PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

O Exercício da Prancha Vai Turbinar a Sua Saúde. Veja Agora!

Por Tudo Por E-mail - Se há um exercício que resume vários em um e que você deveria praticar todos os dias, com certeza é este que vamos te mostrar agora. Conhecido como exercício da prancha, é de fato um dos mais eficazes já comprovados, e que com o passar do tempo vai te dar resultados se for feito com regularidade. Então o que acontece exatamente quando você começa a praticá-lo? Veja a seguir.

1. Você vai fortalecer os músculos e até mesmo ajudar a defini-los
O exercício da prancha fortalece os músculos centrais, incluindo os do abdômen, o músculo externo oblíquo e também os glúteos. Com isso, você vai notar que:
- vai ter mais facilidade para levantar pesos;
- mais facilidade para flexões laterais e mais flexibilidade na cintura;
- costas mais fortes, além de glúteos mais firmes.

2. Vai diminuir os riscos de lesões na coluna
Além de te fazer construir músculos, o exercício da prancha não te faz colocar muita pressão sobre a coluna ou os quadris. Especialistas afirmam que fazer pranchas regularmente vai reduzir significativamente a dor nas costas e fortalecer os músculos, garantindo mais força nas áreas em torno de sua parte superior das costas.
3. Um aumento significativo no seu metabolismo
O exercício da prancha é um desafio em todo o seu corpo. Como resultado, se praticado diariamente, vai queimar mais calorias do que outros exercícios tradicionais, como as sofridos abdominais. Os músculos que você fortalece neste exercício permitirão que você queime mais energia, mesmo que tenha passado a maior parte do dia sentado. Praticar a prancha durante 1 minuto repetidamente ao longo do dia (por até 10 vezes), proporciona uma grande melhoria da taxa metabólica e irá garantir que permaneça elevada durante todo o dia.
4. Também melhora (e muito) a sua postura
Fazer este exercício regularmente vai melhorar a sua postura, mantendo-o mais ereto, pois fortalece os músculos centrais. Com os músculos abdominais fortalecidos, automaticamente a postura fica mais reta, diminuindo problemas de postura, e também em áreas do pescoço, ombros, peito e costas.
5. Melhora o equilíbrio
Se você já tentou se equilibrar em uma perna e não conseguiu manter-se em pé por mais de alguns segundos, uns dos motivos prováveis é porque seus músculos abdominais não estão fortes o suficiente para dar o equilíbrio que você precisa. Fazer o exercício da prancha vai melhorar esse problema.
6. Melhora a flexibilidade
Este exercício expande os músculos posteriores, ombros, escápulas (músculos da parte superior das costas) e a clavícula, tornando-os mais flexíveis, assim como os músculos superiores da coxa (isquiotibiais), e até mesmo os pés e os dedos dos pés. Se fizer exercícios laterais, vai trabalhar os músculos oblíquos.
7. Promove melhorias na saúde mental
O exercício da prancha tem um efeito sobre os nossos nervos em particular, tornando-o uma excelente maneira de aumentar o seu humor. Isso ocorre pois estica os grupos musculares que, se contraídos, aumentam o estresse e a tensão no corpo. Se você passa a maior parte do dia sentado, seus músculos da coxa ficam estreitos e as pernas ficam pesadas depois de ficarem dobradas por horas, além da tensão desenvolvida nos ombros. Mas, como grande parte de nós trabalha sentado, o ideal é fazer o exercício para diminuir essa tensão. O exercício vai ajudar a acalmar seu cérebro, e pode até ajudar no tratamento de ansiedade e depressão.
Como Fazer o Exercício Corretamente:
1. Comece ficando na posição de quatro no chão. Ajuste as mãos, garantindo que estão na distância do ombro. Os pulsos devem estar diretamente sob os ombros. Abra os dedos e distribua o peso uniformemente por toda a superfície da mão.
2. Mantenha os braços em linha reta. Você vai sentir a força na parte superior das costas e nos braços. Coloque as omoplatas para baixo, com os ombros longe das orelhas. Isso cria espaço no pescoço. Mantenha seu peito aberto.
3. As pernas devem estar firmes. Se não estiverem, a parte inferior das costas pode ir para baixo, e esse é um movimento que você precisa evitar. Por isso, mantenha as pernas firmes, alongando o cóccix, como se fosse em direção aos calcanhares.
4. Mantenha a cabeça ereta, olhando para o chão.
5. Respire suavemente. Mantenha a posição por pelo menos 1 minuto.
Veja no vídeo abaixo:

f

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK