PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 21 de maio de 2019

Audiência Pública na Câmara Municipal de Aracoiaba sobre a CE 356. Saiba Mais...


FONTE DO VÍDEOBosco Cigano defendendo a CE 356
AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE ARACOIABA para discutir qual das estradas será iniciada primeiro: CE 464/Liga Antonio Diodo a Ocara; ou CE 356/liga o trevo de Aracoiaba a Morada Nova (estrada do algodão).

LEIA TAMBÉM: AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA ESCOLHER QUAL A CE A SER CONSTRUÍDA

QUANDO O POVO QUER, O POVO PODE!!

Aracoiaba de Verdade / Facebook
Neste sábado, dia 25 de maio, o povo do Maciço de Baturité, realizará a segunda mobilização desse mês, em defesa da pavimentação da CE 356, que de forma diagonal, corta o município de Aracoiaba, no sentido Oeste - Nordeste, passando por três populosos distritos, ligando-os à Sede do Município e ao Vale do Jaguaribe e Sertão Central, passando pelos municípios de Ocara (onde cruza com a BR 122), Morada Nova e Russas (onde encontra a BR 116).
LEIA TAMBÉM: Maciço do Baturité: CE 356 ganhará asfalto. Rodovia entra na agenda do Governo do Estado

É uma luta antiga da população, mas que por meio do uso das redes sociais, foi intensificada nos últimos meses.

Portanto, todos e todas, sintam-se convocados a se somarem nesta luta. De modo especial, participando do Ato Público, dia 25 de maio (próximo sábado) as 15 hs, no Distrito de Plácido Martins (Passagem Funda) e assinando o Abaixo Assinado, que está rodando nas comunidades. 

OBRIGADO!

Defensoria Pública: cinco serviços que você tem direito e não sabe

Além da assistência jurídica gratuita, a Defensoria Pública do DF oferece até aulas de direito básico para adolescentes
.
A Defensoria Pública é um órgão jovem que foi estabelecido apenas na Constituição de 1988. Apesar do pouco tempo de existência, ele tem uma missão importante: oferecer assistência jurídica gratuita aos cidadãos que não dispõem de recursos para contratar um advogado.

Porém, o trabalho dos defensores vai além e alguns desses serviços são desconhecidos pela população. Para o subdefensor-geral do DF, Danniel Vargas, a ideia de que a instituição é apenas um elo entre um indivíduo e o Judiciário é errônea. Segundo ele, “a Defensoria é um instrumento essencial para o regime democrático, porque ela promove, protege e defende os direitos de quem não tem voz e vez em nosso país. A Defensoria é guardiã do direito mais importante para quem está numa situação vulnerável: o direito fundamental de proteção de todos os seus outros direitos constitucionais e legais”, destaca.
LEIA MAIS EM...

Comissão derruba portaria que limita acesso à mamografia no SUS

Segundo o Ministério da Saúde, somente mulheres de 50 a 69 anos podem fazer o rastreamento mamográfico na rede pública
EDSON LOPES JR/FOTOS PÚBLICAS
A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) decidiu nesta terça-feira (21/05/2019) derrubar a Portaria n° 61/2015 do Ministério da Saúde (MS) que limitou o acesso de mulheres de 40 a 49 anos aos exames de mamografia para detecção precoce de câncer de mama no Sistema Único de Saúde (SUS). Pela portaria do MS, somente mulheres de 50 a 69 anos de idade podem fazer o rastreamento mamográfico na rede pública. De autoria do senador Lasier Martins (Pode-RS), o projeto de decreto legislativo, PDS 377/2015, que possibilitou a decisão, segue para o plenário da Casa em com urgência para análise.

A relatora da proposta na comissão, senadora Leila Barros (PSB-DF), avaliou que a portaria do Ministério da Saúde é ilegal e afronta a Lei 11.664/2008, que assegura a mamografia a todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade.

Ainda em defesa da derrubada da portaria do Ministério da Saúde, a senadora argumentou que o câncer de mama é uma doença grave, sendo a primeira causa de morte por câncer entre as brasileiras, em 2019, segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), 59,7 mil novos casos devem surgir no país.

Impacto financeiro
Sem falar no impacto financeiro da medida no relatório, Leila Barros explicou que está afastada a hipótese de criação de nova despesa, tendo em vista que os custos dos exames já deveriam estar provisionados e previstos na legislação orçamentária federal, por se tratar de uma norma de 2008.

Mesmo depois de representantes do governo sinalizarem a intenção de alterar o decreto para assegurar o rastreamento mamográfico a mulheres com menos de 50 anos, os senadores consideraram importante que o Senado dê andamento ao projeto que busca sustar a norma hoje em vigor.

Idosa do Ceará completa 114 anos e é uma das pessoas mais velhas do mundo

Júlia é natural de Alagoas, de onde veio ainda jovem com os pais, a cavalo. No Ceará, não casou, nem teve filhos, e vive com uma sobrinha.
úlia Amélia da Conceição completa 114 anos 
em Juazeiro do Norte — Foto: Arquivo pessoal
Uma moradora de Juazeiro do Norte está completando, nesta segunda-feira (20), 114 anos de idade. A certidão de nascimento de Júlia Amélia da Conceição, comprovando a data em que ela foi registrada — 20 de maio de 1905 — anuncia as marcas do tempo pelo amarelado e puído do papel. A idosa é natural de Alagoas e mora no Cariri cearense desde jovem, ela diz. Nesta segunda, a família comemora os 114 anos de vida dela.
Ainda lúcida, Júlia mora com uma sobrinha em uma residência no Bairro Timbaúbas. Há três anos, o “peso da idade” a faz ter de passar o tempo deitada em uma cama. Os olhos também já não enxergam com tanta clareza, mas ela não sofre com doenças.

Certidão de nascimento de Júlia Amélia da Conceição,
 idosa que completa 114 anos em Juazeiro do Norte
— Foto: Arquivo pessoal
Júlia veio de Alagoas ainda jovem, mas não sabe ao certo a idade. A viagem, a cavalo, foi feita com os pais. No Ceará, não casou, nem teve filhos. Como família, tem hoje a sobrinha Ivanir Pereira, sua cuidadora, e ganhou uma "bisneta", neta da sobrinha Ivanir.

A menina de seis anos a ajuda no que ela mais gosta de fazer: comer. “Gosto de brincar com ela, dar leite pra ela, água, banana e conversar com ela”, lista Bárbara Kethyllen.


Júlia Amélia da Conceição, de 114 anos, com a "bisneta"
Bárbara Kethyllen, de seis anos, em Juazeiro do Norte —
Foto: Arquivo Pessoal
Dos prazeres ainda possíveis a esta altura da vida, a centenária confirma que o dela é, mesmo, a comida. “Demais. Se fosse pra dar, dou um boi e ela come”, brinca a sobrinha. Na rotina de Júlia não pode faltar o leite da manhã, a vitamina no lanche e os carinhos da “bisneta”, que auxilia nos cuidados.

Entre as lembranças, a idosa ainda guarda a de ter visto Padre Cícero, padroeiro de Juazeiro do norte, de perto, ao assistir às missas com uma irmã.

Com a família toda reunida em casa nesta segunda, Júlia celebra seus 114 anos. A mulher é uma das idosas mais velhas do mundo. A mulher apontada como a pessoa mais velha do mundo é outra brasileira, Deolinda Soares Rodrigues, que completou 120 anos em junho do ano passado.

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK