PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 26 de março de 2019

MEC revoga portaria com mudanças no Sistema de Avaliação Básica

.
Portaria do Ministério da Educação (MEC) publicada hoje (26) no Diário Oficial da União torna sem efeito texto do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que previa novas regras para o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A nova decisão foi assinada pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez.

A portaria anterior, publicada ontem (25), definia, entre outras coisas, que a medição da qualidade da alfabetização de estudantes de todo o país só seria feita a partir de 2021. A decisão foi tomada, segundo o Inep, para dar tempo para as escolas se adequarem aos novos currículos elaborados a partir da nova Base Nacional Comum Curricular.

LEIA TAMBÉM: Governo revoga portaria com mudanças no Sistema de Avaliação da Educação Básica

A alfabetização é uma das prioridades estipuladas pelo Governo Federal. O Ministério da Educação deverá apresentar, ao final dos 100 primeiros dias de governo, uma proposta de Política Nacional de Alfabetização.

Sistema de avaliação

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é aplicado em escolas de zona urbana e rural que tenham pelo menos dez estudantes matriculados nas etapas avaliadas. A avaliação externa em larga escala é realizada pelo Inep desde 1990. O sistema mede o aprendizado dos estudantes em língua portuguesa e matemática e, com isso, subsidia o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador de qualidade da educação básica.
AGÊNCIA BRASIL

100 livros clássicos para download

.
Olá leitores do Canal do Ensino,
São 100 obras de autores brasileiros e estrangeiros, escolhidas entre os 10 mil títulos disponíveis no portal Domínio Público. A lista traz desde livros seminais, formadores da cultural ocidental, como “Arte Poética”, de Aristóteles, até o célebre “Ulisses”, de James Joyce, considerado um dos livros mais influentes do século 20, além de clássicos brasileiros e portugueses.
Obs.: Todo o acervo do portal DP é composto por materiais em domínio público, ou que tiveram seus direitos de divulgação cedidos pelos detentores legais. No Brasil, os direitos autorais duram setenta anos, contados de 1° de janeiro do ano subsequente à morte do autor. Após esse período, a obra pode ser utilizada sem restrições.
A Divina Comédia — Dante Alighieri
Ulysses — James Joyce
A Metamorfose — Franz Kafka
Don Quixote. Vol. 1 — Miguel de Cervantes Saavedra
Don Quixote. Vol. 2 — Miguel de Cervantes Saavedra
Cândido — Voltaire
Uma Estação no Inferno — Arthur Rimbaud
Iluminuras —Arthur Rimbaud
A Esfinge sem Segredo — Oscar Wilde
Viagens de Gulliver — Jonathan Swift
Poemas — Safo
O Elixir da Longa Vida — Honoré de Balzac
Arte Poética — Aristóteles
Via—Láctea — Olavo Bilac
As Viagens — Olavo Bilac
Contos para Velhos — Olavo Bilac

E-book gratuito sobre novo acordo ortográfico

..
Olá, leitores!
Por mais que a gente leia, estude, escreva, sempre resta alguma dúvida sobre o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Afinal, tudo que é novidade requer um certo tempo de adaptação.
Para facilitar seu aprendizado, separamos aqui um e-Book gratuito sobre o tão falado novo acordo ortográfico.
E não tem como fugir dele, pois desde 1° de Janeiro de 2016 entrou em vigor o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. E não estamos sozinhos nessa. O Brasil é o terceiro país entre os oito que firmaram compromisso em mudar a ortografia.
Em Portugal e Cabo Verde as mudanças já foram feitas. Ainda restam Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste para adotar oficialmente as novas regras.

Por que foi feito o novo acordo ortográfico 

Essa padronização da língua portuguesa se deu para facilitar o intercâmbio cultural entre os países. A partir de agora os livros serão publicados conforme o novo acordo ortográfico. Segundo dados do Ministério da Educação, 0,8% dos vocábulos da língua portuguesa foram alterados no Brasil e em Portugal 1,3%.

E-book sobre novo acordo ortográfico 

O e-Book gratuito foi feito pela empresa Priberam, que produz ferramentas linguísticas para o português do Brasil e de Portugal, como corretores ortográficos e e dicionários de português.
Este verdadeiro guia é bem fácil de usar. Ele apresenta os temas de forma simples e objetiva, com explicações sucintas, exemplos práticos, desenhos e curiosidades que ajudam a entender o porquê de algumas mudanças.

Os temas da língua portuguesa foram divididos assim:


Feriados prolongados em 2019, saiba quais ainda virão por aí

.
O ano de 2019 será bastante carente de feriados no geral. Ao todo teremos 16 feriados e pontos facultativos nacionais. Apesar disso, apenas cinco poderão ser prolongados, ou seja, quando o dia de folga cai às segundas, terças, quintas ou sextas-feiras. Esse número é inferior aos de 2018, que contou com 10 feriados prolongados.

Para completar, o brasileiro irá ver quatro folgas caindo em um sábado ou em um domingo. Dois a mais do que em 2018, aonde apenas dois coincidiram com o fim de semana. Além disso, em 2019, dois feriados cairão em uma quarta-feira, no meio da semana, o que impossibilita a emenda.
19 de abril (sexta-feira), Paixão de Cristo;
21 de abril (domingo), Tiradentes;
1º de maio (quarta-feira), Dia Mundial do Trabalho;
20 de junho (quinta-feira), Corpus Christi;
7 de setembro (sábado), Independência do Brasil;
12 de outubro (sábado), Nossa Senhora Aparecida;
28 de outubro (segunda-feira), Dia do Servidor Público;
2 de novembro (sábado), Finados;
15 de novembro (sexta-feira), Proclamação da República;
24 de dezembro (terça-feira), véspera de natal – após às 14 horas;
25 de dezembro (quarta-feira), Natal;
31 de dezembro (terça-feira), véspera de ano novo – após às 14 horas.

Confira o que deve fazer ao receber mensagem com golpes pelo WhatsApp

,
Confira o que deve fazer ao receber mensagem com golpes pelo WhatsApp. Circula entre usuários de aplicativos a falsa mensagem de que quem trabalhou com carteira assinada de 1995 a 2018 tem direito ao saque de um abono salarial de R$ 1.023. O boato ainda se aproveita da reforma da Previdência — enviada ao Congresso Nacional no último dia 20 — para afirmar que quem não fizer a retirada até o dia 12 de março vai perder o direito ao pagamento.

O aviso sobre a falsa mensagem foi divulgado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, como uma alerta à população. Segundo a pasta, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata da reforma da Previdência “só produzirá efeitos a partir de 2020, não tendo qualquer relação com a situação descrita”.

Vale ressaltar que, atualmente, o valor do abono do PIS/Pasep é de até R$ 998 (dependendo do número de meses trabalhados no ano-base de referência para o pagamento) e não de R$ 1.023. Este ano, o saque está sendo feito somente por quem trabalhou com carteira assinada em 2017 por, pelo menos, 30 dias, tendo recebido até dois salários mínimos. Portanto, não é para quem trabalhou de 1995 a 2018.

Além disso, a proposta de mudança no abono salarial do PIS/Pasep prevista na PEC da reforma da Previdência é de restringir esse pagamento a quem ganhou somente um salário mínimo no ano-base de referência. Mas isso ainda depende de tramitação e aprovação do Congresso Nacional para entrar em vigor.

A falsa mensagem leva o usuário a clicar num link que pode redirecioná-lo para um site fraudulento. Nesse tipo de golpe, conhecido como “phishing”, os criminosos tentam fisgar o internauta com uma oferta ou promessa atraente. Ao clicar nesse link, o consumidor pode ter seu computador ou celular infectado por um vírus ou um malware, que pode permitir o sequestro de seus dados.

Orientações

A orientação, neste caso, é apagar imediatamente a mensagem. Nunca informe dados pessoais a terceiros, já que essas informações podem ser utilizadas para fraudes.

Por meio de nota, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho reiterou “que todos os serviços oferecidos pela Previdência Social e pelo Trabalho, assim como eventuais valores a receber, quando realmente existentes, são comunicados oficialmente pelos órgãos públicos e disponibilizados de forma gratuita aos segurados”.

A pasta ainda destacou que não solicita dados pessoais de seus segurados por e-mail ou telefone.Tampouco faz qualquer tipo de cobrança para prestar atendimento.

“A recomendação é que não recorram a intermediários para entrar em contato com a Previdência e, em hipótese alguma, depositem qualquer quantia para ter direito a algum benefício”.

Cuidados a seguir

– Cuidado com um link desconhecido:pode ser malicioso e, assim que o usuário clica nele pode baixar um malware em seu dispositivo ou ser direcionado a uma página de phishing que coleta dados pessoais.

– Não repasse a mensagem a amigos ou grupos: isso potencializa o alcance do golpe.

– Desconfie de mensagens e anúncios de redes sociais:em caso de dúvida,entre em contato com os bancos envolvidos nos pagamentos dos abonos: Caixa Econômica Federal (que paga o PIS aos trabalhadores da iniciativa privada) e Banco do Brasil (que libera o Pasep aos servidores e aos empregados de empresas públicas).

– Instale uma solução de segurança em seu dispositivo: use, principalmente, um antivírus que tenha tecnologias integradas para evitar fraudes financeiras.

– Denuncie: caso tenha sido vítima de algum crime virtual, o cidadão deve dar imprimir a mensagem, bem como a janela completa com o endereço do link malicioso. O registro de ocorrência pode ser feito em qualquer delegacia do estado ou pelo serviço Delegacia On-line. Fonte Jornal Extra

Brasileiros passam 9 horas por dia na internet, diz estudo do Google

ISTOCK
Os brasileiros gastam, em média, nove horas por dia navegando na internet. O tempo em frente aos computadores e smartphones é maior do que o da jornada de trabalho estabelecida pela legislação.

A quantidade de brasileiros conectados também é surpreendente. Sete entre 10 brasileiros estão em alguma rede social – 45% acima da média mundial – e nove em cada 10 usam o YouTube para obter algum conhecimento.

Os números fazem parte de um estudo inédito feito pelo Google. A pesquisa detectou que todas as horas gastas navegando na internet poderiam ser muito mais bem aproveitadas se os brasileiros dominassem ferramentas on-line de acesso, uso, segurança e criação.

Ao ouvirem 2.477 pessoas em 28 cidades brasileiras, os pesquisadores notaram que muitos possuem dificuldades para identificar sites falsos e ameaças, como malwares, apesar de serem cuidados com dados pessoais. No índice que vai de 0 a 5, o domínio de ferramentas de segurança recebeu pontuação de 3,4.

Na análise de habilidades relacionadas ao uso, a classificação também foi de 3,4. Os pontos positivos identificados foram o domínio de aplicativos de mensagem e navegadores. Os negativos incluem o desconhecimento sobre armazenamento de dados e transações on-line.

O maior conhecimento sobre o uso de ferramentas da web pode ter impactos na economia do país, segundo o estudo. Principalmente em grupos como idosos, mulheres jovens e pessoas de baixa renda. De acordo com o estudo, o desenvolvimento de competências digitais pode adicionar US$ 70 bilhões ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Os números serão detalhados em um evento fechado para convidados nesta terça-feira (25/3), em Brasília. Também na capital do país, a empresa promove esta semana o primeiro treinamento do projeto Cresça com o Google, cujo foco é a formação e a capacitação digital.

Veja o que sai da Netflix nesta semana (26/03 a 01/04)

.
Além de adicionar novos filmes e séries, a Netflix também remove parte do conteúdo disponível para os assinantes todas as semanas. Nos próximos dias, 90 filmes e séries vão ser removidos do serviço, com destaque para o aclamado drama "Onde os Fracos Não Têm Vez", o interessante filme "Watchmen" e comédias como "Pagando Bem, Que Mal Tem?" e "Jackass 3".

A lista a seguir leva em conta o conteúdo programado para deixar a plataforma a partir de amanhã, para dar tempo de aproveitar o conteúdo caso seja do seu interesse. Confira o que vai deixar o catálogo da Netflix entre os dias 26 de março e 1º de abril:

29/03/2019

30/03/2019

31/03/2019

01/04/2019

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK