PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Como desenvolver a educação alimentar em sala de aula

Postado por: Rita de Cássia

Olá, leitores!
O índice de obesidade nos jovens e adultos no mundo está cada vez mais alto e crítico, e a obesidade infantil é cada vez maior devido a má alimentação. 
Para termos uma ideia, de acordo com o Organização Mundial da Saúde (OMS), a projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso; e mais de 700 milhões, obesos. O número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo poderia chegar a 75 milhões, caso nada seja feito.
A OMS aponta ainda que mais de 15% das crianças brasileiras são obesas e estão com sobrepeso, um dado extremamente alarmante.
Muitos estudos mostram que as crianças se alimentam mal não apenas em sua residência, mas também na escola, no qual são oferecidos lanches ricos em carboidratos, frituras e refrigerantes.
Apesar de algumas escolas já terem abolido esse tipo de alimento em suas cantinas, ainda há muito para ser feito para que esses números possam ser reduzidos e uma dessas coisas é dentro da própria sala de aula, adaptando ao conteúdo ensinado e transmitir informações de alimentação saudável para os alunos.

Educação alimentar

escola tem total importância na formação dos hábitos alimentares de seus alunos, e a partir de aulas de culinária, ou mesmo de biologia e ciências, o professor pode apresentar vários alimentos saudáveis às crianças, e como esses alimentos podem ser incorporados do dia-a-dia dessas crianças.
Uma outra forma de chamar a atenção dos alunos para a ideia de alimentação saudável, é estudando os rótulos dos alimentos. A partir dos rótulos podemos saber o que determinado alimento tem como ingrediente e se ele realmente é saudável ou não.
Veja algumas atividades que podem ser desenvolvidas em sala de aula para iniciar a reeducação alimentar dos alunos.

Crianças até 2 anos

Contar estórias apresentando os personagens (banana, abacaxi, morango, uva, laranja) do teatro, e de forma lúdica, evidenciando aquilo que mais os caracteriza: cor, sabor, forma. Após a estória, distribuir as folhas e solicitar que as crianças pintem os personagens. Essa atividade poderá proporcionar um conhecimento e interação maior das crianças com as frutas, alimentos esses que já fazem parte de sua rotina alimentar.

Crianças de 2 à 5 anos

Disponibilizar as crianças as figuras de todos os alimentos, tanto saudáveis quanto não saudáveis, em seguida, solicitar que as crianças montem o seu próprio lanche. Cada uma com seu lanche em mãos, o educador organiza um círculo com as crianças onde cada uma apresenta o lanche que montou. Após cada apresentação, o educador observa a composição do lanche e discute, fornecendo orientações a respeito da escolha feita e, se necessário, dar opções de substituição por alimentos saudáveis.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK