PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Tudo se acaba. Tudo se transforma. Vida que se vai.

RUFINO SILVA / FACEBOOK
Tudo se acaba. Tudo se transforma. Vida que se vai. Sonhos que se desfazem na curva do tempo e na posteridade das nossas fantasias que se esvai do nada, no infinito do tempo e nos desencantos desse intermeio do nada e do fim.
Cai a tarde. Os sonhos se desfazem na mistura dessa curva que só traz a palavra adeus e no pronunciar desse final desse giro da tarde e desse sentimento amargo de se perder e nada ter. Vai chegar a noite na noite que se vai sem rumo, tal qual um vate errante que busca se encontrar, mas é em vão, meu olhar sem rumo tenta encontrar pelo menos um vulto e essa sombra é você não existe mais. Morreu...11.04.2019. Quinta feira. Meu fim de tarde.

LEIA MAIS EM:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

Ministra da Agricultura diz que brasileiros não passam fome porque há muita manga no País

..
FONTE DO VÍDEO: Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentáve. Tereza Cristina, Ministra da Agricultura

A declaração foi dada em sessão na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados
Durante sessão na Câmara dos Deputados nessa terça-feira, 9, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o brasileiro não passa muita fome porque há muitas mangueiras no País.
"A agricultura, para países que já tiveram guerra, que já passaram fome, para eles é segurança nacional. Nós nunca tivemos guerra, nós não passamos muita fome, porque nós temos manga nas nossas cidades, nós temos um clima tropical. Então, aqui nós temos miséria, sim. Nós precisamos tirar o povo da miséria. Mas esses países têm muito apreço pelos seus produtores", disse Tereza Cristina.
A declaração da ministra pode ser vista no vídeo acima (12 minutos e 5 segundos)
Tereza Cristina estava em sessão na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara. Também houve questionamentos sobre assuntos ligados ao Ministério da Agricultura, como a liberação dos agrotóxicos, subsídios para produtores e os pagamentos por serviços ambientais.

Governo quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição.

“Daqui a dois anos, o botijão de gás vai chegar na metade do preço na casa do trabalhador brasileiro. Vamos quebrar esses monopólios e vamos baixar o preço do gás e do petróleo com a competição”, disse Guedes.

Ao participar da 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em Brasília, Guedes disse que o monopólio da Petrobras no refino do gás torna o preço do produto mais caro no Brasil. O ministro afirmou ainda que a solução para a falta de recursos vem do petróleo, especificamente da exploração da camada do pré-sal.

O ministro também disse que vai trabalhar para que a maior parte da arrecadação dos recursos arrecadados no país fique com os municípios. “Hoje, 65% é da União, 35% de estados e municípios. No futuro, 70% tem que ser de estados e municípios. Mas não é daqui a vinte anos, é pra agora”, disse.

Como ter a carteira de trabalho digital no celular

Veja como ter a sua carteira de trabalho digital no Android ou iPhone para poder levá-la para qualquer lugar quando precisar
..
Cada vez mais os documentos impressos estão perdendo um pouco de seu lugar, ganhando versões digitais para serem utilizados em celulares com uma série de benefícios. O seu uso é geralmente prático, sendo que na maioria dos casos, você precisará fornecer apenas dados básicos para tê-los, como o seu RG, CPF e outros dados pessoais.

Um destes documentos, por sua vez, fica para a carteira de trabalho digital, que já pode ser utilizada em celulares com o Android ou iOS, o sistema do iPhone. A seguir, veja como obter a sua carteira digital para usar no celular.

Como funciona a carteira de trabalho digital

Diferente do que ocorre com alguns outros documentos, como o título de eleitor, inicialmente a carteira de trabalho digital ainda não substitui por completo a carteira de trabalho impressa. O seu foco, ao menos por enquanto, consiste em agilizar alguns processos como o acesso a informações de qualificação civil e de contratos de trabalho.

Além destes benefícios, mais informações sobre como a carteira de trabalho digital funciona podem ser vistos no portal Emprega Brasil – Ministério do trabalho.

Como ter a carteira de trabalho digital no celular

A carteira de trabalho digital é obtida através de um aplicativo no celular, sendo que para usá-la, é necessário possui um cadastro no site do cidadão.br. Confira como fazer o processo:

1. Acesse a Google Play ou a App Store e realize o download do aplicativo CTPS Digital;

2. Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, prossiga com a explicação de como ele funciona;

DVD FESTIVAL SERTANEJO 2019 - As Melhores Sertanejas 2019


FONTE DO VÍDEO: 
VEJA MAIS EM...

Eficácia para tratar AVC é maior nas primeiras horas de sintomas

Para evitar sequelas causadas pela doença, incluindo o óbito, é necessário chegar ao hospital o mais breve possível, uma vez que os tratamentos são mais eficazes se conduzidos nas primeiras horas após a identificação dos sintomas. Segundo especialista, o principal objetivo é desobstruir a artéria
O AVC pode ser isquêmico, quando um coágulo entope
 uma artéria, ou hemorrágico
A sensação alarmante de identificar no rosto ou nos movimentos de alguém os sinais característicos de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) traduz, em parte, a urgência que caracteriza a doença. Para tratar, cada minuto conta. A maior eficácia do atendimento ocorre quando o paciente recebe os cuidados nas primeiras horas em que os sintomas são identificados. 

Classificado em dois tipos principais, o AVC pode ser isquêmico, quando um coágulo entope uma artéria, ou hemorrágico, quando uma artéria se rompe e forma o sangramento dentro do cérebro.

O neurologista Francisco Mont’Alverne, do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e do Hospital São Mateus, explica que a primeira categoria é mais frequente, tomando 80% dos casos registrados no Ceará. “Quando se obstrui um vaso, à medida que o tempo passa, você tem a morte de 2 milhões de neurônios por minuto. Então, o principal objetivo é reabrir o vaso”, esclarece Mont’Alverne. De acordo com o médico, no Ceará, uma pessoa morre a cada hora em consequência de AVC.

LEIA MAIS EM...

Mais da metade dos municípios cearenses têm matadouros fechados

O alto número preocupa o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) do Ceará. O receio está ligado à existência de matança clandestina nessas cidades sem abatedouros, o que pode afetar a saúde da população
O Matadouro Público de Quixadá recebeu obras de adequação
 há um ano, mas continua fechado, aguardando inspeção
 para possível liberação - Foto: Alex Pimentel
Um problema recorrente no interior do Ceará é o abate de animais de grande e de pequeno portes (bovinos, suínos, ovinos e caprinos) de forma irregular, ou seja, sem a devida fiscalização sanitária. No Estado, há 96 matadouros interditados e/ou desativados. Outros 48 abatedouros municipais estão em atividade por meio de gestão pública, nove foram concedidos à iniciativa privada, além de oito particulares em funcionamento. Os dados são do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) do Ceará, que mostra preocupação com a existência de matança clandestina (carne de moita) e a saúde da população.

Segundo o presidente do CRMV, Célio Pires Garcia, a prioridade dos gestores municipais deve ser a saúde da população. "Essa questão para ser enfrentada depende de decisão política, de combate efetivo. Se houver fiscalização nos pontos de comercialização, a carne só pode ser vendida com carimbo da inspeção sanitária".

A carne vendida nos balcões dos mercados acaba
 ficando mais cara devido ao deslocamento para
o abate dos animais - Foto: Alex Pimentel 
O número de espaços interditados é mais do que a metade dos municípios cearenses (52%). Muitos não apresentam condições mínimas de funcionamento, como curral pavimentado, matança humanitária com uso de pistola pneumática, presença de médico veterinário, condução da carcaça por via área - a carne não pode ter contato com o piso -, disponibilidade de água e adequado escoamento dos resíduos em questão.

"Quando não encontramos as condições mínimas de funcionamento, solicitamos ao Ministério Público a interdição da unidade", explicou Célio Pires. Outros órgãos, como a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri) têm o poder de fechamento de abatedouros por descumprimento de legislação do Ministério da Agricultura e Pecuária, de normas ambientais e de sanidade animal.
LEIA MAIS EM...

Cearenses movem 304 ações para reaver poupanças

Após quase 30 anos, poupadores ainda lutam para resgatar dinheiro perdido durante planos Bresser, Verão e Collor II. Tribunal de Justiça realiza mutirão no dia 31 de maio
Os valores das ações variam, dependendo de quanto
 a pessoa tinha na poupança, bem como o plano
econômico vigente na época
- Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Depois de quase 30 anos, desde o lançamento do Plano Collor II, muitos cearenses ainda aguardam na Justiça decisões para reaver o dinheiro perdido das poupanças daquele período. Para tentar resolver a questão, acontece em Fortaleza, no dia 31 de maio, um mutirão de adesão ao acordo coletivo de processos envolvendo a temática dos “expurgos inflacionários”, que são demandas ajuizadas por poupadores que protestaram valores perdidos nos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990 (Bresser, Verão e Collor II). 

Segundo o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), estão agendados 304 processos, de primeiro e segundo graus de jurisdição. Os bancos participantes do mutirão são Banco do Brasil, Bradesco e Itaú. De acordo com o defensor público, Carlos Levi Costa Pessoa, para se habilitar, um poupador já teria que ter um processo tramitando judicialmente. 

“É sempre interessante fazer a atualização desse cálculo para saber quanto teria direito a receber caso o processo fosse julgado. Eu tenho observado que os acordos oferecidos pagam entre 30% e 40% do valor que a pessoa teria direito a receber. O interessante de quem quer fazer o acordo é que recebe a quantia em torno de 30 dias. Porém, há situações que os pagamentos ficam muito abaixo do que a pessoa teria direito a receber”. 
LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK