PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Conmebol define sedes da Copa América 2019, no Brasil

© Gilvan de Souza / Flamengo



Morumbi receberá a abertura, enquanto Maracanã terá a final
Conmebol anunciou nesta terça-feira (18) as cidades-sede da Copa América de 2019, que será disputada no Brasil. O palco da abertura da competição será o Estádio do Morumbi, em São Paulo, enquanto o Maracanã, no Rio de Janeiro, receberá a final.

As outras sedes serão Belo Horizonte (Mineirão), Porto Alegre (Arena do Grêmio) e Salvador (Arena Fonte Nova). São Paulo, por sua vez, também será representada pelo Allianz Parque. Além disso, ficou confirmada que as semifinais do torneio serão disputadas nas capitais gaúcha e mineira.

A competição acontecerá entre os dias 14 de junho e 7 de julho, com 12 nações. Além das 10 filiadas à Conmebol, as seleções do Catar e do Japão foram convidadas para participar.

"Nosso objetivo foi selecionar estádios modernos, com grande capacidade de público e que tenham operação regular em jogos de futebol e shows internacionais. Combinamos estádios usados na Copa de 2014 com outros que ainda não participaram dos grandes eventos realizados no Brasil", disse Rogério Caboclo, CEO do Comitê Organizador Local da Copa América.

Em sua 46ª edição, o torneio retornará ao Brasil após 30 anos - o país será sede pela quinta vez. O maior campeão é o Uruguai, com 15 títulos, seguido pela Argentina (14) e pelo Brasil (oito). (ANSA)

Com Informações de Notícias ao Minuto

Polícia Federal divulga gabarito de provas de concurso

Cargo mais concorrido é o de perito criminal federal/área 12, que conta com 1.701 candidatos na disputa por duas vagas apenas

A Polícia Federal divulgou os gabaritos preliminares das provas objetivas do concurso público e já aceita os recursos dos candidatos sobre os resultados. No total, a seleção oferece 500 vagas e recebeu 147.744 inscrições. O cargo mais concorrido é o de perito criminal federal/área 12, que conta com 1.701 candidatos na disputa por duas vagas apenas.

Os gabaritos podem ser acessados pelo site da banca organizadora, Cespe/UnB. A seleção é para candidatos de ambos os sexos. O edital prevê que, no total, 20% das vagas sejam destinadas a candidatos negros. Outros 5% são reservados a pessoas com deficiência.

Há vagas, preferencialmente, para os seguintes estados: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, além de unidades de fronteira.

Além das provas, o processo seletivo terá exame de aptidão física, avaliação médica e avaliação psicológica. A prova oral será aplicada somente aos candidatos ao cargo de delegado. Já os concorrentes à função de escrivão terão que fazer uma prova prática de digitação, enquanto a avaliação de títulos será exigida somente dos concorrentes a delegado e perito.

FONTE: IBAHIA

Nasce o segundo filho de Wesley Safadão e Thyane Dantas



O pequeno Dom chegou ao mundo às 20h15 da terça-feira em Fortaleza, no Ceará, com 3,8kg e 51 centímetros
Nasceu na noite de terça-feira (18) o segundo filho do cantor Wesley Safadão e da empresária Thyane Dantas. O pequeno Dom chegou ao mundo às 20h15 da terça-feira em Fortaleza, no Ceará, com 3,8kg e 51 centímetros. O casal já é pai da pequena Ysis, de 4 anos. 

“Meu coração está transbordando de tanto amor. Estamos realizados com a chegada de Dom. É mais uma benção que chega em nossas vidas para trazer cada vez mais felicidade à nossa família. É uma honra receber de Deus mais essa missão, que é cuidar e educar nosso Dom com todo o amor e dedicação”, revelou Thyane.

LEIA MAIS EM...

A polarização política emperra o crescimento de uma nação.


*Por Fábio Tajra
O Brasil é gigantesco em extensão territorial, recursos naturais e diversidade cultural, mecanismos fundamentais para elaboração de uma heterógena pauta progressista, capaz de fazer crescer a nação em todos os aspectos positivos e gerar qualidade de vida aos que aqui residem.

A pergunta é: O que emperra o desenvolvimento do Brasil?
Em todo processo eleitoral podemos observar uma interminável briga entre agremiações partidárias, que se acotovelam de forma irracional, tentando passar a imagem de que seus conceitos político-ideológicos são mais completos e aceitáveis para realidade nacional, cada um com seus posicionamentos radicais. 
Esta polarização política é extremamente nociva à gestão pública, ocasiona disparidade política e tira o foco do debate, que deveria ser priorizado pelas ideias de gestão.
Os processos de retomada de crescimento de uma nação podem ser baseados em três pilares fundamentais: Segurança jurídica, planejamento econômico e boa ralação entre os poderes.Associa-se a essa tríade a reengenharia de gestão, estratégia bastante aplicada pelos administradores e que direciona a tão discutida reforma administrativa. Todo este processo requer tempo, estudo, paciência e coragem, além do que, não se admite interferência política partidária na engrenagem de gestão.
A educação é o único instrumento capaz de mudar o jogo, através da formação de seres humanos críticos. Todos os países que investiram forte nesse setor obtiveram resultados reais no que se refere a desenvolvimento econômico e social. Em médio prazo, milhares de pessoas saíram da linha da pobreza extrema, impulsionando as finanças de forma responsável e garantindo crescimento.

Fábio Tajra
Gestor em Marketing/Técnico Legislativo/Jornalista.

FONTE:
 http://olharmunicipal.blogspot.com/2018/09/a-polarizacao-politica-emperra-o.html

Arroz e carne são os alimentos mais desperdiçados no Brasil

(foto: Pixabay)

Pesquisa da Embrapa alerta para esse problema brasileiro
Típica da culinária brasileira, a dupla arroz e feijão representa aproximadamente 38% do montante de alimentos jogado fora no Brasil. Isso segundo pesquisa que avaliou 1.764 famílias de diferentes classes sociais e de todas as regiões brasileiras. O levantamento foi realizado pela Embrapa, com apoio da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a pedido dos Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil.

O ranking dos alimentos mais desperdiçados traz o arroz (22%) em primeiro lugar, seguido pela carne bovina (20%), pelo feijão (16%) e pelo frango (15%). "A família brasileira desperdiça, em quantidade relativamente grande, até mesmo alimentos mais caros e proteícos, tais como carne bovina e frango, um dado que nos surpreendeu", comenta Carlos Eduardo Lourenço, professor da FGV.

Entre os motivos do desperdício apontados pelos pesquisadores está a busca pelo sabor e a preferência pela abundância dos consumidores brasileiros. O não aproveitamento das sobras das refeições é o principal fator para o descarte de arroz e feijão, de acordo com a análise dos especialistas.

Outra descoberta relevante da pesquisa é que 43% das pessoas concordam que "os conhecidos jogam comida fora regularmente", mas nas questões que abordam comportamento da própria família o problema não aparece tanto. Os resultados mostraram que 61% das famílias priorizam uma grande compra mensal de alimentos, o que aumenta a propensão de comprar itens desnecessários. 
LEIA MAIS EM...

Cabras podem reconhecer emoções humanas, diz estudo

(foto: Pixabay)

Animais tendem a preferir a expressão de felicidade
Um estudo curioso que acaba de ser publicado na revista científica Royal Society Open Science sugere que cabras são capazes de discriminar entre expressões humanas alegres e de raiva, mostrando preferência pelas primeiras. O trabalho foi realizado por um grupo internacional de pesquisadores, e contou com a participação de cientistas da USP.

"Esse estudo traz um resultado fascinante, uma vez que mostra que a habilidade complexa de perceber as emoções humanas por meio de dicas sutis da face não está presente somente em animais domesticados para companhia, como os cães", diz Carine Savalli, colaboradora do Instituto de Psicologia da USP, em entrevista para o Jornal da USP.

Não se sabe ao certo o quanto está difundida no reino animal a habilidade para identificar expressões faciais humanas. O que já era observado é que alguns animais domésticos, como cães e cavalos, são capazes de reconhecer algumas das nossas emoções. Porém, são espécies que foram domesticadas para realizar tarefas que requerem interação com humanos, como caça ou pastoreio – e isso abre a possibilidade de que, no processo de domesticação tenham sido selecionados os indivíduos com maior aptidão para interpretar emoções humanas. Já no caso das cabras e de outros animais de fazenda, a  interação com humanos é menos relevante: a criação é motivada por características físicas, como o tipo de pêlo, a quantidade e qualidade do leite ou o tamanho dos ovos. Ficava então a dúvida: será que mesmo assim esses animais poderiam interpretar expressões humanas?
LEIA MAIS EM...

Batata doce ajuda quem tem diabetes

(foto: Pixabay)

O vegetal regula o nível de açúcar no sangue
Existem diversos tratamentos que ajudam a manter a qualidade de vida de quem sofre com o diabetes, sendo o mais comum a aplicação constante de insulina no organismo, por meio de injeções. A função dessa substância é simular o metabolismo e transformar o açúcar disponível no sangue em energia, mantendo controlado o nível de glicose no corpo.

O que pouca gente sabe é que um alimento bem popular no nosso cotidiano, a batata-doce, também é capaz de ajudar nessa tarefa. De acordo com matéria publicada no site da emissora de indiana New Delhi TV, os benefícios desse tipo de tubérculo já foram, inclusive, atestados pela Associação Americana do Diabetes (American Diabetes Association).

Segundo o livro Healing Foods (alimentos que curam, em tradução livre do inglês), da editora americana DK, a batata-doce possui "carboidratos de liberação lenta", além de um hormônio chamado adiponectina. A combinação dessas duas propriedades ajudaria a manter controlado o nível de açúcar no sangue (glicemia), garante a publicação.

O nutricionista Rupalli Datta, em entrevista para a New Delhi TV, desmente o mito de que alimentos ricos em amido devem ser totalmente retirados da dieta de quem tem diabetes. Segundo a especialista, se consumidos moderadamente, os produtos naturais com essas características, como é o caso da batata-doce, podem ajudar a manter a saúde em dia, porque também são ricos em nutrientes e fibras.

Vale lembrar que, atualmente, mais de 10 milhões de pessoas sofrem de diabetes no Brasil. Além disso, o número de vítimas desse sério problema metabólico vem aumentando todos os anos. Para se ter uma ideia, em uma década (de 2006 a 2016), o número de casos da doença aumentou 61,8%. Os números são da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde, divulgada em fevereiro deste ano.


Alivie Uma Dor De Dente Rápido Usando Saquinhos De Chá

...

Por Natureba - Curas Naturais
Quem já sentiu uma dor de dente na vida sabe na prática que essa é uma das dores mais incômodas que o ser humano pode sentir. Esse é um dos tipos mais comuns de dor e que geralmente nos pega de surpresa. Ao contrário do que muitos pensam, ela nem sempre é causada apenas por um dente estragado. Ela pode ter várias causas, mas em geral, essas dores se manifestam em resposta a uma inflamação da polpa dentária, popularmente conhecida como canal ou nervo. Por essa razão, é muito difícil indicar um tratamento único para a dor de dente. O ideal é procurar um dentista para verificar a causa dessa dor e tratá-la adequadamente.
LEIA MAIS EM...

Ceará pode ter ano de seca em 2019, segundo Climatempo



O Ceará em particular – e a Região Nordeste, de um modo geral – podem ter chuvas abaixo da média histórica em 2019. Isso porque a possibilidade da ocorrência de um El Niño no fim de 2018 e início de 2019 chega a 70%, segundo o Centro de Previsão Climática do NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional), dos Estados Unidos.

O El Niño é um fenômeno causado pelo aquecimento anormal das águas do Pacífico, seguido pelo enfraquecimento dos ventos alísios. Estas alterações modificam o sistema climático de distribuição das chuvas e de calor em diversas regiões do planeta.

O fenômeno, mesmo que com fraca intensidade, tem potencial de influenciar a distribuição das chuvas na chamada quadra chuvosa no Ceará, que compreende os meses de fevereiro a maio.

“A probabilidade [de chuvas mal distribuídas e abaixo da média] é alta sim. Mesmo que o El Niño não venha totalmente a se concretizar, só o fato de a gente estar com um viés mais quente no Oceano Pacífico, já vai deixar as chuvas mais irregulares e este período tende a ser complicado para o Ceará e o Nordeste”, explica Graziella Gonçalves, meteorologista do Climatempo.

Segundo ela, para os meses de novembro e dezembro, a possibilidade da ocorrência de um El Niño é alta. “O fenômeno pode se iniciar com uma cara de Modoki [com efeitos mais brandos] por conta da temperatura da costa do Peru, que deve seguir um pouco mais baixa. Depois, a gente segue para um fenômeno mais clássico”, explica.
Reservatórios
No ano passado, a quadra chuvosa se manteve dentro da média histórica – o que não ocorria desde 2012 –, mas considerando o ano todo, as chuvas foram abaixo da média, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Isso impactou na baixa recarga dos reservatórios do Ceará, ocasionada, também, pela distribuição irregular das chuvas.
Atualmente, os 155 açudes do Ceará monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh) acumulam volume apenas 13,93% da capacidade total de armazenamento de 18,62 bilhões de m³. Apenas três estão com volume superior a 90%, outros 91 estão com menos de 30%, enquanto que 18, se encontram completamente secos.
Com informação do G1

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK