PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Árbitro que revelou ser homossexual lembra preconceito: 'pensei em me matar'

Owens apitou final da Copa do Mundo de Rugby
em 2015 (Foto: AFP)
Experiente árbitro de rugby, Nigel Owens teve bulimia após ser vítima de homofobia
POR CORREIO 24 HORAS - Aos 45 anos, o árbitro galês, contou que assumiu sua homossexualidade há uma década e que isso trouxe sérias consequências. Desesperado ao descobrir e aceitar que era homossexual, ele tinha apenas 19 anos na época e chegou a procurar um médico para pedir ajuda. "Procurei um profissional e disse: 'não quero ser gay. Posso ser castrado quimicamente?", lembrou.
Owens falou também sobre o preconceito que sofreu por ser gay, que acarretou um grave problema de saúde. "Tive bulimia e usei esteróides. Chegou um momento que pensei em me matar. A arma estava encostada ao peito, no pescoço, por baixo do meu queixo. Estava pronto para apertar o gatilho", contou.
Considerado o melhor juiz de rugby da atualidade e também de toda história da modalidade, Nigel Owens não só superou o preconceito das pessoas, como foi coroado com a escolha para apitar a final do Mundial no Estádio de Twickenham, em Londres, diante de 85 mil pessoas.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK