PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Papatinho, o produtor de meio bilhão

DJ e beatmaker que está por trás de números exorbitantes em músicas de sucesso de vários gêneros, comenta início da carreira, comemora ascensão e fala de planos para o futuro
Papatinho: produtor hoje é um dos nomes mais requisitados
 por artistas de gêneros musicais diferentes
Rio - Você pode nunca ter ouvido falar de Papatinho, mas ele está por trás de alguns grandes sucessos recentes da música brasileira. Aos 32 anos, Tiago da Cal Alves, é produtor, DJ e beatmaker e responsável por números exorbitantes nas plataformas digitais — somados, as faixas reproduzidas somente no Youtube e no Spotify, por exemplo, passam a marca do meio bilhão. Uma de suas recentes produções, o funk 'Onda diferente', gravado pela cantora Anitta no disco Kisses, já atingiu 21 milhões de audições e o clipe supera 49 milhões de visualizações.

Autodidata, Tiago começou a carreira em 2006 no grupo de rap ConeCrewDiretoria, atualmente em hiato, que fez grande sucesso entre o fim dos anos 2000 e o início desta década. O sample de 'I put a spell on you', jazz de Nina Simone em 'Chama os mulekes', chamou a atenção da cena e foi o verdadeiro ponto de partida. De lá para cá, ele aperfeiçoou estudos, fundou uma gravadora, lançou um EP, oficializou eventos próprios e diz estar só começando.

Neste sábado, o produtor toca na Barra da Tijuca, no evento 'Baile do Papato', em companhia de amigos e artistas que já produziu ou produz. Em entrevista ao DIA, Papatinho comentou o início de sua trajetória musical, o recente apego pelo ofício de produtor, o trabalho com artistas variadas e a expansão do trabalho para outros países. Apelidado de 'Rei dos Beats' pelos fãs, ele avisa: "Quero conquistar um público mais amplo".

O DIA - Como você começou na música?
Papatinho: Eu entrei na música por acaso. Sempre tive muito contato com a música em si, ouvia bastante coisa e, quando o MP3 apareceu, isso lá em 2000, eu logo arrumei um gravador e comecei a fazer CDs piratas para distribuir no colégio. Ninguém da minha família toca algum instrumento ou canta e nem eu tinha nenhum instrumento. Então, com a chegada da tecnologia, eu fiquei curioso para baixar arquivos e vendia CDs personalizados. Em pouco tempo, virei 'o cara' da música (risos). Comecei a investir nesse processo, testando faixas em programas de áudio, fazendo edições, tudo no modo curioso mesmo. Naquela época era incomum ter muita música no computador.
Em certo momento comprei um CD de timbres que tinha umas 100 faixas e pensei: 'caramba, tem de tudo aqui, uns beats (batidas) muito bons'. E no meio disso tudo não tinha tutoriais no Youtube para você aprender a fazer as coisas. Ao mesmo tempo, meus amigos de infância começaram a escrever raps em 2005. O Cert (do ConeCrewDiretoria) veio e disse que precisava fazer um rap e que tinha que fazer uma batidas. E aí comecei de autodidata e fui fuçando até fazermos nosso primeiro som. Fiquei viciado, parecia superpoder (risos). Comecei a tocar teclado, comprar equipamento e, dessa maneira, fui evoluindo.

De onde vem seu apelido?
LEIA MAIS EM...

Como lidar com Tosse em Crianças

Saiba como é a tosse em crianças e quando se preocupar. Veja os sintomas e causas da tosse alérgica e o que especialistas dizem sobre medicamentos. 
A tosse em crianças precisa da avaliação de especialista.
Basta o clima esfriar para os pais de crianças pequenas começarem a sofrer com a tosse dos filhos. É algo que assusta até mesmo os pais mais experientes, mas principalmente os de primeira viagem. No entanto, a primeira coisa que devemos lembrar é que a tosse é um mecanismo de defesa das vias áreas. A tosse não significa uma doença, ela é um sintoma, além de ser um sinal de alerta.
A tosse é a maneira que o corpo encontra de expulsar o que não é bom, de expelir secreções, evitando acúmulo e complicações. Ela pode também ser consequência de reações alérgicas ou apenas que irritam as vias aéreas. O organismo reage à esses agentes, tossindo, ou seja, impedindo a permanência no corpo.
Mas as crianças pequenas, em especial os bebês que ainda não tem as vias aéreas muito maduras sentem incômodo muito mais fácil e a tosse aparece mais facilmente, de forma excessiva.
Causas comuns da tosse: Além dos fatores irritantes, um exemplo clássico é quando a gente tosse devido a irritação de uma fumaça ou um cheiro muito forte. O que mais causa tosse em um bebê são as infecções virais, bem típicas do clima do outono inverno. Os vírus podem ser de vários tipos, os que são mais leves, que causam apenas um pequeno resfriado e os mais agressivos como o da gripe (H1N1). Mas o frio também pode ser irritante e causar tosse.
Nos bebês que são alérgicos é muito comum a tosse decorrente de uma crise de asma ou rinite.

Quando Preocupar?

A tosse torna-se preocupante quando vem acompanhada de um quadro febril. A febre alta, além do esforço respiratório e do estado prostrado da criança é fator de alerta, pois pode caracterizar um quadro de pneumonia bacteriana, o que, provavelmente será necessário uso de antibióticos.
Quando um bebê fica resfriado é importante observar se a tosse aguda não está desencadeando uma dificuldade respiratória devido a bronquiolite viral aguda. A ausculta médica é importante para acompanhar o chiado no peito. Existem outros motivos para o bebê chiar como refluxo e alergias alimentares, mas o mais comum é mesmo devido a presença de algum vírus.
Se a tosse se prolongar por mais de duas semanas é importante uma consulta médica para que possa ser avaliado e descartado doenças mais graves como coqueluche, fibrose cística, doença do refluxo e até mesmo tuberculose.
Quando a tosse vem acompanhada de muito catarro e peito cheio, é possível também que seja alguma doença bacteriana, e que precisa ser controlada. Como as crianças não sabe assoar o nariz, a secreção se acumula. E a piora acaba acarretando a necessidade de antibióticos.

Três Poderes fecham acordo para avançar projetos

Após as manifestações de rua, líderes do Executivo, Legislativo e Judiciário discutem "Pacto pelo Brasil", a ser assinado em junho
Bolsonaro, Toffoli, Alcolumbre, Maia e Lorenzoni durante
 café da manhã no Palácio da Alvorada
Foto: Presidência da República
Após uma série de derrotas em votações importantes no Congresso e de ruídos na comunicação com o Supremo Tribunal Federal (STF), o Governo Bolsonaro conseguiu, nesta terça-feira, sinalizar a intenção de virar a página nas críticas de falta de articulação e de isolamento político. Para viabilizar essa nova fase da administração federal, a ideia é assinar um pacto entre os três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) no mês que vem, marcando o primeiro semestre do mandato do presidente.

O início oficial desse esforço de garantir as condições da governabilidade, aprovar as reformas necessárias para deslanchar a economia e tirar do papel as iniciativas propostas pelo Governo Federal, foi dado, nesta terça, em café da manhã no Palácio da Alvorada, entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), o presidente do STF, Dias Toffoli, e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Eles discutiram o esboço de um texto intitulado "Pacto pelo Brasil". O documento deverá ser assinado em 10 de junho, quando o Governo pretende promover um grande ato, no Palácio do Planalto.

O presidente do Supremo afirmou  que um pacto entre o Executivo, o Legislativo e o Judiciário é fundamental para o atendimento das demandas da população e marcará "um novo tempo" nesse relacionamento.

"A assinatura desse compromisso mostra que os três Poderes estão imbuídos da necessidade de destravar o Brasil para retomar o crescimento e a geração de empregos", disse Toffoli. "É muito importante o consenso entre os Poderes para dar uma resposta a pontos prioritários, como as reformas da Previdência e tributária, a repactuação fiscal e federativa e o combate à criminalidade e corrupção", destacou.

LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK