PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 10 de setembro de 2016

Como Emagrecer com Saúde: 5 Segredos

Perder peso é algo complicado, mas possível quando mudamos de atitude. Conheça um pouco mais sobre o processo de emagrecimento saudável. 

POR RECEITA NATURAL


A nova dieta que promete acabar com vários quilos em poucos dias pode parecer tentadora, mas a verdade é que emagrecer costuma ser mais complicado do que a gente pensa. Quando seguimos um cardápio restrito em calorias, é comum que haja um emagrecimento rápido. No entanto, quem já experimentou esse tipo de dieta certamente notou que os quilos perdidos voltam tão rapidamente quanto foram embora. Por isso, os nutricionistas e médicos enfatizam cada vez mais a reeducação alimentação em detrimento das dietas de emagrecimento.
A diferença, nesse caso, está numa mudança de hábitos profunda e duradoura que leva à perda de peso, em vez de uma alteração temporária do cardápio alimentar.

Hábitos de Vida

Comer bem hoje em dia requer alguns cuidados. Primeiro porque a oferta de alimentos pouco nutritivos e muito calóricos é enorme: hambúrguer, pizza, sorvete, massas congeladas e etc. A vida agitada também tende a aumentar a ansiedade, fazendo com que comamos mais. Além desses dois fatores, existe um outro bem recorrente: o sedentarismo.
Trabalhamos na frente do computador, andamos de carro, subidos até o apartamento de elevador, dentre outras práticas que economizam esforço. Tudo isso faz com que o organismo vá ficando “lento”. Se você parar para pensar, nossos ancestrais se alimentavam de carnes caçadas, frutas colhidas no pé e plantas cultivadas em pequenas hortas. O próprio trabalho para a obtenção do alimento já levava a um gasto de energia. Nós, em contrapartida, compramos tudo pronto. Ironia do destino, os seres humanos levaram séculos desenvolvendo tecnologias para poupar-lhes esforço e agora constroem academias para se exercitar.

Reeducação Alimentar

A reeducação alimentar passa, como dissemos, por uma mudança profunda desses hábitos. É claro que não dá para mudar para a selva e caçar o próprio alimento, mas vale a pena investir em produtos mais saudáveis. Abaixo, listamos algumas dicas que fazem bastante diferença em dieta balanceada:
Emagrecer
Emagrecer
  • comer pequenas porções de alimentos de 3 em 3 horas;
  • optar sempre por comidas menos gordurosas;
  • evitar produtos industrializados;
  • preferir alimentos mais naturais;
  • ingerir diariamente frutas e verduras;
  • reduzir o consumo de carnes vermelhas;
  • inserir peixes na alimentação;
  • controlar os exageros quando comer fora de casa;
  • diminuir a ingestão de doces e frituras;
  • cortas o refrigerante do cardápio;
  • observar as cores dos alimentos;
  • comer com prazer, pensando nos cuidados com o próprio corpo.

As Chinesas Não Contam Calorias?

Falando em prazer, há um livro bem famoso no ramo da alimentação saudável chamado Por que as chinesas não contam calorias. A autora, Lorraine Clissold, conta um pouco sobre sua experiência com a gastronomia chinesa. Não se trata de mais um livro sobre as dietas da moda, mas sim sobre a forma de se alimentar. Nas palavras da autora:
“Os anos em que morei e comi na China, e tudo o que aprendi, me levaram a concluir que há uma diferença primordial de atitude na forma como as pessoas se alimentam naquele país e no Ocidente. Em vez de ver a comida como inimiga e focar no que não comer, o que muitas vezes priva o corpo de nutrientes, os chineses focam em tornar a comida saborosa e capaz de suprir as necessidades do corpo. Não ocorre aos chineses aproximarem-se da comida com medo, ou receando que seus prazeres favoritos lhes tragam quilos e centímetros indesejados. Os chineses comem mais calorias, mas não “calorias vazias”, cheias de gorduras e açúcares e desprovidas de nutrientes, que constituem uma grande percentagem do consumo ocidental” (Lorraine Clissoldo).
Nesse aspecto, temos muito a aprender com os chineses. Como podemos ver, eles não contam calorias porque estabelecem uma relação diferente não só com a comida, mas com o próprio corpo. Muito mais importante do que pensar no que é proibido ou permitido, devemos focar em comer bem, de modo a suprir aquilo que o organismo realmente precisa.

Chás Emagrecedores

Outra contribuição importante do oriente são os chás. Foram eles que primeiramente se deliciaram com o sabor dos derivados da Camelllia Sinenis (chá verdechá brancochá vermelho e chá preto), muito antes que a ciência ocidental descobrisse que esse chás trazem benefícios inúmeros para a saúde.
Sempre enfatizamos que nenhum deles é capaz de atuar sozinho no emagrecimento, mas vários estudos comprovam que esses chás auxiliam na perda de peso, justamente porque melhoram o funcionamento do organismo. Eles estimulam o metabolismo, melhoram a digestão, combatem os processos inflamatórios e promovem a queima de gorduras. Isso faz com que o uso dos chás tradicionais, juntamente com as mudanças de hábitos já explicadas acima, ajudem muito no processo de emagrecimento, sem comprometer a saúde.
Sugerimos, caso você queira saber mais sobre esses chás, que você leia os seguintes artigos: Como preparar o chá verde, branco e preto e Chás: verde, branco, vermelho e preto.

Importância da Atividade Física

As mudanças alimentares são fundamentais, mas elas são potencializadas pela atividade físicas. Aliás, é importante enfatizar que os exercícios fazem bem para todas as pessoas e não só para quem quer ou precisa emagrecer.
Algo que também precisa ficar claro é que a atividade não deve ser penosa. Algumas pessoas preferem malhar pesado na academia, enquanto outras preferem caminhar em um lugar mais tranquilo. O que importa é que a prática seja regular, então não adianta nada fazer a contra gosto. No processo de emagrecimento, a atividade física desempenha diferentes funções, todas elas importantes.
Primeiramente, há a queima energética promovida durante a execução do exercício. O organismo, no entanto, segue mais acelerado mesmo depois da atividade, fazendo com que o gasto de calorias seja ainda maior. Outra função essencial é redução dos níveis de gordura acumulados no corpo, que são substituídos por massa muscular. Assim, essas atividades levam à diminuição do peso e de medidas, além, é claro, de melhorarem a saúde.

LEIA TAMBÉM

Como fazer uma Reeducação Alimentar de Sucesso

Um comentário:

sandra mayworm disse...

Concordo, Parceiro! Não comemos como os orientais...mas também não me enquadro totalmente nos hábitos ruins que temos em relação aos alimentos. Não bebo refrigerantes, uso pouco sal e pouca gordura, pão eu prefiro os integrais e como de tudo...mas com moderação!
Boa matéria, muito relevante!
Abraços, amigo e bom domingo!

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK