PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Saiba o que pode acontecer após registro da candidatura de Lula

Condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ex-presidente é potencialmente inelegível pelas regras da Lei da Ficha Limpa
© Ricardo Stuckert / Divulgação
PT registrou no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na tarde desta quarta-feira (15), a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para concorrer à Presidência da República na eleição de outubro. O registro foi protocolado pessoalmente no balcão do TSE por dirigentes do partido.

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad foi apresentado ao tribunal como candidato a vice-presidente.

Condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP), Lula é potencialmente inelegível pelas regras da Lei da Ficha Limpa. Agora, seus advogados começam uma batalha jurídica nas cortes superiores.

Após a publicação de um edital com os nomes dos postulantes, o registro de candidatura de Lula pode ser impugnado (contestado) pelo Ministério Público Eleitoral ou por adversários (candidatos, partidos ou coligações). Também pode haver um indeferimento do pedido de ofício pelo relator do processo no TSE, caso ninguém conteste -cenário muito improvável.

Após o trâmite processual no TSE, com notificação do candidato impugnado e abertura de prazo para a defesa, o relator levará o caso para análise do plenário, composto por sete ministros. Se a corte negar o registro do petista, o partido pode recorrer ao próprio TSE e, por fim, ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Em qualquer cenário, conforme o calendário eleitoral, o TSE precisa decidir sobre o pedido registro de Lula até 17 de setembro. A data é o limite para que partidos substituam os candidatos a tempo de incluir os novos nomes nas urnas.
Ou seja, essa é a data final para que o PT lance Haddad como candidato a presidente e Manuela d'Ávila (PC do B) como vice. Eles participaram de uma marcha em Brasília organizada pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) para entregar os documentos do registro da candidatura no TSE.
A estratégia do PT era adiar ao máximo a troca do nome de Lula por Haddad para fortalecer a transferência de votos do ex-presidente para o ex-prefeito de São Paulo.

Chá anti estresse

Veja alguns chás para combater o estresse de forma natural e sem agredir sua saúde e seu organismo. A contemporaneidade ocidental trouxe consigo cobranças sociais e agendas cada vez mais apertadas, o que acentua os problemas já comuns da modernidade de estresse, em especial quando associado aos fazeres laborais. 
Chá anti estresse – Alcaçuz
A contemporaneidade ocidental trouxe consigo cobranças sociais e agendas cada vez mais apertadas, o que acentua os problemas já comuns da modernidade de estresse, em especial quando associado aos fazeres laborais.
Estudo conduzido entre os anos de 2005 e 2008 pela Universidade de Oxford demonstrou que as crianças estão demonstrando níveis alarmantes de estresse cada vez mais cedo. Com cobranças desde pequenos associadas ao seu futuro e com agendas tão competitivas quanto a de seus pais, as crianças têm cada vez menos tempo para brincarem e interagirem entre si de forma natural.
Com aulas desde de manhã cedo e os mais variados cursos, que vão desde natação e artesanato até história da arte, robótica, lógica e canto, crianças com menos de seis anos de idade estão apresentando níveis de estresse comparados até a última década aos níveis de adolescentes que encaravam a escolha pelo curso de graduação “dos seus sonhos”.
A indústria farmacêutica possui uma variada cartela de opções industrializadas para solucionar o problema de estresse na atualidade. Entretanto, cada vez busca-se mais por opções naturais que sirvam de alternativa aos medicamentos tradicionais, principalmente pelos efeitos colaterais sérios e amplos que o consumo desses remédios costuma acarretar.
Nesse artigo você encontrará alguns chás para combater o estresse de forma natural e sem agredir sua saúde e seu organismo. Boa leitura!

Chá anti estresse – Alcaçuz

O alcaçuz é uma planta medicinal utilizada por aqueles que sofrem com estresse, fadiga e cansaço. Essa erva medicinal possui propriedades relaxantes importantes porque contém cortisol na sua constituição química. Nesse sentido, consumir o chá de alcaçuz é uma forma interessante e natural de manter o nível adequado de cortisol no seu corpo. Com isso, você evitará o abatimento tão comum durante as crises de estresse.
Ingredientes:
  • 1 colher de sobremesa com folhas de alcaçuz picadas
  • 1 xícara de água
Modo de preparo: Faça uma infusão. Primeiramente ferva a água e, após desligar o fogo, coloque as folhas de Alcaçuz e tampe. Deixe a mistura agir por 10 minutos. Posteriormente, coe o chá, adoce de acordo com seu gosto e aguarde a temperatura ficar agradável para consumo.
Posologia: Beba até três xícaras por dia do chá. Preferencialmente, dê um intervalo mínimo entre o consumo de 3 horas.
Cuidados: Não consuma mais que seis gramas da planta no dia. O consumo excessivo do chá de alcaçuz para o estresse pode aumentar a pressão arterial.

Chá anti estresse – Alecrim

Poema Aracoiaba

Rio Aracoiaba

Rio Aracoiaba x Rio Candeia

POEMA ARACOIABA💎
Os pássaros cantam à beira de um rio, que muita história nos fez contar. Falo do rio - Aracoiaba, que a esta cidade fez brotar.
Com muito amor e carinho, desta terra firmo à falar. Terra que me viu nascer e crescer, e que hoje vejo sofrer, e pedir encarecidamente, cuide para eu não perecer.
Àquele que muito nos ajudou, hoje vejo clamar. Por cuidado, zelo e respeito, escuto ele gritar. Falo do rio - Aracoiaba, nossa joia de valor, que aos poucos põe-se a findar.
Mas como tudo na vida tem uma saída, deixo a esperança aflorar. E penso alegremente, que um dia todo contente, ei de ver nosso rio brilhar.
Autora: Elieide Silva.

Fonte:
Veja os vídeo: 

Rio Aracoiaba x Rio Candeia em abril de 2018

Apple Pay ganha suporte a cartões de Bradesco e Banco do Brasil

(Foto: Reprodução / Apple)
O Apple Pay, serviço de pagamento por celular ou relógio que substitui cartões físicos em compras, passou a oferecer suporte a cartões de crédito do Bradesco e do Banco do Brasil a partir desta terça-feira, 14.

A novidade foi revelada no próprio site da Apple e por meio das instituições financeiras, após meses de especulações na imprensa. No entanto, há algumas restrições para o uso de cartões do Bradesco e do Banco do Brasil no Apple Pay.

No caso do Bradesco, a empresa informa que o Apple Pay está disponível para clientes "pessoa física, que sejam correntistas Bradesco e titulares de Cartões de Crédito Bradesco da bandeira Visa, ou titulares de contas poupança individuais, que possuam Cartões Poupcard Visa emitidos pelo Banco Bradesco Cartões".
O Banco do Brasil, por sua vez, não divulgou uma lista de cartões que funcionam no Apple Pay, mas informou que o Ourocard Visa está no pacote e que é possível usar cartões de débito em compras em lojas físicas, segundo informações do Tecnoblog.
O Apple Pay chegou ao Brasil em abril deste ano, com suporte exclusivo a cartões de débito do Itaú e Credicard. Já o Samsung Pay, principal concorrente, foi lançado por aqui em 2016 e já funciona com a maioria dos bancos, incluindo BB, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander e outros. O Google Pay, antigo Android Pay, chegou em 2017 e hoje funciona com BB, Caixa, Porto Seguro, Neon, Brasil Prepagos, Banrisul, Bradesco e Next.

O que muda com a lei de proteção de dados brasileira aprovada por Temer

(Foto: Pxhere)
Foi aprovada por Michel Temer, nesta terça-feira, o PLC 53/2018 que estabelece a lei de proteção de dados pessoais brasileira. Com a assinatura do presidente, as empresas que processam dados no Brasil terão 18 meses para se adaptar à lei. Mas você sabe o que muda com ela?

De forma resumida, a legislação nacional vai exigir que as companhias mudem a forma como lidam com as informações de seus usuários. Segundo a advogada especialista em direito digital Patrícia Peck, as companhias precisarão de consentimento das pessoas antes de poderem mexer com seus dados, terão que fazer de forma transparente e serão obrigadas a garantir a segurança de tudo que armazenam e processam. Reunimos abaixo alguns dos pontos principais tratados pela lei para você entender melhor o que ela significa. 

Veja vídeo com as mudanças da lei de dados na prática:

Rosa Weber assume a presidência do TSE até 2020

A ministra Rosa Weber tomou posse na noite desta terça-feira (14) como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Rosa Weber também é integrante do Supremo Tribunal Federal (STF).

Responsável pela condução das eleições deste ano, a magistrada assume a presidência do TSE na véspera da data-limite para registro das candidaturas. O mandato de Rosa Weber no TSE se encerra em maio de 2020, quando ela completará o período máximo de quatro anos que pode permanecer no tribunal.

A solenidade de posse de Rosa Weber foi aberta por volta das 20h20 desta terça pelo ministro Luiz Fux, que passou os últimos seis meses no comando do TSE. Logo em seguida, foi executado o Hino Nacional.

Logo depois, a nova presidente do TSE foi à tribuna prestar o compromisso para o cargo.

Após assinar o termo de posse, Rosa Weber empossou o novo vice-presidente da Corte eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, que também é integrante do STF.

Rosa Weber empossou ainda o ministro Jorge Mussi como corregedor-geral da Justiça Eleitoral. Mussi é magistrado do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O TSE é formado por sete ministros, sendo três do STF (um deles sempre preside o tribunal eleitoral), dois do STJ (um é escolhido para a corregedoria eleitoral) e dois advogados indicados pelo presidente da República.

Homenagem

Representando os integrantes do TSE, o ministro Tarcísio Vieira fez um discurso em homenagem aos novos magistrados da Corte eleitoral. Vieira afirmou que, quando foi convidado para falar em nome do tribunal, Rosa Weber pediu uma manifestação rápida e discreta.

No discurso, o ministro destacou que a nova presidente do TSE comandará eleições “complexas” e “desafiadoras” já nos primeiros meses de mandato.

“Sorte por assumir o TSE às vésperas de complexas e desafiadoras eleições gerais de 2018, em meio a uma crise econômica de fôlego e em ambiente de desapontamento com a política, principalmente entre os jovens. Terá a seu lado o predestinado ministro Luís Roberto Barroso, que não medirá esforços para coroar de êxito a administração”, discursou Vieira.

Perfil

Gaúcha de Porto Alegre, Rosa Maria Pires Weber nasceu em 2 de outubro de 1948. Ela ingressou na magistratura trabalhista em 1976, como juíza substituta no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (Rio Grande do Sul).

Em 1981, foi promovida ao cargo de juíza-presidente, que exerceu sucessivamente nas Juntas de Conciliação e Julgamento de Ijuí, Santa Maria, Vacaria, Lajeado, Canoas e Porto Alegre.

Ela chegou ao cargo de juíza do TRT em 1991, tribunal que presidiu entre 2001 e 2003, após ter sido corregedora regional.

Rosa Weber também foi professora da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), entre 1989 e 1990, nas disciplinas de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.

A nova presidente do TSE foi convidada para atuar no TST em maio de 2004, tendo sido efetivada como ministra da Corte trabalhista dois anos depois.

Em dezembro de 2011, Rosa Weber tomou posse como ministra do STF após ter sido indicada para a Suprema Corte pela então presidente Dilma Rousseff.

Com informação do Estadão

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Obesidade infantil é fator de risco para doença renal

Sobrepeso pode causar diabetes e hipertensão, que ameaçam os rins
(foto: Pixabay)
A Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) faz um alerta sobre os riscos para os rins da obesidade infantil. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de crianças e adolescentes de 5 a 19 anos com sobrepeso chega a 124 milhões em todo o mundo. "Trata-se de uma epidemia, tendo como agravante a grande possibilidade de que mantenham o sobrepeso ou a obesidade quando chegarem à idade adulta", comenta Marcelo Mazza, diretor científico da SBN.

No Brasil, a estimativa do Ministério da Saúde é de que 33% das crianças brasileiras entre 5 a 9 anos estejam acima do peso. De acordo com o nefrologista, a obesidade traz complicações sérias para os rins, como diabetes e hipertensão, que danificam os órgãos e abrem as portas para a doença renal crônica. "A obesidade é um fator de risco já estabelecido para o desenvolvimento da doença renal, não só como um fator isolado, mas por, na maioria das vezes, estar acompanhado de hipertensão arterial e do diabetes", explica o médico.

Marcelo Mazza ressalta que, além do fator genético, na maioria dos casos a falta de atividade física e da alimentação desregrada e hipercalórica são os principais fatores que levam as crianças à obesidade, por isso é fundamental uma mudança de hábitos para evitar o aparecimento de doenças graves como a renal crônica. "Isso precisa envolver toda a família e a toda a sociedade, pois as crianças são influenciadas por elas na escolha do estilo de vida", diz o especialista.

A principal orientação da Sociedade Brasileira de Nefrologia para os pais é que incentivem a prática de exercícios, a alimentação equilibrada, a ingestão de quantidade adequada de água e ajudem os jovens a evitarem o tabagismo. "São medidas possíveis que, se tomadas desde cedo, conseguem impedir que a criança chegue à vida adulta como mais um obeso, sem saúde e com mais probabilidades de desenvolver doenças", afirma o nefrologista.

Estudo diz que consumo médio de sal não faz mal

A pesquisa foi realizada por cientistas canadenses
(foto: Pixabay)
Considerado um "inimigo" da saúde, o sal pode não ser tão prejudicial como se imagina. Isso de acordo com um novo estudo que sugere que as campanhas contra esse nutriente são bem-vindas apenas em países com alto consumo de sódio, como China e Brasil. A informação foi divulgada pelo jornal britânico The Guardian.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a ingestão máxima de sal de 5 g por dia – o equivalente a 2 g de sódio –, para que seja evitado o aumento da pressão arterial, que, por sua vez, está associado a várias problemas, incluindo derrame. Nenhum país do mundo conseguiu, até hoje, baixar o consumo de sódio, afirmam os pesquisadores no artigo publicado no periódico médico Lancet.

O estudo, liderado pelo pesquisador Andrew Mente, professor do Instituto de Pesquisa em Saúde da População e da Universidade McMaster, ambos do Canadá, é amplo e envolve mais de 90 mil pessoas de 300 comunidades em 18 países.

Mente e seus colegas descobriram que os efeitos nocivos do sódio – como a elevação da pressão sanguínea – só ocorre em países como a China, onde o uso irrestrito de molho de soja (shoyu) leva ao consumo de sódio acima de 5 g por dia, ou o equivalente a 12 g de sal. Na investigação, foi verificado que níveis muito baixos de sal na dieta, de forma curiosa, leva a mais ataques cardíacos e mortes, sugerindo que a ingestão moderada pode ter efeito protetor.

"Nosso estudo acrescenta evidências que sugerem que, com a ingestão moderada, o sódio pode ter um papel benéfico na saúde cardiovascular, mas que se transforma num papel potencialmente mais perigoso quando a ingestão é muito alta ou muito baixa. Esta é a relação que esperamos para qualquer nutriente essencial. Nossos corpos precisam de nutrientes essenciais, como o sódio, mas a questão é a quantidade", comenta Andrew Mente, em entrevista para o The Guardian.

Dois anos atrás, a mesma equipe publicou um estudo com resultados semelhantes, também no Lancet. Na ocasião, a pesquisa recebeu muitas críticas, chegando a ser chamada de "ciência ruim". As descobertas foram até rejeitadas pela Associação Americana do Coração (American Heart Association).

De qualquer forma, vale a pena seguir a célebre frase do médico e alquimista suíço Paracelso: "A diferença entre o remédio e o veneno é a dose".

Fundo PIS-Pasep: saques de cotas são liberados nesta terça a 17,5 milhões

Saques foram liberados agora para quem tem direito ao benefício mas não é correntista da Caixa e do Banco do Brasil. Prazo vai até 28 de setembro.
Por G1
Começa nesta terça-feira (14) o pagamento do Fundo PIS/Pasep aos cotistas de todas as idades que não são correntistas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Quem tiver direito ao saque das cotas pode ir até as agências dos dois bancos. Para os correntistas desses bancos que estão com o cadastro atualizado os pagamentos começaram a ser feitos em conta corrente na última quarta-feira (8).

São cerca de 17,5 milhões de pessoas que poderão sacar até o dia 28 de setembro. É preciso levar ao banco um documento de identificação ou o número de registro do PIS/Pasep, consultando na hora o valor que tem direito a sacar.

Após o dia 28 de setembro, o benefício volta a ser concedido exclusivamente para o público habitual, formado por cotistas maiores de 60 anos, aposentados, pessoas em situação de invalidez (inclusive seus dependentes), pessoas acometidas por enfermidades específicas, participantes do Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) e herdeiros de cotistas falecidos.

VEJA PERGUNTAS E RESPOSTAS

Quem tem direito

Quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada ou foi servidor público civil ou militar entre 1971 e 1988 tem direito a receber o Fundo PIS-Pasep. A média de valor para cada beneficiário é de R$ 1.375, mas o Ministério do Planejamento afirma que o valor a ser recebido depende de quanto tempo a pessoa trabalhou no período em que vigorou o Fundo PIS-Pasep.

No ano passado, o governo decidiu estender a idade dos beneficiários, primeiro para o mínimo de 65 anos no caso dos homens e 62 no caso das mulheres, e depois reduziu para 60 anos a idade mínima para recebimento.

Em junho, o governo autorizou que todos os brasileiros que receberam esse dinheiro entre 1971 e 1988 pudessem retirá-lo.

Como consultar o saldo
LEIA MAIS EM...

Facebook com limite de 25 amigos? Entenda o que é verdade ou não nesse boato

(Foto: Pixabay)
Você já viu aqueles posts dizendo que o Facebook vai escolher automaticamente os seus 25 amigos que vão aparecer no seu feed de notícias? O texto atribui isso a uma mudança no algoritmo da rede social e pede para quem lê-lo interagir nos comentários, alegando que isso ajuda a “contornar o sistema”. A mensagem também incentiva o usuário a replicá-la na própria linha do tempo, para praticamente iniciar uma “rebelião” contra o algoritmo do Facebook. Não passa de um boato, que aparece, desaparece e reaparece de tempos em tempo. Mas, curiosamente, o texto da corrente não está de todo errado.
O algoritmo do Facebook realmente define quais amigos – e páginas – terão mais destaque no seu feed de notícias. Mas ele não faz isso de forma aleatória: vão aparecer mais na sua rede os posts das pessoas com quem você mais interage. O conceito de “interação” usado pela rede social não é exatamente claro, mas não é uma mudança no algoritmo que vai fazer aquele seu colega de longa data desaparecer da sua linha do tempo. E também não é um comentário no seu post que vai trazer de volta ao feed aquela pessoa que há muito não aparecia.
O feed de notícias também tem um limite de pessoas e páginas mostradas. É uma forma de manter o fluxo de informações mais controlado, já que o Facebook não tem o mesmo foco de tempo real que o Twitter tem, por exemplo. Pense no caos que seria a linha do tempo de quem tem 1.000 amigos e curte 500 páginas. No entanto, o limite não é necessariamente um valor preciso, como os 25 especificados no texto da corrente.
Mas dá para contornar isso?
Caso você não esteja satisfeito com a forma como o algoritmo do Facebook organizou seu feed, é possível personalizá-lo você mesmo. A rede social, em mudanças recentes, deu aos usuários mais controle sobre a própria conta, e isso incluiu a linha do tempo.
Se estiver usando o Facebook pelo PC, clique no último botão da direita na barra superior e depois na antepenúltima opção, Preferências do Feed de Notícias. Uma nova tela se abrirá, exibindo quatro opções. Na primeira, Priorize quem ver primeiro, você pode selecionar 30 amigos e páginas que vão aparecer em destaque no seu feed. O restante dos amigos e páginas continuará aparecendo, mas com bem menos frequência.

Valdo da Chave em Churrascaria CN Drink's - "Ao Vivo"

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

“Formato do arquivo não é suportado”: usuários reclamam de WhatsApp

Falha no download de imagem e áudio ocorre no celular.
Falha no download: pane afeta transmissão de mídia
 como imagens e áudios (Foto: Twitter/@BeleteMarcilio)
Usuários de WhatsApp se queixam de uma pane no mensageiro nesta tarde. Entre as mensagens de erro estão “Formato de arquivo não suportado” e “Não foi possível baixar a imagem”. Ao tentar baixar arquivos de mídia, o mensageiro apresenta pane, de acordo com relatos publicados em redes sociais. A falha no download foi apontada tanto por donos de Android quanto de iPhone (iOS).

Procurado pelo TechTudo, o WhatsApp por ora informa que não há nenhum problema generalizado no mensageiro.

Imagens recebidas em conversas individuais ou em grupos têm aspecto embaçado. Ao tocar na mídia para fazer o download, surge a orientação para tentar novamente. “Se o problema continuar a acontecer, tente se conectar a uma rede Wi-Fi”, prossegue o alerta.

Alguns dos 120 milhões de integrantes do WhatsApp no Brasil aproveitam o Twitter para se manifestar. Confira a seguir:
LEIA MAIS EM...

Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros.

FOTO: Rufino Silva, Dedim e Dzanira
Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros. Me deparo com obstáculos e num momento de desanimo penso em retroagir e largar tudo. Pura covardia. Fraqueza minha. Minha culpa. De repente, bem a meu lado, vislumbro a sagacidade, a coragem, sobretudo, a energia psicológica e a própria coragem de enfrentar o mundo com tanto vigor. Essa pessoa aparentemente tao frágil e dolente, me dar lição de vida. Me dar sorrateiramente exemplos de lutas e de desafios. Meu irmão. Ele. Semi deficiente com algumas anomalias, dar uma sacudida de reação e faz de seus problemas, a devida resposta, que nem tudo estar perdido e vai a luta. Esperneia, luta e em nada se entrega. Não se dar por vencido. Essa criatura com mais de 70 anos de idade, florando no olhar, o brilho nos olhos sem cansaço, cada vez me faz parar e nessas compara coes positivas, crio forca e coragem em continuar a lutar e jamais me acovardar. Dedim é o seu nome. Meu irmão. Apesar de deficiente, um homem de fê e de coragem. Obrigado meu mano. Você me fortalece quando quero cair. Você é meu ancora. Minha forca. Meu irmão forte, meu novo amanhecer... Minha nova esperança de vida... Hoje. Dia dos Pais. Meu convidado, neste domingo, 12.08.2018. Onde ganhei vitalidade de não ter medo de olhar para frente.

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

STF vai decidir se crianças podem ser educadas em casa; ação opõe pais e órgãos públicos

Um julgamento marcado para o próximo dia 30 no Supremo Tribunal Federal (STF) está opondo pais de alunos e órgãos públicos. A controvérsia envolve a possibilidade de os pais tirarem os filhos da escola para ensiná-los em casa, prática chamada de educação domiciliar.

Na Corte, os ministros vão decidir se essa forma de ensino, conhecida internacionalmente como “homeschooling” e mais comum nos Estados Unidos, passa pelo crivo da Constituição.
No artigo 205, a Carta trata a educação como um “direito de todos e dever do Estado e da família”, a ser “promovida e incentivada com a colaboração da sociedade”.
O objetivo, segundo a Constituição, é o “pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

A ação no STF

A ação a ser julgada no STF surgiu em 2012, quando uma estudante de Canela (RS), à época com 11 anos, pediu ao juiz da cidade, com apoio dos pais, o direito de ser educada em casa.
O objetivo era derrubar decisão da Secretaria Municipal de Educação que orientava os pais a matricularem a menina, com compromisso de frequentar a escola.
Até 2011, ela havia estudado numa escola pública da cidade, mas queria cursar o ensino médio com ajuda dos pais em casa. Motivo: a escola juntava na mesma classe alunos de idades e séries diferentes.
Os colegas mais velhos, diziam os pais, tinham sexualidade avançada e falavam palavrões, o que, para eles, não refletia um critério ideal de convivência e socialização.
Os pais também discordavam de algumas “imposições pedagógicas” da escola, como o ensino do evolucionismo – a família é cristã, acredita no criacionismo e, diz a ação, “não aceita viável ou crível que os homens tenham evoluído de um macaco”.
O juiz da comarca negou o pedido. Argumentou que “o convívio em sociedade implica respeitar as diferenças” e que a escola é o primeiro lugar em que a criança se vê diante disso, no contato com colegas de diferentes “religiões, cor, preferência musical, até de nacionalidades distintas, etc”. “O mundo não é feito de iguais”, escreveu o juiz na sentença.
A decisão foi mantida na segunda instância da Justiça pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS).
A família recorreu ao Supremo Tribunal Federal e, em 2016, o ministro Luís Roberto Barroso suspendeu todas as decisões judiciais que impediam pais de educarem os filhos em casa até a uma posição final do STF sobre o assunto.
A solução a ser adotada pelo Supremo – com proibição ou permissão, com ou sem parâmetros mínimos para a prática do “homeschooling” no Brasil – valerá para todos os casos.
Pelas estatísticas do STF, existem ao menos 40 ações paradas no país, principalmente na região Sul, aguardando uma definição.
A Associação Nacional de Educação Familiar (Aned), que reúne pais e ativistas da causa, estima em ao menos 5 mil o número de famílias que ensinam cerca de 10 mil estudantes em casa – a expectativa delas é que a decisão do STF traga segurança jurídica e evite processos judiciais como no caso de Canela.

Strogonoff de frango - Desafio Quero

Esses dias eu recebi um  desafio.  O #DESAFIOQUERO
A empresa Quero me enviou  uma caixa recheada de produtos deliciosos,muitos produtos que eu mesmo não conhecia .
Muitas vezes  achei que a Quero só tinha  conservas  e molho de tomate.Puro engano.
A Quero  tem muitos  produtos no mercado Brasileiro,assim como azeites,maionese,molhos de tomate,conservas,temperos,goiabadas e afins.
Eu aceitei o desafio e  resolvi criar uma  receita especial usando alguns ingredientes .
São eles : Azeite,maionese e molho de tomate.
E saiu essa deliciosa  receita de strogonof de frango super cremosa .
Confira a  receita abaixo colega.

Strogonof de frango - Desafio Quero

500g de peito de frango em cubos
Sal e pimenta do reino  á gosto
1 cebola média picadinha
2 dentes de alho amassados
1 colher de café de pimenta calabresa  moída
1 colher de sopa de temperos secos ( cebola desidratada,alho em lascas desidratado,cebola em pó,alho em pó,paprica doce,cominho feculado .
3 colheres de sopa de azeite  Quero.
6 colheres de sopa de molho de tomate Quero ( usei original )
1 colher de sopa de mostarda
1 colher de sopa de  maionese.
1 lata de  creme de leite com soro.

Modo de Preparo :

  • Tempere  o frango com os temperos secos,e o algo amassado e  deixe marinando  por 30 minutos,se necessário umedeça o frango  com 50ml de água .
  • Em  uma caçarola média,coloque o azeite e doure a cebola sem deixar ela escurecer,adicione o frango e cozinhe  ele  por completo até começar a dourar.
  • Quando o frango começar a dourar,coloque o molho de tomate e a mostarda e mexa bem.Adicione o creme de leite e em seguida a maioneses e mexa bem.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK