PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 29 de março de 2020

"Se eu tiver que errar, que seja pelo excesso e não pela omissão", diz Camilo sobre renovação de quarentena

Camilo teve encontros virtuais com representantes do setor produtivo, que pressionam o governador a autorizar a retomada dos trabalhos
Governador deu entrevista exclusiva ao O POVO
 neste sábado, 28 (Foto: REPRODUÇÃO)
Em entrevista exclusiva ao O POVO neste sábado, 28, após reunião com autoridades de saúde do Ceará, o governador Camilo Santana (PT) falou que as decisões que serão tomadas no Estado “levarão em conta aspectos econômicos”, “mas, em primeiro lugar, será considerada a saúde das pessoas”.

Questionado se deve renovar o decreto de quarentena que suspendeu as atividades do comércio e o transporte intermunicipal, o chefe do Executivo respondeu: “Não podemos aumentar o risco da nossa população. Ela precisa ser protegida. E disso não abrirei mão. Se tiver que errar, que seja pelo excesso e não pela omissão”.

De ontem para hoje, Camilo teve encontros virtuais com representantes do setor produtivo, que pressionam o governador a autorizar a retomada dos trabalhos a partir desta segunda-feira, 30. Nessa sexta-feira, o presidente da República Jair Bolsonaro afirmou que eventual responsabilidade por danos financeiros seria dos gestores estaduais.

O governador deve decidir amanhã se prorroga ou não a validade do documento que determinou isolamento e suspensão temporária por dez dias, publicado no dia 20/3. O prazo expira na segunda.

Sobre a postura de Bolsonaro diante das ações de combate ao novo coronavírus no País, o petista declarou: “Eu diria que tem havido graves equívocos na condução dessa crise. Defendo uma coordenação nacional das ações por parte do Governo Federal. Na ausência disso, cada estado age de forma diferente e toma medidas diferentes tentando proteger a população do seu estado”.

Apenas no Ceará, já são 282 casos confirmados da infecção. Três pessoas morreram. O estado tem o maior número de contágios do Nordeste e o terceiro do Brasil.

Leia abaixo a íntegra da entrevista com o governador Camilo Santana:

Com famílias em isolamento, saiba como evitar acidentes domésticos

Ambiente físico é determinante em fatores relacionados a acidentes
@
O distanciamento social, que vem sendo adotado em muitas cidades do Brasil para tentar frear o avanço dos casos de covid-19 no país, mantém famílias inteiras em casa o tempo todo. Com isso, aumentam as chances de acidentes domésticos ocorrerem, principalmente com crianças e idosos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dentre os fatores relacionados a acidentes domésticos está o ambiente físico.

Assim, casas pequenas com cozinhas e quartos apertadas são um fator que pode aumentar o risco de acidente. Mais ainda são as casas mal conservadas, com fiação, tubulação ou gás em mau estado, que representam o maior perigo. Segundo a entidade, os locais de acidentes mais frequentes são, nesta ordem: cozinha, banheiro, corredor, escada, quarto e sala.

A cozinha é perigosa porque é lá que queimaduras, cortes e intoxicações podem acontecer. A SBP recomenda que o botijão de gás fique do lado de fora da casa, que tomadas elétricas sejam protegidas e os fios presos, materiais de limpeza devem estar fora do alcance das crianças, assim como objetos cortantes, tais como facas, garfos, pratos e copos de vidro, saca rolhas e espetos. Esses utensílios devem ser guardados em gavetas ou armários com travas.

Nos banheiros, os cosméticos, medicamentos e aparelhos elétricos devem ser mantidos longe do alcance das crianças. O piso deve ser mantido seco e com tapetes antiderrapantes. A fiação do chuveiro deve estar em bom estado e presas no alto. No quarto das crianças, as tomadas devem ter protetores, os móveis não devem ter cantos pontiagudos e os brinquedos devem ser guardados em ordem, para evitar quedas. As janelas devem ter proteção, como telas.

Idosos

Uma casa com pessoas acima de 65 anos requer ainda mais cuidados para evitar acidentes. As quedas são mais frequente. Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), um terço dos idosos acima dos 65 anos sofre, a cada ano, pelo menos uma queda. E quanto mais o tempo passa, maior o risco de queda.

Um estudo realizado pela doutora em gerontologia biomédica Iride Caberlon e divulgado pela SBGG mostra que alguns fatores podem causar ou aumentar o risco de quedas dentro de casa. Iluminação insuficiente nos cômodos, superfícies irregulares, pisos escorregadios, objetos espalhados na área de circulação, tapetes soltos, móveis instáveis, camas altas, sofás, cadeiras e vaso sanitário baixo e prateleiras de difícil alcance.

Além disso, o uso de calçados ou chinelos em más condições ou mal adaptados aos pés e solado escorregadio, bem como bengalas e andadores inadequados ou mal adaptados também podem provocar quedas. “Para a prevenção relativa a estes fatores o mais importante é adequar e manter uma casa segura, a qual deve sofrer adequações continuas, conforme as alterações das condições de saúde da pessoa idosa ao longo do período da longevidade”, diz o estudo.
POR AGÊNCIA BRASIL

Sertanejo 2020 - Sertanejo Bruto 2020 - Seleção dos Melhores

É #FAKE mensagem que fala em cadastro para receber de R$ 600 a R$ 1.200 de auxílio emergencial por causa do coronavírus

Texto que circula em redes sociais coloca link para que a pessoa clique e fique vulnerável a golpes. Auxilio ainda depende de aprovação e atende a público específico.
Foto: G1
Por Roney Domingos, POR G1
Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que o governo acaba de liberar o cadastramento do auxílio emergencial no valor de R$ 600 a R$ 1.200. O texto afirma que o agendamento deve ser feito no app oficial e ordena ao leitor que "faça o agendamento" apontando um link que não tem nenhuma relação com o governo federal. Também afirma que o cadastramento deve ser feito até o dia 28 de março. É #FAKE.

LEIA TAMBÉM:Auxílio Emergencial: Quanto é? Quem pode? Recebo Bolsa Família, tenho direito?

Foto: G1
O governo federal não está fazendo nenhum cadastramento para que as pessoas recebam auxílio emergencial. O link apontado na mensagem pode fazer com que as pessoas caiam em golpes. Procurado, o Ministério da Economia diz que a medida anunciada precisa passar pela aprovação do Senado, para então serem viabilizados os processos de transferência de recursos.

O governo federal enviou ao Congresso uma proposta de auxílio de R$ 200. Nesta quinta (26), a Câmara aprovou um auxílio no valor de R$ 600 a trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. A mulher que for mãe e chefe de família poderá receber R$ 1,2 mil.
Com a aprovação, o texto segue para votação no Senado. Ainda não há data definida para a análise. Se for aprovado pelo Senado, o auxílio ainda dependerá de um decreto do presidente Jair Bolsonaro determinando como será o pagamento.
O pagamento do auxílio emergencial é limitado a duas pessoas da mesma família. Pela proposta aprovada na Câmara, poderá receber o montante o autônomo que não receber benefícios previdenciários, seguro desemprego nem participar de programas de transferência de renda do governo federal, com exceção do Bolsa Família.
O boato é uma nova versão de uma mensagem falsa anterior, também uma tentativa de golpe, checada pelo Fato ou Fake e amplamente desmentida pelo governo. A versão anterior falava em cadastro para receber os R$ 200 de auxílio-cidadão. A nova versão do boato apenas muda o valor, mas continua igualmente falsa.

Entenda o projeto
O projeto altera uma lei de 1993 que trata da organização da assistência social no Brasil. De acordo com o texto, o dinheiro será concedido a título de “auxílio emergencial” por três meses ao trabalhador que cumprir os seguintes requisitos:
LEIA MAIS EM...

Veja as NOTÍCIAS que foram DESTAQUE NA SEMANA no Blog do Parceiro: 22/03/2020 a 28/03/2020

@
CONFIRA OS DESTAQUES DA SEMANA ANTERIOR:

10º LUGAR:

IDOSA DE 90 ANOS CONSEGUE SOBREVIVER AO CORONAVÍRUS E VIRA SÍMBOLO DE ESPERANÇA

Geneva Wood contraiu o vírus em um asilo onde outras 35 pessoas morreram devido à doença
@
Uma idosa de 90 anos se tornou um exemplo de resistência ao vencer o coronavírus em Washington, nos Estados Unidos. Geneva Wood contraiu o Covid-19 em um asilo onde outras 35 pessoas morreram vítimas da doença.
Geneva precisou ser internada no início deste mês. Antes de perder a consciência, ela prometeu para sua filha que iria conseguir escapar. "Eu vou lutar pela minha família e deixar todos orgulhosos", disse a idosa.
Segundo o jornal Metro, a senhora por pouco não morreu. O vírus atacou seus pulmões, causando uma grave pneumonia. Mas, na semana passada, Geneva apresentou uma ótima melhora, espantando as equipes de plantão.
"Todos ficaram surpresos porque ela estava realmente muito mal. Ninguém achava que ela iria sobreviver". Neste final de semana, Wood foi testada novamente para o coronavírus e o resultado deu negativo.
"Depois que ela foi internada ela pediu sopa de batata todos os dias para o jantar. Hoje brincamos que foi essa refeição que ajudou na recuperação dela", contou a neta Kate Neidigh.
A neta espera que a recuperação da avó sirva como um exemplo e uma fonte de esperança para outras pessoas que contraíram o Covid-19. "Existe sim um chance de escapar. Contrair o vírus não é necessariamente uma sentença de morte aos mais velhos", encerrou. 

POR SBT

9º LUGAR:

Psicóloga se oferece para conversar pelo WhatsApp com pessoas em isolamento

Foto: cortesia
Catarina Lima tinha 28 anos quando se sentiu muito só dentro de um hospital. Na época, cursava psicologia e precisou interromper tudo para permanecer dois meses internada em virtude de complicações de uma gravidez tubária. O isolamento ainda perdurou por seis meses, em casa. Um dia, Catarina voltou à vida, terminou seu curso e foi a única da turma a escolher psicologia hospitalar. Há alguns dias, a pandemia de coronavírus lhe fez lembrar da época da solidão do internamento. Por isso, decidiu ajudar, voluntariamente, outras pessoas a enfrentarem o confinamento com o mínimo de saúde mental.

A psicóloga disponibilizou seu número de telefone e, desde então, as pessoas têm lhe procurado pelo WhatsApp (985580558) para falar sobre depressão, tédio, pedir dicas do que fazer no isolamento. “Em dias assim, a ansiedade aumenta. Por isso, cedi meu número para as pessoas conversarem. Elas me falam como está o dia, falam dos filhos, da família. Uma das pessoas que me procurou disse que tem depressão e está com medo de ficar sem os remédios que iam acabar. Uma outra falou que tem um sobrinho hiperativo e que precisa de ajuda.”

8º LUGAR:

Covid-19, gripe, resfriado ou alergia? Saiba diferenciar os sintomas

Febres, tosse seca, perda do olfato ou do paladar são sintomas comuns da doença. Já espirros e congestão nasal são provavelmente sinais de um resfriado comum
@
POR OLHAR DIGITAL
Se você, ou alguém próximo, está espirrando, pode ficar tranquilo: segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), espirros e congestão nasal não são sintomas comuns em casos da Covid-19.
LEIA MAIS EM...
.


7º LUGAR:

Auxílio Emergencial: Quanto é? Quem pode? Recebo Bolsa Família, tenho direito?


FONTE DO VÍDEO:
Confira tudo sobre o auxílio emergencial proposto para a atual crise brasileira.
Requisitos
Para ter acesso ao auxílio, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal; 
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • E não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.
O candidato deverá também cumprir uma das condições abaixo:
  • Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
  • Der contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  • Ser trabalhador informal inscrito no CadÚnico;
  • Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.
Fonte: Agência Senado
6º LUGAR:

Presidente revoga artigo que suspendia contrato de trabalho

O Artigo 18 previa que, durante o estado de calamidade pública, o contrato de trabalho poderia ser suspenso por até quatro meses
© Reuters
presidente Jair Bolsonaro avisou há pouco nas redes sociais que revogou o art.18 da MP 927, que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário. O Artigo 18 previa que, durante o estado de calamidade pública, o contrato de trabalho poderia ser suspenso por até quatro meses, para participação do empregado em curso de qualificação profissional não presencial, oferecido pela empresa ou por outra instituição. Essa suspensão poderia ser acordada individualmente com o empregado e não depende de acordo ou convenção coletiva.
A MP 927 traz outras medidas trabalhistas para enfrentamento do estado de calamidade pública no país e da emergência em saúde pública decorrente da pandemia da covid-19. A MP já entrou em vigor neste domingo (22) ao ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União, e tem validade de 120 dias para tramitação no Congresso Nacional. Caso não seja aprovada, perde a validade.
Entre as medidas estão o teletrabalho, a antecipação de férias, a concessão de férias coletivas, o aproveitamento e antecipação de feriados, o banco de horas, a suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde no trabalho, o direcionamento do trabalhador para qualificação e o adiamento do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com informações da Agência Brasil.
FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/1350382/presidente-revoga-artigo-que-suspendia-contrato-de-trabalho
5º LUGAR:

Como limpar o celular para prevenir contágio por coronavírus

Veja dicas para manter seu smartphone livre de patógenos sem danificá-lo.
@
POR ZOOM
Limpar o celular é um procedimento altamente recomendado durante a pandemia de coronavírus. De acordo com uma pesquisa feita pela universidade DeVry Metrocamp, de Campinas, e divulgada pelo G1, um smartphone pode abrigar mais de 20 mil bactérias, fungos e vírus. Desse modo, o aparelho pode sim ser uma das formas de se contrair o Covid-19.

No entanto, é preciso ter atenção antes de utilizar produtos para desinfetar o telefone, já que algumas substâncias podem acabar prejudicando o aparelho. Para te ajudar a lidar com essa situação de forma segura, o Zoom reuniu as principais dicas para limpar o seu celular sem danificá-lo.
Medidas seguras para limpar o celular

4º LUGAR:

A incrível festa de 99 anos de dona Altair: uma surpresa na janela

Foto: Cortesia/Whatsapp
O aniversário de 99 anos de dona Altair Magalhães de Almeida foi o mais incrível até agora nesses tempos de coronavírus. Confinada, da janela da casa onde mora, no edifício Mar de Antilhas, bairro das Graças, no Recife, viu netos, filhos, vizinhos e desconhecidos cantarem o parabéns para você festivo e feliz, como é dona Altair. Houve uma grande mobilização para a surpresa. Muitos, nas suas próprias casas, fizeram seus bolos e comeram isoladamente, pensando na saúde de dona Altair. Pela manhã, uma torta alemã havia sido enviada para ela para este momento. Uma homenagem e alguns minutos de comoção coletiva na tarde deste sábado. Um dos admiradores de dona Altair gritou: “Força, foco e fé”. Foi aplaudido. “Fiquei muito feliz e emocionada”, confessou ela, logo após a inusitada festa da varanda.
Dona Altair é apaixonada por marchinhas de carnaval e foi quando os versos de música “Madeira que Cupim não Rói” ecoaram que todo mundo se emocionou mais. “E dizer bem alto que a injustiça dói/ Nós somos madeira de lei que cupim não rói”. Parecia uma homenagem justa a quem nasceu poucos anos depois do fim da guerra e nunca viu nada parecido como esta pandemia. Palavra que cada um tomou para si. Os embalos de “Bandeira Branca” também foram ouvidos. Ela ama marchinhas de carnaval - amigos, passeios, boa conversa, viagens e o movimento do entra-e-sai das crianças e dos oito filhos. Tudo o que ela está impedida de fazer agora. 

3º LUGAR:

Tempo de renovar a esperança!

Foto; Flávio Silva
É tempo de renovar a esperança de deixar para trás aquilo que já ficou para trás – os erros e o que não foi alcançado –, e de acreditar que tudo pode ser novo e melhor.
Alguém sem motivação é alguém sem alma, sem expectativas e sem alegria para viver e conquistar. Quem assim vive acaba encarando a vida como um peso e como uma estrada sem surpresas e novidades.
Preenchamo-nos de belas e consistentes motivações e contemplemos com ousadia e esperança as densas e profundas vitórias que este ano nos prepara!

CONFIRA MAIS FLORES NAS LENTES DE FLÁVIO SILVA:
Instagram: flaviosilvaphotos

Flavio Silva - Fotógrafo


Sigam meu perfil pessoal e acompanhe todos os bastidores 📸😉 @oficialflaviosilva
Eventos;
Fotos Externas;
Campanhas Publicitárias;
Designer e Mídias
www.facebook.com/oficialflaviosilva
VEJA MAIS EM...

2º LUGAR:

Fgtech produzirá máscaras para doar a idosos e hospitais no Maciço de Baturité

A empresa pretende confeccionar máscaras de proteção para distribuir nas unidades na próxima semana.
Máscaras / Fgtech
O grupo Fgtech, estará confeccionando máscaras reutilizáveis de tecido, que serão doadas a idosos e hospitais da região Maciço de Baturité, para a prevenção do Covid-19.
As máscaras confeccionadas poderão ser lavadas e esterilizadas com ferro de passar roupa. Os produtos serão doados para os municípios do Maciço.
A organizadora da iniciativa, Tarciana Nogueira , disse que o grupo começou a estudar essa possibilidade após conversar com profissionais de algumas unidades de saúde e descobrir que as máscaras estão em falta.
“Eles disseram que não há máscaras suficientes nem para comprar. Estudamos o tipo de pano e como fazer. Sabemos que essa não vai ser a solução ideal, mas já é algo que vai ajudar. Vamos tentar o melhor para proteger esse grupo de maior risco, de idosos e pessoas que estão dentro dos hospitais”, explica.
A empresa pretende confeccionar máscaras de proteção para distribuir nas unidades na próxima semana.
A máscara pode ser usada como uma proteção, mas não sozinha. Deve ser aliada às medidas básicas de higiene para evitar a proliferação do vírus, como lavar bem as mãos com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las.
FONTE: http://www.fgtech.com.br/fgtech-produzira-mascaras-para-doar-a-idosos-e-hospitais-no-macico-de-baturite/

DESTAQUE CAMPEÃO:

Presidente Bolsonaro fala na saída do Alvorada (quarta-feira) 25/03/2020.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK