PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 5 de outubro de 2019

Exposição virtual do Google deixa você 'entrar' no Palácio de Versalhes

Divulgação/Google Arts & Culture
O Palácio de Versalhes já foi casa de algumas das figuras mais emblemáticas de nossos livros de história. Membros da realeza francesa vagaram por anos no gigantesco castelo, onde diversas decisões cruciais foram tomadas, e onde foram assinados tratados que mudaram o mundo. Agora, é possível explorar seus corredores sem sair de casa.

Como parte da exposição imersiva “Versalhes: O Palácio é Todo Seu”, o Google Arts & Culture, em parceria com o Palácio de Versalhes, exibe na plataforma imagens em altíssima resolução e em 3D da arquitetura do palácio, obras de arte e objetos, além de uma experiência em realidade virtual no app, que guia os visitantes pelo prédio por meio de um tour privado.

Acesse o conteúdo neste link.

Qual o problema de beber água não filtrada ou não tratada?

.
POR MINILUA
Existem debates sobre a água engarrafada, filtrada, gasosa ou água da torneira, qual a melhor? Agora você pode ter que decidir também se está disposto a beber água “bruta” ou conhecida também como não tratada. As empresas e pelo menos um site público estão proclamando os benefícios de beber água não tratada e não filtrada, ou água “bruta”, engarrafada diretamente das fontes.

Algumas empresas chegam a alegar probióticos e minerais benéficos dessa água natural não tratada. Mas os especialistas são cautelosos com essa tendência. Eles disseram que as pessoas podem ser colocadas em risco se beberem água não tratada, não filtrada e não testada. Os especialistas observam que existem muitos componentes naturais na água, de bactérias a parasitas, que podem ser perigosos para o ser humano consumir.

,
William Schaffner, especialista em doenças infecciosas da Universidade Vanderbilt, disse estar preocupado com as pessoas expostas a micróbios perigosos se não conseguirem água de uma fonte segura. “Isso se enquadra na categoria de coisas que parecem boas porque são ‘naturais’. Na verdade, muitas coisas naturais são perigosas ”, disse Schaffner. ” Para ser claro, nem toda a água “bruta” apresenta os mesmos riscos.

Se uma empresa estiver vendendo legalmente água engarrafada ela deverá ser aprovada pelo órgão que regulamenta essa água. Isso significa que ela precisa passar por alguns padrões de segurança. O FDA, controle de qualidade dos EUA, por exemplo exige, que as instalações de água engarrafada “tenham a água da fonte inspecionada e a água amostrada, analisada e considerada de qualidade sanitária e segura” de acordo com as leis estaduais e locais.

Criada bicicleta ecológica com filtros que limpam o ar enquanto você pedala

Criada bicicleta ecológica com filtros que limpam o ar enquanto você pedala
..
POR MINILUA
O ar dos países mais populosos do mundo, como a China, está cheio de poluição e, além de ser um problema ambiental, também afeta a saúde daqueles que o respiram. É uma situação séria que deve ser resolvida.

O dióxido de carbono emitido por indústrias e carros está danificando a atmosfera e poluindo o ar que respiramos em nossas cidades. Felizmente, existem organizações que procuram solucionar esse problema, e o Smog Free Project tem soluções muito interessantes, como esta bicicleta ecológica.

.
Smog Free Bicycle é um protótipo criado pelo designer Daan Roosegaarde, pelo artista Matt Hope, pelo professor Yang da Universidade de Tsinghua e pelo fabricante de bicicletas compartilhadas Ofo. Foi mostrado ao mundo em 2018, durante o Fórum Econômico Mundial em Dalian, China, e é uma das melhores ideias para limpar o ar do planeta, promovendo exercícios.

A bicicleta foi inspirada nos raios de manta, animais marinhos que se alimentam do plâncton que obtêm da filtragem da água. Da mesma forma, este veículo de duas rodas possui um filtro especial no guidão que “suga” o ar contaminado e o purifica para expulsá-lo completamente limpo.
LEIA MAIS EM...

MPB - Músicas MPB 2019 | As Melhores Músicas MPB Mais Tocadas 2019


FONTE DO VÍDEO:

QUER OUVIR MAIS MÚSICAS DESTE CANAL?
ACESSE:
Música Mpb Brasileira

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa segunda-feira

Foco são crianças de 6 meses a 4 anos e adultos de 20 a 29 anos
Valter Campanato/Agência Brasil
Em parceria com os governos estaduais, distrital e municipais, o Ministério da Saúde inicia, na próxima segunda-feira (7), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses e 4 anos e 29 dias.

A segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, terá foco na população com idade entre 20 e 29 anos. Em entrevista coletiva, o ministro titular da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a prioridade para este grupo justifica-se porque, como provavelmente não receberam a segunda dose da vacina, seus filhos acabam apresentando um sistema imunológico mais vulnerável à doença. Além dos dois períodos, a campanha também destaca o dia 19 de outubro como o Dia D, para mobilização nacional.
LEIA MAIS EM...

Mulheres e crianças infectadas por Zika desenvolvem imunidade ao vírus

Pesquisa mostra que 80% dos pacientes analisados ficaram imunes
Sumaia Villela/Agência Brasil
Pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF) constatou que mulheres e crianças que já foram infectadas pelo vírus Zika podem desenvolver imunidade à doença. Os pesquisadores detectaram que 80% dos 100 pacientes analisados ficaram imunes depois de serem submetidos à infecção.

As crianças nasceram em 2016 e vêm sendo acompanhadas desde então junto às mães pela UFF e pela Fiocruz. Segundo a pesquisadora da Fiocruz Luzia Maria de Oliveira Pinto, a partir de 2018, elas começaram a ter o sangue coletado e analisado para entender a resposta do sistema imunológico delas a uma nova exposição ao vírus.

“A gente começou a avaliar o sangue tanto das mães quanto das crianças para entender um pouco da imunidade delas, ou seja, para entender se, um dia, caso essas pessoas reencontrem o vírus, elas teriam a capacidade de responder a esse vírus e não ficar mais doente, ou seja, adquirindo a imunidade”.

Segundo ela, participam do estudo 50 mães e 50 crianças infectadas pelo Zika e o resultado foi de 80% de imunidade em ambos os casos.

Além do acompanhamento laboratorial desses 100 pacientes, a UFF também faz o acompanhamento clínico de mais de 260 crianças infectadas pelo vírus que nasceram na região de Niterói. O objetivo, segundo a pesquisadora da UFF Claudete Araújo Cardoso, é verificar se elas desenvolvem alguma doença ou complicação ao longo dos cinco primeiros anos de vida.

Nesse acompanhamento, os pesquisadores verificaram, por exemplo, que alguns bebês que nasceram aparentemente saudáveis desenvolveram um quadro de microcefalia de três a seis meses após o parto. Claudete explica que o fenômeno já havia sido constatado em 13 crianças do Nordeste e foi confirmado agora em seis crianças que estão sendo acompanhadas pela UFF.

“Elas nasceram com perímetro cefálico normal, mas, por ação do vírus, o cérebro da criança para de crescer e de se desenvolver. Esse é um alerta que a gente passa para a população: se nasceu durante uma epidemia ou a mãe teve manchas na pele durante a gravidez, tem que ser feito um acompanhamento criterioso na rede básica, no posto de saúde”, disse.

África terá maioria dos falantes do português até o fim do século

Afirmação é do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal
.
Com cerca de 210 milhões de habitantes e a maior população entre os países-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), o Brasil é hoje, de longe, a nação com o maior número de falantes do idioma. Mais de oito em cada 10 pessoas que falam português no mundo atualmente são brasileiros.

“No entanto, a partir de 2050, essa realidade começará a mudar e o crescimento demográfico de Angola e Moçambique, somado a uma redução da população no Brasil, puxará o pêndulo da língua portuguesa para o continente africano”. A afirmação é do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, para quem, até o final deste século, a maioria dos falantes do português estará na África.

Plasticidade e dinamismo

“Quando olho para os números e para os mapas, o que eu vejo é isso: há, neste momento, no mundo, mais de 250 milhões de falantes do português como língua materna ou segunda língua – quatro quintos dos quais são brasileiros. E, quando olho para o futuro, ao longo deste século, o que vai acontecer? O número de falantes vai chegar a 500 milhões e a maioria vai passar a ser de africanos”, afirma Santos Silva.

Ele chama a atenção para a grande plasticidade da língua, que “começou por ser europeia, a língua de Camões. Depois, passou a ser brasileira. A língua portuguesa hoje é, sobretudo, uma língua brasileira. É a língua do Chico Buarque ou da Clarice Lispector. E, ao longo deste século, vai passar a ser uma língua africana. Uma língua de angolanos, moçambicanos, a língua de Mia Couto, a língua do Luandino Vieira ou do Pepetela. É uma língua extremamente dinâmica.

Em crescimento

"Em entrevista recente na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, o ministro português dos Negócios Estrangeiros disse que está otimista com a expansão do idioma lusitano. “A Unesco diz que é uma das três línguas do mundo que mais vai crescer e que mais está a crescer. Isso nos dá uma enorme responsabilidade,” afirmou.

Merece especial destaque na preservação e difusão da língua a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), integrada por Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Seis dos nove membros da CPLP são países africanos.
LEIA MAIS EM...

Lei que torna transporte irregular infração gravíssima entra em vigor

.
A partir deste sábado (5), quando entra em vigor a Lei nº 13.855, o transporte “pirata” de passageiros, incluindo de estudantes, passa a ser considerado infração gravíssima ao Código de Trânsito Brasileiro.

Publicada no Diário Oficial da União de 8 de julho, a Lei nº 13.855 alterou o Código, tornando mais rigorosas as penalidades aplicadas aos motoristas flagrados transportando passageiros mediante remuneração, sem terem a autorização para fazê-lo.

Ao ser classificado como infração gravíssima, o transporte irregular de estudantes passa a ser punido com multa de R$ 293,47 multiplicado pelo fator 5, totalizando R$ 1.467,35, e mais a remoção do veículo a um depósito.

Já o transporte remunerado de pessoas ou bens, quando não licenciado, passa de infração média a gravíssima, punida com multa e remoção do veículo. O motorista só não será punido em “casos de força maior ou com permissão da autoridade competente”.

Nos dois casos, os motoristas ainda perdem 7 pontos na carteira de habilitação, conforme estabelece o Artigo 259 do Código de Trânsito Brasileiro.

O ÚLTIMO DIA DE MUSSUM


FONTE DO VÍDEO: 

Quem já era nascido nos anos 1990, com certeza, deu muitas risadas assistindo “Os trapalhões”. O grupo de humoristas era composto por Didi, Dedé, Zacarias e Mussum. Esse último citado, além de ser um dos melhores humoristas brasileiros, também era um excelente músico. Porém, em 1994, por causa de um problema de saúde, o incrível Mussum acabou nos deixando. Confira nesse vídeo como foram os últimos momentos desse incrível humorista.
VEJA MAIS EM...
Canal:
Fatos Desconhecidos

CANAL DE FILMES ONLINE - YouTube

.
CANAL DE FILMES ONLINE - YouTube
CANAL DE FILMES ONLINE
CANAL COM FILMES COMPLETOS

REPRODUZIR TUDO

VEJA MAIS EM...
Canal da Jana

Com falta de público, show de Sandy e Junior é vendido a preço de banana


POR ISTO É
Muita gente pagou caríssimo para assistir aos shows de Sandy e Junior na turnê que os irmãos fizeram pelo Brasil. Pois bem. Pelo visto, a turnê ‘Nossa História’ não anda tão bem das pernas assim fora do país. A dupla se apresenta hoje, às 20h, no Barclays Center, no Brooklyn, em Nova Iorque. E ao contrário do que ocorreu no Brasil, onde os ingressos esgotaram rápido com filas enormes de espera para comprar online, na terra do Tio Sam o show está custando a partir de 7,90 dólares, o equivalente a R$ 40.

Esses valores estão disponíveis em uma promoção no site StubHub, especializado em venda de ingressos para eventos. Já quem compra diretamente pelo site do local do show o Barclays Center, desembolsa a partir de 39 dólares. No Brasil, teve gente desembolsando 500 reais para a pista vip do evento que dava direito a open bar de água. E ainda teve quem comprasse ingressos da mão de terceiros e desembolsasse valores acima de R$ 1000.

Precisamos treinar os professores que querem portar armas

"KEVIN BEARY, EX-XERIFE DE ORANGE COUNTY (FLÓRIDA) E CONSULTOR DE SEGURANÇA
Precisamos treinar os professores que querem portar armas "
divulgação
POR ISTO É
Entre todas as coisas que o Brasil poderia importar dos Estados Unidos, há o risco da repetição de tragédias de tiroteios em escolas. O País entrou definitivamente neste radar após o massacre de Suzano na escola Raul Brasil, em março de 2019, que vitimou dez pessoas e deixou outras onze feridas. O ex-xerife Kevin Beary, de 62 anos, que chefiou o gabinete do condado de Orange, um dos maiores do sudeste dos EUA, esteve no Brasil para palestrar a respeito de segurança nas escolas e falou com exclusividade à revista ISTOÉ. Ele também já foi agente da SWAT, a unidade americana de polícia especial, e hoje comanda na Flórida a equipe de reformulação da estratégia de defesa de muitas instituições de ensino. Para ele, o risco de tiroteios em espaços públicos existe em qualquer país, e para preveni-los algumas medidas drásticas podem ser necessárias, sendo uma delas permitir que professores portem armas dentro das salas de aula.

É a sua primeira vez no Brasil?
Não, é a minha terceira vez. Como palestrante, eu vim outra vez em 2007, quando meu gabinete veio para trabalhar com a Polícia Federal em um programa para as capitais e eu estou de volta agora.

Há alguma familiaridade com o idioma?
Minha esposa foi criada no Recife e também no Rio de Janeiro. Ela nasceu nos EUA, mas o pai dela veio para o Brasil como um missionário nos anos 1970. Sempre quando ela começa a falar em português comigo, eu fico em apuros. Além disso, muitos brasileiros de grupos especiais de equipes de segurança vêm para Orlando, na Flórida, e treinam no evento anual da “Swat Round-Up International”, que é uma das diversas oportunidades em que um policial pode viajar para outros lugares e aprender novas técnicas de segurança. Sempre visando ajudar a proteger os seus respectivos países com o novo conhecimento.

Como surgiu o convite para palestrar no Brasil?
O Brasil tem alguns dos mesmos problemas dos EUA. Recentemente, em março deste ano, vocês tiveram o tiroteio em Suzano, enquanto nos EUA há tiroteios em escolas, igrejas e outros tipos de lugares públicos. Foi por isso que fui convidado.

O senhor acha que no Brasil há o perigo de acontecer mais tiroteios desse tipo?
Acho que o Brasil, assim como em qualquer outro país, situações como essas podem acontecer. Nós vimos isso na Noruega em 2011 e na França em 2017, este é claro com certa dose de terrorismo envolvido. O que mais me afetou foi o de Fort Hood em 2009, porque um sobrinho da minha esposa foi um dos primeiros atingidos pelo atirador. Ele recebeu aposentadoria médica do exército dos EUA após o incidente, pois foram necessárias múltiplas cirurgias no cérebro para salvá-lo.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK