para o exercício de uma dada atividade. Ser rico tornou-se muito mais relevante do que ser culto, produtivo ou mesmo honesto. É claro que foram muitos os que conseguiram unir todas as propriedades e enriqueceram em decorrência do exercício de atividades produtivas que exigem sofisticação intelectual e mesmo integridade moral. Porém, passaram a chamar a atenção e atrair a admiração mais pelo que tinham do que por aquilo que eram.
Numa época em que ser o possuidor de um dado modelo de relógio (ou de bolsa, para citar apenas os símbolos mais expressivos das mudanças nos valores que temos acompanhado) significava ter uma determinada posição econômica, os concorrentes menos valorizados começaram a produzir exemplares que imitavam as propriedades do original. Os que não podiam comprar o relógio mais cobiçado não tinham alternativa senão se contentar com as imitações que, à distância, não eram tão facilmente diferenciadas. Assim, entramos numa nova era, na qual o importante é “parecer” que se possui a riqueza necessária para a posse dos bens materiais agora valorizados acima de tudo. Depois dos relógios mais em conta e que imitavam os mais desejados vieram os falsificados, cópias baratas e de má qualidade, mas ainda assim usados por um bom número de pessoas e que foram capazes de enganar a um bom número de pessoas mais desavisadas. De repente, não importa mais nem ser e nem mesmo ter: apenas parecer!
Na última década fomos introduzidos, via internet, às redes sociais, ao universo novo doscontatos virtuais. Se, na fase em que o ter passou a prevalecer sobre o ser, pudemos observar um enorme crescimento do exibicionismo físico (na “era” do ser também havia certo exibicionismo intelectual, porém mais sutil e discreto), agora as pessoas passaram a querer mais que tudo “aparecer”. Elas postam fotos suas nas mais diversas situações, todas elas encantadoras e dignas de provocar a inveja de seus “amigos”, que “curtem” o que veem com toda a hipocrisia própria dos que se empenham em disfarçar seus reais sentimentos.
Temos caminhado cada vez mais na direção da superficialidade, saindo do “miolo” para a “casca”. Agora a ocupação principal de muita gente é a de exibir uma imagem encantadora de si mesma, sendo que a veracidade daquilo que se exibe interessa cada vez menos. O importante é provocar suspiros de admiração nos interlocutores cada vez mais distantes e menos relevantes.
Flavio Gikovate
José Batista de Carvalho | 18/09/2014 às 16:49

Teste de Fidelidade - 14/09/2014 - Marido vai tirar habilitação e pega i...

Adoçantes podem causar diabetes, diz estudo

Publicado por: 


Estudo recente mostra que adoçantes artificiais podem causar intolerância à glicose, o que poderia elevar o risco de diabetes, além de alterar o microbioma*.

O consumo de adoçantes artificiais pode aumentar o risco de desenvolver intolerância à glicose em alguns indivíduos, segundo um estudo divulgado nesta quarta-feira pela revista científica britânica "Nature".

O estudo analisou os adoçantes aspartame, sacarina e sucralose, mas não os outros tipos de adoçantes como ciclamato. VER todos os tipos de adoçantes.

Um grupo de cientistas, liderado pelo israelense Eran Elinav, do Instituto de Ciência Weizmann, de Rehovot (Israel), chegou a esta conclusão após ter realizado um teste com ratos e humanos.

Adoçantes podem causar diabetes, diz estudo
Adoçantes podem causar diabetes, diz estudo


Durante seu estudo, os cientistas observaram que os roedores alimentados a base  de dietas com adoçante artificial mostravam um metabolismo energético alterado, segundo explicou em entrevista coletiva telefônica Elinav e seu colega, Eran Segal.

Esse metabolismo parece ser modulado pelos efeitos dos adoçantes na composição e na função dos micróbios intestinais, segundo o estudo.

Os cientistas detectaram associações similares às ocorridas nos ratos em algumas pessoas após consumir adoçantes, como desequilíbrios microbianos e o metabolismo da glicose (altos níveis de açúcar no sangue) danificado.

Elinav considerou que "ainda é necessário debater mais estes resultados com outros estudos mais amplos" e confiou que sua pesquisa "dê lugar a debates e pesquisas adicionais".

"Nosso estudo não é definitivo em sua conclusão para os humanos, mas revela que se trata de um assunto não resolvido e que deveria ser analisado de novo pois deixamos claro que os adoçantes podem ter um efeito diferente nas pessoas", 

Acrescentou Elinav, que admitiu que após realizar seu estudo, optou por deixar de tomar café com adoçante.

+ Adoçante engorda?

Seu colega, Eran Segal, precisou que sua pesquisa:

 "não pretende entrar em conflito com estudos prévios, mas fomentar novas pesquisas pelos efeitos potencialmente daninhos dos adoçantes em uma grande parte da população".

O consumo destes adoçantes  está estendido em produtos alimentícios e bebidas, como os refrigerantes dietéticos e sobremesas sem açúcar e são recomendados em dietas de emagrecimento e em tratamentos ou prevenção de desordens metabólicas.

No entanto, os dados que respaldam seu consumo neste último estudo são limitados.

Elinav e seus colegas mostraram que os ratos que bebiam água na qual houve acréscimo de glicose e um adoçante desenvolviam uma marcada intolerância à glicose frente aos roedores que bebiam somente água, ou simplesmente água com açúcar.

+ Adoçante faz mal?

Os autores viram que os adoçantes artificiais sem calorias exercem este efeito ao alterar o equilíbrio dos micróbios intestinais.

*Os adoçantes e o microbioma
Além disso, segundo a pesquisa, estes adoçantes alteram a composição e a função do microbioma -trilhões de bactérias e vírus que povoam as diferentes partes do corpo - em alguns humanos.

Os resultados divulgados pela "Nature" sugerem que os adoçantes artificiais não calóricos poderiam exacerbar, ao invés de prevenir, as desordens metabólicas como a intolerância à glicose e o diabetes.

FONTE: 

LEITURA ORANTE


Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Ó Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!
Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar,
aquilo que devo dizer,
como eu devo dizê-lo,
aquilo que devo calar,
aquilo que devo escrever,
como eu devo agir,
aquilo que devo fazer, para procurar
a vossa glória, o bem das almas e minha própria santificação.
Ó Jesus, toda a minha confiança está em Vós.
Ó Maria, templo do Espírito Santo,
 ensinai-nos a sermos fiéis Aquele que habita em nosso coração.
.(Cardeal Verdier)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia? Leio atentamente o texto Lc 8,1-3, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Algum tempo depois Jesus saiu e viajou por cidades e povoados, anunciando a boa notícia do Reino de Deus. Os doze discípulos foram com ele, e também algumas mulheres que haviam sido livradas de espíritos maus e curadas de doenças. Eram Maria, chamada Madalena, de quem tinham sido expulsos sete demônios; Joana, mulher de Cuza, que era alto funcionário do governo de Herodes; Susana e muitas outras mulheres que, com os seus próprios recursos, ajudavam Jesus e os seus discípulos.
No grupo de seguidores de Jesus estavam também algumas mulheres, contra o costume dos rabinos da época. Madalena, agradecida pela libertação recebida de Jesus, outras simpatizantes que prestavam auxílio. A tradição conservou seus nomes: Joana, Susana e, muitas outras que com seus recursos ajudavam Jesus e seus discípulos. Não eram pessoas pobres e é admirável terem colocado a si mesmas e seus recursos a serviço do Reino. Demonstra também a superação do preconceito e  da condição de inferioridade das mulheres. Eram discípulas e missionárias de Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Qual palavra mais me toca o coração?
Entro em diálogo com o texto. Reflito e atualizo. O que o texto me diz no momento? Falam da dignidade humana da mulher, os bispos da América Latina e Caribe: "A antropologia cristã ressalta a igual identidade entre homem e mulher em razão de terem sido criados a imagem e semelhança de Deus. O mistério da Trindade nos convida a viver uma comunidade de iguais na diferença. Em uma época marcada pelo machismo, a prática de Jesus foi decisiva para significar a dignidade da mulher e de seu valor indiscutível: falou com elas (cf Jo 4,27), teve singular misericórdia com as pecadoras (cf. Lc 7,36-50; Jo 8,11), curou-as (cf. Mc 5,25-34), reivindicou sua dignidade (cf Jo 8,1-11), escolheu-as como primeiras testemunhas de sua ressurreição (cf. Mt 28,9-10) e incorporou-as ao grupo de pessoas que lhe eram mais próximas (cf. Lc 8,1-3). A figura de Maria, discípula por excelência entre discípulos, é fundamental na recuperação da identidade da mulher e de seu valor na Igreja. O canto do Magnificat mostra Maria como mulher capaz de se comprometer com sua realidade e de ter uma voz profética diante dela." (DAp 451).
Sou uma pessoa preconceituosa em relação à presença da mulher na Igreja?
Minha vida reflete a atitude de Jesus em relação à presença das mulheres na evangelização?

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Rezo com o canto do Padre Zezinho, scj:
MULHER IGREJA
1- Eu te vejo tão jovem, tão cheia de vida tão mulher como as outras mulheres da terra
Mas em ti qualquer coisa desperta atenção: Deste a Deus o teu coração ( bis)
Igual Maria, igual a Marta, igual a Clara, igual Tereza;
Igual Tereza, igual Clara, Igual Maria Mãe de Jesus!
2- Eu te vejo ta frágil, tão forte de graça, Tão mulher como as outras mulheres da terra;
Mas o mundo te olha sem compreender, Deste a Deus teu corpo e teu ser. (bis)
3- Eu não sei quem tu és, nem recordo o teu nome, És mulher, és irmã, és amor, és Igreja.
E se em ti qualquer coisa desperta atenção, seja Deus em teu coração (bis)
4- Eu queria pedir neste canto que eu canto pra lembra que tu és feminino da Igreja.
Por favor não te canses de tal decisão: Fique em Deus o teu coração. (bis)
(CD Quietude, Pe. Zezinho,scj)

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra? Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou eliminar do meu modo de pensar e agir o preconceito e o sentimento de inferioridade em relação à mulher. Vou demonstrar pela vida que o amor de Deus se revela no amor ao próximo. Escolho uma frase ou palavra para memorizar. Vou repeti-la durante o dia.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

Datafolha: Marina cai e Dilma lidera no primeiro turno

Pesquisas

Datafolha: Marina cai e Dilma lidera no primeiro turno

Pesquisa do instituto mostra petista com 37% das intenções de voto, contra 30% da candidata do PSB; Aécio Neves (PSDB) sobe 2 pontos e vai para 17%

Presidenciáveis, Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB)
Presidenciáveis, Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) (Felipe Cotrim/VEJA.com)
Vítima da máquina de propaganda petista, Marina Silva perdeu três pontos porcentuais e viu a distância em relação a Dilma Rousseff (PT) aumentar, aponta pesquisa Datafolha. A candidata do PSB, alvo de ataques constantes desde que sua ascensão na disputa passou a ameaçar a reeleição de Dilma, está agora a sete pontos da petista no primeiro turno. A margem de erro da consulta é de dois pontos.

Leia também:
Marina: desigualdade reflete 'políticas erráticas' de Dilma
Dilma dispara contra Marina: 'Nunca sei o que ela pensa'

De acordo com o levantamento, divulgado nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo, Dilma e Marina saíram da condição de empate técnico e a petista agora lidera com 37% das intenções de voto, contra 30% da candidata do PSB. Aécio Neves (PSDB) subiu dois pontos e tem 17%. Votos brancos e nulos somam 6% e outros 7% não sabem em quem votar. Na pesquisa divulgada nasemana passada, Dilma tinha 36%, Marina, 33%, e Aécio, 15%.

Segundo turno – A recuperação da campanha de Dilma também se reflete no cenário de segundo turno. Segundo o Datafolha, Marina continua numericamente à frente da petista, mas a distância nunca foi tão pequena. Na projeção, a candidata do PSB tem 46% contra 44% – um empate técnico. Na pesquisa anterior, a vantagem de Marina era de quatro pontos (47% a 43%), e no final de agosto, era de dez (50% a 40%). Na simulação entre Dilma e Aécio, a petista vence por 49% a 39%. O Datafolha também testou o cenário entre o tucano e Marina, com vitória da candidata do PSB por 49% a 35%.

Reinaldo Azevedo: Horário eleitoral não ajudou Dilma

Dilma continua com a maior taxa de rejeição entre os presidenciáveis, 33%. Em seguida, vem Marina, com 22%, um ponto à frente de Aécio, que tem 21% de rejeição. O instituto Datafolha ouviu 5.340 pessoas em 265 municípios nos dias 17 e 18 de setembro.
 
VEJAPesquisa Datafolha Presidente - 19/09



FONTE:

A Mulher madura não pega, toca

..
A MULHER MADURA NÃO PEGA, TOCA.

não provoca, já é PROVOCANTE.
não é apenas inteligente, é SÁBIA.
não se insinua, mostra o CAMINHO sutilmente.
não se precipita, espera o MOMENTO CERTO
não voa, FLUTUA.
não pensa em quantidade, prefere QUALIDADE.
não olha, OBSERVA.
não anda, CAMINHA.
não dorme, ADORMECE.
não é pretensiosa, simplesmente se GOSTA.
não julga, ANALISA.
não compara, ASSIMILA.
não consola, ACALENTA.
não acorda, DESPERTA.
não coloca algemas, deixa LIVRE.
não enfeitiça, ENCANTA.
não é decidida, apenas sabe O QUE QUER.
não é exigente, é SELETIVA.
não se lamenta, tenta fazer DIFERENTE.
não tem medo, tem RECEIOS.
não faz juras, deixa por conta do TEMPO.
não tira conclusões, faz SUPOSIÇÕES.
"não desce do salto", tem "JOGO DE CINTURA".
não brilha apenas, é ILUMINADA.
não gosta de ser vigiada, prefere ser ESCOLTADA.
não é moderna, é ELEGANTE.
não quer ser cobiçada, prefere ser DESEJADA ...
não gosta .... ela AMA !!!

MULHER MADURA NÃO ANDA DESFILA

..
Publicado em 19/09/2014
Mulheres maduras, sabem exatamente o que querem, não caem em iscas jagadas por homens que, pensam que músculos falam mais que a inteligência, mulheres maduras querem compartilhar assuntos interessantes que, acrescentem alguma coisa em sua vida e que seja para melhor.

Playboy de setembro – Natalia Inoue


CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS


FONTE: O LOXA

A cafeína pode prejudicar a qualidade do sono?

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK