PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Ácido úrico - Gota: Como fazer tratamento natural poderoso

A gota é uma forma de artrite complexa e seu tratamento é difícil, uma vez que pode levar a dor insuportável e sintomas desagradáveis. É uma doença crônica, muitas vezes acompanhada de dor, vermelhidão, calor e articulações frágeis. Ela ocorre como resultado da acumulação de ácido úrico no sangue, devido à produção de resíduos em excesso através dos rins, dissolvidos no sangue. Como acabar com a gota, como acabar com ácido úrico, remédio natural para ácido úrico, remédio natural para gota, o que é gota, como acabar com artrite, ácido úrico no sangue, tratamento natural para gota, tratamento natural para ácido úrico, tratamento natural para artrite, tratamento para gota, Quando os rins não são capazes de eliminar o ácido úrico de forma eficiente, este excesso de resíduos cristaliza e se deposita nas articulações. As pessoas que sofrem desta condição crônica não gostam da ideia de que deveriam tomar aspirina para o resto de sua vida. Felizmente, a gota também podem ser tratados de forma completamente natural. O remédio natural trazemos hoje consiste de ingredientes simples, trata e previne os sintomas de gota e é ainda mais eficaz do que medicamentos anti-inflamatórios. Ingredientes: 1-2 colheres de sopa de pó de açafrão 2-3 colheres de chá de pó de gengibre 1 copo de suco de cereja tart 1 abacaxi Mel (a gosto e opcional) Preparo: Você deve remover a casca e a haste do abacaxi. A sua haste é rica em bromelina, mas não é necessário neste caso. No entanto, você pode optar por mantê-lo. Em seguida, coloque o abacaxi no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Em seguida, adicione o gengibre, açafrão, e o suco de cereja. Você pode adicionar mel a fim de enriquecer o sabor. Além disso, pode ajustar as quantidades de gengibre e açafrão, a fim de obter o sabor de sua preferência. Em seguida, adicione a mistura em um recipiente de vidro, tampe-o e guarde na geladeira. Pode ser conservado por até 10 dias, não mais que um mês. Para melhores resultados, beba diariamente.

...
POR BOA SAÚDE
VEJA MAIS VÍDEOS EM...
BOA SAÚDE

Pente-fino cancela mais de 700 mil pagamentos de benefícios por incapacidade no INSS

.
Pente-fino cancela mais de 700 mil pagamentos de benefícios por incapacidade no INSS. Mais de 700 mil benefícios por incapacidade foram cancelados no pente-fino feito pelo INSS durante três anos. O procedimento foi encerrado em 31 de dezembro. As revisões dos auxílios-doença e das aposentadorias por invalidez — feitas por meio de novas perícias médicas a que os segurados foram submetidos — começaram em 2016 e geraram uma economia de R$ 14,5 bilhões, segundo dados consolidados divulgados nesta terça-feira (dia 8), pelo Ministério da Cidadania.

Foram realizadas, entre 2016 e 2018, cerca de 1,2 milhões de perícias. De acordo com a pasta, 369.637 auxílios-doença e 208.953 aposentadorias foram cessados. Outros 73.722 pagamentos(45.726 de auxílios-doença e 27.996 de aposentadorias por invalidez) foram cancelados por não comparecimento dos segurados, e 74.798 benefícios (36.953 auxílios-doença e 37.845 aposentadorias por invalidez) foram cessados por outros motivos, como óbitos e decisões judiciais.

Foram convocados para as perícias médicas os segurados que recebiam auxílios-doença há mais de dois anos e aposentados por invalidez com menos de 60 anos e que recebiam o benefício havia mais de dois anos. Ficaram de fora aqueles com 55 anos ou mais e que recebiam seus benefícios há mais de 15 anos.

Próximos passos

O Ministério da Cidadania informou que os benefícios que não passaram por essa fase do pente-fino poderão ser reavaliados a partir das novas diretrizes do atual governo.

A expectativa é que a equipe de Jair Bolsonaro envie ao Congresso Nacional, nos próximos dias, uma medida provisória (MP) para o próximo pente-fino em benefícios previdenciários. A ideia é endurecer as regras de concessão da pensão por morte, aposentadoria rural e auxílio-reclusão.

TETO TERÁ UM NOVO VALOR DE R$ 5.843,40 NO INSS EM 2019

Teto terá um novo valor de R$ 5.843,40 no INSS em 2019. As aposentadorias do INSS com valor acima do salário mínimo receberão em 2019 uma correção um pouco maior do que a aplicada neste ano. A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) aprovada pelo Congresso prevê correção de 3,3% para os benefícios, portanto, acima dos 2,07% de reajuste em 2018.

O índice definido pelos congressistas eleva o teto do INSS de R$ 5.645,80 para R$ 5.843,40.

LEIA MAIS EM...

Calendário de pagamento do Seguro DPVAT já está disponível na internet

O seguro é obrigatório e deve ser pago por motoristas
 e motociclistas de todo o país - Arquivo/Agência Brasil
O calendário de pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro DPVAT) já está disponível para proprietários de veículos de todo o país no site da Seguradora Líder, no qual o boleto pode ser gerado.

A Líder é responsável pela administração desse seguro obrigatório, que deve ser pago uma vez por ano para obtenção do licenciamento do veículo. Se não pagar, o proprietário perde o direito ao seguro em caso de acidente, se for o condutor do veículo no momento da ocorrência, mas os demais envolvidos permanecem cobertos.

O prêmio deve ser quitado junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), nos bancos Bradesco, Caixa, Santander, Itaú e Banco do Brasil.

O pagamento segue o calendário do IPVA de cada estado. No caso do Rio de Janeiro, por exemplo, o prazo para pagar o IPVA vence no próximo dia 21 para veículos de placa final 0, informou a assessoria de imprensa da Líder. A seguradora esclareceu que, no caso de veículos isentos do IPVA, o pagamento do DPVAT deve ser feito durante o emplacamento ou licenciamento anual. A forma de pagamento varia de estado para estado.

Deságio

De acordo com resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados, em dezembro do ano passado, foi aprovada redução média de 63,3% no valor do DPVAT para 2019. O valor da redução dpende do tipo de veículo. Automóveis particulares e táxis, por exemplo, terão o DPVAT reduzido em 71%. A tarifa será de R$ 16,21 para automóveis particulares.

Para motocicletas, responsáveis pela maioria dos acidentes de trânsito atendidos pelo Seguro DPVAT, o valor do prêmio chega a R$ 84,58.

Da mesma forma que ocorreu no ano passado, o Seguro DPVAT não poderá ser parcelado para nenhuma categoria de motoristas. Os valores são válidos para todo o país. Dúvidas podem ser esclarecidas na Central de Atendimento da Seguradora Líder no número 4020 1596 (regiões metropolitanas) ou 0800 022 12 04 (outras regiões). O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) pode ser acessado no número 0800 022 8189, 24 horas por dia.

Cobertura

O Seguro DPVAT cobre qualquer cidadão acidentado no Brasil, seja motorista, passageiro ou pedestre. São oferecidos três tipos de cobertura: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até três anos.

Do total de recursos arrecadados pelo Seguro DPVAT, 50% são destinados à União, dos quais 45% vão para o Sistema Único de Saúde (SUS), visando ao custeio da assistência médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito; e 5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para investimento em programas de educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os 50% restantes são reservados para despesas, reservas e pagamento de indenizações.

Como entrar no Facebook: problemas comuns e dicas de login na rede social

(Foto: Olhar Digital)
O Facebook é uma rede social criada em 2004 e que possui hoje 1,49 bilhão de usuários ativos por dia, em média, segundo um levantamento de setembro de 2018. Mas, no meio de toda essa gente, algumas podem não estar conseguindo entrar no Facebook.
Muitos problemas podem te impedir de acessar seu perfil na rede social. Uma senha errada, um e-mail não autenticado ou até mesmo sua conta pode ter sido desativada. Neste tutorial vamos te mostrar o passo a passo de como resolver cada um dos possíveis problemas.
Acompanhe abaixo o que fazer para entrar no Facebook.

Como entrar no Facebook pelo PC

  • Acesse www.facebook.com e insira uma destas informações:
    • E-mail: você pode entrar com qualquer endereço de e-mail listado em sua conta do Facebook.
    • Número de telefone: se você tem um número de celular confirmado em sua conta, é possível inseri-lo aqui (não inclua os zeros antes do código do país ou quaisquer símbolos)
    • Nome de usuário: você também pode entrar com seu nome de usuário, caso tenha definido um.
  • Digite sua senha;
  • Clique em “Entrar”.

Como entrar no Facebook pelo celular (Android ou iOS)

  • Abra o aplicativo do Facebook;
  • Insira uma das seguintes opções:
    • E-mail: você pode entrar com qualquer endereço de e-mail listado em sua conta do Facebook.
    • Número de telefone: se você tem um número de celular confirmado em sua conta, é possível inseri-lo aqui (não inclua os zeros antes do código do país ou quaisquer símbolos)
    • Nome de usuário: você também pode entrar com seu nome de usuário, caso tenha definido um.
  • Digite a senha e toque em “Entrar”.

Não consigo fazer login no Facebook. O que eu faço?

Se mesmo seguindo o passo a passo acima você não conseguir entrar no Facebook, talvez haja algum problema com a sua conta na rede social. Pode ter sido algo que você fez de errado ou alguma alteração feita pela própria empresa.
Estas são algumas coisas que você pode fazer para tentar contornar o problema:

Tente recuperar sua conta do Facebook:

Acesse facebook.com/login/identify e siga as instruções que aparecem na tela. Mas faça isso com um computador ou celular que você já usou para acessar sua conta antes.

Tente redefinir a sua senha:

  • Vá para a página Encontre sua conta;
  • Digite o e-mail, número de celular, nome completo ou nome de usuário associado à sua conta e clique em “Pesquisar”;
  • Siga as instruções na tela.

Se você não encontrar seu perfil na página “Encontre sua conta”:

Peça que um dos seus amigos do Facebook entre no seu perfil e acesse a seção “Sobre”. Ali, ele deve procurar pelo endereço de e-mail ou o número de telefone listado na seção “Informações de contato”. Peça para ele mandar estes dados para você.
Tente inserir todos os endereços de e-mail ou números de celular que você possui (um de cada vez). Você pode ter adicionado um endereço de email ou número de celular à sua conta e não se lembra.
Insira seu nome de usuário. O seu nome de usuário é a sua URL personalizada do Facebook, aquela que aparece quando alguém acessa o seu perfil pelo navegador do PC. Como na imagem abaixo:
Se você não sabe seu nome de usuário, peça a um amigo para acessar seu perfil e enviar o nome de usuário na URL para você.
Tente inserir variações de seu nome, para o caso de ter se cadastrado usando um apelido.
Se for solicitado que você insira o nome de um amigo, experimente vários amigos se o primeiro não localizar uma conta. Lembre-se também de inserir o nome completo de seu amigo, e não apenas o primeiro nome.
Se você acha que sua conta foi invadida por alguém, entre em contato com o Facebook acessando a página facebook.com/hacked.

Descubra se sua conta foi desativada:

O Facebook pode desativar sua conta se ele achar que você não respeitou os Termos e Condições da rede social. Alguns motivos para a desativação da sua conta podem ser:
  • Usar um nome falso;
  • Fingir ser outra pessoa;
  • Prática de de assédio, propaganda forçada, promoção indesejada ou outras condutas não permitidas.
Se sua conta do Facebook foi desativada, você verá uma mensagem informando sobre a desativação assim que tentar entrar. Se você acredita que sua conta foi desativada por engano, use este formulário para enviar uma apelação. Mas o Facebook avisa que não é possível recuperar contas que foram desativadas por "violações graves" dos Padrões da Comunidade.

Justiça quer obrigar WhatsApp a quebrar sigilo de mensagens no país

Para continuar operando no país, WhatsApp e Telegram poderiam ser obrigados a ter uma sede no Brasil.
(Foto: Olhar Digital)
Empresas internacionais responsáveis por aplicativos de troca de mensagens estão na mira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Uma equipe de segurança pública, liderado pelo ministro Alexandre Moraes, sugeriu que serviços como o WhatsApp e o Telegram sejam submetidos às leis brasileiras e, por consequência, permitam a quebra do sigilo de mensagens e ligações sob determinação judicial.

De acordo com o texto da proposta, entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a “lei terá dispositivo para quebrar sigilos de mensagens enviadas por aplicativos, redes sociais e internet. Empresas que operam aplicativos como WhatsApp e Telegram deverão ter sede ou representação no Brasil e terão de atender às determinações da Justiça”. Em outras palavras, para continuar operando no país, o WhatsApp e o Telegram, bem como qualquer serviço de mensagens internacional, seriam obrigados a montar uma empresa em território nacional.

O WhatsApp já foi bloqueado no país em quatro ocasiões e, em cada uma delas, a empresa alegou não ter acesso às mensagens trocadas pelos usuários por conta da sua tecnologia de criptografia de dados.

Em 2017, Brian Acton, cofundador do WhatsApp, esteve no Brasil para participar de uma audiência no Suprema Tribunal Federal, quando afirmou que fornecer o conteúdo das conversas que são feitas dentro do mensageiro é impossível. Na ocasião, Acton afirmou que “qualquer tentativa de criar acessos do tipo backdoor (não autorizados) a essa comunicação coloca em risco todo o sistema”.

Além desta questão, a empresa alegou ainda que, por ter sede no exterior e seus servidores estarem localizados em outros países, não poderia (e nem pode) fornecer o conteúdo das trocas de mensagens dos usuários brasileiros do app à Justiça.

LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK