PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Remédio para leucemia importado pelo governo está 40% contaminado

© Reprodução TV Globo

Estudo foi encomendado pelo Centro Boldrini

Um estudo apontou que 40% do medicamento chinês 'Leuginase', importado pelo Ministério da Saúde desde o início do ano para tratamento da Leucemia Linfóide Aguda (LLA), está contaminado por proteínas - o que não garante a eficácia do produto.

De acordo com o G1, o medicamento é essencial para o combate da doença, que afeta sobretudo crianças e jovens. Como o laudo mostrou a falta de eficiência, o Centro Boldrini, que encomendou a pesquisa, optou por não usar o produto chinês.
O órgão decidiu importar o 'Asparaginase', que era o medicamento importado anteriormente pelo Ministério da Saúde. Em comparação, a quantidade de proteína presente neste produto é de 0,5%.
FONTE

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK