PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Auxílio-doença para cuidar de parentes próximos aguarda decisão do Congresso

image

A lei já garante aos trabalhadores segurados do INSS o direito de se licenciar pelo tempo necessário para cuidar da própria saúde, conforme recomendação médica. Os primeiros 15 dias de afastamento (contados dentro de um período de 60 dias) ficam a cargo da empresa. Caso a licença seja mais longa do que isso, cabe à Previdência pagar o auxílio-doença, cujo valor varia conforme diversos critérios. Clique aqui para saber tudo sobre o auxílio-doença.
Mas e quando a pessoa que precisa cuidar da saúde não é o próprio trabalhador, mas um parente dele? Nesse caso a lei ainda não garante o direito ao afastamento, mas isso pode mudar. O Senado Federal aprovou, em 2015, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 286/14, que cria um novo tipo de benefício da Previdência Social, o auxílio doença parental. Para virar lei, o projeto agora só depende da aprovação da Câmara dos Deputados.
De acordo com o projeto, será concedido auxílio-doença ao segurado por motivo de doença do cônjuge, dos pais, dos filhos, do padrasto, madrasta, enteado, ou dependente que viva a suas expensas e conste da sua declaração de rendimentos. O auxílio se dará mediante comprovação por perícia médica, até o limite máximo de doze meses.
A autora do projeto, senadora Ana Amélia (PP-RS), afirmou, na justificativa da proposta, que a matéria busca dar tratamento isonômico aos segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em relação aos segurados dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). Segundo ela, a regra em vigor no RGPS prevê o benefício somente àquele que sofreu uma lesão incapacitante ou que tem um problema psiquiátrico.
Ana Amélia ainda explicou que o pagamento do benefício nos moldes defendidos seria uma forma de economia aos cofres públicos, já que a presença do ente familiar pode auxiliar em diversos tratamentos e diminuir o tempo de internação do paciente.
Na Câmara, o projeto tramita como PL 1876/2015.

FONTE: SENADO FEDERAL

Mulher de 20 anos acha e se comporta como uma gata

A jovem afirma que odeia água e assim como os gatos só consegue se comunicar com sons de "miaus"

LIFESTYLE BICHANO
mulher bichano

Uma norueguesa de 20 anos, acha que não é um ser humano e sim uma gata. Segundo o blog Page Not Found, do jornal O Globo, Nano afirma ter nascido em uma "espécie errada". "Percebi que era uma gata quando tinha 16 anos, quando médicos e psicólogos descobriram que havia algo comigo", disse ao canal no YouTube "NRK P3 Verdens Rikeste Land".

 jovem afirma que odeia água e assim como os gatos só consegue se comunicar miando. Nano também prefere dormir em lugares apertados e só anda de quatro. "Acho que serei uma gata toda a minha vida", revelou.
Ela conta ainda que quando encontra com um cachorro na rua, imediatamente faz aquele som típico de gatos ao mostrarem os dentes em situação de perigo. Veja o vídeo!

Mulher tem 12 litros de gordura sugados das pernas após reduzir peso

Faye Rodgers-Harris foi diagnosticada com lipedema, que causa a expansão anormal de células de gordura nas pernas

LIFESTYLE IMPRESSIONANTE

Faye Rodgers-Harris

A britânica Faye Rodgers-Harris, de 40 anos, passou três décadas na luta para perder peso, chegando a estar com 146 quilos. Com a colocação de um balão gástrico, ela conseguiu perder 63. Suas pernas, porém, continuaram com os mesmos níveis de gordura.

“Minhas pernas eram tão grandes [circunferência de 91 centímetros] que esfregavam uma na outra desde o topo da coxa até o joelho, me causando desconforto extremo e frequentes assaduras a ponto de sangrar”, disse ao Daily Mail, acrescentando que foi diagnosticada com lipedema, uma disfunção que causa a expansão anormal de células de gordura nas pernas.
A descoberta de seu problema ocorreu quando ela foi a um cirurgião plástico a fim de retirar dois quilos de sobras de pele oriundos da perda de peso. O profissional, então, sugeriu que ela fizesse uma lipoaspiração, que sugou a incrível quantidade de 12 litros de gordura de suas pernas.
Faye Rodgers-Harris
Atualmente, Faye tem 85 quilos e usa manequim 46.  

Ensaio sexy (e engraçado!) de marido à esposa viraliza na internet

Canadense Brendon Williams disse que só queria fazer a companheira dar risada

LIFESTYLE SENSUALIDADE PURA


Brendon Williams

Tem crescido nos últimos anos o movimento de esposas que, para esquentar a relação ou por outros motivos, realizam ensaios sensuais voltados aos companheiros.
O canadense Brendon Williams, porém, resolveu fazer o caminho inverso e pediu à fotógrafa de seu casamento que o fotografasse em posições para lá de sensuais (só que não!). O resultado ficou muito engraçado e viralizou na internet.
“Eu só queria fazer com que ela desse risada”, justificou.
Pura sensualidade

Registro profissional começa a ser feito pela internet

O Ministério do Trabalho e Previdência Social iniciou na quarta-feira (27) a expedição de registros profissionais pela internet. O cartão emitido pela internet substituirá o registro atual, que é anotado nas carteiras de trabalho.

O cartão emitido pela internet substituirá o registro atual, anotado na carteira de trabalho
O cartão emitido pela internet substituirá o registro atual, anotado na carteira de trabalho


Foto: Agência Brasil
Segundo a assessoria do ministério, o objetivo da medida é oferecer um atendimento mais moderno e rápido aos profissionais que hoje têm de se dirigir às delegacias do Trabalho para solicitar o registro, além de aprimorar a segurança das informações. As mudanças no sistema de registro profissional para as 14 profissões que exigem o registro foram publicadas no Diário Oficial da União.

Quem que já solicitou o registro e teve o pedido aceito pelo Ministério do Trabalho poderá acessar o site do Sistema Informatizado de Registro Profissional (Sirpweb) ou o portal do ministério para imprimir o cartão de registro. Com isso, o profissional não precisará mais voltar ao posto de atendimento para que o registro seja anotado na carteira de trabalho.

De acordo com o ministério, o Sirpweb, criado para armazenar os dados de novos registros dos profissionais, tem o objetivo de dar transparência e agilidade aos processos de registro, adequando-se ao que dispõe a Lei de Acesso à Informação. A partir de agora, o profissional que busca o registro poderá fazê-lo por meio do sistema informatizado, apresentando a documentação exigida para cada caso, e acompanhar o andamento do processo até a impressão do cartão com o registro.

Segundo a assessoria do ministério, das 86 categorias profissionais reconhecidas, o registro a ser concedido pelo Ministério do Trabalho destina-se a 14 que são regulamentadas por leis federais: agenciador de propaganda, arquivista, artista, atuário, guardador e lavador de veículos, jornalista, publicitário, radialista, secretário, sociólogo, técnico em arquivo, técnico em espetáculos de diversão, técnico de segurança do trabalho e técnico em secretariado.

Agência BrasilAgência Brasil


FONTE: TERRA

Felicidade é uma viagem, não um destino

POR JOSÉ BATISTA DE CARVALHO

Felicidade é uma viagem universo natural

Por muito tempo, eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade.
Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga. Aí sim, a vida de verdade começaria.
Por fim, cheguei à conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade.
A felicidade é o caminho! Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém.
Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade; até que você volte para a faculdade; até que você perca 5 kg; até que você ganhe 5 kg; até que seus filhos tenham saído de casa; até que você se case; até que você se divorcie; até sexta à noite até segunda de manhã; até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova; até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos; até o próximo verão, outono, inverno; até que você esteja aposentado; até que a sua música toque; até que você tenha terminado seu drink; até que você esteja sóbrio de novo; até que você morra; e decida que não há hora melhor para ser feliz do que agora mesmo…
Lembre-se: felicidade é uma viagem, não um destino.
Henfil
FONTE: UNIVERSO NATURAL

Obra completa de Beethoven para download gratuito

Canal do Ensino
Postado por: 
Olá, leitores do Canal do Ensino!
Olha só que dica legal para quem gosta de música clássica!
O Musopen, portal especializado emcompositores clássicos, disponibiliza para download gratuito ou audição online a obra completa de ninguém menos que o compositor alemão Ludwig vanBeethoven, considerado um dos maiores compositores de todos os tempos.
As peças são conduzidas por maestros e instrumentistas dos mais importantes conservatórios do mundo.

Beethoven

Ludwig van Beethoven nasceu em dezembro de 1770 e morreu em março de 1827. É considerado um dos um dos pilares da música clássica ocidental. Entre suas obras mais conhecidas e importantes estão “Sonata Ao Luar”, “Sonata Apassionata”, “Sinfonia nº3”, “Sinfonia nº5”, “Sinfonia nº9”, “Concerto para Piano e Orquestra nº4”, “Missa Solene” e “Quartetos para Cordas Op. 133”.

Como fazer o download de Beethoven

Para baixar as músicas é só fazer um cadastro simples no site MusOpen. Os downloads gratuitos são limitados ao número de dez por dia. Mas, com uma pequena contribuição anual, todo o conteúdo do site ficará disponível para downloads ilimitados.
Como as peças disponíveis são inúmeras, você ainda pode refinar sua busca por instrumentos musicais (violoncelo, piano, cordas…) ou formato (quarteto, minueto, ópera, valsa, etc.).
Aproveite para conhecer toda a obra de Beethoven, esse verdadeiro tesouro da música clássica mundial.
Até mais!

FONTE: CANAL DO ENSINO

História do Carnaval no Brasil e no mundo

Canal do Ensino
Postado por: 
Olá, leitores!
Estudar a história não é só conhecer guerras, reis, políticas e civilizações, mas também saber sobre a cultura do lugar e como ela influenciou nos acontecimentos. Por aqui, não tem como falar cultura e não citar o carnaval, então vamos conhecer ahistória do Carnaval no Brasil e no mundo.
carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil e que, ao longo do tempo, tornou-se elemento da cultura nacional. Porém, não é uma invenção brasileira, e muito menos realizada apenas neste país. A História do Carnaval remonta à Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma.

História do carnaval no mundo

Na antiga Babilônia, duas festas possivelmente originaram o que conhecemos como carnaval. As Saceias eram uma festa em que um prisioneiro assumia durante alguns dias a figura do rei, vestindo-se como ele, alimentando-se da mesma forma e dormindo com suas esposas. Ao final, o prisioneiro era chicoteado e depois enforcado ou empalado.
O outro rito era realizado pelo rei nos dias que antecediam o equinócio da primavera, período de comemoração do ano novo na região. O ritual ocorria no templo de Marduk, um dos primeiros deuses mesopotâmicos, onde o rei perdia seus emblemas de poder e era surrado na frente da estátua de Marduk. Essa humilhação servia para demonstrar a submissão do rei à divindade. Em seguida, ele novamente assumia o trono.
O que havia de comum nas duas festas e que está ligado ao carnaval era o caráter de subversão de papéis sociais: a transformação temporária do prisioneiro em rei e a humilhação do rei frente ao deus. Possivelmente a subversão de papeis sociais no carnaval, como os homens vestirem-se de mulheres e vice-versa, pode encontrar suas origens nessa tradição mesopotâmica.
As associações entre o carnaval e as orgias podem ainda se relacionar às festas de origem greco-romana, como os bacanais (festas dionisíacas, para os gregos). Seriam festas dedicadas ao deus do vinho, Baco (ou Dionísio, para os gregos), marcadas pela embriaguez e pela entrega aos prazeres da carne.
Havia ainda em Roma as Saturnálias e as Lupercálias. As primeiras ocorriam no solstício de inverno, em dezembro, e as segundas, em fevereiro, que seria o mês das divindades infernais, mas também das purificações. Tais festas duravam dias com comidas, bebidas e danças. Os papeis sociais também eram invertidos temporariamente, com os escravos colocando-se nos locais de seus senhores, e estes colocando-se no papel de escravos.
Mas tais festas eram pagãs. Com o fortalecimento de seu poder, a Igreja não via com bons olhos. Nessa concepção do cristianismo, havia a crítica da inversão das posições sociais, pois, para a Igreja, ao inverter os papéis de cada um na sociedade, invertia-se também a relação entre Deus e o demônio.
A Igreja Católica buscou então enquadrar tais comemorações. A partir do século VIII, com a criação da quaresma, tais festas passaram a ser realizadas nos dias anteriores ao período religioso. A Igreja pretendia, dessa forma, manter uma data para as pessoas cometerem seus excessos, antes do período da severidade religiosa.
Durante os carnavais medievais por volta do século XI, no período fértil para a agricultura, homens jovens que se fantasiavam de mulheres saíam nas ruas e campos durante algumas noites. Diziam-se habitantes da fronteira do mundo dos vivos e dos mortos e invadiam os domicílios, com a aceitação dos que lá habitavam, fartando-se com comidas e bebidas, e também com os beijos das jovens das casas.
Durante o Renascimento, nas cidades italianas, surgia a commedia dell’arte, teatros improvisados cuja popularidade ocorreu até o século XVIII. Em Florença, canções foram criadas para acompanhar os desfiles, que contavam ainda com carros decorados, os trionfi. Em Roma e Veneza, os participantes usavam a bauta, uma capa com capuz negro que encobria ombros e cabeça, além de chapéus de três pontas e uma máscara branca.

História do Carnaval no Brasil

A história do carnaval no Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa que na colônia era praticada pelos escravos.
Estes saíam pelas ruas com seus rostos pintados, jogando farinha e bolinhas de água de cheiro nas pessoas. Tais bolinhas nem sempre eram cheirosas. O entrudo era considerado ainda uma prática violenta e ofensiva, em razão dos ataques às pessoas com os materiais, mas era bastante popular. Isso pode explicar o fato de as famílias mais abastadas não comemorarem junto aos escravos, ficando em suas casas.
Por volta de meados do século XIX, no Rio de Janeiro, a prática do entrudo passou a ser criminalizada, principalmente após uma campanha contra a manifestação popular veiculada pela imprensa. Enquanto o entrudo era reprimido nas ruas, a elite do Império criava os bailes de carnaval em clubes e teatros. No entrudo, não havia músicas, ao contrário dos bailes da capital imperial, onde eram tocadas principalmente as polcas.
A elite do Rio de Janeiro criaria ainda as sociedades, cuja primeira foi o Congresso das Sumidades Carnavalescas, que passou a desfilar nas ruas da cidade. Enquanto o entrudo era reprimido, a alta sociedade imperial tentava tomar as ruas.
Mas as camadas populares não desistiram de suas práticas carnavalescas. No final do século XIX, buscando adaptarem-se às tentativas de disciplinamento policial, foram criados os cordões e ranchos. Os primeiros incluíam a utilização da estética das procissões religiosas com manifestações populares, como a capoeira e os zé-pereiras, tocadores de grandes bumbos. Os ranchos eram cortejos praticados principalmente pelas pessoas de origem rural.

As marchinhas de Carnaval

As marchinhas de carnaval surgiram também no século XIX, cujo nome originário mais conhecido é o de Chiquinha Gonzaga, bem como sua música O Abre-alas. O samba somente surgiria por volta da década de 1910, com a música Pelo Telefone, de Donga e Mauro de Almeida, tornando-se ao longo do tempo o legítimo representante musical do carnaval.

Os afoxés da Bahia

Na Bahia, os primeiros afoxés surgiram na virada do século XIX para o XX, com o objetivo de relembrar as tradições culturais africanas. Os primeiros afoxés foram o Embaixada Africana e os Pândegos da África. Por volta do mesmo período, o frevo passou a ser praticado no Recife, e o maracatu ganhou as ruas de Olinda.

As escolas de samba do Rio

Ao longo do século XX, o carnaval popularizou-se ainda mais no Brasil e conheceu uma diversidade de formas de realização, tanto entre a classe dominante como entre as classes populares. Por volta da década de 1910, os corsos surgiram, com os carros conversíveis da elite carioca desfilando pela avenida Central, atual avenida Rio Branco. Tal prática durou até por volta da década de 1930.
Entre as classes populares, surgiram as escolas de samba na década de 1920. As primeiras escolas teriam sido a Deixa Falar, que daria origem à escola Estácio de Sá, e a Vai como Pode, futura Portela. As escolas de samba eram o desenvolvimento dos cordões e ranchos. A primeira disputa entre as escolas ocorreu em 1929.
As marchinhas conviveram em notoriedade com o samba a partir da década de 1930. Uma das mais famosas marchinhas foi Os cabelos da mulata, de Lamartine Babo e os Irmãos Valença. Essa década seria conhecida como a era das marchinhas. Os desfiles das escolas de samba desenvolveram-se e foram obrigados a se enquadrar nas diretrizes do autoritarismo da Era Vargas. Os alvarás de funcionamento das escolas apareceram nessa década.

Trios elétricos

Em 1950, na cidade de Salvador, o trio elétrico surgiu após Dodô e Osmar utilizarem um antigo caminhão para colocar em sua caçamba instrumentos musicais por eles tocados e amplificados por alto-falante, desfilando pelas ruas da cidade. Eles fizeram um enorme sucesso. Mas o nome somente seria utilizado um ano depois, quando Temistócles Aragão foi convidado pelos dois. Um novo veículo foi utilizado, com a inscrição “Trio Elétrico” na lateral.
O trio elétrico conheceria transformação em 1979, quando Morais Moreira adicionou o batuque dos afoxés à composição. Novo sucesso foi dado aos trios elétricos, que passaram a ser adotados em várias partes do Brasil.

Carnaval carioca

As escolas de samba e o carnaval carioca passaram a se tornar uma importante atividade comercial a partir da década de 1960. Empresários do jogo do bicho e de outras atividades empresariais legais começaram a investir na tradição cultural. A Prefeitura do Rio de Janeiro passou a colocar arquibancadas na avenida Rio Branco e a cobrar ingresso para ver o desfile. Em São Paulo, também houve o desenvolvimento do desfile de escolas de samba a partir desse período.
Em 1984, foi criada no Rio de Janeiro a Passarela do Samba, ou Sambódromo, sob o mandato do ex-governador Leonel Brizola. Com um desenho arquitetônico realizado por Oscar Niemeyer, a edificação passou a ser um dos principais símbolos do carnaval brasileiro.
O carnaval, além de ser uma tradição cultural brasileira, passou a ser um lucrativo negócio do ramo turístico e do entretenimento. Milhões de turistas dirigem-se ao país na época de realização dessa festa, e bilhões de reais são movimentados na produção e consumo dessa mercadoria cultural.
Isso sem contar nos inúmeros empregos que são gerados e infinidades de profissões que podem ser seguidas nessa verdadeira indústria do carnaval. Conheça a história do carnaval e delicie-se.
Até a próxima!
Fonte: Brasil Escola
FONTE: CANAL DO ENSINO

Blogueira paralisada do peito para baixo desafia mulheres a se maquiarem sem usar os dedos

Uma blogueira paralisada do peito para baixo desafiou mulheres a se maquiarem sem usar os dedos.
Jordan Bone, de 25 anos de idade, ficou tetraplégica após um acidente de carro ocorrido há 10 anos. Mas sem deixar se abater, ela se tornou uma bem-sucedida maquiadora.
A fim de tentar aumentar a conscientização sobre lesões na medula espinhal, a moça, de King’s Lynn, Norfolk, Inglaterra, desafiou suas centenas de milhares de seguidores a passarem maquiagem como ela tem que fazer.
Blogueira paralisada do peito para baixo desafia mulheres a se maquiarem sem usar os dedos
Jordan Bone, blogueira de 25 anos, de King’s Lynn, Norfolk, Inglaterra, paralisada do peito para baixo, desafiou mulheres no YouTube a se maquiarem sem usar os dedos. Foto: Youtube
As que aceitarem o desafio postado em seu canal do YouTube têm que se filmar maquiando-se como ela. “Todos os dias quando eu faço um tutorial eu luto por causa das minhas mãos”, afirmou. Além isso, as participantes devem compartilhar imagens com a hastag #TheJordanHandChallenge.
Foto: Facebook
Foto: Facebook
Jordan recentemente ficou noiva de seu namorado, Michael Harrison, um nutricionista e personal trainer de 27 anos. Eles estão junto há cinco.
Foto: Facebook
Foto: Facebook
Foto: Fixers
Foto: Fixers
Foto: Fixers
Foto: Fixers
Fonte: Mirror
FONTE: GADOO

Vídeo: Internauta ensina como tirar arranhado da lataria de carros usando produto que toda mulher tem em casa

Uma internauta chamada Luciane publicou em sua página de perfil no Facebook um vídeo ensinando como tirar arranhados de carro com produtos que toda mulher tem em casa, e desde que foi publicado, o clipe se tornou viral na internet.
Nas imagens a protagonista informa que o método é bastante simples, bastando para isso algodão e óleo de banana, algo que as mulheres usam para amolecer esmaltes de unhas.
Primeiro é preciso limpar bem o local onde o arranhado se encontra no veículo, e em seguida coloque um pouco do óleo de banana no algodão e passe sobre a região que deseja recuperar, sempre com movimentos circulares.
Pelo que se pode notar, se o arranhado não estiver profundo, a marca sairá completamente e perfeitamente. Caso ele esteja mais fundo que a pintura, haverá ainda a presença do risco, porém será bem mais discreto.
Internauta ensina como tirar arranhado da lataria de carros usando produto que toda mulher tem em casa
Vídeo vem repercutindo na internet ao mostrar internauta ensinando como tirar arranhado de carro usando produto que toda mulher tem em casa: óleo de banana e algodão. Foto: Galaxiemotors.bmw.com.br
O vídeo da internauta pode ser assistido abaixo:
FONTE: GADOO

Conselho Tutelar de Aracoiaba

Para o lugar de Dedé da Lagoa de São João, foi empossada Patrícia Rodrigues, a nova conselheira tutelar de Aracoiaba

PATRÍCIA RODRIGUES/INSTAGRAM

FOTO: Dedé da Lagoa de São João, Edmilson Cândido, Santinha do Chico Miguel, Ana Moreira  e Toinha da Passagem Funda

Reprodução/Instagram
Conheça os 05 primeiros colocados
1º Toinha da Passagem Funda
2º Ana Moreira
3º Santinha do Chico Miguel
4º Edmilson Cândido
5º Dedé da Lagoa de São João

Conheça agora 05 suplentes:
6° Patrícia Rodrigues
7° Vanderlucia Castro
8° Valdevam Marcelino
9° José Rosileudo
10° Odelidia

SAIBA MAIS:

Aracoiaba elege novos Conselheiros Tutelares

Vírus Zika

Vírus Zika

mulher
O Vírus Zika (ZIKV) é um arbovírus emergente da família Flaviviridae, que inclui os vírus da dengue, do Oeste do Nilo, da febre amarela e da encefalite japonesa. Ele causa uma doença transmitida por mosquito do gênero Aedes. Pessoas infectadas pelo vírus Zika tem sintomas semelhantes ao da dengue. O quadro é bastante variável, e pode se iniciar com uma leve dor de cabeça, seguido por possível erupção cutânea maculopapular cobrindo o rosto, pescoço, tronco e braços, e que se espalha para as palmas das mãos e plantas dos pés.

LEIA MAIS...

FONTE: BOA SAÚDE

The best of Joãozinho‏

A professora pergunta para Joãozinho: 
- Qual será sua profissão Joãozinho? 
- Vou ser Engenheiro! 
- O que o Engenheiro faz? 
- Bebe cerveja, anda de moto e come a mulherada... 
- Joãozinho! Vá agora mesmo para diretoria! 
Depois de um bate-papo com a diretora Joãozinho vai para casa e sua mãe pergunta: 
- Porque chegou mais cedo meu filho? 
- Porque eu falei que vou ser Engenheiro.. . 
- O que o Engenheiro faz? 
Bebe cerveja, anda de moto e come a mulherada... 
- Joãozinho! Vá para o quarto agora! 
Joãozinho fica de castigo, pensa, pensa e volta para falar com a mãe. 
- Mãe... então vou ser Engenheiro Júnior! 
- O que o Engenheiro Júnior faz? 
- Toma guaraná, anda de bicicleta, e bate punheta! 

___________ _________ _________ _________ _________ _________ 


A professora pergunta aos seus alunos: 
Se existem 5 passarinhos num ramo e você atira e mata um, quantos sobram? 
Nenhum! - Responde Joãozinho - todos saem voando com o barulho do tiro.. 
A professora fica surpresa com a resposta: 
Não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto do seu jeito de pensar.. 
Eu posso fazer uma pergunta para a senhora? Pediu Joãozinho. 
Pode, Joãozinho. 
Existem 3 mulheres sentadas num banco tomando sorvete. Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo. 
Qual delas é a casada? 
A professora fica vermelha, mas responde, timidamente: A que está chupando. 
Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto do seu jeito de pensar 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- ----- 

Na escola, a professora falava dos animais: 
Para que serve a ovelha, Marcinha? 
Para nos dar a lã, professora.. . 
E para que serve a galinha, Marquinho? 
Para nos dar os ovos... 
E para que serve a vaca, Joãozinho? 
Para nos passar os trabalhos de casa... 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- ------- 

Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pênis desenhado no quadro. 
Sem perder a compostura, imediatamente ela apaga o desenho e começa a aula. 
No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior. 
Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário. 
No outro dia, o desenho já ocupa quase o quadro inteiro e por baixo ela lê a seguinte frase: 
'Quanto mais você esfrega, mais ele cresce!' 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- 

Como trabalho de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima. 
No dia seguinte... 
Diga a sua rima Joãozinho: 
Lá vem o canguru com uma flor no cu. 

A professora indignada pede para ele refazer. 
No final da aula... 
Diga novamente a sua rima Joãozinho. 
Lá vem o canguru com uma flor na bochecha porque no cu a professora não deixa.. 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- 

A professora pergunta ao Joãozinho: 
Quantos ovos uma galinha põe por dia? 
Não sei, professora. 
E com ironia ela diz: Apanhei-te. 
Ele também faz uma pergunta: 
Professora, quantas tetas tem uma porca? 
Não sei. 
Viu, você me pega pelos ovos, eu te pego pelas tetas!!! 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- --------- 

A professora fala para o Joãozinho: 
Joãozinho, qual o tempo verbal da frase: 
'Isso não podia ter acontecido'? 
Preservativo imperfeito, professora! 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- -------- 

A professora escorrega e leva o maior tombo na sala de aula. 
Na queda, o seu vestido sobe até a cabeça. 
Levanta-se imediatamente, puta da vida, ajeita-se, e interroga os alunos: 
Luisinho, o que você viu? 
Seus joelhos, professora. 
Uma semana de suspensão! 
E você Carlinhos? 
Suas coxas, professora. 
Um mês de suspensão. 
E você Joãozinho? 
Joãozinho pega nos cadernos e vai logo saindo da sala: 
Bom, galera, até o ano que vem... 


------------ --------- --------- --------- --------- --------- ------ 

É época dos exames finais e a professora mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redação, onde fossem tratados os seguintes temas: 
1- Monarquia 
2 - Sexo 
3 - Religião 
4 - Mistério 
Joãozinho levanta a mão e diz que terminou. 
A professora sem acreditar pede que leia a sua redação. 
Ele se levanta, pega na folha de papel, coça a garganta e diz: 
'Mandaram a Rainha Tomar no Cu. 
Meu Deus! Quem terá sido?'

PARA REFLEXÃO.....

Tropecei em um 
estranho que passava e lhe pedi perdão.  
Ele respondeu:  
"desculpe-me, por favor,
também não a vi." 
Fomos muito educados, seguimos nosso caminhos e nos despedimos. 

Mais tarde, eu estava cozinhando e meu filho estava muito perto de mim. 
Ao me virar quase esbarro nele. Imediatamente 
gritei com ele, 
ele se retirou sentido, 
sem que eu notasse 
quão dura que 
lhe falei. 

Ao me deitar Deus me disse suavemente: "Você tratou a um estranho de forma cortês, mas destratou o filho que você ama. 
Vá a cozinha e irá encontrar umas flores no chão, perto da porta.   
São as flores que ele cortou e te trouxe: rosa, amarela e azul. 
Estava calado para te entregar a surpresa e você não viu as lágrimas que chegaram aos seus olhos…" 

                  Me senti miserável e comecei a chorar. Suavemente me aproximei de sua cama e lhe disse:

"Acorde querido! Acorde! 
Estas são as flores que você cortou para mim?" 
Ele sorriu e disse: 
"Eu as encontrei junto de uma árvore, e as cortei, porque são bonitas como você, 
em especial a azul." 
Filho, sinto muito pelo que disse hoje, não devia gritar com você. 
Ele respondeu: 
"está bem mamãe, te amo de todas as formas."   
Eu também te amo e adorei as flores, 
especialmente a azul…. 

Entenda que se você morrer amanhã, em questão de dias a empresa onde você trabalha cobrirá seu lugar. Porém, a família que deixamos sentirá a perda pelo resto da vida. 
Pense neles, porque geralmente nos entregamos mais ao trabalho que a nossa Família. 
Será que não é uma inversão 
pouco inteligente? 

  
Então, que há detrás desta história? 
Você sabe o que significa de 
Família em inglês?  

F A M I L Y: 
"Father And Mother I Love You" 
(Papai e Mamãe, eu os amo)   

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK