PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 26 de novembro de 2016

Líderes mundiais lamentam a morte de Fidel Castro

Confira o que algumas personalidades mundiais tem falado sobre o falecimento do líder

© Reuters
Por Notícias ao Minuto O líder cubano Fidel Castro morreu nesta sexta-feira (25), aos 90 anos, em Havana. A notícia foi divulgada por seu irmão, o presidente Raúl Castro, em pronunciamento na televisão estatal.

Confira o que algumas personalidades mundiais tem falado sobre o falecimento do líder: 
Na madrugada deste sábado (26), o presidente do México Enrique Peña Nieto escreveu: "Fidel Castro foi um amigo do México, promotor de uma relação bilateral baseada no respeito, no diálogo e na solidariedade."
Em outro post nas redes sociais, Peña Nieto escreveu: "Lamento a morte de Fidel Castro Ruz, líder da Revolução Cubana e referência emblemática do século XX".
A famosa blogueira cubana Yoani Sanchez postou a imagem do presidente Raúl Castro fazendo o pronunciamento sobre a morte do irmão na televisão estatal. Ela escreveu: "#Cuba Rául Castro no momento de informar a morte de Fidel Castro."
O Presidente do Equador, Rafael Correa, também publicou no Twitter. "Foi-se um grande. Morreu Fidel. Viva a Cuba! Viva à América Latina!", escreveu.
Em mensagens publicadas no 'Twitter', o presidente da Venezuela Nicolás Maduro, disse que o líder cubano e o venezuelano Hugo Chávez "deixaram aberto o caminho" para a libertação dos povos.
O chefe de Estado venezuelano indicou ainda ter falado já com o seu homólogo cubano, Raúl Castro, a quem transmitiu "solidariedade e amor ao povo de Cuba face à partida do Comandante Fidel Castro".
O presidente de El Salvador, o ex-comandante guerrilheiro Salvador Sánchez Cerén, declarou-se muito triste com a morte de Fidel."Com profunda dor, recebemos a notícias do falecimento de um querido amigo e eterno companheiro, comandante Fidel Castro", escreveu Sánchez Cerén no Twitter.
O presidente da França, François Hollande, disse que Fidel Castro soube representar, para seu povo, "o orgulho da rejeição à dominação exterior ". O francês também disse que o líder "encarnou a revolução cubana" em "suas esperanças e desilusões".
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, rendeu homenagem a Fidel Castro, o "símbolo de uma era", segundo o Kremlin.
O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou que sente uma "profunda dor" pela morte de Fidel Castro, a quem chamou de "gigante da história da humanidade"."Quero expressar nossa profunda dor. Realmente dói a partida do comandante, do gigante da história da humanidade", disse Morales, por telefone, à rede de televisão "Telesur".
O governo da Argentina disse que, com a morte de Fidel Castro, "se fecha um capítulo importante da história latino-americana". A opinião do governo argentino foi expressada pela chanceler, Susana Malcorra, no Twitter, na qual também transmitiu condolências "ao governo e ao povo de Cuba".
O presidente da China, Xi Jinping, disse em pronunciamento na TV que Fidel Castro "viverá eternamente", segundo a France Presse.
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse que com a morte de Fidel "o mundo perde um herói para muitos". Segundo Juncker, o legado de Fidel "entrará para a história"."Fidel Castro foi uma das figuras históricas do século passado e sintetizou a Revolução Cubana. Com a morte de Fidel Castro, o mundo perdeu um homem que era um herói para muitos", disse em um comunicado. 
“No momento em que tomo conhecimento do falecimento do antigo Chefe de Estado Cubano, Comandante Fidel Castro, quero expressar as minhas sinceras condolências ao Presidente Raúl Castro Ruz e ao Povo Cubano", diz a mensagem publicada no site da Presidência da República em Portugal, em nome do presidente Marcelo Rebelo de Sousa.
O ex-presidente do Brasil Lula, apontou Fidel Castro como o 'maior de todos os latino-americanos'. 
O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, tuitou apenas: "Fidel Castro is dead!".
ministro britânico do Exterior, Boris Johnson, disse que a morte de Fidel marca "o fim de uma era para Cuba".
A presidente do Chile, Michelle Bachelet, lamentou a morte de Fidel Castro. Ela o definiu como "um líder pela dignidade e justiça social" em sua conta no Twitter.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK