PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 26 de maio de 2018

Vivemos de doces e estreitas fantasias

Anos Dourados. Eu era feliz e não sabia...
Rufino Silva vestindo a camisa
do Fortaleza, seu time de coração
Vivemos de doces e estreitas fantasias. Construtores de longínquos sonhos espalhados nessas nossas veredas infinitas, perdidas nesses finais de tardes, perdidos nas noites frias de inverno... Somos verdadeiros vagalumes, onde buscamos espalhar essa luz e quem sabe, fintar de repente, esse rosto nublado de ansiedade e desejos. São sonhos num misto de incertezas, sobretudo, singrando nesses mares de loucuras e insensatez. Tens teu olhar no infinito. São sombras perdidas nas vagas e doces ondas, desses mares envoltos, nas torturas imensas desse oceano perdido a distancia. Nesse sonho mal sonhado, nessa ansiedade de um dia cair de vez, nesses frenéticos braços cheios de Amor e de êxtase... Só nós dois... Além desse fim de tarde sem ti, sem teus quentes beijos que nunca te dei..
Segunda feira. 21.05.2018.

LEIA MAIS... Crônicas de Rufino Silva

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK