PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 24 de julho de 2016

Ceará se recupera e vence Vila Nova fora de casa


27 de marco de 2016, Lances do 
Em tarde de Éverson inspirado, o time do Ceará Sporting obteve uma importante vitória em pleno caldeirão Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia, ao bater a equipe do Vila Nova por 4 tentos a 3, neste sábado (23). Além de quebrar a invencibilidade do mais querido de Goiás, que já durava três partidas, o Vovô passou para a segunda posição da Série B, com 33 pontos em 17 partidas. Os gols foram marcados por Felipe, Diego Felipe, Bill e Wescley pelo Ceará. Já Moisés, Frontini e Jean Carlos, descontaram pelo Vila Nova.
Com o resultado, o Ceará segue na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. A vitória foi justa pelo maior volume de jogo cearense e pelas falhas defensivas goiana. Mas a torcida viu um bom jogo, movimentado e com sete gols. O Ceará fica com 32 pontos de olho no acesso, enquanto que o Vila Nova continua com 21.

O time goiano entrou armado no esquema 3-5-2, com o técnico Guilherme Alves querendo explorar a velocidade de seus laterais. Mas os três zagueiros se posicionaram muito mal, abrindo espaços para os contra-ataques cearenses. Desta forma, o visitante abriu o placar aos 12 minutos. Wescley lançou Bill, que fez o passe lateral para Felipe bater de primeira e cruzado.
Mas o Vila Nova reagiu e quase empatou aos 21 minutos em uma falta cobrada por Fabinho sobre a barreira e que Everson mandou a escanteio. Dois minutos depois, Fabinho puxou o ataque pela esquerda e cruzou para Moisés na grande área. Ele tentou o chute mas caiu. Mesmo assim conseguiu o toque e a bola tocou no braço de Richardson, que estava no chão. Pênalti bem anotado e bem cobrado por Moisés, aos 25.
Não deu tempo da torcida da casa comemorar. Três minutos depois, o Ceará aproveitou outro descuido da defesa para fazer o segundo gol. Após escanteio, a defesa não subiu e Diego Felipe chegou de frente para testar no ângulo.
O Ceará ampliou aos 42 minutos em uma disparada de Bill, que deixou o zagueiro Reniê para trás e tocou por cobertura na saída do goleiro Edson. Antes do final do primeiro tempo, ele sentiu a perna e foi substituído por Caio César.
No segundo tempo, o time goiano voltou com o atacante Frontini no lugar do lateral-direito Jefferson Feijão. Deu certo porque ele diminuiu aos 10 minutos, subindo entre dois zagueiros e desviando de cabeça após escanteio pela esquerda. Guilherme Alves renovou o fôlego do seu ataque com a entrada de Joãozinho no lugar de Fabinho. Por alguns minutos, o Vila Nova meteu pressão no Ceará, tanto que o treinador Sérgio Soares reforçou a marcação cearense tirando o atacante Serginho para a entrada do volante Baraka, ainda aos 17.
O Ceará esfriou o jogo, dominou as ações no meio de campo e até criou chances no ataque. Aos 44 minutos, Wescley recebeu livre na frente da área, ajeitou e bateu de esquerda no canto de Edson: 4 a 2. O Vila Nova ainda diminuiu aos 47 com Jean Carlos cobrando pênalti no ângulo. Não deu para empatar.
Os dois times voltam a campo no próximo sábado, dia 30, pela 18.ª rodada, a penúltima do primeiro turno. O Vila Nova vai sair diante do Paysandu, em Belém, às 16 horas. O Ceará também vai jogar fora, mas contra o Paraná, em Curitiba.
FICHA TÉCNICA
VILA NOVA 3 x 4 CEARÁ
VILA NOVA – Edson; Guilherme Teixeira, Reginaldo (Dudu) e Reniê; Jefferson Feijão (Frontini), Maguinho, Robston, Jean Carlos e Marcelo Cordeiro; Moisés e Fabinho (Joãozinho). Técnico: Guilherme Alves.
CEARÁ – Everson; Eduardo (Tiago Cametá), Ewerton Páscoa, Valdo e Thalysson; Diego Felipe, Richardson, Felipe e Wescley; Serginho (Baraka) e Bill (Caio César). Técnico: Sérgio Soares.
GOLS – Felipe, aos 12, Moisés (pênalti), aos 25, Diego Felipe, aos 28, e Bill, aos 42 minutos do primeiro tempo; Frontini, aos 10, Wescley, aos 44, e Jean Carlos (pênalti), aos 47 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS – Marcelo Cordeiro e Moisés (Vila Nova); Diego Felipe, Bill, Talysson e Baraka (Ceará).
ÁRBITRO – Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.
LOCAL – Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia (GO).
Com Estadão Conteudo

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK