PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 31 de março de 2017

Globo se manifesta sobre caso de José Mayer: 'Medidas sendo tomadas'

© Divulgação / TV Globo
A Globo decidiu se pronunciar sobre o assunto, e através de sua assessoria

Nesta sexta-feira (31), repercutiu em toda a imprensa a denúncia feita pela figurinista da Globo Su Tonania, que disse ter sido assediada pelo ator José Mayer. A própria profissional fez um texto falando do assunto e foi publicado pelo jornal 'Folha de S.Paulo'.

No texto publicado por Tonani, a figurinista revelou que ele chegou a tocar em suas partes íntimas e a chamou de 'vaca'.
Agora, a Globo decidiu se pronunciar sobre o caso, e através de sua assessoria informou que o assunto foi apurado e que as medidas necessárias estão sendo tomadas.
Confira a nota da emissora enviada à imprensa: 
"A Globo repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito. E zela para que as relações entre funcionários e colaboradores da emissora se deem em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. Todas as questões são apuradas com rigor, ouvidos todos os envolvidos, em busca da verdade. Desta forma e tendo o respeito como um valor inegociável da empresa, esse assunto foi apurado e as medidas necessárias estão sendo tomadas. A Globo não comenta assuntos internos."

Figurinista da Globo faz duro relato sobre assédio de Zé Mayer: 'Vaca!'


"Esse ator, branco, rico, de 67 anos, que fez fama como garanhão, colocou a mão esquerda na minha genitália", contou Su Tonani

No princípio era uma denúncia feita a um colunista de jornal. Sem nome, sem rosto e feita numa página de fofoca. Agora o relato ficou sério, ganhou um rosto e foi feito sem medo em um jornal de proporções nacionais, a Folha de S.Paulo.

Su Tonani, figurista da Globo, veio a público dar detalhes do assédio que diz ter sofrido de um dos atores mais prestigiados da Rede Globo, José Mayer. O que tem fama de gala e faz mulheres suspirarem ao redor do país.
A moça conta como tudo aconteceu e, no fim, faz um apelo.
Confira trechos abaixo:

Júlio César descarta volta ao Brasil e deve encerrar carreira na Europa

© Reuters / Ina Fassbender
Goleiro ex-seleção está com 37 anos e tem contrato com o Benfica até junho de 2018
Revelado pelo Flamengo, o goleiro Júlio César passou a maior parte de sua carreira na Europa, onde brilhou por muitos anos com a camisa da Inter de Milão. Hoje, aos 37 anos, o jogador segue no Velho Continente, agora defendendo o Benfica, clube com o qual tem contrato até junho de 2018.

Em entrevista ao site italiano “TuttoMercato”, o atleta disse que pretende renovar com o clube português, deixando claro que não há o menor interesse dele em retornar ao Brasil e, muito menos encerrar a carreira pelo rubro-negro da Gávea, assim como deseja boa parte da torcida rubro-negra.
“Estou muito bem, ainda tenho muita vontade de jogar e com esta camisa. Ainda tenho um ano de contrato com o Benfica. Meu objetivo é continuar a vestir essa camisa. Estou muito bem no Benfica. Falamos de um grande clube. Além disso, estou muito confortável em Lisboa, uma cidade belíssima. Como disse, quero ficar depois que meu contrato acabar, em 30 de junho de 2018. Espero renovar, ao menos, por uma temporada”, comentou Júlio, que é reserva de Ederson no time português.
"Descarto isso (defender um clube brasileiro). Meu futuro será na Europa", acrescentou Júlio, que é casado com a ex-modelo e atriz Susana Werner.
Sobre a seleção brasileira, o goleiro ainda disse que o fantasma do “7 a 1” da Copa do Mundo de 2014 ficou no passado. A desilusão do último Mundial já passou, agora temos confiança e bons jogadores. E, com Tite, o trabalho da equipe está andando muito bem”, finalizou o goleirão, conforme destacou o Globoesporte.com.
FONTE:  Notícias ao Minuto

Agricultor de 73 anos obtém registro de nascimento

Resultado de imagem para registro de nascimento
@Divulgação

Um agricultor de 73 anos, de Lagoa Bonita, no município mineiro de Cordisburgo, obteve no último dia 14, o seu registro tardio de nascimento. Residente na cidade de Itaquaquecetuba, a 42 km da capital paulista, Arlindo (nome fictício) procurou a Defensoria Pública Estadual no município em busca de atendimento na rede de saúde. O acesso sempre foi difícil justamente pela falta dos documentos. A Defensoria entrou com uma ação pedindo o registro para que ele tivesse sua identidade legal e pudesse se tratar sem maiores problemas.

Arlindo é analfabeto e não tem contato com parentes. Ele nunca teve documento de identificação ou vínculo empregatício registrado. Como ele apresenta falhas de memória causadas pela idade avançada, a equipe do Centro de Atendimento Multidisciplinar (CAM) coletou informações com vizinhos e conhecidos e, assim, descobriu os nomes dos pais de Arlindo, a data e o local de nascimento.

Com as informações seria possível solicitar a segunda via do documento, entretanto no Tabelionato de Notas e Registro Civil de Cordisburgo não havia registro no nome de Arlindo. Diante da situação, o Ministério Público dispensou a necessidade de apresentação de provas e aceitou o laudo elaborado pelo CAM.

“O minucioso parecer elaborado pela equipe multidisciplinar da Defensoria Pública comprova que o autor foi impedido de exercer a sua cidadania por toda a vida por falta de registro civil e atualmente a violação dos direitos se tornou mais grave por ele estar na terceira idade, revelando-se imprescindível a efetivação do registro de nascimento para que exerça a cidadania”, disse o promotor Claudio Sérgio Teixeira no parecer que recomendou o registro.

A Defensoria explicou que preserva a identidade e a imagem do idoso devido à idade avançada e aos problemas de saúde. 

Contas de energia elétrica terão bandeira tarifária vermelha em abril


Resultado de imagem para Contas de energia elétrica terão bandeira tarifária vermelha em abril

No mês de abril, os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas.

É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada. Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o consumidor.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Como funcionam as bandeiras

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

FONTE: Agência Brasil

Vendas na Páscoa devem crescer 1,3%, estima CNC


lojas

Com a chegada da páscoa, procura de ovos de chocolate aumenta em lojas e supermercados. Vendas devem crescer 1,3% Agência Brasil

A Páscoa deverá movimentar R$ 2,1 bilhões no país, um crescimento de 1,3% em volume de vendas – já descontada a inflação –, na comparação com 2016. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Este pode ser o maior aumento real de faturamento para o período desde 2014, quando o volume de vendas cresceu 2,6%.

Já a geração de vagas será menor em relação ao ano passado. A expectativa é que sejam gerados 10,7 mil postos de emprego, sendo que, no ano passado, foram 11,3 mil. Os supermercados responderão por 60% das vagas geradas e pagarão um salário médio de admissão de R$ 1.170.

Segundo a CNC, o aumento nas vendas tem relação direta com a queda nos preços, pois a variação média da cesta composta por bens e serviços mais demandados nesta data (4,6%) foi a menor desde o mesmo período de 2008.

Efeitos do câmbio
“Além do longo período de queda da demanda, o comportamento da taxa de câmbio tem contribuído para o menor ritmo de reajuste de preços desses produtos. Durante o período de formação dos estoques do varejo para a páscoa, também houve um recuo de 17,4% do dólar frente ao real, comportamento inédito para os últimos sete anos”, explica Fabio Bentes, economista da CNC.

Somente o chocolate sofreu aumento expressivo, segundo o estudo, que teve alta de 14,6% por conta da alteração da fórmula de cálculo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Os preços dos demais produtos registraram desaceleração ou queda em relação à páscoa de 2016, destacando-se passagens aéreas (-1,3%) e combustíveis (-0,8%).

Ainda segundo a CNC, a absorção de mão de obra deve ser praticamente nula, seguindo o ritmo dos últimos três anos. O baixo aumento das vendas e a improvável reversão das condições de consumo no curto prazo são os principais fatores.

*Título atualizado às 15h04

Terceirização de atividade-fim deve ser decidida no STF, diz presidente do TST


Brasília - O presidente do TST, ministro Ives Gandra fala sobre a reforma trabalhista durante o IX Encontro Interempresarial de Jurídico Trabalhista (José Cruz/Agência Brasil)

O presidente do TST, ministro Ives Gandra, fala sobre a reforma trabalhista e terceirização durante o 9° Encontro Interempresarial de Jurídico Trabalhista José Cruz/Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra, disse hoje (31) que a regulamentação da terceirização da atividade-fim de empresas deve ser decidida no Supremo Tribunal Federal (STF). “Nós temos dois projetos que tratam da mesma matéria. Se os dois conseguirem ser aprovados você pode sim criar uma lei que assimile as vantagens de cada um. Acho que a questão vai acabar sendo resolvida pelo próprio STF”, disse.

No dia 22 de março, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto que trata da terceirização para qualquer tipo de atividade de empresas privadas e do setor público. Mas também está em tramitação no Senado Federal uma alternativa ao projeto de lei aprovado pelos deputados.
A aprovação do projeto pelos deputados ocorreu sob forte protesto de representantes de centrais sindicais e de parlamentares da oposição, que tentaram sem sucesso obstruir a votação. Como o projeto já tinha sido analisado pelo Senado, o texto aprovado pelo plenário seguiu direto para a sanção presidencial.

“Está se pensando realmente no projeto do Senado ser utilizado para uma espécie de híbrido, pegando um pouco de cada um. Eu acho muito difícil conseguir isso”, disse o ministro.

Ives Gandra participou hoje, em Brasília, do 9º Encontro Interempresarial de Jurídico Trabalhista, em que especialistas e representantes de empresas de mais de 30 setores da economia discutiram a reforma trabalhista. O evento foi organizado pelo Grupo Interempresarial de Jurídico Trabalhista em parceria com o Instituto Via Iuris de Direito de Trabalho.

Reforma trabalhista

O presidente do TST voltou a defender uma legislação trabalhista enxuta, com direitos constitucionais garantidos, e que prestigie as negociações coletivas. “Se fossemos pensar em uma CLT [Consolidação das Leis do Trabalho] ideal seria com os direitos comuns a todos os trabalhadores, e tudo o que diz respeito a condições de trabalho de cada setor, aí teríamos as negociações coletivas, acordo e convenções que são estabelecidas entre sindicatos e cada uma das empresas dos setores de produção específicos”, disse.

Para o ministro, a flexibilidade da legislação é a garantia de emprego, principalmente em épocas de crise. “Nesses momentos, o trabalhador quer uma proteção real. Se deixar uma legislação muito rígida, o empregador não tem condições de manter o trabalhador. Se conseguir uma flexibilização através de negociação coletiva, vai se resolver muito a questão da empregabilidade. Não se dá, por exemplo, um reajuste da inflação, mas se consegue a garantia de emprego”, disse.

Segundo ele, às vezes, as indenizações deferidas aos trabalhadores em processos trabalhistas e os direitos criados pela jurisprudência acabam onerando de tal forma a empresa que muitas vezes ela pensa duas vezes antes de contratar o trabalhador. Gandra explicou que, como está sendo proposto, a cada norma flexibilizada há uma vantagem compensatória para o trabalhador. “O patrimônio jurídico do trabalhador como um todo é mantido”, ressaltou Gandra.

O Projeto de Lei 6.787/2016 altera a CLT e outros dispositivos possibilitando que, nas negociações entre patrão e empregado, os acordos coletivos tenham mais valor do que o previsto na legislação, permitindo, entre outros pontos, o parcelamento de férias e mudanças na jornada de trabalho.
A proposta enviada pelo Executivo recebeu mais de 800 emendas na comissão especial da Câmara dos Deputados criada para analisar a matéria. A previsão é de que a proposta seja apreciada na primeira quinzena de abril.

Para o conselheiro jurídico do Instituto Via Iuris de Direito de Trabalho, Adalto Duarte, o número de emedas é um sinal da importância do tema, mas que não é o momento de uma grande reforma e sim de focar nas ações emergenciais.

“O governo estava certo, enviou uma proposta de minirreforma. O desafio agora é conseguir organizar tudo isso e, em vez de aproveitar mais de 800 emendas, fazer com que sejam cerca de 30, mas que tenha impacto na geração de emprego e renda, que para as empresas signifique segurança jurídica e para o trabalhador que não está empregado signifique a possibilidade de retornar rapidamente ao mercado de trabalho”, disse Duarte.

Fonte|: Agência Brasil

Saiba Mais: Entenda o projeto de lei da terceirização aprovado pela Câmara

Preços de remédios sobem até 4,76%

Remédios genéricos
Aumento dos preços dos remédios
entra em vigor hoje. Percentual máximo
 é de 4,76%Arquivo/Agência Brasil
Diário Oficial da União publica hoje (31) resolução do Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) autorizando os índices do reajuste anual de preços de medicamentos para 2017, que variam de 1,36% a 4,76%. O aumento começa a valer a partir desta sexta-feira.

De acordo com a resolução, o reajuste máximo permitido é o seguinte: nível 1: 4,76%; nível 2: 3,06; e nível 3: 1,36%. O Cmed é um órgão do governo integrado por representantes de vários ministérios.

O Sindicato da Indústria Farmacêutica  (Sindusfarma) informou, por meio de nota, que os índices de reajuste não repõem a inflação passada, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado de 12 meses, de março de 2016 a fevereiro deste ano.

“Do ponto de vista da indústria farmacêutica, mais uma vez os índices são insuficientes para repor os custos crescentes do setor nos últimos anos”, diz a nota.

Segundo o Sindusfarma, o reajuste anual de preços fixado pelo governo poderá ser aplicado em cerca de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro.

FONTE: Agência Brasil

Marília Mendonça - Eu sei de cor (Paródia)

..

"Ela já não aguenta mais viver com o marido cachaceiro e decide ir embora" 
Mais uma paródia produzida com muito carinho por Wiris Viana especialmente para vocês galerinha do youtube, essa é da nova musica de Marília Mendonça - Eu sei de cor.
Gostou? Deixe o seu joinha, comente, se inscreva no canal e compartilhem em suas redes sociais.
Não gostou? Aah que pena, mas te convido a olhar outros videos no canal, quem sabe algum não tire de você uma boa gargalhada.
Obrigado a todos que acompanham os meus videos, aos meus inscritos e aos que estão chegando. Abraços e até o próximo vídeo, se Deus quiser....
Sigam a página no facebook:

Tratamento Natural para Pedra nos Rins


Tratamento Natural para Pedra nos Rins

As doenças renais atingem uma grande parte da população, principalmente os homens em idade adulta. Aprenda uma receita de banho de ervas, que ajuda a melhorar o funcionamento dos rins e a eliminar os cálculos renais. 

POR RECEITA NATURAL - Os cálculos renais, mais conhecidos pela população como pedra nos rins, ocorrem quando há cristalização de substâncias, como sais minerais, cálcio e ácido úrico, no aparelho urinário. Essas substâncias se separam da urina, formando as pedras. Em geral, a urina possui inibidores, que impedem a formação dos cristais, mas quando esses falham por algum motivo, os cálculos podem surgir.
Ceca de 3% da população sofre com os cálculos renais. As principais vítimas são os homens, com idade entre 20 e 40 anos. O que não significa que as mulheres e/ou pessoas com menos de 20 anos ou mais de 40 não possam ser afetados pela doença. O problema causa dores fortes, devido à movimentação da pedra pelo trato urinário. Dependendo do tamanho, o cálculo será mais facilmente eliminado através da urina. No entanto, se houver dificuldade para expelir a pedra, os músculos se contrairão para eliminá-la, aumentando a dor. E quem já passou por esse problema afirma que a dor é realmente muito intensa. Algumas pessoas chegam a vomitar por causa da dor forte.
Quem já teve pedra nos rins, tem mais chances de sofrer com a doença novamente. Por isso, é importante beber muita água (de 2 a 3 litros por dia), para evitar a formação de cálculos. A ingestão de líquidos também facilita a eliminação das pedras, quando elas têm tamanho inferior a 5 mm. Nesses casos, pode ser que a pedra seja expelida sem que a dor seja tão intensa.
Mas cumpre ressaltar que a presença de pedras no trato urinário pode causar problemas de saúde mais sérios. Caso você sinta dores ao urinar, cólicas renais ou fisgadas no baixo ventre, consulte um médico antes de se medicar.

Tratamento Natural

Se você já procurou um médico e teve o diagnóstico de pedras nos rins, pode utilizar as ervas medicinais ao seu favor. O banho de ervas que ensinamos a seguir, ajuda o organismo a expelir os cálculos pequenos e melhora o funcionamento dos rins. E é bem fácil de fazer.

Ingredientes

Você vai precisar dos seguintes itens:
Quebra Pedra
A quebra-pedra é ótima para melhorar o funcionamento dos rins
  • 1 punhado de cavalinha;
  • 1 punhado de cabelo de milho;
  • 1 punhado de quebra-pedra;
  • 1 punhado de folhas de abacateiro;
  • 2 litros de água.

Modo de Preparo

Em uma panela grande, leve a água e as folhas ao fogo, até levantar fervura. Depois coe e coloque o líquido em uma bacia grande o suficiente para que possa sentar dentro dela. Espere esfriar um pouco e se sente na bacia.

Leia Também

Remédio Natural para Infecção Urinária

Vídeo adorável mostra garotinha confundindo aquecedor abandonado com robô

POR GADOO - Este vídeo é hilário e mostra uma garotinha sendo extremamente adorável com um aquecedor de água abandonado.
O fato é que a pequena Rayna confundiu o objeto com um robô e demonstrou todo o seu carinho de um jeito único.
Quer ver só?
Então, não deixe de conferir o vídeo abaixo:
Vídeo adorável mostra garotinha confundindo aquecedor abandonado com robô
Vídeo mostra garotinha sendo gentil com um aquecedor de água abandonado. Menina o confundiu com um robô e nos ofereceu cenas pra lá de divertidas.
Fonte: Bored Panda

Então é sexta-feira!!!


Mais mensagem aqui


​Mais frase aqui

Que Deus ilumine a nossa Sexta-feira!


Lindas Frases de Amor

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK