PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

55% dos brasileiros acham que o Facebook é a internet, diz pesquisa

(Foto: Reprodução)
Por Olhar Digital - Que o Facebook é imenso, todo mundo sabe. Mas 55% dos brasileiros consideram que não há nada na internet além do Facebook; para eles, o Facebook e a internet são a mesma coisa. É isso que indica uma pesquisa da Quartz divulgada como parte do relatório "Internet Health Report v0.1", da Mozilla.
A pesquisa da Quartz pedia que as pessoas respondessem a seguinte questão: "Você concorda com a afirmação seguinte: o Facebook é a internet?". O Brasil foi um dos países nos quais a taxa de respostas positivas foi maior: 55% dos brasileiros concordaram com a afirmação. Na Nigéria, na Indonésia e na Índia, as porcentagens de pessoas que concordaram foram 65%, 63% e 58%, respectivamente. Nos EUA, o índice foi de apenas 5%.
Para a Mozilla, essa resposta representa um grave perigo à saúde da internet. "Sem conhecimento da internet, não podemos esperar que as pessoas entendam o que a internet pode fazer por elas, ou por que elas devem se importar [com a internet]."
Conhecimento digital
Essa pesquisa fazia parte de uma seção do relatório chamada "Who can succeed online?", que avaliava o nível de entendimento das pessoas sobre a internet no mundo. Na mesma seção, outra constatação alarmante foi a de que 50% da força de trabalho da Europa não têm conhecimento digital adequado para o mercado de trabalho. Em alguns países, como Turquia e Macedônia, esse valor era de 65% ou mais.
"A maioria das pessoas ainda não entende como a internet funciona em um nível básico", conclui a Mozilla a partir dos dados. Essa constatação tem implicações bastante graves: "Por exemplo, sem o conhecimento sobre como verificar fontes na internet, mentes jovens e velhas se tornam solo fértil para notícias falsas e rumores, com efeitos negativos para a sociedade", diz o documento. Na mesma seção, a Mozilla também lembra que, segundo uma notícia recente, a maioria dos jovens não consegue distinguir notícias de propaganda.
Monopólio da internet
Em outras partes do documento, a Mozilla também aponta para casos assustadores de monopólio e concentração da internet. Um exemplo disso é o Google: a empresa é responsável por mais de 75% das pesquisas feitas na internet, e por 95,9% das pesquisas feitas de smartphones. "Isso dá à empresa uma vantagem ímpar na hora de vender publicidade online com base nos gostos das pessoas", diz a organização. 
O Facebook é outro enorme concentrador da internet, segundo o relatório. Além de ser a rede social com maior número de usuários no mundo (com 1,7 bilhão), a empresa também é dona das outras duas redes sociais que compõem o pódio: WhatsApp e Messenger, com 1 bilhão cada. O risco disso, segundo a Mozilla, é que "elas têm influência desproporcional sobre o que as pessoas veem e fazem online".
LEIA MAIS...

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK