PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 31 de março de 2016

Como fazer o cabelo crescer

Atualmente cabelos compridos para os homens é tendência, alguns cuidados devem ser tomados para você que deseja aderir esse novo visual.

Vivemos hoje em uma época em que a aparência é de suma importância, tanto para efeitos pessoais como profissionais, afinal, se dá mais credibilidade para um profissional que se apresenta visualmente melhor.
famososcabelocomprido
E nessa sede em estar dentro dos padrões ditados pela moda, inclui-se também os cabelos. Afinal, ele também tem suas tendências modais.
Mas para deixar os cabelos dentro dos padrões da moda não é tão simples, uma vez que muitos cortes exigem que o cabelo esteja com um cumprimento adequado, o que nem sempre é fácil conseguir (especialmente para os calvos).
calvoscarecasfamosos
Mas existem diversos truques que podem ser usados à seu favor nessas horas, e muitas vezes são bem simples de se praticar.

Como fazer o cabelo crescer?

O primeiro e mais importante dos pontos é: Você vai precisar se acostumar!
homembonitodecabelocomprido
Isso mesmo, você vai se precisar se acostumar com deixar o cabelocrescer. Isso porque quando seu cabelo não estiver curto mas também não estiver comprido, você vai parecer um andarilho. Portanto, a adaptação à essa fase é de suma importância.

Use shampoos adequados

Em farmácias ou lojas de cosméticos você vai encontrar shampoos com propriedades específicas que auxiliam o crescimento dos cabelos. Eles serão grandes aliados nesse momento.
shampooparacabelomasculino
Há, ainda, tônicos capilares que diminuem a queda e também auxiliam o crescimento. Eles também serão interessantes em um momento tão difícil.

Lave os cabelos com água morna

Essa é mais difícil no inverno. Lave seus cabelos sempre com água fria ou morna (preferencialmente fria), pois a água quente tira algumas propriedades dos seus cabelos e retardam o crescimento, além de provocar quedas indesejáveis.
cabelocalvo

Coma alimentos ricos em proteínas

Procure aumentar o volume de proteínas ingeridas em suas refeições. Alimentos ricos em proteínas, como carnes e ovos proporcionam um crescimento acelerado dos cabelos e da barba.              



Mais sobre Como fazer o cabelo crescer
alimentoscomproteinas
Mas tome cuidado para não desbalancear sua dieta.

Tome vitaminas

Além dos shampoos específicos, existem também complexos vitamínicos para isso.
vitaminasnacolher
Esses complexos vitamínicos podem ser facilmente encontrados em farmácia. Busque-os e aproveite dessa facilidade.

Evite  usar bonés e tocas

Bonés e tocas abafam o cabelo e o couro cabeludo, o que também atrapalha no crescimento deles.
homemcalvocombone
Evite esses acessórios e isso acelerá consideravelmente o crescimento de seus cabelos.

Faça hidratação semanal

Faça, pelo menos uma vez por semana, hidratação.
hidratacaomasculina
A hidratação dará força aos seus cabelos, evitando quebras e quedas, e fortalecerá eles para um crescimento mais rápido e saudável. Veja mais sobre cabelos masculinos no vídeos a seguir:

Leia mais sobre cabelos:


FONTE: Blogers

Escola de Música de Aracoiaba - EMA


Partindo do Principio que a Música estar presente na formação integral do individuo desde a Paidéia( Documento que norteava o sistema de Educação e formação ética da Grécia antiga) a escola de Música de Aracoiaba visa contribuir para este processo de formação, onde o ser humano descobre através do estudo da arte que ele pode ir e ser mas além daquilo que ele é treinado para ser.

Todo individuo tem o direito de ter uma educação musical, todo individuo pode e deve estudar música. Desfrutar dos seus encantos, dos benefícios ao celebro, da funções sociais etc..

Com a música potencializar em nossos jovens e crianças a perspectiva de um mundo melhor, com mais música e menos violência, com mais música e menos drogas, com mais música e muito mais amor nos corações das pessoas.


Vamos juntos lutarmos para que a semente plantada possa germinar e dar bons frutos.


Themístocles Stanton
(Diretor da Escola de Música de Aracoiaba)

"Música é um pressentimento das coisas Celestiais"
(Ludwig Van Beethoven)

LEIA MAIS...

FONTE: Escola de Música de Aracoiaba - EMA

HOJE É UM DIA MUITO ESPECIAL! É O ANIVERSÁRIO DE RAIMUNDO GOMES DE BRITO, conhecido por "BIGODE".

SUA FAMÍLIA

HOJE É UM DIA MUITO ESPECIAL!
É O ANIVERSÁRIO DE RAIMUNDO GOMES DE BRITO, conhecido por "BIGODE". 


Hoje completando 83 PRIMAVERAS!
Como a mensagem é de minha autoria:
Desejo muita SAÚDE, PAZ e AMOR incondicional!


Pai, nessa data tão especial gostaria de aproveitar e te agradecer por tudo que você me fez e faz até hoje.
AS VEZES QUE TE RECLAMO É PORQUE NÃO ME SINTO BEM EM TE VER A SE ENTREGAR AO CAOS QUE O TEMPO NOS DAR. MESMO ASSIM SEI QUE ESSA É A REALIDADE DE VIDA. ÉS PERMITIDO POR DEUS ESTES ANOS DE VIDA, MAS VAMOS VIVER MAIS E MAIS E EU TE SUPLICO. 
Você é essencial na minha vida! 
Te amo pra sempre! 
Parabéns pelo seu dia!
TE AMO INCONDICIONALMENTE.



BANDA DE MÚSICA DE ARACOIABA PRESTANDO A SUA HOMENAGEM
HOMENAGEM PRESTADA POR SUA FILHA: Isabel Diana

“PT não tem mais chance no poder”, afirma Genecias Noronha

genecias

CEARÁ AGORA

Após os depoimentos dos juristas Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal, na Comissão Especial do Impeachment, na quarta-feira (30/03), o líder do Solidariedade, deputado Genecias Noronha afirmou que as declarações dadas pelos juristas só reforçaram as denúncias incluídas no pedido de impeachment.
“Como o próprio Miguel disse em seu depoimento, as pedaladas fiscais constituem crime grave. Não vamos admitir a permanência desse desgoverno, que só afunda o Brasil e tem deixado milhões de pessoas desempregadas. O PT não tem mais chance no poder do país e nem argumentos para se defender”, afirmou Noronha.
Para ele, o Partido dos Trabalhadores agiu de má fé e traiu o povo brasileiro.
“O PT não respeita nem os seus eleitores, que confiaram na gestão da presidente Dilma, pensando em possibilidades de melhorias de vida e o que aconteceu foi o contrário. Ela editou decretos de suplementação financeira sem autorização do Congresso, usando de recursos de bancos públicos, como o Banco do Brasil e o BNDES, para quitar compromissos de programas sociais do governo. O PT assaltou os brasileiros e não vamos permitir mais isso”, enfatizou o líder do Solidariedade, que é membro da Comissão Especial do Impeachment na Câmara.
O pedido
O pedido de impeachment de Dilma foi protocolado em outubro do ano passado e aceito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, no início de dezembro.
As chamadas “pedaladas fiscais” consistem na manobra de atrasar pagamentos do Tesouro Nacional a bancos públicos, para melhorar artificialmente a situação fiscal do país. Por causa da demora nas transferências, a Caixa Econômica e o BNDES tiveram que desembolsar recursos próprios para pagar programas sociais, como o Bolsa Família.
A Comissão
Além dos juristas, ainda serão ouvidos o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa e o professor de Direito Tributário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Ricardo Lodi Ribeiro, indicados por deputados governistas.
Para compor a comissão, o Solidariedade indicou os deputados Fernando Francischini (PR) e Paulinho da Força (SP) para serem membros titulares e para suplentes os deputados Genecias Noronha (CE) e Laudívio Carvalho (MG).

'Aprendi o valor da democracia dentro de um presídio', diz Dilma

dilma

CEARÁ AGORA

A presidente Dilma Rousseff iniciou o discurso em cerimônia com intelectuais e artistas contrários ao impeachment no Palácio do Planalto lembrando que muitos ali não votaram nela nas eleições, tinham distintas filiações partidárias ou nem sequer eram filiados a partidos políticos, e emendou: “O que importa é que todos votaram nas eleições e participaram do processo democrático”. Ela lembrou que há 52 anos, nesse mesmo dia 31 de março, começava o período militar no País, o qual, segundo ela, deu início a uma fase da história marcada pelo arbítrio e desrespeito aos direitos humanos e individuais.
“Eu vivi esse momento junto e acredito que nesse processo aprendemos o valor da democracia. Aprendi o valor da democracia dentro da pior forma possível, dentro de um presídio”, afirmou. Dilma lembrou que sofreu tortura, prática que tenta fazer com que a pessoa traia aquilo que acredita, “quebrando a integridade humana daquelas encarceradas”.
Para a presidente, a democracia buscada é a capaz de resolver questões da estabilidade da economia e no combate às desigualdade sociais. “Rompemos com a lógica de que o bolo deveria crescer para depois ser distribuído.” Dilma voltou a citar os momentos cíclicos em que a economia cresce e desacelera e avaliou que isso faz parte do processo econômico.

Jurista defende Dilma na comissão do impeachment e diz que não houve crime

impeachment

CEARÁ AGORA

O professor de Direito Tributário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Ricardo Lodi Ribeiro, defendeu a presidente da República, Dilma Rousseff, na comissão de impeachment. Ele disse que “não se pode afirmar que a meta fiscal de 2015 não foi cumprida” porque ela foi chancelada pelo Congresso, que aprovou o projeto de lei que alterou a meta fiscal. “Quero crer que o congresso cumpriu com a sua responsabilidade como sempre fez e não se pode afirmar que a meta de 2015 não foi cumprida”, disse.
Assim como o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, o jurista começou sua fala explicando os decretos de créditos suplementares. Ele lembrou que Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) prevê relatórios bimestrais e o cumprimento da meta fiscal para o ano e lembrou que era possível prever que os relatórios já demonstravam que a situação não era favorável, mas defendeu o governo ao afirmar que foram realizados contingenciamentos ao longo de 2015. “Não há qualquer irregularidade”, defendeu.
Na avaliação do jurista não há crime de responsabilidade, portanto, o Parlamento não pode julgar um processo de impeachment. “Falta de apoio parlamentar e impopularidade, o conjunto geral da obra, não alicerça pedido de impeachment”, enfatizou.
A fala do jurista contou com argumentos muito parecido com os usados pelo ministro da Fazenda. Ambos afirmaram que o governo cumpriu as exigências feitas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) depois que elas se tornaram decisões formais. “Naquele momento em que os atos foram praticados, aquela era a pratica referendada pelo TCU e pelo Congresso em vários governos da República”, justificou.
Ele lembrou ainda que o Congresso aprovou a alteração da meta através do PLN 5. “No momento em que a presidente manda ao Congresso um projeto propondo a alteração da meta, aquela condição de cumprimento da meta que vai ser verificada ao final do ano, convalida todos os decretos, ou então verificamos que o Congresso tem os mesmos vícios”, disse.
Sobre as chamadas “pedaladas fiscais”, o jurista defendeu mais uma vez as decisões tomadas pela presidente e por sua equipe econômica. Entre os argumentos, Ribeiro afirmou que é preciso lembrar que a lei dos crimes de responsabilidade não tipifica a violação da LRF. “O que se pune é o atentado à lei de orçamento” disse.
O professor isentou ainda a presidente Dilma de irregularidades no Plano Safra. De acordo com ele, esses não são atos de sua competência e essas operações de crédito são de responsabilidade do Conselho Monetário Nacional (CMN). “Aqui estamos analisando atitudes praticadas dolosamente pela presidente da República, não há aqui aplicação de sanção a atos praticados por seus subordinados”, afirmou.
Ainda no início de sua fala, Ribeiro afirmou que estava presente para contribuir e não para julgar a presidente Dilma Rousseff. “Não estou aqui para defender a presidente Dilma”, disse.
O inicio da fala do jurista foi conturbado tanto pelos deputados governistas quanto pelos oposicionistas. Os deputados da oposição questionaram a presença do jurista, que é sócio do escritório do qual fez parte o ministro Luís Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). “Não estou aqui como sócio e sim como professor adjunto da UERJ”, disse.
Em meio a ânimos exaltados, o presidente da comissão, deputado Rogério Rosso (PSD-DF), chegou a oferecer uma bíblia, que está na mesa da comissão, para consulta por parte dos parlamentares. “A bíblia está aqui para este momento de dificuldade”, afirmou.
Assim como durante a fala de Barbosa, o jurista recebeu mais cinco minutos para fazer suas explanação. O tempo inicial de cada convidado é de 30 minutos.
estadao-conteudo

Novo Acordo Ortográfico – Como jamais esquecer das novas regras

Canal do Ensino
Postado por: 

Olá, pessoal!
As regras do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesajá estão em vigor. Você já as conhece? Sente-se preparado para escrever conforme o Novo Acordo Ortográfico? Veja algumas dicas que lhe ajudarão a memorizar e aplicar as novas regras gramaticais e ortográficas!

O que muda, afinal, com o Novo Acordo Ortográfico?

O Novo Acordo Ortográfico propõe mudanças apenas no que se refere à acentuação de algumas palavras, uso do hífen e uso das letras K, W e Y. Fica mais fácil desta forma compreender que somente três segmentos ortográficos receberam alterações.

Acentuação

Veja de modo resumido os casos alterados no que se refere à acentuação gráfica:
Hiatos: as palavras terminadas em “ôo(s)” e verbos terminados em “êem” não terão mais o acento circunflexo. Exemplo: magoo, voo, enjoo, creem, leem.
U e I tônicos: a vogal tônica do hiato formado com ditongo decrescente não terá mais o acento agudo. Exemplo: feiura, averigue, Bocaiuva.
Ditongos: os ditongos abertos “éi” e “ói”, quando estão em paroxítonas, não terão mais o acento agudo. Exemplo: heroico, plateia, ideia, Coreia, assembleia.
Acento diferencial: algumas palavras homônimas também não terão mais o acento diferencial. Exemplo: para (verbo parar) e para (preposição).
Observação:

Há três casos de acento diferencial que são exceções:

  • O acento diferencial para os verbos poder continuará com acento diferencial para distinguir o passado do presente. Exemplo: Ele já pode fazer isso (presente). / Como elepôde fazer isso? (passado).
  • O verbo “pôr” continua com acento diferencial para ser diferenciado da preposição “por”. Exemplo: Vamos pôr o sapato. / Por onde anda José?
  • Os verbos “ter” e “vir” continuam com acento na terceira pessoa do plural do presente do indicativo. Exemplo: Ele vem / Eles vêm aqui. Ele tem tarefas a cumprir. / Eles têmtarefas a cumprir.
Trema: Este desapareceu sobre a letra U em todas as palavras da Língua Portuguesa: bilíngue, linguiça, cinquenta, tranquilo, etc. Contudo, será usado nas palavras de língua estrangeira ou de origem estrangeira. Exemplo: Fritz Müller, Gisele Bündchen, hübneriano, etc.

Uso do hífen

Há cinco situações que mudam quanto ao uso do hífen:

novo-acordo-ortografico
  • Agora as palavras compostas com elemento de conexão não terão mais o hífen. Exemplos: mão de obra, dia a dia, passo a passo. Contudo, permanece nos nomes de animais e plantas. Exemplo: mico-leão-dourado, couve-flor, erva-doce.
  • No caso das palavras derivadas com prefixos dissílabos terminados em vogal, terá hífen se a palavra seguinte começar por “H” ou a mesma vogal do Exemplo: micro-ondas, contra-ataque, anti-horário, pré-história. Nos outros casos, não há hífen. Exemplos: antivírus, infraestrutura.
  • Quando o segundo elemento das palavras com prefixos dissílabos terminados em vogal começar com “S” ou “R”, basta duplicar a letra em questão. Exemplo: antissemita, contrarregra, minissaia, autorretrato.
  • Não há hífen nas palavras derivadas com o prefixo “co-“. Exemplo: cocriador, coprodução. Mas se a primeira letra do segundo elemento começar com “R” ou “S”, duplica-se a letra. Exemplo: corresponsável.
  • As palavras formadas com o advérbio “não” ficam separadas sem hífen. Exemplos: não fumante, não governamental.
Observação:
Lembre-se que há palavras que se iniciam com o advérbio “bem” e se mantém a noção de composição, e neste caso, não se une com o segundo elemento, sendo necessário o uso do hífen. Exemplo: bem-criado, bem-vindo, bem-visto.
Uso das letras K, W e Y
O alfabeto brasileiro ganhou mais três letras, passando de 23 para 26 no total. Foram incluídos o K, o W e o Y.
Dicas extras
Sempre que tiver dúvidas sobre algum vocábulo ou a aplicação de alguma destas novas regras, acesse o site do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, pertencente à Academia Brasileira de Letras, que também possui sua versão em aplicativo gratuito para Android eiOS.
Até a próxima!
FONTE: CANAL DO ENSINO

Educação: Prefeito de Aracoiaba reajusta piso salarial do professor em 11% acima do piso nacional

Postado por 
ARACOIABA NEWS

Apesar da crise econômica nacional que se reflete diretamente na queda das receitas e também do repasse de recursos do Governo Federal para diversos municípios cearenses, o prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio Pinheiro, é um dos poucos gestores no estado, que concede reajuste salarial para a maioria das categorias do serviço público municipal. A medida faz parte do reajuste para o funcionalismo, assegurado na atual gestão em respeito à data base, instituída desde o início da sua administração.

Antônio Cláudio sancionou na manhã desta quarta-feira (30), a Lei nº 1202/16 de 23 de março, determinando o reajuste do piso salarial do professor da rede municipal em 11%, acima do piso nacional. Além do valor que ultrapassa o piso nacional, Aracoiaba concede hoje o melhor valor pago proporcionalmente aos professores em todo o estado do Ceará. Isso demonstra e comprova o comprometimento do prefeito com a educação e com os professores do município.

O governo municipal investe forte na educação do município, desde que assumiu o Poder Executivo, tendo assim, melhorando a infraestrutura das escolas, qualificando o quadro dos docentes, da merenda escolar, adquirindo transportes escolares de qualidade, assegurando os programas complementares, fortalecendo as ações diversas que objetivam promover a Educação como instrumento de transformação social, acrescentando a tudo isso à valorização do magistério Municipal.
De acordo com o secretário de Educação, Emílio Freitas, “desde o início da gestão “Uma Cidade de Todos”, que o prefeito Antônio Cláudio vem honrando o compromisso com o corpo docente municipal, ouvindo sempre as reivindicações da categoria”, relatou.

O reajuste faz parte da política de valorização dos profissionais do magistério e consta no Plano Municipal de Educação de Aracoiaba. Para o Prefeito, “valorizar os professores, é de extrema importância, visto que são os profissionais responsáveis por formarem cidadãos críticos, reflexivos e que respeitam as diferenças”, ressaltou.


Quase 40% dos docentes não têm formação adequada, aponta censo



Em Brasília

Do total de professores ativos nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio da rede pública, quase 40% não têm qualificação ideal, apontou censo divulgado nesta segunda-feira, 28, pelo Ministério da Educação (MEC). Considerando o fato de que um professor pode lecionar mais de uma disciplina, o índice de docentes em sala de aula com formação inadequada sobe para 53%, assinala o levantamento.
Com o objetivo de diminuir essas taxas, a pasta vai lançar a Rede Universidade do Professor, para estimular os docentes a complementar a formação. Serão disponibilizadas 105 mil vagas já para este segundo semestre, informou o MEC. As inscrições vão de 5 de abril a 5 de maio, por meio da Plataforma Freire.
Baseada em dados de 2015, a pesquisa conclui que a situação mais crítica é a da disciplina de Física, em que 64,7% dos professores se enquadram em um dos seguintes quadros: têm bacharelado, mas não licenciatura; têm licenciatura, mas em área diferente da que ensina; têm curso superior (engenheiro lecionando matemática, por exemplo); ou só têm diploma de ensino médio.
"Se todos os físicos que formamos por ano fossem dar aula - o que não acontece -, levaríamos 11 anos para suprir essa demanda. Esse é o tamanho do problema", disse o ministro, Aloizio Mercadante.
Em Ciências e História, 60% dos professores têm qualificações inadequadas. Em Geografia, o índice é de 62%. "São docentes que podem ter experiência de sala de aula, mas acabam lecionando de forma improvisada, só para completar a grade horária", lamentou o ministro, citando pesquisa da Fundação Carlos Chagas que detectou que apenas 2% dos jovens que concluem o ensino médio desejam ser professores.
A Rede Universidade do Professor vai utilizar vagas que estavam ociosas em universidades e institutos federais para disponibilizá-las a esse grupo de docentes. Serão 24 mil presenciais e 81 mil a distância, por meio da Universidade Aberta do Brasil. "Eles (os docentes efetivos) são a prioridade da prioridade", destacou Mercadante. Se houver necessidade de mais vagas, o MEC vai pactuar com instituições privadas.
Para 2017, a previsão é fortalecer o programa Parfor, de formação de professores, de forma que eles possam cursar as disciplinas exigidas durante as férias da rede pública da educação básica, em uma espécie de curso intensivo. O edital será publicado até o fim deste ano.
FONTE: UOL

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK