PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Três truques para cortar a cebola sem chorar

É fácil!

POR NOTÍCIAS AO MINUTO - Já sabe o que te espera: começa a cortar a cebola, os olhos ardem e as lágrimas teimam em cair. Tal, deve-se ao gás sulfóxido de tiopropanal, conforme explica um artigo publicado no portal Tudo Gostoso.

Este resulta da reação entre uma enzima e outras substâncias presentes na cebola. Ao ser cortado, esses compostos e a referida enzima entram em contato uns com os outros, formando, consequentemente o gás que causa as lágrimas.

Eis, de acordo com o portal Tudo Gostoso, três truques para não chorar na sua próxima aventura culinária que envolva cebola:

Água gelada

De forma a evitar que o gás seja libertado enquanto corta o vegetal, deixe-o de molho em água gelada durante aproximadamente meia hora antes de usar a faca. Se cortar a cebola dentro de um recipiente com água, o resultado será ainda mais eficaz.

Coloque a cebola no congelador

Deixe a cebola entre 10 a 15 minutos no congelador antes de cortá-la. Ao ficar mais dura e gelada, as enzimas não entram em contato com os compostos que forma o gás sulfóxidodetiopropanal, impedindo que as lágrimas lhe invadam os olhos.

Água na boca

Sim, leu bem. Coloque um pouco de água na boca e deixe-a lá enquanto corta a cebola. O gás expelido do alimento vai reagir àágua dentro da boca, e não nos seus olhos.

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/1758175/tres-truques-para-cortar-a-cebola-sem-chorar

STF vota pela inconstitucionalidade da reeleição de Maia e Alcolumbre

Votação final ficou em 7 a 4 contra a Maia e 6 a 5 contra Alcolumbre

POR AGÊNCIA BRASIL - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, no fim da noite desse domingo (6), durante sessão de julgamento em plenário virtual, que os atuais presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP); não podem disputar a reeleição na mesma legislatura.

Os últimos votos foram dos ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Luiz Fux. Todos tiveram entendimento contrário ao voto do relator Gilmar Mendes, e decidiram pela inconstitucionalidade da reeleição de Maia e Alcolumbre.

No entendimento do relator, Maia e Alcolumbre poderiam se reeleger, mas deveria haver uma regra para que fosse permitida apenas uma recondução. Ele foi seguido pelos ministros Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski. Nunes Marques acompanhou o relator, mas em relação à candidatura de Alcolumbre.

Fachin, Barroso e Fux seguiram os votos das ministras Carmen Lúcia e Rosa Weber e do ministro Marco Aurélio Mello, contrários à reeleição. Ao proferir seu voto, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, disse que a norma constitucional “impede a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente a do primeiro ano da legislatura”.

Segundo Fux, “não há como se concluir pela possibilidade de recondução em eleições que ocorram no âmbito da mesma legislatura sem que se negue vigência ao texto constitucional.”

Resultado final

Como o ministro Nunes Marques votou contrário à candidatura da reeleição de Rodrigo Maia, na mesma legislatura, para a presidência da Câmara; e a favor da candidatura de Davi Alcolumbre, para o Senado; o placar final da votação, em sessão de julgamento no plenário virtual, ficou em 7 votos a 4 contra a Maia e 6 a 5 contra Alcolumbre.

A votação foi para decidir sobre Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) impetrada pelo PTB. Nela, o partido pedia para que fosse proibida a recondução dos presidentes das casas legislativas do Congresso Nacional.

FONTE:https://agenciabrasil.ebc.com.br/justica/noticia/2020-12/stf-decide-pela-inconstitucionalidade-da-reeleicao-de-mai-e-alcolumbre

Governo institui incentivo financeiro para apoio a aleitamento materno

 Portaria foi publicada hoje no Diário Oficial da União

POR AGÊNCIA BRASIL - O Ministério da Saúde publicou portaria no Diário Oficial da União de hoje (7) que institui – em caráter excepcional e temporário – incentivo financeiro visando ao custeio de ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e da alimentação complementar adequada e saudável para crianças menores de dois anos. A medida faz parte da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB).

Além de qualificar as ações de promoção, de proteção e de apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável para crianças, a EAAB tem como objetivo aprimorar as competências e habilidades dos profissionais de saúde para a promoção, proteção e o apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar como atividade de rotina.

A portaria institui incentivo financeiro destinado ao municípios, a ser transferido automaticamente e em parcela única. De acordo com a pasta, o valor a ser transferido varia de R$ 15 mil (repasse mínimo previsto) a R$ 120 mil por município.

O valor é calculado tendo por base R$ 9 mil por equipe de atenção primária que tenha realizado e registrado no e-gestor AB, oficina de trabalho da EAAB, no período de 1º de Janeiro de 2015 a 31 de agosto de 2020. Está previsto um adicional de R$ 7.383,69 por equipe de atenção primária ou UBS certificada pela EAAB até 31 de agosto de 2020. O ministério ressalta que, para a prefeitura receber esses recursos, é necessário que as equipes de atenção primária estejam com o cadastro ativo no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), na competência financeira de agosto de 2020.

A amamentação é uma das intervenções mais efetivas para a redução da mortalidade infantil, uma vez que provê o aporte de nutrientes necessários para garantir o crescimento e o desenvolvimento do bebê. Além disso, aproxima progressivamente a criança dos hábitos alimentares da família, permitindo que ela descubra novos sabores, texturas e competências, informa o ministério em seu site.

A portaria informa que as ações a serem desenvolvidas com esses incentivos financeiros serão monitoradas por meio da avaliação de alguns indicadores relativos a crianças menores de dois anos. Entre eles estão o aumento do número de crianças com estado nutricional registrado nos sistemas de Informação da Atenção Primária e o aumento do número de crianças com práticas alimentares registradas nos Sistemas de Informação da Atenção Primária, com base nos marcadores de consumo alimentar.

Esses monitoramentos serão feitos 12 meses após a transferência do incentivo financeiro. “O incentivo financeiro de que trata esta portaria está sujeito à devolução, acrescido da correção monetária prevista em lei, pelos entes beneficiados, caso não sejam executados nos termos desta portaria, ou sejam executados parcial ou totalmente em objeto diverso ao originalmente pactuado”.

A portaria apresenta a lista de municípios que já estão em condições de receber o auxílio, bem como os valores a serem depositados. Para acessá-la, clique aqui.

FONTE: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-12/governo-institui-incentivo-financeiro-para-apoio-aleitamento-materno

MENSAGEM: Natal Solitário

Meu Natal mais solitário foi na cabana do meu avô, no norte de Gana. Eu tinha apenas 15 anos, e meus pais e irmãos estavam a mil quilômetros longe dali. Nos anos anteriores, quando eu estava com eles e meus amigos da vila, o Natal era sempre uma grande e memorável celebração. Mas aquele Natal foi tranquilo e solitário. No início da manhã, deitado em minha esteira no chão, lembrei-me de uma canção local: O ano acabou; o Natal chegou; o Filho de Deus já nasceu; paz e alegria para todos. Melancolicamente, cantei-a sem parar.

Minha avó veio e perguntou: “Que música é essa?”. Meus avós nada sabiam sobre o Natal ou Cristo. Dessa maneira, compartilhei o que eu sabia sobre o Natal com eles. Aqueles momentos iluminaram a minha solidão.

O salmista Davi experimentou a solidão. Ele estava sozinho nos campos, acompanhado apenas de ovelhas e predadores ocasionais. Não seria a única vez. Em outro momento de sua vida, ele escreveu: “estou sozinho e aflito” (Salmo 25: 16). Mas Davi não permitiu que a solidão o desanimasse. Em vez disso, cantou: “…em ti ponho minha esperança” (Salmo 25:21).

De tempos em tempos, todos nós enfrentamos a solidão. Onde quer que você celebre o Natal este ano, sozinho ou acompanhado, aproveite para celebrar ao lado de Cristo.

 

FONTE:

Lawrence Darmani

Pão Diário – Ministério RBC

MENSAGENS QUE EDIFICAM

http://www.mensagensqueedificam.com

mensagensqueedificam@gmail.com


Vacina contra COVID-19: quando pode chegar e o que se sabe

POR TUA SAÚDE -  Várias vacinas contra a COVID-19 estão sendo estudadas e desenvolvidas em todo o mundo para tentar combater a pandemia causada pelo novo coronavírus, mas ainda nenhuma se encontra aprovada pela OMS.

Até ao momento, são 6 as vacinas que têm demonstrado resultados mais promissores:

  • Pfizer e BioNTech (BNT162): a vacina norte americana e alemã apresentou 90% de eficácia em estudos de fase 3;
  • Moderna (mRNA-1273): a vacina norte-americana apresentou 94,5% de eficácia em estudos de fase 3;
  • Instituto de Pesquisa Gamaleya (Sputnik V): a vacina russa apresentou 92% de eficácia em estudos de fase 3;
  • Astrazeneca e Universidade de Oxford (AZD1222): a vacina inglesa está em estudos de fase 3 e numa primeira fase demonstrou eficácia de 70,4%;
  • Sinovac (Coronavac): a vacina chinesa está em estudos de fase 3 sem referência à taxa de eficácia;
  • Johnson & Johnson (JNJ-78436735): a vacina norte americana entrou em estudos de fase 3, sem taxa de eficácia liberada.

Além destas, outras vacinas como a NVX-CoV2373, da Novavax, a Ad5-nCoV, da CanSino ou a Covaxin, da Bharat Biotech, também estão em fase 3 de estudo, mas ainda não possuem resultados publicados.

Como funcionam as vacinas da COVID-19

As vacinas contra a COVID-19 têm sido desenvolvidas com base em 3 tipos de tecnologia:

LEIA MAIS EM: https://www.tuasaude.com/vacina-covid/

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@gmail.com ..... FAVOR INFORMAR O LINK