PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 17 de julho de 2016

Wesley Safadão ainda não realizou doação de seu cachê

Após mais de 15 dias de seu show em Caruaru e o recebimento de R$ 575 mil, o cantor não fez a entrega do valor à entidade beneficente. Segundo assessoria do cearense, o anúncio da instituição escolhida será realizado no fim deste mês
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Wesley Safadão realizou show que foi alvo de polêmica em Caruaru durante os festejos juninos do município

Wesley Safadão ainda não realizou adoação de R$ 575 mil, prometida por ele durante show realizado em Caruaru, Pernambuco, no dia 25 de junho, à época dos festejos juninos do município. Segundo a assessoria de comunicação do artista cearense, a instituição a ser beneficiada com o valor ainda está sendo definida e a divulgação do nome escolhido só deve ser realizada no fim deste mês. A prefeitura de Caruaru disse ter realizado o pagamento pelo serviço dia 1º de julho - as informações são do jornal Diário de Pernambuco.
O anúncio da entrega de seu cachê à entidade beneficente ocorreu após o questionamento do montante que Wesley receberia por sua apresentação na cidade, cerca do triplo do negociado pelo cantor para show dias antes no São João de Campina Grande. Três advogados, ao tomarem conhecimento da diferença de valores, ingressaram com uma ação popular solicitando a suspensão do espetáculo. A suspeita era de superfaturamento e, de acordo com os juristas, causavam prejuízo aos cofres públicos de Caruaru.
O pedido foi acatado pelo juiz de primeiro grau José Fernando Santos de Souza, o qual deferiu uma liminar suspendendo a apresentação, revogada pelo desembargador José Viana Ulisses no mesmo dia após uma ação de agravo impetrada pela administração de Caruaru. De acordo com o magistrado, os recursos utilizados para o pagamento do show estavam fora do orçamento do erário municipal, pois seriam pagos por meio de patrocinadores privados.
O Ministério Público Federal (MPF) também entrou nas investigações sobre possíveis irregularidades na contratação do show e solicitou ao prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT-PE), e à Fundação de Cultura do município explicações sobre a diferença dos cachês pagos por Caruaru e Campina Grande.
                                                                                        Redação O POVO Online
FONTE: O POVO

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK