PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 10 de dezembro de 2016

Órgãos de trânsito intensificam fiscalização da Lei Seca

MARIANA PARENTE/ESPECIAL PARA O POVO
Por João Marcelo Sena
Se a vida de quem tem o hábito de combinar álcool e direção já é sob riscos à segurança no trânsito, o cerco ao bolso dessas pessoas também aumentou. Foi lançada oficialmente na tarde de ontem a Operação Lei Seca para o período de férias em Fortaleza. Uma blitz foi realizada nos dois sentidos da avenida Santos Dumont, no Papicu. 

Postas em prática desde o último dia 1º, as blitze da operação serão maiores, mais frequentes e com a possibilidade de acontecer também nas manhãs e nas tardes deste mês e de janeiro, além do período noturno, como de costume.

De acordo com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), o objetivo das blitze mais intensas é dar “alta visibilidade e forte impacto” a elas para que a população sinta a presença dos agentes nas ruas e não cometa a infração que combina álcool e direção. 

Dependendo da via em que a blitz seja montada, até 20 agentes podem participar. Até o dia 31 de janeiro de 2017, será realizada pelo menos uma blitz deste porte por dia. Este número pode aumentar nos fins de semana, quando a ingestão de álcool costuma ser mais frequente. As ações vão ser mais demoradas, com duração de 2h30min, em média.

A Operação Lei Seca é uma força-tarefa composta pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Guarda Municipal, além da AMC. 

“As blitze vão ter essa configuração ostensiva, visível e também educativa e preventiva. A pessoa vê a blitz durante o dia e fica inibida de beber e dirigir à noite”, enfatizou João Bezerra, diretor de trânsito da AMC, durante a ação da tarde de ontem. Além de submetido ao teste do etilômetro — o popular bafômetro — o condutor fica sujeito à fiscalização de rotina, em que é verificada a situação de documentos como habilitação e licenciamento do veículo.

“Acho viável e importante esse tipo de ação para que se tenha mais segurança no trânsito. Já aconteceu duas vezes de baterem na traseira do meu carro. Em ambas, o motorista tinha bebido”, relatou a personal trainer Rafaela Ferreira, 33, que foi parada — e, em seguida, liberada — na blitz de ontem, quando voltava do trabalho. 

Após o período de férias, a frequência dessas ações diminui. No entanto, de acordo com a AMC, o porte e a intensidade delas se mantêm, seguindo o Manual de Procedimentos Operacionais lançado em novembro último pelo órgão.

Saiba mais

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é líder na América do Sul em mortes no trânsito, com 23,4 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Segundo o Código de Trânsito, dirigir sob efeito de álcool ou qualquer substância psicoativa é infração gravíssima com sete pontos na carteira. A multa prevista é de R$ 2.934,70. Em caso de reincidência em até um ano, a pena financeira é aplicada novamente em dobro.

FONTE: OPOVO

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK