PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 2 de maio de 2017

Como limpar a tábua de corte?

© iStock
A tábua é um item essencial na cozinha

A tábua de corte é o local onde você manipula diretamente seus alimentos, incluindo aqueles que não são cozidos, como as folhas e hortifrutis das suas saladas. Por esta razão, todo cuidado é pouco ao limpar e desinfetar suas tábuas de corte, tanto as de madeira quanto as de plástico ou vidro.

Segundo o site Como Limpar, superfícies denominadas "não-porosas", ou seja, que não apresentam fissuras ou rachaduras com o uso, como vidro ou plástico, são mais fáceis de serem limpas e higienizadas do que as de madeira. As fissuras podem, com o tempo, facilitar a proliferação de mofo, bolor e bactérias. Por esta razão, é melhor investir nesse tipo de material, principalmente para cortar carnes.
A primeira dica é fazer a limpeza com esponja macia e detergente neutro sempre que a tábua for usada, evitando assim que manchas e odores se impregnem no utensílio. Enxágue com água morna e deixe a tábua em posição vertical para permitir uma melhor secagem.
Caso sua tábua seja de madeira, ela jamais deve ser limpa na máquina de lavar louça. Quando não estiver sendo usada, guarde o utensílio em local seco e não úmido, para não acumular sujeira, mofo e bolor e lave sempre antes de qualquer utilização. Caso a tábua seja de plástico, vidro ou acrílico, ela poderá ser levada à lava-louça.
Para desinfetá-las após o corte de carnes, por exemplo, esfregue uma pasta feita de bicarbonato de sódio, limão e sal na superfície. Passar vinagre, um desinfetante natural, também é sempre uma boa opção para limpá-la. Uma vez por mês, você pode fazer uma solução com uma colher de sopa de água sanitária dissolvido em um litro de água, deixando a solução agir por 20 minutos e depois enxaguando com água corrente. Por fim, para eliminar odores da tábua, esfregue-a com sal e metade de um limão.

Congresso vai discutir reformas na Previdência e leis trabalhistas nesta semana; Confira propostas

(Foto: Agência Brasil)
O projeto de lei que prevê alterações na CLT, aprovado pela Câmara, chega esta semana ao Senado e as expectativas são em relação à aprovação ou não do regime de urgência
A semana que se iniciou com o feriado do Dia do Trabalho, nesta segunda-feira (1), será definitiva para os planos do governo federal, de aprovar as reformas trabalhista e da Previdência. Os dois projetos que mexem com a vida de milhões de trabalhadores – alteram regras relacionadas ao mercado de trabalho e à aposentadoria – são considerados fundamentais pelo governo para facilitar a retomada do crescimento econômico, porém enfrentam resistências de setores da sociedade.

O projeto de lei que prevê alterações na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), aprovado pela Câmara, chega esta semana ao Senado e as expectativas são em relação à aprovação ou não do regime de urgência. Se isto acontecer, a votação da Reforma Trabalhista pode “pular” etapas e ir para o plenário ainda essa semana.  
O problema é combinar isso com a oposição. Enquanto o governo já escalou o líder da maioria, Roméro Jucá, para pedir a urgência, senadores contrários ao projeto avisaram na última semana, após a aprovação na Câmara, que trabalharão para que o projeto de lei seja apreciado no máximo de comissões possíveis.

Estudo aponta frequência ideal para praticar sexo por idade

(Foto: Kaspars Grinvalds/Shutterstock)
De acordo com os cientistas, jovens entre 18 a 24 anos praticam sexo 104 vezes por ano
Se engana quem diz que idade não interfere na intimidade sexual entre quatro paredes. Um estudo realizado pelo Kinstey Institute of Sex, Reproduction and Gender, grupo da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, apontou que os jovens são os mais dispostos durante o sexo.
De acordo com os cientistas americanos, a média estimada para as pessoas entre 18 a 24 anos é de manter relações sexuais por pelo o menos duas vezes na semana, ou 104 vezes ao ano. Já para as pessoas entre 30 a 39 anos, a média cai para 1,6 vezes por semana, totalizando 83 vezes anuais. Se passar mais dez anos, para quem tem entre 40 a 49 anos média é reduzida para 66 vezes por ano.
Outro quesito preocupa o estudo realizado nos Estados Unidos. Os cientistas apontaram que após os 30 anos, as atividades sexuais vem sendo deixadas de lado por conta de preocupações como carreira, vida financeira e filhos.
Dentro de tanta preocupação, a Kinstey Institute of Sex, Reproduction and Gender constatou uma boa notícia, a prática do sexo ajuda a diminuir a pressão arterial, reduzir o estresse, a ansiedade e ajuda a qualidade do sono.
FONTE: 

Duas maneiras sensacionais para eliminar manchas na pele

POR GADOO - 
Ter manchas na pele é um problema bastante comum, e muitas pessoas fazem diversos tratamentos estéticos para amenizá-las.
Fato é que nem sempre é necessário gastar muito dinheiro com isso, pois existem formas naturais que podem ajudar.
Pensando nisso, trazemos duas maneiras sensacionais para eliminar manchas na pele.
Confira:
Duas maneiras sensacionais para eliminar manchas na pele
Muitas pessoas sofrem com manchas na pele. Post traz duas maneiras sensacionais para eliminar o problema.
1. Creme de farinha de arroz.
Ingredientes:
3 colheres de farinha de arroz
2 colheres de suco de laranja
4 colheres de manteiga de karitê
Opcional: ½ colher de água oxigenada a 5%
Modo de fazer:
Faça uma mistura com a farinha de arroz e a água oxigenada até obter uma substância homogênea. Em seguida, adicione os ingredientes restantes e misture tudo.
Aplique a mistura uniformemente nas áreas afetadas pelas manchas e deixe agir por 30 minutos. Depois enxágue com água abundantemente. Seque e hidrate com um creme hidratante ou aloe vera. Repita uma ou duas vezes por semana.
Foto: Incrivel.club
Foto: Incrivel.club
2. Creme de laranja e limão.
Ingredientes:
3 colheres de suco de laranja
1 colher de açúcar
2 colheres de mel
Meio limão
Modo de fazer:
Faça uma mistura com o mel, o suco de laranja e o açúcar em um recipiente, em seguida coloque a metade do limão dentro da mistura e reserve por 5 minutos.
Após esse tempo pegue um pouco da mistura e aplique na região afetada. Pegue o limão e esfregue-o por 5 minutos no local onde o creme foi aplicado. Depois disso, lave bem o local com água e seque bem também. Hidrate usando algum creme. Repita o processo até duas vezes por semana.
Foto: Incrivel.club
Foto: Incrivel.club
Fonte: Incrivel

Chás Que Grávidas Podem Tomar

Os chás podem ser bastante prejudiciais durante a gravidez. Conheça um pouco mais sobre as ervas que podem ou não serem consumidas pelas gestantes. 

POR RECEITA NATURAL
Apesar de serem considerados como naturais e benéficos, os chás também podem trazer riscos para a saúde. Isso é válido para qualquer pessoa, no dia a dia, mas, especialmente, durante um período tão especial que é a gravidez.
Duranta a gravidez o risco de tomar alguns chás sem a devida orientação ou acompanhamento médico se torna ainda maior, porque existem ervas capazes de reduzir a produção de leite, atrapalhar o desenvolvimento saudável do feto e provocar o aborto espontâneo. Sabendo disso, as gestantes devem ter muito cuidado ao tomar qualquer tipo de chá. Veja algumas informações sobre infusões que podem ser indicadas ou não para mulheres grávidas.

Chá Preto

O chá preto é uma boa fonte de cafeína, assim como o café. Por isso, ele age como estimulante no organismo. A erva também tem efeito antioxidante, capaz de melhorar o funcionamento do organismo. Para as gestantes, o mais importante é que se observe a quantidade.
Algo como 1 xícara do chá preto por dia não é prejudicial. Porém, o consumo acima de 300 mg por dia (equivalente a 3 xícaras médias) pode aumentar o risco de aborto.

Chá Verde

O chá verde é feito a partir da mesma planta que o chá preto, a Camellia Sinensis, porém com mudanças na forma que a erva é separada. No entanto, existem diferenças consideráveis nos efeitos trazidos pelos dois para as grávidas. O uso do chá verde pelas gestantes deve ser feito com muito cuidado, principalmente nos primeiros meses de gravidez.
As substâncias ativas do chá podem inativar uma enzima que participa do metabolismo do ácido fólico. Como este último é essencial para a formação do feto, não dá para correr riscos.
Grávidas podem tomar chás?
Grávidas podem tomar chás?

Chá de Hortelã

chá de hortelã é uma opção interessante para as grávidas que querem amenizar a azia e reduzir um pouco da ansiedade típica do período. O consumo moderado da erva não prejudica a gestação e pode, inclusive, trazer alguns benefícios. Porém, o uso não é recomendado durante a lactação, pois diminuem a produção de leite.
Uma boa dica é preparar o chá com a planta cultivada em casa, que é mais natural e muito simples de se manter. Os chás de sachê também são bons, mas têm menos propriedades e substâncias ativas.

Chá de Gengibre

O chá de gengibre, se for feito apenas com 1 fatia pequena de gengibre pode ser consumido pelas grávidas. Ele é bastante interessante porque atua como um medicamento natural para o enjoo bastante eficaz. Segundo pesquisas, o rizoma pode ser tão ou mais eficiente que os remédios alopáticos usados para esse fim.
Mais uma vez, é importante tomar cuidado com o excesso, pois o gengibre ingerido em grandes quantidades pode elevar a pressão arterial. Grávidas já têm a pressão naturalmente aumentada, então esse é um efeito arriscado para a saúde da mãe e do feto.

Chá de Canela

A canela é bastante benéfica, mas deve ser evitada ao máximo pelas gestantes. Em pequenas quantidades a especiaria é inofensiva, porém o uso do chá pode ser altamente prejudicial para a gestação. Por estimular as contrações uterinas, a canela pode agir como um abortivo natural. Além disso, ela também pode elevar a pressão e trazer complicações para a gestação.
O ideal, portanto, é não consumir o chá durante a gravidez. É importante enfatizar também que a receita não deve, em nenhuma hipótese, ser usada propositalmente para interromper uma gravidez indesejada.
Alguns chás podem ser consumidos durante a gestação
Alguns chás podem ser consumidos durante a gestação

LEIA MAIS

Leia Também

Mitos e Verdades Sobre o Chá de Canela na Gravidez

#PARTIU ARACOIABA (29.04.2017) COMPLETO

..


Saiba Tudo Sobre Aracoiaba no link abaixo:

ARACOIABA - SUA ORIGEM

Botão 'Compartilhar' do Facebook sumiu? Entenda o motivo

(Foto: Reprodução)
POR OLHAR DIGITAL - 
O botão “Compartilhar” do seu Facebook sumiu e você não consegue compartilhar a publicação de seus amigos? Não precisa se preocupar, o motivo é que a rede social alterou as regras de compartilhamento para que publicações restritas não sejam vistas por pessoas que não estão entre o público alvo definido pelo autor.
Aparentemente, a alteração começou a ser feita no início de abril e foi percebido pelos brasileiros na última sexta-feira, 28.
A restrição no compartilhamento é baseada na opção de privacidade escolhida pelo autor da publicação. Ou seja, se o usuário publica algo restrito aos seus amigos ou para pessoas específicas, esse post não pode ser compartilhado pelas pessoas que podem vê-lo.
Veja como alterar a privacidade dos seus posts:
  1. Entre no Facebook, pelo computador ou celular, e toque na opção de publicar algo novo;
  2. Toque em “Amigos” e escolha entre as opções: “Público”, “Amigos”, “Amigos, exceto...”, “Amigos específicos...” e “Somente eu”;
  3. No caso de um post público, o botão “Compartilhar” fica disponível normalmente, a partir de “Amigo” já não é mais possível visualizar o botão.

WhatsApp testa recurso para não te deixar perder de vista certos contatos

(Foto: Reprodução)
POR OLHAR DIGITAL - 
A versão de testes do WhatsApp recebeu nesta semana uma atualização que promete deixar o app mais organizado para quem fala com muitos contatos ao mesmo tempo.
A partir da versão 2.17.162 do WhatsApp Beta para Android, é possível fixar até três conversas no topo do aplicativo. Uma vez fixados, aqueles contatos vão permamecer no topo mesmo que outras conversas tenham mensagens mais recentes.
O novo recurso só aparece para quem tem a versão de testes do WhatsApp para Android (saiba como obtê-la aqui). É provável, porém, que a novidade chegue para usuários da versão "normal" do aplicativo em pouco tempo.

Cigarro eleva riscos de dores nas costas

Cigarro eleva riscos de dores nas costas
No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o número de pessoas que fumam chega a quase 32 milhões
POR SAÚDE COM CIÊNCIA - Publicado por: 
Conhecido por ser um dos maiores vilões da saúde, o cigarro também é responsável por aumentar o risco de dores nas costas e doença do disco intervertebral. É o que alerta o fisioterapeuta Helder Montenegro, diretor do Instituto do Tratamento da Coluna Vertebral.

Segundo o fisioterapeuta, as altas chances de um fumante desenvolver complicações na lombar se devem à fumaça do cigarro, que reduz a circulação sanguínea nos platôs (amortecedores naturais) do disco invertebral.

“Essa diminuição dificulta a chegada de nutrientes na região, fazendo com que os discos ressequem e se desgastem”, descreve o especialista.

Esse fator contribui para o surgimento de hérnia de disco, um processo em que o disco intervertebral sofre uma ruptura no anel fibroso. — Com a ruptura e posteriormente a saída do núcleo pulposo, as raízes cervicais que são incumbidas pela inervação de membros superiores, ficam comprimidas, causando as dores, diminuição da força e atrofia da musculatura — descreve Montenegro. 

LEIA MAIS...

Quer fazer algo para promover a paz mundial?

​Veja mais aqui

Que Deus abençoe a nossa Terça

Lindas Frases de Amor

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK