PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 5 de junho de 2018

Madrugadas em Paris

Madrugadas em Paris
Chamejantes madrugadas,
Sequer espera a manhã,
Madrugadas alopradas
Expele cheiro em maçã
Por mil ruas transviadas,
Te dei tal Rosa e a romã,
Eram quentes madrugadas,
Neste cabelo, Flor vã.
Tão francesa nossa vista
Tem a ponte que despista
Tem Rio Sena com curvas
Tem águas, todas bem turvas,
Há cheiro de mil perfumes,
Que despertam os ciúmes
05/05/2018. 
Autora: Malubarni




Partiste
Oh Partiste! Foste embora!Foi o fim,
Ficou despedaçado o coração,
O peito apertado sem solução,
Nunca mais teu amor será para mim.


Fiquei toda em farrapo velho, enfim,
Tanto tempo e partes sem emoção,
Nada mais resta, só desolação,
Fui tola, enganei- me feito Arlequim.
Então sem Amor, já não arde o meu peito,
Já não tenho sonhos, sem nada a jeito,
Minha chama apagou- se eternamente.
Eu não quero outro amor insolente
Chega de sofrer, chega dos enganos,
Eu vou viver sozinha com os danos.
06/05 /2018
Autora: Malubarni

Saiba Mais Sobre Malubarni:
Brasileira, residente em Portugal.Engenheira Civil e poetisa.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK