PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Faleceu nesta tarde Ivan Jucá, colaborador do Blog do Parceiro. Confira suas poesias

Foto recente do Ivan com o filho Isaac.
Por Facebook de Lusmar Paz

NOTA- FALECIMENTO: FRANCISCO IVAN JUCÁ 
(Conhecido por Ivan da CAGECE)

Comunicamos aos aracoiabenses que faleceu hoje, dia 31/01, às 16h, no Hospital do Coração em Messejana, o amigo Ivan da Cagece. O corpo será velado na cidade de Aracoiaba, portanto, não sabemos informar o local do velório e o horário do sepultamento. 
Transmitimos às famílias nossas condolências e preces.

Ivan fora casado duas vezes:
1º casamento: Sra. Dra. Ana Maria Pimentel / Filhos: Ana Alice, Amanda, Ivan Filho).
2º casamento: Sra. Nilcileide Queiroz / Filhos: Isaac, Sara e Sofia.

Obs.: Ivan residiu em Aracoiaba por muitos anos...

...........................................................................................
Ivan Jucá foi colaborador com suas poesias no Blog do Parceiro.
Confira:

Incertezas



INCERTEZAS

Sou uma flor que nasceu
No serrado, na campina,
E viu a estrela matutina
Brilhar no anoitecer.





Vi também o sol se erguer
Ao canto da passarada,
E na amanhã ensolarada
Vi uma linda donzela
Debruçada na janela,
Com suas vestes douradas.

Na noite enluarada
O céu com parcas estrelas, 
Que pareciam centelhas
De festa à beira da estrada.

Por lá tantos camaradas
Curtiam suas proezas,
Sem saber que a incerteza
Ao amanhecer regressava.

E eu também por lá passava
E compartilhava com eles, 
Sem saber que um daqueles
Em muito, me assemelhava.


AUTOR: Ivan Jucá ( aracoiabense )
09/11/15

Metáforas

Numa insidia de dor e de tristeza
Num desígnio de amor e solidão
Na agudeza que corrói o coração
Uma flor que simboliza a realeza.

No alvorecer que arraiga com grandeza
Essa luz que assola o universo
Na pequena simetria de um verso
Na Oceania que bramia à natureza.

Autoria: Ivan Jucá ( aracoiabense )
12/11/15

Castelo Encantado

FOTO: Joseni Lima/Fotografias Joseni
Castelo Encantado

Nunca vi tanta tristeza
Num rosto esquálido, mais belo
Postado em uma janela
De um casarão amarelo.

Era um dia frio e modesto
Uma manhã sonorosa
A onde o néctar das rosas
Se ofertava aos mais singelos.

Naquele prédio antigo
Que teve o sol como amigo
As estrelas em seu abrigo
E em seu senhor um donzelo.

Ao longe um paralelo
Impresso na natureza,
Trouxera-lhe à tona certeza
Que aquela fortaleza,
Sem títulos de realeza
E Sem requinte de nobreza
Um dia fora um castelo.

04/12/2015

Autor:  Ivan Jucá

LEIA MAIS...

Sem rumo...

Sem Rumo...
Sem amuleto ou pingente
E mesmo com a alma ferida
Sigo em rumo ao Oriente
Por este vale sem vida.

Bem longe de despedida,
Do sentimento alheio
Do amor que bate em cheio
E no peito causa ferida.

Quero um lar, quero guarida,
Um amanhã de sol, e de brilho
E beijar a face de um filho
A dádiva maior da vida.

Autor: Ivan Jucá ( aracoiabense )
17/11/15

Homenagem ao grande Sanfoneiro de Ocara e região


Homenagem ao grande Sanfoneiro de Ocara e região _ Zezim Marianho - De amigo e admirador - Ivan Jucá - 96245699

" Ocara perdeu um filho,
do quilate do marfim
Ocara perdeu o brilho 
Ocara perdeu Zezim.

Nessa vida é mesmo assim
se alguém perde, um outro ganha
e nessa caminhada estranha
são tantos os dessabores
que nem sempre compensa os amores
que trazemos nas entranhas".

Ivan Jucá - 2012.


Ele fazia parte do 
Recanto das Letras


Um comentário:

Ana Alice disse...

Suas poesias são lindas pai...Eu sei que vou te amar por toda a minha vida eu vou te amar...Eu sei que vou sofrer a eterna desventura à espera de viver ao lado teu, por toda a minha vida....Pai meu amor eterno...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK