PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 9 de abril de 2019

Gardenia e Ataslan visitam o Rio Candeia

.
FONTE DO VÍDEO
Era tarde de Terça-feira, 09/04/19. Recebi a visita de uma pessoa maravilhosa chamada, Gardênia, juntamente com seu parceiro Ataslan Monteiro Convidei-os para irmos conhecer o Rio Candeia. Ao chegarmos lá, os mesmos não resistiram e se jogaram nas águas do Rio Candeia.

VEJA MAIS VÍDEOS E IMAGENS DO RIO CANDEIA...

A generosidade faz parte do sentimento que se fala e escreve com o coração!

RUFINO SILVA / FACEBOOK
A generosidade faz parte do sentimento que se fala e escreve com o coração! Refiro me a um dos mais talentosos blogueiros do Brasil. Trata se do gênio nessa área. Joseni Parceiro. Muita técnica, estrutura virtual na internet, criativo, sobretudo de uma cultura invulgar, tudo isso sem ter sentado em nenhum banco universitário. Esse e o perfil do campeão em visitas, curtições e compartilhado, nas postagens nesse blog tão bem comandado por esse humilde clínico geral das tão visitadas redes sociais nesse mundo de meu Deus. JOSA PARCEIRO. Aproveito o ensejo, para agradecer penhoradamente esse espaço único e agradecer a inclusão por duas vezes, nos destaques desta semana que se encerra hoje, domingo, 09.04.2017. Dobra sobremodo, a minha modesta responsabilidade em conduzir meus despretensiosos e modestos alfarrábios e escritos! Abraços, meu amigo parceiro, talvez um mais lidos e pesquisados nesse Brasil de meu Deus. 09,04.2017...
Domingo. Manhã. Fica com Deus, meu irmãozinho e conterrâneo de Aracoiaba.

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

As 7 situações cometidas no WhatsApp que podem banir sua conta

.
O serviço de mensagens instantâneas tem uma série de restrições que muitos desconhecem. O WhatsApp gerencia uma lista de "termos e condições" quando uma nova conta é criada. Neste momento, o usuário aceita as condições de uso.

"Nossos Serviços têm que ser utilizados de acordo com os nossos termos e políticas publicados. Se desativarmos a sua conta em decorrência de violação dos nossos Termos, você não criará outra conta sem a nossa permissão", afirmou.

Entre as várias regras, conforme revelou o site Daily Trend, cometer estas ações no WhatsApp pode acabar banindo sua conta do app. 

Confira:
– Criação e divulgação de 'notícias falsas' (fake News)
– Compartilhar conteúdo erótico
– Violação de direitos dos usuários
– Envio em massa ou automático da mesma mensagem
– Envio de códigos maliciosos
– Modificação de trabalhos e processos da aplicação
– Uso de versões piratas ou não autorizadas

Também não são aceitas ações obscena, difamatória, ameaçadora, intimidadora, assediante, odiosa, ofensiva em termos raciais ou étnicos, ou instigue ou encoraje condutas que sejam ilícitas ou inadequadas, inclusive a incitação a crimes violentos.

No texto, não abordamos as medidas legais que também podem envolver as ações, enquadrados na legislação brasileira.  Vários crimes também podem gerar o banimento dos usuários.

Garrafa de água de plástico: perigos da reutilização

..
FONTE DO VÍDEO: Dez dicas para reduzir seu uso de plásticos
Você certamente imagina que o plástico está em muitas coisas, mas já parou para pensar que esse material compõe fios de roupas, tintas, acabamentos de móveis, eletrodomésticos, esfoliantes de pele, seringas, bijuterias e até esmaltes de unha? O plástico está presente nos lugares e formatos mais inusitados. É por isso que é complicado zerar o consumo deste material. Mas, em termos mais palpáveis, é possível sim, ao menos, diminuir o lixo plástico no mundo ao reduzir o seu consumo. Confira dicas de como reduzir o seu uso de plásticos.

Embora seja ambientalmente correto, reutilizar garrafa de água pode trazer danos à sua saúde

Acesse a matéria completa:
https://www.ecycle.com.br/component/content/article/67-dia-a-dia/2875-descubra-os-perigos-de-reutilizar-sua-garrafinha-de-agua.html

Bolsonaro sanciona lei que muda coleta de dados do Cadastro Positivo

Banco de dados reúne CPF de brasileiros que têm contas em dia e facilita crédito
.
Em cerimônia realizada nesta segunda-feira, 8, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro, acompanhado pelo ministro da economia, Paulo Guedes, sancionou a lei que define novas regras para o Cadastro Positivo.

O Cadastro Positivo é um banco de dados nacional operado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil. O sistema inclui dados de CPFs e CNPJs de indivíduos e empresas que realizaram transações financeiras no país.

As pessoas físicas e jurídicas cadastradas no sistema são classificadas como "bons pagadores" desde que tenham todas as suas dívidas pagas em dia. O Cadastro Positivo facilita a concessão de crédito a quem tem histórico de pagar em dia tudo o que deve. Funciona como um direto oposto ao cadastro negativo do SPC.

LEIA TAMBÉM: 24 benefícios que você pode ter direito no Cadastro Único em 2019

O banco de dados foi criado em 2011, pela então presidente Dilma Rousseff, mas um projeto de lei que tramitava no Congresso Nacional desde 2017 (PLP 441/2017) queria mudar as principais regras do sistema. Antes, para que o CPF de uma pessoa fosse incluído no Cadastro Positivo, era necessário que o consumidor desse autorização de forma expressa.

Com a nova lei, sancionada nesta segunda pelo presidente Jair Bolsonaro, a inserção de novos CPFs no Cadastro Positivo passa a ser automática: se você pagar tudo em dia, seu nome vai parar no banco de dados nacional automaticamente, sem que as empresas e lojas que têm seus dados peçam autorização.

Basicamente, é a mesma regra do cadastro negativo, que não pede autorização do consumidor antes de colocá-lo na lista dos "maus pagadores". No entanto, se quiser, o consumidor que teve seu nome incluído automaticamente na lista do Cadastro Positivo poderá pedir para ser removido - o que não acontece com o cadastro negativo, que só exclui o nome de quem pagar suas dívidas.

"Se a pessoa quiser ela pode optar por sair do cadastro. Se ela não optar por sair do cadastro, sempre que ela fizer uma compra que não tenha pagamento à vista, ela já vai criando seu histórico de bom pagador", explicou Carlos da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, ao G1.

O texto da nova lei também diz que cabe ao Poder Executivo regulamentar os procedimentos a serem aplicados caso os dados inseridos no Cadastro Positivo acabem vazando. O consumidor também deverá ser avisado pela instituição financeira quando seu CPF for cadastrado no banco de dados e sobre a possibilidade de seus dados serem compartilhados.

A nova lei entra em vigor em 90 dias.

Anatel muda regras e pode dificultar a aquisição de planos pré-pagos no país

Com o objetivo de evitar fraudes, a Anatel vai exigir mais rigor no cadastro dos usuários que desejam habilitar planos pré-pagos. Medida passa a valer a partir de 2020
.
Se você possui um plano pré-pago, deve lembrar como foi fácil sair da loja com o novo chip, certo? Hoje, basta apenas informar o número do CPF para habilitar uma linha. Contudo, essa situação está prestes a mudar. Isso porque a Anatel vai exigir mais rigor das operadoras no uso do CPF dos usuários para a habilitação de planos pré-pagos a partir do ano que vem.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Folha de São Paulo, essa exigência teria sido proposta pelas próprias operadoras depois que uma auditoria da Anatel encontrou problemas graves no registro de linhas pré-pagas. Em 2017, o órgão regulador analisou mais de 157 milhões de linhas pré-pagas e identificou CPFs inválidos, cadastros incompletos ou sem dado algum e, até mesmo, casos com mais de 50 linhas registradas em um único CPF.

Ao que tudo indica, hoje, o número do CPF dos clientes do pré-pago não é sequer validado pelas operadoras, visto que, de acordo com a declaração do gerente de Controle de Obrigações de Qualidade da Anatel, Gustavo Santana Borges, só depois de implementado, "o novo sistema vai identificar se o CPF é válido, se é de alguém que ainda está vivo ou algum de falecido”. Ou seja, conforme ocorre na análise dos dados para registro de linhas pós-pagas.

Outro ponto de mudança da regra está no fato de que, antes de habilitar uma linha pré-paga, serão necessárias mais informações sobre os usuários. Ainda não ficou claro quais dados e documentos serão exigidos, porém, com a criação da ICN (Identificação Civil Nacional), um documento único digital criado em cima da unificação de informações em torno do CPF, os usuários poderiam utilizar apenas a impressão digital para habilitar uma nova linha, pois todas as outras informações seriam obtidas junto aos bancos de dados do governo.
LEIA MAIS EM...

Como verificar se o seu nome está na Dark Web

Serviço oferecido pelo Serasa lhe ajuda a descobrir se o seu nome está presente na Dark Web. Saiba como usá-lo!
.
Ao utilizar a internet é sempre necessário tomar cuidado com a sua privacidade para evitar que os seus dados pessoais acabem nela de forma errônea. Recentemente, uma das maiores preocupações na internet tem sido em relação a Dark Web, onde domínios e sites não indexados, ou seja, não registrados em buscadores como o Google, são utilizados para práticas ilegais e até crimes.

Se você está preocupado com os seus dados na internet, saiba que o Serasa lançou uma ferramenta, que consegue fazer uma busca na Dark Web pelos seus dados. Assim, veja a seguir como saber se o seu nome está presente na Dark Web.

Como funciona

Através do site do Serasa, você poderá apenas realizar uma consulta para saber se o seu nome está na Dark Web. Desta forma, caso ele esteja, será necessário você tomar uma série de etapas para se proteger. As principais delas são:
  • Acompanhar seu extrato bancário, ficando atento a transações desconhecidas;
  • Evitar compartilhar dados pessoais por e-mail: nome, CPF e conta bancária;
  • Substituir as senhas atuais por outras mais eficientes, exclusivas e seguras; 
  • Cancelar rapidamente cartões bancários, fazer um boletim de ocorrencia e ativar o alerta de documentos no Serasa;
  • Atenção à e-mails de origem desconhecida;
  • Evitar compartilhamento de dados pessoais por e-mail e/ou rede sociais;
  • Desconfiar de ligações que solicitem a confirmação de dados pessoais.

Como descobrir se o seu nome está na Dark Web

Para saber se o seu nome está na Dark Web, o primeiro passo é realizar um cadastro no site do Serasa Consumidor, que é gratuito, apesar de oferecer alguns recursos pagos. O serviço, que é oficial, pode ser acessado por este link e requer poucos dados para o cadastro.
LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK