PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

STF decide quem deve passar por detector de metais nos fóruns

OAB defende tratamento isonômico para todos
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci
O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir se todas as pessoas que frequentam os tribunais brasileiros devem passar por detectores de metais instalados nas portarias dos fóruns. A questão será julgada em uma ação protocolada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para que juízes, promotores, defensores públicos, além de advogados particulares sejam obrigados a passar pelo procedimento ou dispensados da medida. A ordem defende a aplicação dos critérios de forma isonômica.

Apesar de não ter sido protocolada com base em um caso específico, a ação da OAB coincide com dois episódios ocorridos na última semana envolvendo ameaças a juízes por pessoas que transitam diariamente pelos tribunais e, geralmente, são dispensadas desse procedimento de segurança.

Além do relato do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que diz ter ido armado ao STF no intuito de matar o ministro Gilmar Mendes, na quinta-feira (3), um procurador da Fazenda Nacional conseguiu entrar no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em São Paulo, com uma faca de cozinha escondida nas vestimentas e feriu uma juíza no pescoço.

A OAB argumenta que a Lei 12.694/2012 autorizou os tribunais a tomarem medidas de segurança, entre elas, a instalação de detectores de metais. De acordo com a norma, todos que queiram ter acesso aos prédios dos tribunais devem se submeter ao procedimento de segurança.

Além disso, a entidade argumenta que diversos tribunais possuem normas particulares sobre quem deve passar nos detectores, geralmente excluindo magistrados e membros do MP, e mantendo os advogados. A OAB defende que a questão seja tratada de forma isonômica, ou seja, que todos passem pelos aparelhos ou ninguém se submeta ao procedimento.

"Em visitas realizadas durante as Caravanas Nacionais das Prerrogativas, representantes deste Conselho Federal [da OAB] puderam constatar em diversos tribunais que membros do Ministério Público e da Defensoria Pública, magistrados, serventuários da justiça e outros servidores ou contratados podiam adentrar as dependências dos tribunais sem qualquer espécie de controle, enquanto apenas os advogados, as advogadas e os demais cidadãos continuavam a ser submetidos ao mecanismo de detecção ou até mesmo à revista pessoal, sem qualquer justificativa plausível para a existência de tratamento diferenciado", diz a OAB.

O relator do caso é o ministro Luís Roberto Barroso. Não há data definida para o julgamento da questão.

Surdos enfrentam dificuldade para atendimento em saúde

Para especialista, SUS oferece serviço de mais qualidade a pacientes
José Cruz/Agência Brasil
Deixar de ir ao médico para consultas de rotina ou em caso de dor parece algo impensável. Entretanto, essa é a realidade de muitas pessoas surdas ou com deficiência auditiva.

Surda, a professora de Língua Brasileira de Sinais (Libras) Sylvia Grespan, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, assume que evita o consultório médico, por julgar que os profissionais não estão preparados para atendê-la da forma adequada. Ter de escrever ou depender de alguém que descreva ao médico os sintomas que ela sente e compartilhe partes relevantes do seu histórico de saúde é, para ela, um incômodo.

"Dizem que os surdos não procuram médico. Eu, Sylvia, não procuro, porque já sei que não vou ter uma comunicação efetiva. Então, não me sinto confortável, não tenho conforto linguístico de conversar com um médico", diz, acrescentando que pessoas já relataram a ela casos em que foram repreendidas pelo médico por utilizarem o celular para tentar melhorar a comunicação durante a consulta. "É nosso direito ter um atendimento eficaz e efetivo. Já estamos no século 21 e até hoje a sociedade não está pronta pra receber o surdo?"

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 2,2 milhões de pessoas declararam ter deficiência auditiva. O grupo representa 1,1% da população brasileira.

Sylvia conta que, certa vez, ficou internada e se surpreendeu com as marcações no chão do hospital onde deu entrada. "Eu achei legal, porque era [um recurso] visual, e perguntei 'Por que é colorido'?. Me disseram: 'Porque a maioria nesse município é analfabeta'. Tá vendo? Eles nem pensaram no surdo, e sim nas pessoas que não sabem ler nem escrever."

A única exceção às experiências desagradáveis, afirma, ocorreu há dois anos, quando operou a vesícula e ficou na UTI [Unidade de Terapia Intensiva], por um mês. Sem estar à vontade para pedir que sua mãe, já idosa, a acompanhasse, teve uma surpresa. "Eu me senti bem, porque ali todo mundo sabia Libras. Eu me senti muito feliz, porque eles eram meus ex-alunos."
LEIA MAIS EM...

Hélder Paz: Não serei vice de ninguém, nem usarei a máquina pública para favorecer quem quer que seja

Helder Loureiro Paz / Aranews
O prefeito Hélder Loureiro Paz, de Aracoiaba, na região maciço de Baturité, disse ao Aranews que não vai disputar as eleições suplementares deste município na condição de vice na chapa de nenhuma das candidaturas postas.
Foi mais além o chefe do poder executivo aracoiabense. Ele afirmou que não fazer uso da máquina pública municipal em favor de, absolutamente ninguém, pois não acha justo e isso pode fazer uma enorme diferença. A luta tem de ser igual, avalia Hélder Paz. 
Houve articulação de tudo quanto é lado, e convites e sondagens foram feitos e formulados neste sentido, todos eles rechaçados pelo titular do centro administrativo Waldemar Alcântara, sede do governo municipal de Aracoiaba.

Flávia Nobre /Aranews
Hélder Paz definiu o nome que vai gerir os destinos da secretaria de educação do município de Aracoiaba. 
É a pedagoga Flávia Nobre, que deverá ser nomeada na manhã desta segunda feira, 07, possivelmente junto com outros nomes que, ainda estão sendo analisados pelo próprio prefeito e seus auxiliares mais próximos,  amigos e correligionários.
A máquina tem que andar, assim entende o prefeito Hélder Paz.

FONTE:  ARANEWS



Prefeito dedica o dia para visitar secções eleitorais e agradecer colaboração de todos
POR ARANEWS
O prefeito municipal de Aracoiaba, Hélder Loureiro Paz, passou todo o dia de ontem, domingo, 06, visitando secções eleitorais, na sede e na zona rural, na eleição de conselheiros tutelares.
Humano em sua verdadeira essência, Hélder Paz, pessoalmente foi agradecer a cada dos voluntários que trabalharam no pleito, além de cumprir com o seu dever cívico de votar.
Sempre presente em todas as manifestações populares, o prefeito Hélder Paz entende que assim se confunde com o povo deste município em sentimento e aspirações. 
Sentimento de como se vive em sociedade e aspirações de buscarmos uma melhor qualidade de vida para o povo aracoiabense.
No final do pleito foram eleitos os conselheiros tutelares Edinísio Sales, o campeão de votos com 648 sufrágios; Seguido de Valdevan que obteve 577 votos; 
Vandelúcia 569; 
Rosileudo, 563 e 
Patrícia co m 485 votos.

Saiba o nome dos eleitos para o Conselho Tutelar dos 13 Municípios do Maciço de Baturité e também de Canindé, Choró, Chorozinho, Ibaretama, Ibicuitinga, Morada Nova e Quixadá, por ordem de votação

.
Acarape:Jardel Paz, Danielle, Hélio Lima, Roberta e Sávio.

Aracoiaba: Edinisio,Valdevan,Vanderlucia, Rosileudo e Patrícia.  

No final do pleito foram eleitos os conselheiros tutelares Edinísio Sales, o campeão de votos com 648 sufrágios; Seguido de Valdevan que obteve 577 votos; 
Vandelúcia 569; 
Rosileudo, 563 e 
Patrícia co m 485 votos. 
FONTE   
      
Aratuba: Catarina do Cachimbinho, Ralvany Moraes, Professora Niviane, Milena Castelo e Marylia Dias.

Barreira: Nego, Carlos, Vladimir, Marliete e Kenedy.

Baturité:Will, Evani, Reginaldo, Paula e Albênio.

Canindé: Fábio Sousa, Angélica Abreu, Auricênia Santiago, Bruna Silva e Iran Mariano. 


Capistrano: Fabiano da Carqueija, Paulo Aguiar, Elizete Matos, Professora Juliana  e Carlos Santiago.

Choró: Gizélia, Lidiana, Silvana, Renata e Alamaik.

Chorozinho: Igor Albano, Edilene Louredo, Mara Torres, Nalia Matos e Regiane Holanda.

Guaramiranga: Rubênia Fontes, Glayciane Bezerra, Anderson Vieira, João Roberto e Rochelle Rodrigues.

Ibaretama: Valéria Sousa, Lairton Vieira, Rita Castro, Rachel Camurça e Michele Freitas.

Ibicuitinga: Cristiano da Glória, Cláudio Freitas, Cleonice do Everto, Delza Rabelo e Júnior Aguiar.

Itapiúna: Francisco Antônio, Silvia Bezerra, Ana Paula, Clemilda Miuda e Micheli Pereira.

Morada Nova: Elinho, Nádia, Diana, Meirinha e Darlene.

Mulungu: Audenia Estevam, Cláudio Ricardo, Horleandro Lima, Sanderly Braz e Darlene Silva.

Ocara: Rodrigo, Gilliarde, Nayhara, Marciana e Vanuzia.

Pacoti: Rubenia Cândido, Valdilane Castro, Camila do Jeferson, Claudia do Gladison e Simone Almeida.

Palmácia: Danilo Costa, Amanda, Douglas, Lúcia e Renata.

Quixadá: Crisiane Lima, Maurilene Pitombeira, João Paulo, Nilton Cézar e  Fagner Souza

Redenção: Aderson, Elizabete do Conselho Tutelar, Grace Kelly, Evandro Cavalcante e Dalva.

Outubro rosa: mulher em alta!

“Prevenir é uma das melhores formas de lutar.”  Autor desconhecido
.
Afinal, o que é esse tal de Outubro Rosa?
Desde o início dos anos 2000, o mês de outubro ganhou tons rosados na mídia e na vida das mulheres. O chamado “Outubro Rosa” é uma grande campanha cujo objetivo é conscientizar e prevenir o câncer de mama, dando maior atenção à saúde das mulheres brasileiras e ao redor do globo. Quer saber mais sobre a data? Confira!

Conheça o Outubro Rosa com mais detalhes

Outubro Rosa
Neste mês, a Rede Feminina de Combate ao Câncer realiza o Outubro Rosa com o objetivo de conscientizar as mulheres da importância da realização dos exames preventivos do câncer de mama. Muitas mulheres não sabem mas o autoexame pode salvar sua vida. O toque aos seios durante ou após o banho pode detectar algum nódulo ou mudança na mama que pode ser indicio do início do câncer. Portanto, cuide de você! Faça o autoexame. Leia mais, fique por dentro e espalhe você também essa onda rosa! Use rosa no mês de outubro e mostre que você, homem ou mulher, faz parte desta causa tão nobre em nome da saúde das mulheres.

Outubro Rosa
O nome remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e instituições públicas. O movimento começou na década de 90 nos Estados Unidos, onde vários estados tinham ações isoladas de realização de mamografia e de detecção do câncer de mama no mês de outubro.

Autoexame
O autoexame é uma medida importante para identificar nódulos de um possível câncer de mama. Esse procedimento preventivo deve ser realizado todos os meses, sempre após o período menstrual.
Nele, as mulheres devem estar atentas também a alterações como retração da pele ou do mamilo, inchaços, assimetria, avermelhamento, secreção com sangue e gânglios que surgem nas axilas, crescem e não somem. Porém, apresentar um desses sintomas não significa que há câncer, mas é um indicativo de que é preciso procurar um médico.
Para ajudar a fazer o autoexame das mamas, o Hospital Amaral Cavalho (HAC) divulga um infográfico com o passo a passo que deve ser seguido pelas mulheres. Confira na fonte abaixo.


Como apoiar o Outubro Rosa?
Este mês é voltado para as mulheres e para o seu bem-estar. Por isso, ainda que você não conheça ninguém acometido pelo câncer de mama, também é possível apoiar a causa com pequenas atitudes! Seja com posts nas redes sociais, com o uso de lenços cor-de-rosa, com a doação de cabelo ou simplesmente demonstrando interesse pela causa, você pode ser mais um(a) apoiador(a)! Descubra como!

O autocuidado está na moda
Estamos no Outubro Rosa, mas a prevenção e o cuidado devem ser feitos durante o ano todo! A principal responsável pela saúde da mulher é ela mesma, portanto é preciso estar sempre atenta aos sinais do corpo para possíveis problemas. Para ajudá-las nessa missão, separamos algumas dicas do que fazer para manter o bem-estar do seu maior templo: o corpo! 

Mulher, entenda: sua vida está nas suas mãos
Não adianta nada compartilhar a campanha do Outubro Rosa nas redes sociais se você não se coloca como prioridade. A sua saúde é o bem mais precioso da sua vida. Por isso, não tenha vergonha de buscar informações sobre o câncer de mama e muito menos de fazer o autoexame! Venha conferir o que o Outubro Rosa pode te ensinar!

Você vai vencer o câncer de mama!
Se você possui essa doença ou conhece alguém que possua, não se desespere: é possível sair dessa situação! Ainda que seja uma fase da vida muito difícil, é preciso ter calma, paciência e esperança para seguir em frente. Não se deixe abater! Conheça algumas frases de apoio para quem está passando por esse problema!

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK