PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Reserve sua data para confraternização com JP Oliver. Saiba Mais...

Agende sua Confraternização, Evento 
João Paulo Oliver , Meus amigos são os que torcem e desejam o melhor pra mim.
@João Paulo Oliver / Facebook
Confira no link abaixo todos os trabalhos de João Paulo Oliver:
JP OLIVER NO BLOG DO PARCEIRO

Vídeos de João Paulo Cantando:

2.Te Espero No Farol - João Paulo Oliver


Governo do Ceará planeja concurso para a Semace com cerca de 300 vagas

Entre as vagas, devem ser 250 para o Batalhão de Polícia Ambiental, responsável por fiscalização. Certame é planejado para 2020.
Devem ser ofertadas 250 vagas para fiscalização e 40
vagas para cargos internos da Semace — Foto: Divulgação
O Governo do Estado do Ceará deve realizar concurso para a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) no próximo ano. A informação foi confirmada pelo governador Camilo Santana nesta segunda-feira (25).

De acordo com Carlos Alberto Mendes, superintendente da Semace, devem ser ofertadas 250 vagas para o Batalhão de Polícia Ambiental - que será incorporado à superintendência - e 40 vagas para cargos internos da pasta, a depender do quadro de funcionários no período.

"Estamos fazendo uma minuta de lei e vamos submeter isso para a Casa Civil e depois para a Assembleia Legislativa, e vamos colocar dentro do sistema o Batalhão da Polícia Ambiental. Serão mais 250 homens para atuar como fiscais, podendo gerar auto de infração, e também teremos 40 vagas autorizadas para cargos dentro da Semace", destacou Carlos Alberto.

A Semace ainda deverá passar por um processo de reestruturação de cargos, para dar mais progressão profissional para quem trabalha no órgão.

"Hoje [a Semace] é dividida entre gestores e fiscais. E aí você engessou a carreira de muitos funcionários. Então, estamos unificando alguns cargos para reestruturar o sistema", afirmou o superintendente, sem dar mais detalhes sobre o processo.
POR G1 CE

TSE inicia teste de integridade em urnas eletrônicas de 2020

@
Especialistas começam hoje (25) a testar a urna eletrônica que será usada nas eleições municipais do ano que vem, em mais um Teste Público de Segurança (TPS), organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Estão inscritos três técnicos individuais e cinco equipes, que terão até sexta-feira (29) para tentar burlar o hardware ou o software da urna eletrônica e, de alguma maneira, violar os arquivos e comprometer, por exemplo, o anonimato dos votos.

Essa é a quinta vez que o TSE realiza o TPS, cujas inscrições ficaram abertas para qualquer especialista interessado em tentar burlar o sistema eletrônico de votação. As atividades ocorrem em Brasília, na sede da Justiça Eleitoral, onde foi montado um espaço para que os técnicos possam trabalhar.

Em 2017, técnicos encontraram três falhas no sistema da urna eletrônica, conseguindo ter acesso aos dados internos do equipamento. Na época, o TSE afirmou que não havia motivo para preocupação, pois as falhas seriam sanadas antes das eleições.
POR AGÊNCIA BRASIL

Só doação regular de sangue mantém estoques, diz ministério

No Brasil, cerca de 3,3 milhões de pessoas são doadoras
Marcelo Camargo/Agência Brasil
A cada bolsa de sangue doada, até quatro vidas podem ser salvas no país, segundo estatísticas do Ministério da Saúde. No Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado nesta segunda-feira (25), a rede pública de saúde de todo o país reforça a importância da doação regular desse insumo vital. A data foi criada por meio de um decreto presidencial, em 1964, para marcar a fundação do primeiro centro de doadores voluntários de sangue no país. No Brasil, cerca de 3,3 milhões de pessoas são doadoras de sangue. Isso significa que 16, a cada mil pessoas, doam sangue regularmente.

"A nossa situação de doação de sangue no Brasil está atualmente em conformidade com o que a OMS [Organização Mundial da Saúde] preconiza para a segurança, que é entre 1% e 3% da população. Nós temos tido um percentual de 1,6% da população brasileira doando em serviços de coleta que fornecem sangue para a rede SUS, ou seja, para o Sistema Único de Saúde", afirma Rodolfo Duarte Firmino, coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde.

Apesar de estar dentro do padrão de doação recomendado internacionalmente, o Ministério da Saúde trabalha para ampliar o número de doadores, especialmente o de doadores regulares. Dados divulgados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostram que 42,9% das doações feitas em 2017 foram de primeira vez, 42% de repetição e 15% esporádicas. Além disso, a agência divulgou que, nas doações, há a prevalência dos tipos O+ e A+, contabilizando 43% e 30,7% das doações realizadas em 2017, respectivamente.

"São os doadores regulares que a gente percebe que mantêm abastecidos os bancos de sangue ao longo do ano", diz Firmino. "Não tem nenhum substituto farmacêutico para o sangue, é um produto usado na medicina que só vem por meio da doação. Então, essas pessoas que foram lá no hemocentro de sua cidade fazer a doação esporádica, que retornem regularmente para doar, para não só termos os bancos de sangue abastecidos de forma mais perene, mas também porque a gente tem uma segurança desse sangue por a gente conhecer mais o doador", acrescenta.

No Distrito Federal, mais de 2,2% da população é doadora de sangue, percentual superior à média nacional. Principal referência na coleta de sangue na região, a Fundação Hemocentro de Brasília vem conseguindo manter os estoques estáveis, mas segundo a diretora-presidente do órgão, Bárbara Simões, o trabalho de conscientização tem que ser permanente.
LEIA MAIS EM...

Palmeiras perde para o Grêmio e Flamengo conquista o Brasileirão

Resultado também ajuda o Santos, que é o novo vice-líder
@
O Grêmio superou o Palmeiras, por 2 a 1, e resultado deu ao Flamengo, com quatro rodadas de antecedência, o título de campeão brasileiro de 2019. O Flamengo se equipara ao São Paulo, de 2007, e ao Cruzeiro, de 2013.

Os gols da partida só vieram no segundo tempo. Ewerton “Cebolinha” de pênalti abriu o marcador para os gaúchos.

Os paulistas empataram com Bruno Henrique, em um pênalti assinalado pelo juiz Wilton Pereira Sampaio.

Somente a vitória interessava ao Verdão, que se lançou ao ataque, mas quem acabou marcando de novo foi o tricolor gaúchol. Aos 48 minutos, Pepê com um leve toque, decretou a vitória gremista.

O treinador Renato Portaluppi brincou de que deveria ganhar um “bicho” (prêmio em dinheiro) dos flamenguistas. “Brincadeiras à parte, o Flamengo mereceu o título. Se não ganhasse nesta, iria ganhar na outra rodada. O mais importante para o Grêmio foram a vitória e os três pontos conquistados”.

O Grêmio, que luta para uma vaga na fase de grupo da Libertadores, segue em quarto lugar no Brasileirão com 59 pontos. Já o Palmeiras, agora em terceiro, enfrenta o Fluminense no Maracanã e corre atrás do Santos na  busca pelo vice-campeonato.
POR AGÊNCIA BRASIL

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK