PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 31 de julho de 2016

Professores estaduais votam pela continuidade da greve



Os professores da rede estadual de ensino votaram pela continuidade da greve, prestes a completar 100 dias. A decisão foi tomada pela maioria dos participantes da Assembleia Geral realizada neste sábado (30) no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.
O Sindicato APEOC convocou os profissionais para avaliar a última proposta negociada entre a entidade e o Governo do Estado, enviada na noite desta sexta-feira (29) ao presidente do Sindicato, Anizio Melo.
Anizio Melo afirmou que é preciso aprofundar a discussão em torno dessa proposta com a categoria, em todas as regiões do Estado. Pra isso, será convocada uma nova Assembleia Geral na próxima semana. Ele também assegurou que é necessário eliminar qualquer tipo de intervenção político eleitoral desse processo que venha a prejudicar a luta dos profissionais da Educação e impedir uma negociação baseada, exclusivamente, nos interesses da categoria.
Abaixo, a transcrição do conteúdo do e-mail enviado pelo Governo com os itens da proposta:
“Senhor Presidente,
Segue detalhamento das propostas negociadas com o governo:
1- Regência de Classe: aumento para todos os níveis da carreira para efetivos ativos e aposentados, a partir do vencimento base:
– Graduados: aumento na Regência de 10% para 15% (ativos e aposentados) mais aumento de 50% na PVR;
– Especialistas: aumento na Regência de 15% para 20% (ativos e aposentados);
– Mestres: aumento na Regência de 20% para 25% (ativos e aposentados);
– Doutores: aumento na Regência de 40% para 45% (ativos e aposentados);
2- Professores Temporários: aumento de 5% na remuneração
3- Orientadores e Supervisores Educacionais: criação de gratificação de 5% (ativos e aposentados)
4- Assinatura do Decreto da Descompressão – Nova Carreira do Magistério
5- Promoção especial para todos os professores embarreirados há mais de cinco anos no Nível I para Nível J, com impacto de 5% sobre vencimento base
6- Fim do EMBARREIRAMENTO: o profissional do magistério vai evoluir ao longo de toda a carreira até o último nível, independentemente da titulação;
7 – Promoções com e sem titulação;
8 – Negociação das faltas da paralisação nacional e greve, após o término da greve
9- Publicação e pagamento imediato das ampliações definitivas e promoções
10 – Assinatura e publicação dos processos de estabilidade e outros processos relativos à vida funcional
11- Continuidade dos estudos sobre a remuneração dos servidores do grupo ADO, iniciando com as correções nas distorções financeiras geradas na ampliação de 30 para 40 horas
12 – Garantia dos compromissos assumidos na pauta pedagógica, administrativa e estrutural
13- Calendário de reposição de aulas negociado com o Sindicato APEOC, respeitando a autonomia
das escolas
14- Realização de estudos sobre necessidade de realização de um novo concurso para professor efetivo
A implantação das propostas acima está condicionada à retomadas das aulas.”

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK