PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 28 de outubro de 2018

Projeto estende regra de reajuste do salário mínimo até 2023

SALÁRIO MÍNIMO
Termina em 1º de janeiro de 2019 o sistema atual de correção pela inflação do ano anterior mais a variação do PIB de dois anos antes

Um projeto de lei do Senado estende até 2023 as regras usadas atualmente para o cálculo do salário mínimo. De acordo com o PLS 416/2018, a remuneração dos trabalhadores deve ser corrigida pela inflação do ano anterior mais a variação do produto interno bruto (PIB) verificada dois anos antes. O texto, do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), aguarda a apresentação de emendas na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) até a próxima quarta-feira (31).

O atual modelo de correção do salário mínimo vale desde 2006. As regras foram confirmadas em 2011 e 2015, mas a legislação em vigor (Lei 13.152/2015) só prevê a manutenção desses critérios até 1º de janeiro de 2019. A partir desta data, o Poder Executivo fica livre para definir se haverá e de quanto será o reajuste.

O projeto traz duas novidades em relação à política em vigor. O texto assegura um aumento de real de 1% ao ano, mesmo que o PIB apresente variação menor ou negativa. Além disso, estende as regras de reajuste a todos os benefícios pagos pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS). É o caso de aposentadorias, auxílios (doença, acidente e reclusão), salário-maternidade, salário-família e pensões por morte.

“Ao longo dos anos, a discrepância entre as correções concedidas aos benefícios equivalentes ao salário mínimo e as concedidas aos benefícios cujos valores superam esse patamar conduziu a um achatamento inaceitável das rendas dos aposentados e pensionistas. Isso tem que acabar. Todos merecem a mesma valorização de suas rendas”, argumenta Lindbergh, que não foi reeleito para novo mandato nas eleições de 7 de outubro.

Inflação – O PLS 416/2018 adota o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para o cálculo da inflação. Caso o IBGE deixe de divulgar o indicador em um ou mais meses, caberá ao Poder Executivo estimar o percentual dos períodos não disponíveis. Também caberá ao Palácio do Planalto informar a cada ano os valores mensal, diário e horário do salário mínimo.

Lindbergh Farias afirma que a política de valorização do salário mínimo “exerceu um papel central nas quedas da pobreza e da desigualdade de renda” desde 2006. “Justamente nos momentos de crise, é necessário aumentar o salário dos trabalhadores para que haja um aumento da demanda agregada via consumo e a economia volte a crescer”.
Com Agência Senado.

Veja as NOTÍCIAS que foram DESTAQUE NA SEMANA no Blog do Parceiro



Veja as NOTÍCIAS que foram DESTAQUE NA SEMANA no Blog do Parceiro - 14 a 20 de outubro de 2018


OUTROS DESTAQUES:

1. Visitando o Alto Santo - 

sábado, 22 de agosto de 2015

Visitando o Alto Santo / Aracoiaba - Ceará - 
Capela de Nossa Senhora das Dores. FOTOS: Jorge Luiz
Festa começa dia 06 de setembro. Muito bem cuidada por nosso pároco Pe. Evando e equipe de religiosos de nossa cidade - Parabéns!!!

Nesses próximos dias a administração municipal estará realizando algumas intervenções para melhorar o acesso a esse espaço santo e também melhorar a iluminação. Toda ação positiva é bem vinda! Que nossa senhora abençoe a todos nós!!!


Registro: Prof. Jorge Luiz - 21/08/2015



VEJA MAIS FOTOS:












FOTOS TIRADAS POR JORGE LUIZ

SAIBA MAIS:

2. SENTA AÍ QUE LÁ VEM RECEITA: Aprenda a fazer o clássico Pudim de Leite Moça com calda de Caramelo - 

domingo, 29 de maio de 2016

Apesar das avós dizerem que um bom pudim tem muitos segredos, a verdade é que a sobremesa é mais simples do que se pensa


Pudim tem a cara de almoço de domingo, e porque não de feriado? O doce é do tipo de sobremesa que agrada a gregos e troianos: basta colocar aquele bolinho mole no centro da mesa, para as facas nervosas começarem a dilacerar o doce e, dentro de poucos minutos, não restar mais nada.

Apesar das avós dizerem que um bom pudim tem muitos segredos, a verdade é que a sobremesa é mais simples do que se pensa. O grande truque está, claro, no carinho na hora de preparar o doce.
Confira a receita disponibilizada pela Nestlé e faça nesse feriado prolongado.
Ingredientes (rende 16 porções)
Calda
1 xícara (chá) de açúcar
Pudim
1 lata de Leite condensado
2 medidas (da lata) de Leite
3 ovos
Modo de Preparo
Calda:
Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente e mexa com uma colher. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Forre com a calda uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve.
Pudim:
Em um liquidificador, bata todos os ingredientes do pudim e despeje na forma reservada. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria com água quente, por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir.
DICAS:
- É importante que a água utilizada no banho-maria esteja quente, para melhor cozimento do pudim.
- É essencial que o pudim seja preparado em banho-maria para que asse de forma lenta e controlada, para atingir a textura ideal.
- Para que o seu pudim não forme furinhos, verifique se a temperatura do forno está regulada conforme indicação da receita. Leve a forma ao forno na grade superior, longe da chama.

8º LUGAR:

Petrobras anuncia redução de 2% no preço da gasolina nas refinarias

Litro do combustível passará a ser negociado a R$ 2,0639
© DR
Petrobras anunciou nesta segunda-feira (22) uma redução de 2% no preço da gasolina comercializada em suas refinarias. A partir desta terça (23), o litro do combustível passará a ser negociado a R$ 2,0639, segundo informou a estatal.

Essa é a sétima queda consecutiva do preço, que desde 22 de setembro, quando custava R$ 2,2514 por litro, já recuou 8,33%. Com informações da Agência Brasil.
7º LUGAR:

Haddad precisa conseguir 1,5 milhão de votos por dia para vencer a eleição

Para especialistas, só um fato novo de muita repercussão possibilitaria essa reviravolta
(foto: Daniel Ramalho/AFP)
O presidenciável Fernando Haddad (PT) tem testado diferentes estratégias para conseguir os votos que faltam para chegar ao Palácio do Planalto, mas a chance de que ele vire o jogo é baixa, na visão de especialistas. Para ganhar a eleição, o petista precisa reverter a diferença de 15 milhões de votos que o separa de Jair Bolsonaro (PSL), segundo as pesquisas. Isso significa conquistar, pelo menos, 1,5 milhão de votos válidos por dia até domingo, quando os brasileiros irão novamente às urnas — e esses votos têm de sair do total recebido até agora pelo adversário. Pesquisa Ibope divulgada ontem mostra que Haddad tem 43% dos votos válidos (descartados nulos e brancos), o que equivale a 46 milhões de eleitores, caso seja mantida a mesma abstenção do primeiro turno, quando 20,3% não foram às urnas. Está, portanto, 14 pontos atrás de Bolsonaro, que lidera a corrida com 57% — 61 milhões de votos, se usada a mesma métrica.

No primeiro turno, 107 milhões de brasileiros votaram em algum candidato — nulos e brancos não entram na conta, porque são desconsiderados no cálculo final. Se a mesma quantidade escolher um dos dois no domingo, o vencedor precisará de 53,5 milhões de votos para ser eleito. Para Bolsonaro, significa receber mais 4,3 milhões em relação ao que conseguiu no primeiro turno. Para Haddad, 22,2 milhões.   

Mesmo se o petista conquistasse todos os indecisos — 3,1 milhões, segundo a pesquisa Ibope de ontem, mantida a abstenção do primeiro turno —, seria insuficiente para virar. Ele precisaria também tirar votos que hoje são declaradamente de Bolsonaro. Apesar do aumento de 41% para 43% das intenções de voto em Haddad, na comparação com a pesquisa divulgada na semana passada, a missão é difícil, acredita o analista político Murillo de Aragão, da Arko Advice. “Já se admite que possa haver uma subida nos últimos dias. Mas mesmo se, no esforço final, ele conseguir avançar para 45% ou 46%, ainda é improvável que chegue a 50% mais um e ganhe”, avalia. A chance é “muito baixa”, segundo ele, porque as pesquisas mostram um nível de aderência maior a favor de Bolsonaro: 37% dos entrevistados dizem que votam no capitão reformado “com certeza”, contra 31% entre os eleitores do professor.    

Rejeição

Nem o apoio, considerado tardio, de Marina Silva (Rede) e José Maria Eymael (DC), divulgados na última segunda-feira, deve fazer diferença a essa altura. Juntos, eles tiveram 1,1 milhão de votos no primeiro turno, menos do que Haddad precisaria por dia para decolar. Além disso, nem todos os eleitores migram para o candidato do PT — ainda menos este ano, devido ao crescimento do antipetismo. O Ibope divulgou que 41% das pessoas não votariam “de jeito nenhum” em Haddad — uma queda em relação aos 46% da semana passada, mas ainda um pouco maior que a rejeição a Bolsonaro, de 40%. No levantamento anterior, o candidato do PSL era rejeitado por 35% dos eleitores.   
LEIA MAIS EM...
6º LUGAR:

QUE CHEGUE MAIS UMA TARDE.

Rufino Silva/Facebook
QUE CHEGUE MAIS UMA TARDE. QUE MAIS UMA NOITE VENHA FAZER PARTE DESTA ROTINA. QUERO QUEBRAR ESSA MESMICE QUE SE APODERA DE MIM, ME INQUIETANDO, TAMBÉM ME TIRANDO DO SERIO... QUERIA NOVAS EMOÇÕES. SENTIMENTOS DIFERENTES QUE PUDESSEM. ME REVIGORAR ME DANDO UMA NOVA ENERGIA DE VIVER. QUERO DE FATO SER FELIZ E DESSA FELICIDADE COMPARTILHAR COM O MUNDO, UMA VIDA NOVA. UM NOVO CAMINHO A PERSEGUIR E NESTE FIM DE TARDE, POSSA OLHAR ESSA ESTRADA E QUEM SABE, VOLTAR SER FELIZ, OUTRA VEZ E POR CERTO SORRIR NOVAMENTE... 24.10.2018.
LEIA MAIS EM...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA
5º LUGAR:

Fã detona mulher de Wesley Safadão e é condenada a pagar caro na Justiça

Wesley Safadão e a nova mulher (Foto: Reprodução)
Por essa a fã de Wesley Safadão não esperava. A pessoa em questão, que não teve o nome divulgado, detonou a atual esposa do músico e fez graves acusações, insinuando que ele não seria o pai da criança que ela teve recentemente, e acabou sendo processada.
Revoltada com a situação, Thyane Dantas fez questão de colocar essa pessoa e vários outros perfis que destilaram ofensas na internet na Justiça, e agora, a juíza Teresa Cristina Cabral Santana, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Santo André, em São Paulo, acaba de dar a sua sentença.
De acordo com a coluna do jornalista Leo Dias, a ré foi julgada e condenada por calúnia e difamação. Dessa forma, ela terá que pagar uma pena de 96 horas de prestação de serviços comunitários durante três meses. Muitos responsáveis pelos ataques se escondiam atrás de perfis fakes.
No entanto, cada vez mais eficaz, a Justiça tem encontrado cada um deles. Ou seja, é melhor tomar cuidado…
LEIA MAIS EM...
4º LUGAR:

Chás para gastrite e úlcera

Veja os três melhores tratamentos caseiros para combater a gastrite e a úlcera de forma natural e sem agredir seu organismo e sua saúde. Com o suco de batata, o chá de espinheira santa e o chá de feno grego você alcançará a sua saúde estomacal novamente. 
Gastrite
POR RECEITA NATURAL - Os chás para gastrite e úlcera estão entre os tratamentos caseiros mais procurados do Brasil. Isso porque existe uma variedade importante de plantas medicinais capazes de aliviar os incômodos sintomas desses dois sérios problemas de saúde.
A gastrite é uma inflamação que ocorre no revestimento do estômago e pode ser temporária ou crônica. De acordo com o Ministério da Saúde, há mais de 2 milhões de novos casos de gastrite a cada ano no país.
Neste artigo você conhecerá mais sobre a gastrite e úlcera e aprenderá como preparar alguns chás para solucionar esse problema. Boa leitura!

Causas e Sintomas

As principais causas da gastrite são:
  • Infecção
  • Lesão
  • Uso regular de medicamentos anti-inflamatórios
  • Consumo excessivo de bebidas alcóolicas
Apesar de muitas pessoas não apresentarem sintomas, os mais comuns costumam ser:
  • Dor na região superior da barriga
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Queimação no peito
  • Inchaço
  • Indigestão
  • Soluço
  • Perda de apetite

Úlcera gástrica

A úlcera é caracterizada como uma ferida que ocorre na mucosa do intestino delgado, estômago ou esôfago. A úlcera gástrica também pode ser chamada de úlcera péptica ou úlcera no estômago.
Assim como ocorre com a gastrite, a úlcera possui mais de 2 milhões de novos casos descobertos ao ano no Brasil. Por esse motivo, é considerada pelo Ministério da Saúde um problema muito comum.
De modo geral, a úlcera ocorre quando o revestimento do trato digestivo é danificado pelo ácido estomacal.
As causas mais comuns da úlcera é a presença da bactéria H. Pylori ou o consumo regular de medicamentos anti-inflamatórios, como a aspirina.
Os principais sintomas da úlcera costumam ser:
  • Dor na região superior do abdômen
  • Queimação no peito
  • Indigestão

Gastrite e Úlcera – Tratamentos naturais

LEIA MAIS EM...
3º LUGAR:

Estudantes podem confirmar inscrição no Enem nesta segunda-feira

Cartão contém os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova,
CARTÕES
Os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem acessar os cartões de confirmação da inscrição a partir desta segunda-feira (22). Para consultar o documento, é necessário acessar a página do participante, onde deve ser colocado o CPF e senha ou baixar em seu celular o aplicativo Enem 2018. A primeira etapa do exame será aplicada no domingo, dia 4 de novembro.

O cartão contém os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova, além das informações sobre a língua estrangeira escolhida e recursos de acessibilidade, se tiverem sido solicitados. Caso tenha problema com as informações do cartão ou dificuldade de acesso ao documento, o estudante pode entrar em contato com o MEC pelo telefone 0800616161 ou pelo link Fale Conosco, no site do Enem.

Com a entrada em vigor do horário de verão no mesmo dia da primeira etapa do Exame, em 4 de novembro, o Ministério da Educação recomenda que os inscritos fiquem atentos aos horários de abertura e fechamento dos portões dos locais de prova em cada estado.

Para evitar imprevistos, o MEC recomenda que o estudante planeje o trajeto até o local da prova. O ministério sugere também que os participantes comecem a ajustar o horário de sono e dormir mais cedo uma semana antes do dia da prova.
Confira os horários do fechamento dos portões
No Distrito Federal e nos estados do Espírito Santo, de Goiás, Minas Gerais, do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e São Paulo, os portões abrem às 12h e fecham às 13h.
Nos estados de Alagoas, do Amapá, da Bahia, do Ceará, Maranhão, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, da Paraíba, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Norte, de Sergipe, do Tocantins, os portões abrem às 11h e fecham às 12h.
No Amazonas, em Rondônia e Roraima, os portões abrem às 10h e fecham às 11h. No Acre, os portões abrem às 9h e fecham às 10h, no horário local.
2º LUGAR:

A partir desta terça, eleitores só poderão ser presos em flagrante

Segundo turno das eleições ocorre no próximo dia 28 de outubro
ELEIÇÕES 2018
A partir desta terça-feira (23), cinco dias antes do segundo turno das eleições 2018, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido. A exceção ocorre apenas em casos de flagrante delito e ainda se houver sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou desrespeito a salvo-conduto. A determinação está prevista no artigo 236 do Código Eleitoral.
A terça-feira também é o prazo final para que os representantes dos partidos políticos e coligações, a Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público peçam verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect, instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral que serão utilizados no segundo turno.

Os tribunais regionais eleitorais também têm até essa data para divulgar, na internet, os pontos de transmissão de dados que funcionarão em pontos distintos do local de funcionamento da Junta Eleitoral.

O segundo turno das eleições ocorre no próximo dia 28 de outubro em todo o Brasil e mais 99 países, para a escolha do próximo presidente da República. Em 13 estados e no Distrito Federal, os eleitores também terão que definir o governador que irá comandar os Executivos locais nos próximos quatro anos. Em 19 municípios serão realizadas as chamadas eleições suplementares para a escolha de novos prefeitos e vice-prefeitos.

DESTAQUE CAMPEÃO:

Em 19 cidades brasileiras, eleitores votam também para prefeito

Nove Estados brasileiros terão eleições também para o Executivo municipal; justificativa é impedimento dos candidatos eleitos em 2016
33 cidades já tiveram eleições para prefeito em 2018 
Foto: Filipe Araujo/Estadão
Em 19 cidades de nove Estados brasileiros, os eleitores vão eleger também prefeito e vice nas eleições do próximo domingo, 28. As eleições suplementares foram marcadas porque o candidato eleito em 2016 foi impedido de tomar posse por perda de direito político, crime eleitoral ou cassação de mandato, incluindo também o vice. Este ano, 33 cidades já tiveram novas eleições para prefeito. Outras três já têm eleições marcadas para o dia 25 de novembro.

No Estado de São Paulo, eleitores de quatro cidades – Mongaguá, Monte Azul Paulista, Rincão e Araras – votam para presidente, governador e também para prefeito, com os respectivos vices. Em Mongaguá, os 44.495 eleitores vão escolher entre quatro candidatos: Gilmar Freitas (PROS), Fernando Felizi (PT), Renato Donato (PSB) e Rodrigo Biagioni (PSDB). O ex-prefeito Arthur Parada Prócida (PSDB) foi cassado após ser flagrado e preso pela Polícia Federal com R$ 5,3 milhões, supostamente desviados do erário, escondidos no guarda-roupa de seu quarto.

Em Monte Azul Paulista, com 13.375 eleitores, Marcelo Otaviano (PHS) será candidato único. Ele foi derrotado na última eleição por Paulo Sérgio David (PSDB), mas o vencedor e seu vice foram cassados por abuso de poder econômico. Na cidade de Rincão, com 7.828 eleitores, concorrem Antonio Balestere (PTB), Edson Bolito (PT), Edmundinho Valente (PRB) e Paulo Catelani (PP). A prefeita Therezinha Ignez Servidoni (PSDB) foi cassada após ter as contas de 2012, em seu mandato anterior, rejeitadas pela Câmara.

Os 97.387 eleitores de Araras terão como opções para prefeito os nomes de Mário Corrochel (PTB), Daniel Barros (PRTB) e Franco Junior (DEM), com os respectivos vices. O vencedor do pleito em 2016, Pedrinho Eliseu Filho (PSDB), estava inelegível pela Lei da Ficha Limpa. Ele havia sido cassado em 2008, durante mandato anterior, e ficou proibido de disputar eleições.

Em outros Estados, terão novas eleições Turvelândia, Planaltina, Divinópolis de Goiás, Davinópolis e Serranópolis (GO); Aperibé, Laje de Muriaé e Mangaratiba (RJ); Anamã e Novo Airão (AM); Croatá (CE), Planalto da Serra (MT), Vidal Ramos (SC), Alpestre (RS) e Bacabal (MA). Em Aracoiaba (CE) e Iguaba Grande (RJ) as eleições que também tinham sido marcadas para este domingo foram suspensas.

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK