PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Maior abelha do mundo volta a ser encontrada depois de 40 anos

A maior abelha do mundo mede 6 cm e é do tamanho do dedão de um adulto. Descoberta na Indonésia, a espécie estava desaparecida há 40 anos!
.
Se você tem medo de insetos – de abelhas, especificamente -, melhor nem ler essa matéria. Ou você vai querer saber que a maior abelha do mundo mede 6 cm e é do tamanho do dedo polegar de um adulto?

Como parâmetro de comparação, considere que na espécie das abelhas sem ferrão o corpinho das operárias têm menos de 2mm.  No caso da abelha cortadeira, que era considerada a maior do mundo até então,  as fêmeas podem atingir um comprimento de 39 mm (1,5 polegadas). Entendeu quão gigante essa abelhona é?

Apesar de parecer assustador, encontrar esse inseto tão grande foi comemorado pela Ciência. Isso porque a chamada abelha-gigante-de-wallace (Megachile pluto), nome oficial da maior abelha do mundo, chegou a ser dada como extinta.
.
A grandalhona desse post, no caso, foi descoberta no arquipélago das Molucas do Norte, uma ilha pouco explorada da Indonésia. Foram dias de busca e os especialistas encontraram uma única fêmea viva no lugar.

Só para que você tenha noção da importância da descoberta, a última vez que um espécime da maior abelha do mundo foi vista na natureza foi em 1981. Ou seja, há 40 anos.

Como vive a abelha-gigante-de-wallace?

A espécie foi descoberta em 1858, pelo naturalista e explorador britânico Alfred Russel Wallace. Ele, para quem não se recorda, foi o braço direito de Charles Darwin da teoria da evolução.

E, sobre a grandalhona em questão, o ilustre cientista chegou a descrevê-la  como “um inseto grande parecido com uma vespa preta, com mandíbulas imensas como um escaravelho”.

De acordo com especialistas, as fêmeas da maior abelha do mundo fazem ninhos em cupinzeiros e usam suas poderosas mandíbulas para fazer a coleta de resina de árvores que forram os ninhos. É exatamente isso que não permite que os cupins invadam a “casa” delas.
.
Para sobreviver, essas abelhas dependem de flores de matas virgens de baixa altitude, que fornecem a elas alimentos e a tal resina que mencionamos. O desaparecimento dessas áreas, com certeza, é um dos grandes motivos por trás do sumiço da espécie.

Em busca de insetos “perdidos”

Foi seguindo os passos do grande cientista (Wallace), que a expedição da Universidade de Princeton (EUA) pela Indonésia chegou até a Megachile pluto em janeiro.

Para os pesquisadores, foi emocionante reencontrar o inseto sobre a qual a Ciência já não tinha mais certeza da existência. O fotógrafo da expedição, Clay Bolt, especialista em história natural, chegou a descrever a abelha como um “buldogue voador” devido ao seu tamanho.

“Ver de fato o quão bonita e grande a espécie é na natureza, ouvir o som das suas asas gigantes batendo ao passar pela minha cabeça, foi simplesmente incrível”, acrescentou em entrevista à BBC.
Clay Bolt, especialista em história natural
Existem mais da maior abelha do mundo?

Ainda não se sabe, mas os pesquisadores da expedição esperam que as florestas dessa região na Indonésia abriguem outros desses insetos raros. Eles esperam que a descoberta estimule pesquisas sobre o ciclo de vida da abelha-gigante-de-wallace e que sirva de base para novos esforços em protegê-la da extinção.

Aliás, a organização ambiental Global Wildlife Conservation (GWC), em apoio à expedição, lançou uma caçada mundial por “espécies desaparecidas”.
Fonte: BBC

Sobe para quatro o número de açudes no Ceará que atingem 100% da capacidade

Outros oito açudes estão com volume acima de 90%.
Açude Maranguapinho foi o primeiro da Região
Metropolitana a sangrar — Foto: Reprodução/TV DN
Com as chuvas acumuladas dos últimos dias, sobe para quatro o número de açudes no estado que estão com 100% da capacidade. O Maranguapinho, localizado no município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, sangrou neste sábado (23), segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Os açudes que estão com 100% de sua capacidade são: Maranguapinho, em Maranguape, Germinal, no município de Palmácia; Tijuquinha, em Baturité; e São José, na cidade de Boa Viagem. Oito açudes estão com volume acima de 90% e 103 açudes estão com sua capacidade abaixo de 30%.

Os maiores açudes do Ceará, no entanto, seguem em situação crítica. O Castanhão, principal reservatório a abastecer a Grande Fortaleza, tem apenas 3,46% da capacidade máxima. Já o Orós, segundo maior açude do estado, tem 5,39% do volume máximo.

Fenda na parede do açude traz riscos a Localidade de Pedra Branca

FENDA NA PAREDE DO AÇUDE
População da localidade de Pedra Branca, em Aracoiaba constatou uma fenda na parede do açude do município que traz riscos. A tendência de aumento do volume de água, nesse período chuvoso que se estende geralmente até Abril, traz grandes preocupações a moradores desta comunidade. Segundo o bombeiro da região, que toma de conta deste açude e populares, a fenda teve origem devido um vazamento que ocorreu no local do registro da tubulação que existe para abastecer a comunidade.

LEIA TAMBÉM: Aprovada a construção do sangrador do açude de Várzea da Onca/Ideal

A população vem clamando uma posição a Prefeitura de Aracoiaba e as autoridades da região há dias.

Neste final de semana, o Ver. Sidney Brasil – PDT atendeu o pedido e foi visitar a localidade e analisar o problema de perto.

Na ocasião, o mesmo se comprometeu em enviar um Projeto. De Indicação a Câmara Municipal solicitando a máquina retroescavadeira e uma equipe da secretaria de obras para solucionar o problema.

POR POLÍTICA ONLINE  - ARACOIABA DE CARA NOVA

Aprovada a construção do sangrador do açude de Várzea da Onca/Ideal

sangrador do açude da emergência
A comunidade de Várzea da Onça/Queimadas, zona rural do Distrito de Ideal vem sofrendo no período de chuva, todos os anos, ou seja, um problema antigo, que parece que agora vai ser resolvido.

O sangrador do açude da emergência, quando transborda, impede a passagem na estrada que liga Várzea da Onças a Lagoa Grande, isolando comunidades, fora a destruição nas casas próximas, com a forte passagem d’água.

LEIA TAMBÉM: Fenda na parede do açude traz riscos a Localidade de Pedra Branca

Através da ação política e empenho do Ver. Sidney Brasil – PDT esse sonho pode ser tornar realidade, uma vez que já realizou visita ao local com a equipe técnica da Sec. De Obras do município, no qual esteve presente, o próprio secretário de obras, Sr. Mardônio, vistoriando o local que deverá ser construído um sangrador, ou seja, um espécie de bueiro transversal a estrada, todo em concreto.
Enquanto o orçamento está sendo preparado pelo secretário, o Vereador, de maneira hábil e eficiente, já submeteu o Projeto de Indicação N° 001/2019 a aprovação no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Aracoiaba, tendo a sua aprovação por unanimidade. Agora, já está nas mãos das autoridades do Poder Executivo, essa demanda tão esperada por aqueles que por ali, passam!

Depredado e com tapume, relógio da Sé está parado há meses

.
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O tempo parou na praça da Sé. Passe o leitor ali às 6h, com centenas de pessoas saindo da estação de metrô, passe às 20h, com centenas de pessoas entrando na estação de metrô, os ponteiros do relógio da praça que marca o ponto zero da cidade de São Paulo vão continuar registrando 7h10.

Um relógio fabricado em 1910 e instalado em 1978 na praça da Sé, centro da capital paulista, está parado desde outubro porque o relojoeiro responsável não consegue mais dar corda nele. 

A torre do relógio, de vidro, foi invadida por moradores de rua. Um tapume foi colocado para evitar sua depredação e, agora, ninguém mais entra –seja para dormir, seja para acertar as horas.

Por 40 anos, a cada cinco ou seis dias, Augusto Fiorelli, 59, subiu as escadas da torre, abriu um alçapão, deu corda em uma manivela que eleva pesos de 80 kg e 120 kg, lubrificou engrenagens, acertou as horas e lustrou o sino que tocava a cada meia hora, num trabalho que lhe tomava cerca de 15 minutos por visita.

“Quando saio do metrô, me dá até uma tristeza em ver esse relógio parado assim”, diz ele à reportagem, por volta das 9h20 de terça-feira (19).

Dezenas de pessoas sem casa escolhem a praça da Sé para dormir ou para passar o dia. No fim do ano passado, os sem-teto quebraram a porta de vidro da torre do relógio e se abrigaram lá do sol e da chuva. Para evitar mais depredações, a prefeitura fechou o local com um tapume, mas ainda é possível ver vestígios de ocupação, como garrafas e cacos de vidro.

Com as constantes depredações, a Potenza Engenharia, que faz a manutenção da praça para a Prefeitura de São Paulo e que paga o salário de Fiorelli, anunciou à administração municipal que não havia mais segurança para fazer a manutenção.

A gestão Bruno Covas (PSDB) disse à Folha que busca parceria para colocá-lo novamente em funcionamento. E ainda que “equipes realizam diariamente busca ativa em toda a cidade, mas não podem obrigar as pessoas a aceitarem os serviços ofertados pela rede socioassistencial”.

A sorte, afirma Fiorelli, é que para acessar o maquinário do relógio, que está no alto da torre, é necessário abrir um alçapão que fica trancado. “Se não, já teriam vendido um relógio de 1910 em um ferro velho”, conta.

Ageniro Passos, 40, desde os 29 na rua, prefere dormir embaixo de um viaduto próximo dali enquanto não consegue juntar dinheiro para voltar à Bahia, mas entende porque alguns escolhem a torre do relógio como casa. “O pessoal dorme aqui mesmo, tem que se esconder da chuva de algum jeito”, diz.

Com um colete amarelo “compro e vendo ouro”, Josué Marques da Silva, 63, que trabalha na praça há 30 anos, diz que viu invadirem “umas cinco vezes. Quebra, arruma, quebra, arruma”, diz, e destaca que a poucos metros do relógio há uma base da Guarda Civil Metropolitana, responsável pela segurança do patrimônio público, e outra da Polícia Militar.

Fiorelli conta que as invasões sempre foram comuns, mas que o relógio nunca ficou parado por tanto tempo. “Às vezes tinha fuga na Febem [atual Fundação Casa] no Tatuapé, a molecada fugia aqui para a praça e ficava cheirando cola. Quando eu abria a porta para dar corda no relógio, eles subiam e se sentavam nas escadas. Tinha que ficar insistindo para saírem e, às vezes, precisava até da polícia.”

Fiorelli chegou cinco minutos antes da hora marcada para conversar com a reportagem. Ele é um homem baixo, magro e de fala calma, que usa um relógio no pulso e conserta outros em sua relojoaria a um quarteirão da praça, na rua Venceslau Brás.

O ofício aprendeu com o avô, também Augusto Fiorelli, que tinha uma relojoaria na praça da Sé desde os anos 1940. Em 1976, o relógio parado, fabricado em Londres há 109 anos, foi encontrado em uma caixa em um prédio no Brás desapropriado pela extinta Empresa Municipal de Urbanização.

Com a inauguração da estação de metrô da praça da Sé, em 1978, e a revitalização do local, a família Fiorelli foi convidada para fazer a manutenção do relógio instalado ali. Hoje, o relojoeiro neto cuida ainda de outros 11 relógios vistosos da cidade, como o da Estação da Luz e o da Faculdade de Direito da USP, além de restaurar outros pelo interior de São Paulo e de Minas Gerais.

Se Fiorelli não for a cada cinco dias elevar o cabo de aço do relógio mecânico, o sino para de tocar. Se passar do sexto dia, o ponteiro também não se move mais. “Agora está assim. Desde outubro são 7h10.”

TENHO TATUAGEM POSSO SERVIR O EXÉRCITO BRASILEIRO?

Sérgio Moro se reúne com executiva do WhatsApp: colaboração à frente?

Não há como saber exatamente o que foi discutido nessa reunião, porém, detalhes revelados apontam que seria para tratar de questões de sigilo do aplicativo
Compartilhe com seus seguidores
Na última segunda-feira, 18, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se reuniu com Victoria Grant, vice-presidente de políticas públicas do WhatsApp, para falar sobre o acesso a informações do aplicativo para auxiliar em investigações. Na ocasião, Victoria também ressaltou as medidas que a empresa está tomando para colaborar com a justiça no Brasil.

Entre as medias citadas, a vice-presidente falou sobre o esforço da companhia em se comunicar em português para responder aos pedidos das autoridades com maior rapidez e com dados precisos para colaborar com o que for solicitado. Além do WhatsApp, membros da pasta também se reuniram com representantes do Facebook Brasil.

A real natureza dessa reunião ainda é uma incógnita. Porém, o WhatsApp já foi bloqueado pela justiça brasileira em algumas ocasiões devido ao não cumprimento de solicitação das autoridades para quebra de sigilo. Na época, a empresa afirmou que não havia a possibilidade de entregar as mensagens privadas de seus usuários, devido à criptografia de ponta-a-ponta.

Há algumas semanas, o ministro Moro apresentou o anteprojeto de Lei Anticrime, e a discussão sobre o tema voltou a acontecer. No texto, o ministro pede uma mudança na Lei de Interceptação Telefônica. A ideia é que, durante investigações criminais, possa se fazer o monitoramento em tempo real de conversas em plataformas de Internet e aplicativos de mensagens over-the-top (OTT) como o WhatsApp. Ao que tudo indica, este pode ter sido o motivo desta "visita".
Fonte: Folha de São Paulo

A MELHOR DESCULPA QUE JÁ OUVI

HORA DO RISO
O executivo saiu do escritório às 18h, quando viu a sua secretária   nenhum ponto de ônibus.
Was falling a maior chuva.  
Ele parou e perguntou: - Você quer uma carona?
- Claro ...Respondeu ela, entrando no carro.  
Chegando no chão onde ela morava, ele parou o carro para que   ela saísse e ela o convidou para entrar.  
- Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?  
- Não, obrigado, tenho que ir para casa ...  
- Imagine, o Sr. foi tão gentil comigo, suba um pouquinho. 
Ele subiu, jogando com o pedido da moça.  
Ao chegarem lá, enquanto ele tomava seu drink, ela foi para o quarto enxugar-se e voltou, toda gostosa e perfumada. 
Deixou antever um belíssimo par de coxas debaixo do babydoll, escondendo uma bunda escultural, das mais desejadas.  
Uma lingerie fio dental que usava, inspirava que a noite poderia   ser inimaginável !!  
Depois de algumas bebidas, quem pode agüentar?  
Ele caiu literalmente ...
Transou com uma secretaria de todas as formas.  
Estava bom DEMAIS !!!
Após intensa atividade sexual, acabaram adormecendo.
Por volta das 6h da manhã, ele acordou e olhou no relógio. 
O maior susto !!! ...
Pegou o telefone, discou o número de sua casa e aos berros, disse a quem atendeu:   
- NÃO PAGUE O RESGATE !!! ... 

LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK