PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 6 de agosto de 2016

Veja como foi a cerimônia de abertura da Rio-2016

Sob direção do cineasta Fernando Meirelles, as atrações vão acontecer ao longo de três horas

As melhores imagens da abertura da Rio-2016
© REUTERS

Após quase sete anos de espera, desde o anúncio da cidade do Rio de Janeiro como sede dos Jogos de 2016, começou há cerimônia de abertura das Olimpíadas no Maracanã. 

Sob direção do cineasta Fernando Meirelles, as atrações vão acontecer ao longo de três horas. 
À frente da delegação brasileira, Yane Marques, atleta do pentatlo, foi eleita a porta-bandeira.
ABAIXO, OS PRINCIPAIS MOMENTOS:
20h05 - Paulinho da Viola cantou o hino nacional brasileiro.
20h10 - Início das atrações artísticas: Brasil há 500 anos.
20h13 - Representações da Amazônia
20h16 - Invasão de Pindorama:chegada dos portugueses
20h17 - Início da escravidão
20h19 - Início da agricultura
20h20 - Começo da imigração europeia
20h21 - Representações do Brasil rural
20h23 - Grandes metrópoles. O Brasil se moderniza
20h25 - O Brasil de hoje
20h27 - Ao som de Construção, de Chico Buarque, uma encenação abriu espaço para o 14 Bis, inventado por Santos Dumont, que decolou com Samba do Avião como música de fundo. Um vídeo mostrou o voo pela cidade.
20h29 - Gisele Bundchen entra em cena, ao som de Garota de Ipanema
20h31 - Ludmilla começa um Baile Funk no Maraca
20h32 - Elza Soares começa seu show
20h34 - Zeca Pagodinho e Marcelo D2 no palco
20h40 - Regina Casé anuncia Jorge BenJor, que começa a cantar País Tropical
20h46 - Apelo contra o aquecimento global
20h48 - Fernanda Montenegro lê 'A Flor e a Náusea', de Drummond, ao som da trilha de Central do Brasil, composta por Jaques Morelenbaum
20h51 - Começa o desfile dos atletas. Como tradição, a Grécia inicia, berço dos Jogos. Os desfiles acontecem desde Londres-1908

Gisele isolada, sufoco para Caetano e Gil: o que ninguém viu na abertura

As estrelas sofreram até para chegar ao Maracanã

© Reuters / Dylan Martinez

Quem viu o belíssimo espetáculo de abertura da Rio-2016 não consegue imaginar a cinfusão dos bastidores. A começar pela dificuldade em se chegar ao local do evento. Até as estrelas sofreram com isso.

As vans não tinham um percurso pre-definido e as barreiras eram muitas. A van que levava Caetano Veloso, por exemplo, foi parada diversas vezes por bloqueios da CET Rio, tendo que mudar o trajeto. Até que Paula Lavigne, mulher de Caetano, precisou intervir. Paula avisou que se a van fosse parada mais uma vez, Caetano voltaria para a casa e não cantaria mais na abertura.
Sobrou também para Gilberto Gil. O tênis que o cantor usaria sumiu e alguém precisou sair do estádio para comprar outro. Tudo para que Gil estivesse vestido como manda o figurino, segundo o colunista Léo Dias.
A segurança num local cheio de celebridades estava forte, claro. Mas alguém tinha atenção especial: a top model exigiu que dois bruta-montes ficassem na porta de seu camarim. Além disso, a musa interagiu pouco com as demais estrelas porque ficou numa área destinada a um chefe de Estado.
O colunista afirmou que Gisele não saiu do seu camarim por nada. Havia um lounge de confraternização dos artistas. Todos passavam por lá, para almoçar ou apenas interagir, como os diretores Fernando Meirelles, Andrucha Waddington, Amora Mautner à atriz Fernanda Montenegro.
Anitta surpreendeu com um show de simpatia. Após polêmica entrevista com William Waack, a cantora foi muito solícita com todos os jornalistas internacionais que solicitaram fotos. Ela sabia que ali era um dos grandes momentos de sua vida. E foi mesmo.

Contra zika, EUA liberam testes com mosquitos transgênicos

País registrou 15 casos de transmissão da doença no estado da Flórida

© Paulo Whitaker / Reuters

O órgão regulador Food and Drug Administration (FDA) autorizou na última sexta-feira (5) o início de testes com mosquitos transgênicos no estado da Flórida, contra a disseminação do zika vírus por meio do Aedes aegypti.

A FDA concluiu que os mosquitos modificados pela empresa Oxitec não devem impactar negativamente o meio ambiente. Os testes serão conduzidos na região de Key Haven, segundo informações do G1.
Chamado de "Aedes do bem", o mosquito macho sofreu alteração genética que deixa sua prole infértil. Pelo menos 15 casos de zika transmitidos localmente já foram detectados na Flórida.

Conheça as modalidades que serão disputadas na Rio-2016

Nos jogos do Rio temos ao todo 42 diferentes modalidades sendo disputadas, algumas bastante conhecidas como o Basquete e o Futebol, e outras que não são assim tão populares.

Conheça as modalidades que serão disputadas no Rio-2016 -


Alguns dos esportes mais praticados no mundo estarão de fora nas Olimpíadas do Rio-2016, e foi pensando nesses milhares de apreciadores do esportes, que na última quanta-feira o Comitê Olímpico Internacional(COI), aprovou por unanimidade a inclusão de cinco novas modalidades para a disputa dos jogos de Tóquio, 2020: surfe, skate, beisebol/softbol, escalada e caratê.

As novas modalidades visam não só aproximar os públicos mais jovens, como também a inclusão de novos potenciais patrocinadores.
Nos jogos do Rio temos ao todo 42 diferentes modalidades sendo disputadas, algumas bastante conhecidas como o Basquete e o Futebol, e outras que não são assim tão populares, como o Badminton e o  Hóquei sobre grama.
Conheça as modalidades que serão disputadas no Rio-2016 na nossa galeria:

Governo corrige pedalada no repasse ao Fundo de Garantia

As "pedaladas fiscais" são base do pedido de impeachment de Dilma, aprovado nesta semana pela comissão especial do Senado Federal

© Reprodução
O governo do presidente em exercício, Michel Temer, corrigiu ontem uma manobra contábil que abria caminho para os atrasos da União no repasse de recursos ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), uma das "pedaladas fiscais", condenadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

A correção ocorre dois anos depois de esses atrasos a bancos públicos e ao FGTS durante a gestão da presidente afastada, Dilma Rousseff, terem sido descobertos e investigados pelo órgão fiscalizador. As "pedaladas fiscais" são base do pedido de impeachment de Dilma, aprovado nesta semana pela comissão especial do Senado Federal.
O Ministério da Fazenda, sob o comando de Henrique Meirelles, publicou no Diário Oficial da União de ontem portaria que transfere diretamente os recursos da multa adicional de 10% por demissão sem justa causa e a remuneração de 0,5% sobre a remuneração dos recursos do FGTS para a Caixa Econômica Federal, agente operador do fundo.

Membro da comissão técnica aponta problema de Neymar

Preparador físico da seleção brasileira diz que falta de ritmo atrapalhou o atacante na estreia da Rio-2016

© Reuters

O preparador físico da seleção masculina brasileira de futebol, Marcos Seixas, disse que a falta de ritmo é o motivo do baixo rendimento de Neymar em campo.

"Acredito que a sequência dos dois próximos jogos vai dar isso (ritmo) a ele, e vai melhorar o rendimento dele", disse Seixas, conforme publicou o site IG.
O atacante não foi bem na estreia da seleção na Rio-2016, quando o Brasil empatou com a África do Sul em 0 a 0. Mas o preparador físico acredita que o jogador alcance a sua melhor forma a tempo. 

Família de Vinicius de Moraes poderá processar Rio-2016

Organização dos Jogos poderá ser processada pela família de Vinicius de Moraes

© Reuters / Kai Pfaffenbach
A cerimônia de abertura da Rio-2016 certamente entrará para a história dos Jogos Olímpicos.
O evento, que aconteceu no Maracanã na noite desta sexta-feira (5), foi marcado pelo belíssimo desfile da modelo Gisele Bündchen ao som de "Garota de Ipanema".
No entanto, a organização dos Jogos poderá ser processada pela família de Vinicius de Moraes (1913-1980).
Os familiares estão chateados que o Comitê Organizador da Rio-2016 "esqueceu" de mencionar que Vinicius de Moraes é coautor da música. Quando Gisele desfilava pelo Maracanã, uma foto de Tom Jobim (1927-1994) apareceu no telão, mas não foi feita nenhuma menção a Vinícius.
De acordo com o colunista Anselmo Gois, do jornal O Globo, o Comitê Rio 2016 tenta agora contornar a situação, pois a família avalia a possibilidade de uma ação judicial.

‘Viver é um risco’, diz diretor da Rio-2016 sobre arena sem revista

Mário Andrada, diretor de comunicação da Rio-2016, admitiu os problemas no acesso ao Parque Olímpico

© fotos públicas

O controle na segurança do acesso ao Parque Olímpico ficou prejudicado na manhã deste sábado (6), em razão das grandes filas que se formaram na porta do complexo. Devido ao grande número de pessoas, a revista individual foi afetada. Muitas pessoas entraram no local sem ter as bolsas e mochilas verificadas pelo controle de segurança. Em alguns casos, nem revista pessoal foi feita.

Ao Globoesporte.com, o diretor de comunicação da Rio-2016, Mário Andrada, comentou o caso e admitiu o problema.
“O risco é administrado. Tudo tem risco. Viver é um risco”, disse ele quando perguntado se a operação afetaria a segurança do evento.
Andrada ressaltou que os agentes de segurança tem experiência em detectar riscos.
“Não temos uma preocupação tão grande com relação a bagagens que não foram checadas porque o pessoal que trabalha nessa área tem bastante experiência em notar coisas que podem representar algum tipo de risco. Passa sem uma checagem física, mas as pessoas notam o que está ali, algum tipo de coisa. É óbvio que pequenos objetos que não estão incluídos na lista podem acabar passando, mas não são nenhuma ameaça à segurança do público ou do evento. Nessa hora temos de fazer uma pequena escolha de Sofia para resolver o problema, mas óbvio que nunca comprometemos a segurança das pessoas, nem do evento”, comentou o diretor.

Brasil conquista a primeira medalha de prata na Rio-2016

Brasileiro Felipe Wu duelou com o vietnamita Hoang na final do tiro em pistola de ar 10m masculino

© Getty / Sam Greenwood
O Brasil conquistou a sua primeira medalha de prata nos Jogos Olímpicos Rio 2016, que veio pelas mãos de Felipe Wu, do tiro.

Segundo o Globoesporte.com, o atleta enfrentou o vietnamina Hoang na final da modalidade pistola de ar 10m masculino.
Wu fez 10,1, mas o atleta do Vietnã anotou 10,7 e ficou com a medalha de ouro.

NYT compara Anitta a Beyoncé; cantora celebra performance

Em postagens no Instagram, a cantora não escondeu sua alegria com o momento

© Reuters / Ivan Alvarado

Ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, a performance de Anitta na abertura dos jogos olímpicos do Rio foi muito elogiada muito afora. Tão elogiada que o jornal americano The New York Times num artigo sobre a cerimônia que aconteceu na noite desta sexta-feira (5), comparou a artista com a musa pop internacional Beyoncé.

“Várias apresentações musicais deslumbrantes marcaram a extravagância, com uma nova geração de artistas como MC Soffia, um rapper de 12 anos da periferia, e juntaram gigantes da música brasileira, como Caetano Veloso e Gilberto Gil. Anitta, uma artista que mistura samba, funk e pop mundial com 'um quê' de artistas como Beyoncé, dançou junto com eles”, diz o artigo, segundo informa o Extra.
Em um post no Instagram, a cantora não escondeu sua alegria com o momento:

Os Jogos Olímpicos começaram. Acompanhe o Brasil.


Os Jogos Olímpicos começaram. Clique em:
Acompanhe o Brasil.

Brasil Rio 2016

Fonte: Google

Dicas e Receitas Para Acabar Com a Dor de Cabeça

Ter dor de cabeça é bastante comum, mas isso não quer dizer que o problema deva ser tratado como algo corriqueiro. Em muitos casos, a dor é apenas um sintoma de algo mais grave. Por isso, é fundamental procurar um especialista sempre que as dores de cabeça forem constantes ou muito fortes.
De modo geral, a dor de cabeça é comumente causada por dois fatores principais: tensão ou má digestão. Dias muitos cansativos, barulho, insônia e outras causas podem levar a uma dor de cabeça tensional, geralmente localizada na região das têmporas. A má alimentação ou ingestão de comida em excesso também podem causar dores de cabeça, às vezes acompanhada de náusea.
Outra causa comum das dores de cabeça é a enxaqueca, que geralmente ocorre devido a fatores genéticos hereditários. Nos episódios de enxaqueca, a dor de cabeça costuma acontecer em um dos lados do crânio e é pulsante. Ela costuma ser acompanhada de outros sintomas, como náusea, fotofobia, vômitos, tontura e irritação. Se você costuma sofrer com a enxaqueca, sugerimos a leitura do artigo Enxaqueca e Alimentação, que mostra como o cardápio pode interferir nas dores de cabeça.
Atividade física e boa alimentação são ótimos para evitar a dor de cabeça
Atividade física e boa alimentação são ótimos para evitar a dor de cabeça

Evite os Analgésicos

Como as dores de cabeça são comuns, as pessoas têm o péssimo hábito de se automedicarem. Os analgésicos são os mais utilizados, porque aliviam a dor em pouco tempo, mas há um sério problema no uso desse tipo de medicação.
O uso excessivo de substâncias químicas com efeito analgésico podem alterar a resposta das zonas cerebrais responsáveis pela dor. Dito de outro modo, os remédios alteram o funcionamento do cérebro, exigindo que doses maiores da substância sejam necessárias para combater a dor. Assim, quanto mais usamos os analgésicos, menor é o efeito da medicação.
Além disso, os medicamentos podem mascaram a dor como sintoma. Em casos de tumores cerebrais, por exemplo, o uso de analgésicos atenua a dor que poderia ser o sinal a ser avaliado por um médico. O ideal é evitar o consumo de remédios para a dor e sempre procurar um neurologista ou clínico geral para que um diagnóstico adequado seja feito.

LEIA MAIS ABAIXO

Você é capaz de adivinhar quais latinhas são reais?

Howard Lee é um artista cujas pinturas são tão realistas que muitas vezes são capazes de nos enganar. Seu recente projeto traz latinhas de Coca-Cola.
O britânico tem um talento tão impressionante nas mãos que reproduz com fidelidade os detalhes e sombras em cada projeto.
No vídeo abaixo é possível conferir seu trabalho recente. Olhando apenas a imagem estática, você é capaz de descobrir quais são as latinhas reais?
Confira o vídeo abaixo:
Você é capaz de adivinhar quais latinhas são reais?
Howard Lee é um artista cujas pinturas são tão realistas que muitas vezes são capazes de nos enganar. Seu recente projeto traz latinhas de Coca-Cola.
Fonte: Bored Panda

Parabéns pelo seu dia!

Parabéns pelo seu dia!

Meninas do Brasil vencem a Noruega na estreia do handebol

Seleção feminina fechou o jogo em 31 a 28, na manhã deste sábado (6)

A seleção feminina brasileira de handebol venceu a Noruega na estreia da modalidade na Rio-2016 na manhã deste sábado (6), na Arena do Futuro. As meninas do Brasil derrotaram as rivais, que são as atuais campeãs olímpicas, por 31 a 28.

A Noruega eliminou o Brasil nas quartas de final dos Jogos de Londres, o que deixou a vitória deste sábado com sabor especial. A revanche veio em grande estilo, sob os olhares da torcida brasileira na Rio-2016.
"Estava um caldeirão é isso ajuda muito, com certeza. É bom estrear com vitória, ainda mais diante da Noruega. Não tem como ganhar delas e não ficar feliz. Mas é preciso esquecer e seguir em frente", disse Fernanda ao Globoesporte.com logo após a partida.

Confira os melhores momentos da abertura da Rio-2016

O cantor Paulinho da Viola emocionou o público com uma interpretação do Hino Nacional em um palco inspirado nas formas do arquiteto Oscar Niemeyer



A cerimônia de abertura dos Jogos Rio-2016 exalta uma das principais características do Rio de Janeiro: a combinação entre áreas verdes e urbanas. A cidade possui duas grandes reservas ambientais, a Floresta da Tijuca e o Parque Estadual da Pedra Branca, e imagens aéreas mostraram a proximidade desses espaços em um videoclipe com a música Aquele Abraço, cantada por Luiz Melodia, que o público acompanhou nos versos mais famosos.

O cantor Paulinho da Viola emocionou o público com uma interpretação do Hino Nacional em um palco inspirado nas formas do arquiteto Oscar Niemeyer. Ao violão, o cantor foi acompanhado por uma orquestra de cordas. A bandeira do Brasil foi hasteada pelo Comando de Policiamento Ambiental do Rio de Janeiro e 60 bandeiras foram carregadas por 50 atletas iniciantes e estrelas do esporte como Virna, Robson Caetano, Maureen Maggi e Flávio Canto.
A festa seguiu com uma homenagem ao "espírito da gambiarra", definido pelos organizadores como "o talento para fazer algo grande a partir de quase nada". Nessa parte da abertura, a arte geométrica brasileira foi homenageada, como referências a Athos Bulcão, geometria indígena, estampas africanas e azulejos portugueses. As duas mensagens mais importantes da cerimônia, a paz e a sustentabilidade, vieram logo em seguida, com a transformação do símbolo da paz em uma árvore.
Logo depois, a cerimônia voltou no tempo, ao nascimento das imensas florestasque cobriam o Brasil na chegada dos portugueses. Do começo da vida, a homenagem avança até a formação dos povos indígenas, cuja entrada foi representada por 72 dançarinos das duas grandes agremiações do Festival de Parintins, os Bois Caprichoso e Garantido.
chegada dos europeus em caravelas, o desembarque forçado dos africanos escravizados e a migração de árabes e orientais ao país foi representada após, com pessoas que descendem de cada um desses grupos.
Grupos de parcour atravessaram o palco e pularam sobre telhados de prédios na parte da cerimônia que destacou a urbanização do Brasil contemporâneo, concentrada em grandes cidades. Ao som do clássico Construção, de Chico Buarque, acrobatas desafiaram as fachadas dos prédios e montaram uma parede, de trás da qual o avião 14 Bis saiu ao som de Samba do Avião, com um ator interpretando o inventor Santos Dumont.
O avião voou pelo Maracanã e a bossa nova continuou a dar o tom da festa com a exaltação das curvas do Rio de Janeiro, que inspiraram Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Oscar Niemeyer e o paisagista Roberto Burle Marx.
Giselle Bündchen interpretou a Garota de Ipanema e desfilou no Maracanã, enquanto Daniel Jobim, neto do maestro, tocava o clássico. Por onde passava, Giselle desenhava curvas que formavam obras de Niemeyer, como a Igreja da Pampulha e a Catedral de Brasília.
Depois de Ipanema, as favelas foram representadas com um show de ritmos como o samba e o funk, que reuniu as cantoras Elza Soares, que interpretou oCanto de Ossanha, e Ludmilla, com o RAP da felicidade ao lado de dançarinos de passinho. O rapper Marcelo D2 e o cantor Zeca Pagodinho simularam um duelo de ritmos, representando a diversidade da música do Rio de Janeiro.
A partir daí, a importância dos negros na cultura brasileira ganhou destaque com as rappers Karol Conka e McSofia, de apenas 12 anos. Manifestações culturais como o maracatu, os bate-bolas e o bumba-meu-boi também dividiram o espaço no palco do Maracanã e o treme-treme, do Pará, foi representado pela Gang do Eletro.
A diversidade era representada no palco em tom de disputa até que a conciliação veio com Jorge Ben Jor e a frase: "Vamos procurar as semelhanças e celebrar as diferenças". O cantor foi a atração seguinte, com o sucesso País Tropical, dançado por mais de mil bailarinos do baile charme de Madureira, festa tradicional na zona norte do Rio de Janeiro. Com informações da Agência Brasil. 
Confira as imagens da abertura e das delegações que desfilaram pelo Maracanã.

Galvão Bueno e Glória Maria não se entendem na transmissão da Globo

Dupla entrou em 'atrito' em diversos momentos da cerimônia de abertura



A Globo reuniu um time de peso para a transmissão da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos. Convocou seu principal narrador, o lendário Galvão Bueno, dois de deus mais consagrados repórteres, Marcos Uchôa e Renato Ribeiro, e a carismática e veterana repórter Glória Maria.

Glória e Galvão, aliás, em vários momentos "duelaram" nas informações e na descrição do que estava acontecendo. O Uol mencionou alguns momentos de "atrito" entre eles.
Ainda no início da transmissão, o narrador achou que um dos efeitos especiais estivessem mostrando travesseiros, e Glória corrigiu: "São tambores".
No momento da chegada dos imigrantes, Galvão disse: "Aí vem os japoneses". E a repórter pontuou: "São os asiáticos".
Também foi interessante notar o momento em que Galvão pediu para que o grupo falasse pouco e observasse. Em poucos segundos, Glória já estava falando novamente, e o narrador cortou: "Vamos ouvir, Glória".
Outro momento de discórdia entre eles foi quando Glória colocou o jamaicano Usain Bolt no hall das lendas do esporte. Galvão não concordou e mencionou Pelé e Muhammada Ali.

Rio-2016: 10 eventos com brasileiros que você precisa assistir hoje

Handebol, tiro esportivo, judô: o que esperar do Brasil no primeiro dia do Rio 2016

© PhotoeGrafia/Divulgação
A cerimônia de abertura ontem à noite encantou o mundo e agora é para valer: hoje é o primeiro dia oficial de competições dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Confira os principais destaques do dia.
1. Handebol feminino, BRA X NOR, 9h30
As meninas do handebol pegam hoje às 9h30 as norueguesas, as atuais campeãs olímpicas e o time a ser vencido nesses Jogos. O jogo tem gostinho de revanche já que a Noruega eliminou o Brasil nas quartas de final em Londres 2012, acabando com as chances de a seleção ganhar a primeira medalha olímpica na modalidade. Depois da sexta colocação em Londres 2012, o Brasil faturou o Mundial em 2013 pela primeira vez.
 2. Ginástica artística, Arthur Zanetti, a partir das 10h30
O campeão olímpico Arthur Zanetti começa a defender seu título nas argolas a partir das 10h30 na qualificatória da ginástica masculina. Em Londres 2012, o ginasta garantiu o primeiro ouro para a ginástica artística brasileira em Jogos Olímpicos.
3. Judô, com Sarah Menezes e Felipe Kitadai, a partir das 10h
Os medalhistas olímpicos em Londres 2012 Sarah Menezes e Felipe Kitadai estreiam agora de manhã nas eliminatórias do judô.
4. Vôlei de praia masculino, às 11h
Às 11h o Brasil estreia nas areias com a dupla Alison Cerutti e Bruno Schimidt, contra os canadenses Josh Binstock e Samuel Hachter.
5. Duplas de tênis, a partir das 11h
O tênis do Brasil inicia sua jornada neste sábado com a dupla Paula Gonçalves e Teliana Pereira. Elas enfrentam as espanholas Garbine Muguruza e Carla Suarez Navarro. O jogo é o quinto a ser disputado na Quadra 2 no Centro Olímpico de Tênis da Barra, cuja rodada começa às 11h.
6. Tiro esportivo pistola 10m, com Felipe Wu, às 15h30
Se o Brasil não tem muita tradição no tiro esportivo, isso pode mudar hoje com Felipe Wu, que tem chances reais de medalha. Em março, o brasileiro surpreendeu e levou o ouro na Copa do Mundo de tiro, na Tailândia. Sua namorada e companheira de equipe, Rosane Budag também compete hoje.
7. Vôlei de praia feminino às 15h30
Às 15h30, é a vez da dupla Agatha Bednarczuk e Barbara Seixas de Freitas pegarem as tchecas Barbora Hermannova e Marketa Lukova.
 8. Basquetebol feminino, BRA X AUS, 17h30
A equipe feminina de basquetebol enfrenta uma parada dura em sua estreia. As brasileiras pegam a Austrália. Nos últimos seis jogos em competições olímpicas, foram seis derrotas.
9. Polo aquático masculino, BRA X AUS, 20h50
A estreia do Brasil nas piscinas não é na natação, mas no polo aquático. Apesar de não ser um esporte comum no Brasil, o polo foi o primeiro esporte coletivo a fazer parte dos Jogos, em Paris 1900.
10. Futebol feminino, BRA X SWE, 22h
Depois de vencer e convencer na estreia contra a China na última quarta-feira, a seleção capitaneada por Marta pega as suecas às 22h. Se vencer, o Brasil pode até se qualificar para a próxima fase.

Parque olímpico tem fila e confusão: torcedores se atrasam para jogos

Alguns dos torcedores só conseguiram sentar em seus lugares quando já acontecia o segundo tempo da partida de handebol feminino entre Brasil e Noruega

© Reuters / Phil Noble
Um dos jogos mais esperado pelos brasileiros era a partida de handebol feminino entre Brasil e Noruega. Com grande expectativa de público, a plateia não estava cheia quando. Às 9h30, as seleções entraram na quadra. Só que, segundo o site globoesporte.com, o motivo foram as longas filas e confusões que ocorreram na entrara da Arena do Futuro, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca.   

A publicação apurou que os torcedores relataram que houve muito corre-corre e empurrões. Alguns dos torcedores só conseguiram sentar em seus lugares quando já acontecia o segundo tempo. Tanto que, quem assistia pela televisão, notou a diferença de público entre os primeiro e segundo tempos.  

Olimpíadas: Ceará é compensado com envio de armas, viaturas, coletes e munições

AdFOTO: LEVI DE FREITAS/ DNcionar legenda

Por ter disponibilizado de 96 policiais e bombeiros cearenses em apoio à segurança nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e também pela cessão de policiais e bombeiros para a composição da Força Nacional de Segurança em 2013 e 2014, o Estado do Ceará foi recompensado e recebeu, como contrapartida do Ministério da Justiça, armas, carros e equipamentos de uso das forças de segurança.
De acordo com o Governo, já forma recebidos 22 fuzis, 11 coletes balísticos, 10 viaturas, 25 granadas e mais de 5.100 munições de calibre 12. Além de todo esse material, a expectativa é que depois que as Olimpíadas cheguem ao fim, sejam enviados ao Ceará mais 20 fuzis, 35 pistolas, um micro-ônibus, duas viaturas 4×4, outros 100 coletes a prova de balas e 1.500 munições.
Ainda de acordo com o Governo, virão para o Estado mais 1.302 coletes masculinos, 300 granadas de efeito moral, mil munições e 100 unidades de espargidor lacrimogêneo, conhecido como gás de pimenta. Essa última remessa deve chegar até o final do ano.

Olimpíada: organização omite Temer e pede tolerância no mundo

Presidente em Exercício Michel Temer, Thomas Back, Presidente do Comitê e Olimpico Internacional e o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon durante cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. (Rio de Janeiro - RJ, 05/08/2016) Foto: Beto Barata/PR
Na Olimpíada “a la Brasil”, a cerimônia de abertura dos Jogos do Rio de Janeiro pede tolerância no mundo e o respeito pela diversidade. Nesta sexta-feira, a abertura do evento esportivo transmitido para 3 bilhões de pessoas serviu para mandar ao mundo uma mensagem política. Mas os organizadores adotaram medidas para evitar uma vaia ou protestos contra o presidente interino, Michel Temer.
Seu nome não foi anunciado no início do evento e apenas os alto-falantes destacaram a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach. No programa distribuído a um grupo de jornalistas, a entidade também eliminou a referência ao presidente brasileiro.
Em seu discurso, Bach citou o presidente do Comitê Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman. Mas fará apenas uma referência geral às autoridades brasileiras, sem citar Temer. O primeiro a falar foi o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon. Em uma mensagem em vídeo ele pediu que as “armas se silenciam” e que as divisões sejam superadas. Mas será o discurso de Thomas Bach e o cenário brasileiro com foco no multicultural que darão o tom.

Abertura dos Jogos Olímpicos tem Paulinho da Viola cantando o Hino Nacional



A cerimônia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, primeira edição na América do Sul do maior evento esportivo do planeta, começou por volta das 20h no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, com duração prevista de quatro horas. O cantor e compositor Paulinho da Viola cantou o Hino Nacional e emocionou o público presente.
Antes do começo da festa, o público fez olas na arquibancada do Maracanã, gritou “Brasil” e bateu palmas. Pouco minutos do início do evento, ainda era possível avistar cadeiras vazias no estádio, que tem capacidade para 74.738 pessoas.
Segundo os organizadores, a apresentação vai incluir dança, música, luzes, fogos de artifício, história e apresnetação de celebridades, além do tradicional desfile das delegações. O primeiro país a desfilar será a Grécia, e, em seguida, os outros países entram em ordem alfabética. O time dos refugiados é o penúltimo. A delegação brasileira será a última a desfilar.
A festa conta com direção dos cineastas Fernando Meirelles e Andrucha Waddington. De acordo com a assessoria de imprensa da Rio 2016, Fernando Meirelles e a produtora Daniela Thomas criaram a cerimônia com um décimo da verba que Danny Boyle teve para fazer o mesmo nos Jogos de Londres 2012.
Os presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, e do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, devem fazer discursos durante a cerimônia, que também conta com a participação do presidente interino Michel Temer.
A bandeira da delegação brasileira, que será a última a entrar no Maracanã hoje (5), será carregada pela atleta do pentatlo moderno Yane Marques. Medalhista em Londres, ela é e única representante da modalidade a ser porta-bandeira de sua delegação em 2016.
Os americanos vão entrar no estádio liderados pelo nadador Michael Phelps, os britânicos elegeram o tenista Andy Murray e os argentinos, o jogador de basquete da NBA Luis Scola. O tenista Rafael Nadal vai carregar a bandeira da Espanha e a porta-bandeira do time dos refugiados será Rose Nathike Lokonyen, do Sudão do Sul, que disputará a prova de 800 metros no atletismo.
Veja a lista completa divulgada pelo Comitê Olímpico Internacional:

SÓ AS BOAS ANOS 60 ❤ ᖇ❤ᗰÂȠƬƗᑕ@S ❤ ROSELY LOMBARDI❤AMORE MIO

..


Algumas coisas não precisam fazer sentido, basta valer a pena.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK