PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Consumo moderado de carboidrato ajuda a prolongar a vida

Estudo alerta para a dieta chamada 'low-carb'
(foto: Pixabay)
Um estudo liderado pela cientista Sara Seidelmann, da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, concluiu que o consumo moderado de carboidrato pode ser uma alternativa para quem quiser viver mais. A informação foi divulgada pela agência portuguesa de notícias Lusa.

De acordo com a pesquisa, que foi publicada na revista científica The Lancet, revelou que as dietas intituladas "low-carb" (baixa ingestão de açúcar), que substituem os carboidratos por proteínas ou gorduras, devem ser evitadas porque poderiam levar a "ciclos de vida mais curtos". Ao mesmo tempo em que o consumo moderado de "carboidrato parece ser ideal para a saúde e ajudar numa vida mais longa", dizem os especialistas no artigo de divulgação.

Portanto, é melhor optar por dietas que incluem alguns tipos de açúcar do que radicalizar e retirar o nutriente do cardápio, como fazem os adepatos da "low-carb". Os cientistas descobriram que quem consome entre 50 e 55% de carboidrato tem menor risco de morte, em comparação com a ingestão de muito ou nenhum açúcar.

Segundo a pesquisa da Universidade de Harvard, a esperança média de vida de quem consome carboidratos moderadamente é quatro anos maior do que os que ingerem apenas 30%; 2,3 anos a mais do que os que consomem entre 30 e 40%; e mais 1,1 ano em comparação com os que consomem 65% de açúcar.

Além disso, os pesquisadores americanos descobriram também que substituir o açúcar por gorduras boas, de origem vegetal, como as derivadas de legumes, frutas e nozes, diminui ligeiramente o risco de morte. No entanto, se a dieta trocar os carboidratos por proteínas e gordura animal, como carne de porco e ovo, ela "deve ser desencorajada". Porquê? Conforme Sara Saidelmann comentou à Agência Lusa, esse tipo de alimento tem sido associado à inflamação e ao envelhecimento do corpo.

No entanto, vale lembrar que a investigação tem algumas limitações, como o fato de os resultados terem sido baseados na observação e não na relação de causa e efeito.

(com Agência Lusa)

Especialistas alertam que zika e chikungunya podem ser ameaça no Verão

As doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti já causaram surtos no Brasil em 2016
(foto: Wikimedia/Muhammad Mahdi Karim/Reprodução)
O fim do ano está chegando e, com ele o Verão, estação que traz a promessa de chuvas intensas. Apesar do alívio climático, especialistas alertam que o Brasil pode voltar a sofrer com epidemias de zika e chikungunya. Ainda que tenha sido registrada redução da incidência de casos das duas doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti este ano, elas podem voltar a ter força a partir de dezembro de 2018 ou janeiro de 2019, quando já terá passado o período da primeira onda de surto em alguns estados.

Segundo Carlos Brito, pesquisador colaborador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Pernambuco, o país se dedicou mais nos últimos dois anos ao estudo dos impactos do zika, devido ao surto e à perplexidade causada pelos casos de microcefalia em bebês. Ele ressalta, no entanto, que mesmo assim o Brasil continua despreparado para atender novos casos das arboviroses, principalmente de chikungunya.

"Na verdade, deixou-se um pouco de lado a chikungunya que, para mim, é a mais grave das arboviroses. E as pessoas geralmente nem têm ciência da gravidade, nem estão preparadas para conduzir a chikungunya. É uma doença que na fase aguda não só leva a casos graves, inclusive fatais, mas deixa um contingente de pacientes crônicos, que estão padecendo há quase dois anos com dores, afastamento das atividades habituais de trabalho, lazer e vida social", explica Carlos Brito em entrevista para a Agência Brasil.

O pesquisador diz ainda que a incidência das doenças transmitidas pelo Aedes deve variar por região. Os estados que tiveram muitas pessoas infectadas no início do surto em 2016, como os do nordeste, poderão ficar imunes por mais um tempo. No entanto, muitos municípios ainda têm a probabilidade de enfrentar novos surtos, como o Rio de Janeiro, que recentemente registrou vários casos de arboviroses.

"No Brasil tudo toma uma dimensão muito grande, porque é um país de dimensão continental. Então, não estamos preparados, nem os profissionais de saúde foram treinados, nem estamos tendo a dimensão da intensidade da doença, nem as instituições estão atentas para uma epidemia de grandes proporções em um estado como São Paulo, com 40 milhões de habitantes, ou no Rio de Janeiro, com 20 milhões", alerta Brito.

Redução

Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado na sexta, dia 17 de agosto, de janeiro até 28 de julho deste ano foram registrados 63.395 casos prováveis de febre chikungunya no país. O resultado é menos da metade do número de casos reportados no mesmo período do ano passado, quando foram 173.450 doentes. Em 2016, tivemos 278 mil casos.

Mais da metade, ou seja, 61% dos casos reportados este ano, estão concentrados na região sudeste. Em seguida, aparece o centro-oeste (21%), o nordeste (13%), norte (7%) e sul (0,35%).

Nos primeiros sete meses de 2018 foram confirmadas 16 mortes por chikungunya. No mesmo período do ano passado, 183 pessoas morreram pela arbovirose. A redução no número de óbitos foi de 91,2%. Já em relação ao vírus da zika, em todo o país foram registrados 6.371 casos prováveis e duas mortes até o fim de julho. No ano passado, essa febre tinha infectado mais de 15 mil pessoas no mesmo período. A maior incidência de zika este ano também está concentrada no sudeste (39%), seguida pela região nordeste (26%).

Ameaça

LEIA MAIS EM...

A vida é um milagre que se repete a cada novo amanhecer...

Estar vivo é a resposta de Deus a tudo!!
Flávio Silva/Instagram
Foto: 
@marcilioduartefotos/
A vida é um milagre que se repete a cada novo amanhecer, por isso, todos os dias a primeira coisa que faço desde que tive minha experiência
com Deus é agradecer pelo dom da vida! Estar vivo é a resposta de Deus a tudo!!
Deus, agradeço pelas bênçãos que tens me dado, agradeço pela minha saúde e pela saúde das pessoas que amo, por aqueles que estão comigo diariamente lado a lado na batalha, pela proteção que recebemos diariamente dos Teus anjos. Agradeço todas orações, que me auxiliam a seguir caminhando e me recuperando.
Agradeço por encontrar em meu caminho algumas portas abertas, e ainda que em momentos de revolta não entenda porque outras portas se fecharam, compreendo que o Senhor sabe o que é melhor para mim.
Meu Deus, peço que continues a me abençoar e a me proteger com as Tuas mãos poderosas, e agradeço por confiares a mim o dom da vida e me comprometo a buscar a paz, a bondade e a felicidade! Por poder desfrutar da vida, da companhia daqueles que amo. 
Meu Deus, é com humildade que Te dedico toda minha gratidão pelo maior presente recebido: a vida!

*Aracoiaba, 18 de agosto de 2018*

*Família Alves Silva (Flávio Silva)*

Silvanar Soares, comemora 35 anos de uma vida de missão...

“POR AMOR ÀS COMUNIDADES”.
Era agosto de 1983, um ano de seca e de dificuldades para quem era da roça. E eu ainda tinha 12 anos de idade. A nossa família teve uma dificuldade a mais para enfrentar. Com a doença de Doa Luzia, minha santa e amada mamãe, que teve que ser transferida às pressas para o Hospital São José, com suspeita de meningite, faltou terra nos pés de todos nós. Foi e deixou os três filhos pequenos para serem cuidados pelo marido, que trabalhava de “cassaco” nas frentes de serviço do Governo do Estado, destinadas às famílias sem nada do sertão (era bem diferente do Bolsa Família).

Foi um dos períodos mais difíceis de nossas vidas. Ficar sem o carinho, a companhia e o aconchego de mamãe, não foi nada bom. Eu era o mais velho e tive que dar conta de cuidar da casa, aprender a fazer comida e cuidar de meus irmãos pequenos. Tive que perder muita aula na escola e acabei sendo reprovado, para repetir no ano seguinte, a quinta série, na Escola de Vazantes. 

Mamãe ficou hospitalizada por longos cinco meses. Seu retorno para nós, foi como que chegar ao céu. Muitas pessoas diziam que ela não voltaria com vida e ouvir isso nos fazia sofrer ainda mais. Mas rezava com muita fé, junto com meus irmãos, as orações que mamãe nos tinha ensinado e tínhamos fé em Deus e em Nossa Senhora, que ela ficaria boa e voltaria para cuidar de nós.

Além das tarefas na roça, nos cuidados da casa, da família, mamãe também era catequista, rezava as novenas, os terços, realizava as coroações, fazia dramas, animava as datas comemorativas. Uma dessas pessoas cheias de criatividade e com uma força fora do comum, se esforçava para envolver todas as pessoas nas festividades e celebrações. Uma verdadeira Margarida (adjetivo dado às mulheres lutadoras). E na época, eu estava em preparação para a Primeira Comunhão, que aconteceria em dezembro do mesmo ano e ela era a minha catequista. Como tinha o catecismo dela, sabia todas as rezas e tinha muita força de vontade de ajudar, me propus a dar as aulas de catequese, enquanto minha mãe não voltava. Durante os quatro meses restantes do ano eu assumia todas as tardes de sábado, as tarefas de catequista, onde aprendi muita coisa e onde criei ainda mais gosto pelas coisas da fé, da Igreja, da comunidade. Foi também nesta época, que comecei a ler a Bíblia.

Nesta caminhada, já fui catequista de crianças, catequista de adultos, catequista de jovens, catequista para o matrimonio, batismo, crisma e para a primeira eucaristia, missionário, animador das celebrações, coordenador de Grupo de Jovens, Coordenador Regional e Arquidiocesano de Pastoral da Juventude, Agente da Pastoral da Terra, membro do Conselho de Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza, membro da Semana Social Brasileira, animador do Grito dos Excluidos... e por aí vai. Tais ações me inspiraram e me conduziram a agir também nas área sociais, ambientais, culturais e politicas: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Conselho Tutelar, Associação Comunitária, Federação das Entidades Comunitárias, Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Comissão Municipal de Convivência com o Semiárido,  Fórum Cearense pela Vida no Semiárido, Rádio Comunitária, Partido dos Trabalhadores, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Instituto de Desenvolvimento Familiar, Consórcio de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local,  Campanha da Cidadania Contra a Fome e Pela Vida, Comissão da Semana das Águas, Cooperativa da Agricultura Familiar do Maciço de Baturité, Rede de Produção Agroecológica do Maciço de Baturité, Associação de Missionários e Missionárias do Nordeste, Encontro de Produtores Orgânicos do Nordeste, Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Território Maciço de Baturité, Grupo dos Devotos do Padre Zé Maria, Programa Raízes do Sertão, Incubadora Tecnológica de Economia Solidária da Unilab... e tantas outras ações com as quais tenho me envolvido, sempre na busca de fazer o bem para as pessoas...

Nesses diversos espaços, conheci e convivi com pessoas especiais, maravilhosas, incríveis e inesquecíveis. Para citar algumas que lembro no momento: Dom Aloisio Lorscheider, Dom Antonio Fragoso, Dom Pedro Casaldáliga, Dom Geraldo Nascimento, Dom Edimilson Cruz, Dom Plinio Luz, Padre Zé Maria, Padre Haroldo Coelho, Padre Moacir, Padre Fayos, Padre Carlos Alberto, Padre Ermano Alegri, Padre Pedro Rubens, Freir Martins, Frei Dimas, Irmã Valdineia, Irmã Neiva Sampaio, Irmã Elizabete, Irmã Clarice, Irmã Cleide, Irmã Tereza Cristina, Irmã Rosalba, Irmã Neuba Maciel, Irmã Jane, Irmã Matilde, Padre Eudázio, Zé Vicente, Seu Fernand, Dona Zélia, Seu Alberto, Zé Martins... e muitos e muitos outros padres, freiras, militantes, missionários, agentes, jovens, idosos, homens e mulheres incríveis, que me ajudaram e ajudam a ter uma visão ampla da fé, do mundo, da sociedade, da igreja, da realidade... Pessoas que nos ensinaram que “quem não vive para servir, não serve para viver”. Muitas e boas amizades, foram construídas nesta caminhada, entre tantas, destaco meu melhor amigo, Paulo Roberto Girão Lessa (O Beto). Até mesmo a Silvia Carmen, minha amada esposa, conheci num evento das comunidades, ainda nos anos 90 em Baturité.

O Dia Sagrado em que assumi pela primeira vez a coordenação de uma reunião com as crianças do catecismo, sem a presença de um adulto, foi o 20 de agosto de 1983, um sábado as quatro horas da tarde, no oitão lá de casa em Lagoa de São João - Aracoiaba. Esta data é para mim um marco, pois é um dia especial. E nesta segunda feira, dia 20 de agosto de 2018, quero agradecer ao nosso Bom e Maravilhoso Deus, pela minha vocação de Missionário e Seu servidor, ao longo desses 35 anos. Peço a Ele, que me conceda, as graças da fé, da esperança, da ousadia e do compromisso, para manter-me sempre fiel a esta vocação do serviço aos irmãos. Pois já que não fui ser padre, como mamãe tanto desejava, a vocação do serviço, da missão e do compromisso com a construção da nova sociedade, pela qual Jesus Cristo muito lutou e deu a própria vida, não posso e nem quero abrir mão de estar sempre a serviço.

Rendo Graças a Deus por esses 35 anos de caminhada e também aos amigos e aos familiares, que me apoiaram e apoiam nesta longa e difícil jornada. E peço todos e todas que rezem por mim, para que eu consiga manter-me firme e comprometido com tal propósito. Estamos em agosto que é mês vocacional, vale lembrar que serviço aos irmãos e a luta pela justiça e pela construção de um mundo melhor, é a vocação de todas as pessoas. Quero continuar carregando comigo, um lema de vida, que escolhi em 1990: “POR AMOR ÀS COMUNIDADES”.

MUITO OBRIGADO!!

Silvanar Soares Pereira
“Por Amor às Comunidades”

Fenômeno do forró, Jonas Esticado terá música com Gusttavo Lima

O cantor se apresentou pela primeira vez no festival de Barretos na madrugada de sábado (18)
© Divulgação
O cantor cearense Jonas Esticado, 23, está na fase final da preparação de sua nova canção "Dorflex". Em parceria com Gusttavo Lima, a nova música estará no novo DVD do cantor que será gravado até novembro.

"Forró e sertanejo sempre se uniram mas outros estilos também, como funk e música eletrônica. Porém, os dois estilos sempre tiveram uma mistura bem legal, essa função de massa. E é algo que costumo fazer no repertório, pegar uma música do sertanejo sem perder a pegada do forró", disse Esticado, antes de se apresentar no 63ª edição da Festa do Peão de Barretos, no interior paulista.

Considerado o novo fenômeno do forró, Jonas Esticado se apresentou pela primeira vez no festival de Barretos na madrugada de sábado (18). "Participei de vários outros festivais mas nunca nesse clima aqui.

Estou muito feliz por passar por essa nova experiência."

O cantor afirmou ainda que a música "Dorflex" está em fase final de gravação dependendo apenas da agenda de Gusttavo Lima para finalizar. A nova canção será divulgada até final de setembro, antes da gravação do terceiro DVD, que deve acontecer até novembro em São Paulo ou Goiânia. O cantor já tem dois DVDs produzidos.

"A gente está sempre fazendo essa mistura legal e o pessoal gosta", disse Jonas sobre as parcerias musicais, entre elas com o cantor Jorge, da dupla com Mateus. Eles gravaram "Com Amor Não Se Brinca". Além dele, o cantor gravou também com Matheus e Kauan, Dorgival Dantas, Wesley Safadão e Xand da Banda Aviões do Forró entre outros.

Nascido em Juazeiro do Norte, Jonas Esticado foi convidado pelo empresário Yury Bruno a ser vocalista da Banda Forró Esticado, em 2014. Dois anos depois, o cantor começou a sua carreira solo com o EP Jonas Esticado ao Vivo, gravado em Crato (CE). Com informações da Folhapress. 

Ministério Público Eleitoral opina pela inelegibilidade de Lula e pede para TSE recusar a candidatura

Questionamentos à candidatura do ex-presidente serão analisados no tribunal. Para o Ministério Público Eleitoral, Lula, preso em Curitiba, não pode concorrer em razão da lei da Ficha Limpa.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
(Foto: Reprodução/JN)
O vice-procurador geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, apresentou parecer nesta segunda-feira (20) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo para a Corte negar o registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

A manifestação foi apresentada em quatro ações de inelegibilidade apresentadas por cidadãos que questionam o pedido de registro de Lula no TSE.

O ex-presidente está preso desde abril em Curitiba, condenado pela segunda instância da Justiça no caso do triplex do Guarujá a uma pena de 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro.

Os pedidos contra a candidatura afirmam que Lula se enquadra nos critérios de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa. Pela lei, fica impedido de concorrer na eleição quem tiver sido condenado por órgão colegiado, como é o caso de Lula.

“Com efeito, candidato está inelegível, e o mesmo fato fundamenta a impugnação apresentada pelo Ministério Público Eleitoral”, diz Medeiros.

No parecer, o vice-procurador pede o “reconhecimento da causa de inelegibilidade” e reitera os argumentos já apresentados pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que impugnou (apresentou questionamento) a candidatura na semana passada.

O relator de todas as impugnações é o ministro Luís Roberto Barroso, que ainda não se manifestou sobre o registro de Lula.

LEIA MAIS EM...

FRANGO COM LEGUMES PARA UM ALMOÇO RÁPIDO E FÁCIL - RECEITAS DA VÓ LURDES

..

Olá amigas e amigos, a vó Lurdes está participando de um desafio da QUERO para fazer uma receita fácil e rápida para um almoço ou jantar. Nesse vídeo você vai aprender a fazer um frango com seleta de legumes e molho de tomate muito saboroso e prático. Faça você também o desafio QUERO e marque com a hashtag #Desafioquero para a vó acompanhar as receitas nas redes sociais. Confira abaixo os ingredientes: 1/2 de frango cortado em cubinho 1 seleta de legumes QUERO 2 colheres de molho de tomate de majericão QUERO 1 pontinha de colher de sal 1 colher de vinagre 2 colheres de azeite 2 dentes de alho pimenta á gosto
VEJA MAIS EM...

SENTA AÍ QUE LÁ VEM RECEITA

Remédios naturais para tratamento da insônia

Conheça aqui alguns chá e tratamentos naturais para combater a insônia. Aprenda a diferença entre os subtipos de insônia, as suas principais causas e quais doenças, hábitos e medicamentos podem estar associadas ao desenvolvimento de insônia.
Camomila
Estima-se que 1 a cada 5 pessoas sofre com um distúrbio caracterizado pela dificuldade persistente de dormir e manter-se dormindo: a insônia. A insônia é um problema severamente associada as cobranças sociais e as agendas apertadas da atualidade, uma vez que a comorbidade mais comum da insônia é a ansiedade e/ou o vício no trabalho.
A falta de sono pode ser geradora de inúmeros problemas que comprometem a qualidade de vida da pessoa, como: Extremo cansaço, Alterações e distúrbios no humor, Falta de energia e Diminuição do rendimento e desempenho no trabalho ou estudos
Nesse artigo você aprenderá mais sobre a insônia, como seus subtipos e características principais e receberá algumas dicas de remédios naturais para tratar em casa esse problema cada vez mais comum. Boa leitura!

Tipos de insônia

De acordo com alguns estudos recentes, existem três subtipos comuns de insônia. Veja aqui as principais características de cada um deles e descubra qual está associado ao seu problema.
Insônia transiente: Esse subtipo de insônia costuma durar no máximo 3 semanas, sendo considerada um nível leve do distúrbio do sono.
Insônia crônica: A insônia crônica é caracterizada como o distúrbio de sono que ocorre há mais de 3 semanas de forma recorrente. Esse subtipo de insônia costuma estar menos associado a problemas pontuais na vida da pessoa, sendo que nesse caso o mais comum é o desenvolvimento da insônia transiente.
Insônia intermitente: Essa modalidade de insônia ocorre quando o sujeito passa por crises de insônia de curta duração que se repetem ao longo de espaços longos de tempo. Por exemplo: uma pessoa que tenha insônia durante uma semana e depois de um ou dois meses sem esse problema, o distúrbio retorne.
Além disso, a insônia pode acontecer por si só ou fazer parte de tipo de condição clínica, distúrbio psiquiátrico ou como efeito colateral do uso de algumas drogas, em especial de alguns medicamentos farmacêuticos.

Remédios naturais para tratamento da insônia

Algumas ervas servem como remédios naturais que auxiliam no tratamento da insônia. Geralmente, estas ervas podem ser ingeridas em forma de cápsulas, chás, tinturas ou pós que são encontrados em lojas de produtos naturais.
É importante lembrar que, mesmo que naturais, o tratamento com essas ervas são considerados medicamentos e podem gerar efeitos colaterais. Por isso é importante o acompanhamento profissional adequado.

Camomila

A Camomila é rica em glicenia e por isso é uma erva muito benéfica para os casos de ansiedade, estresse e insônia.
É recomendável que os pacientes que tomam medicamentos para depressão entrem em contato com seu médico antes de fazer uso do Chá de Camomila, uma vez que podem haver interações entre as substâncias.
Para o Chá de Camomila basta deixar a erva em infusão na água fervente por pelo menos três minutos. Depois, é só coar e o chá está pronto para o consumo.
LEIA MAIS EM...

Evangelho do dia

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 19, 16-22
- Aleluia, Aleluia, Aleluia.
- Felizes os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus (Mt 5,3);

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:
Naquele tempo, 16alguém aproximou-se de Jesus e disse: “Mestre, o que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?” 17Jesus respondeu: “Por que tu me perguntas sobre o que é bom? Um só é o bom. Se tu queres entrar na vida, observa os mandamentos”. 18O homem perguntou: “Quais mandamentos?” Jesus respondeu: “Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, 19honra teu pai e tua mãe e ama teu próximo como a ti mesmo”. 20O jovem disse a Jesus: “Tenho observado todas essas coisas. O que ainda me falta?” 21Jesus respondeu: “Se tu queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”. 22Quando ouviu isso, o jovem foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor


FONTE: ARAUTOS DO EVANGELHO

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK