PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 16 de novembro de 2019

Professora é surpreendida com conta de água de R$ 16 mil em Fortaleza

Desde maio, a professora Karinini dos Santos sofreu um aumento expressivo em sua tarifa de água.
Conta de água superior a R$ 16 mil tem vencimento
 agendado para 25 de novembro. — Foto: Reprodução
Uma conta de água de mais de R$ 16 mil surpreendeu a professora Karinini dos Santos após aumentos sucessivos na tarifa nos últimos meses. Moradora do Bairro José Walter, em Fortaleza, e pagando normalmente entre R$ 40 e R$ 50 por mês, Karinini recebeu em novembro uma fatura de R$ 16.101,48 e, na última sexta-feira (8), teve o fornecimento de água cortado.

"Eu passo o dia todo trabalhando fora. Quando eu chego em casa à noite, eu ainda tenho que resolver comida, lavar louça, lavar roupa, lavar banheiro e não tem água. Eu tenho que ir buscar, descer escada, tenho que atravessar a rua para pegar água em balde, sendo que as minhas contas estão pagas", desabafa a cliente, que quitou todas as cobranças da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), exceto a de R$ 16 mil.

O valor excede totalmente a renda da família. Ela e o marido, recepcionista de hotel, recebem um salário mínimo cada um e compartilham as despesas da casa e da criação dos três filhos.

Origem do problema

A família nunca teve problemas com as contas de água, segundo Karinini. Mas, no começo deste ano, os moradores do bairro começaram a ficar sem água por vários dias. Após esse episódio, o primeiro susto veio: a tarifa de maio de Karinini passou dos habituais R$ 50 para R$ 636,12.
LEIA MAIS EM...

Posso abrir mão de uma herança?

@
No Brasil, assim que uma pessoa morre todos os seus bens, direitos e obrigações são transmitidos automaticamente para os herdeiros, mesmo que eles não a desejem. Durante o processo de inventário, no qual é feita a transmissão oficial da herança e sua partilha, é possível renunciar à herança, ou seja abrir mão dos bens herdados.

Assim, abrindo mão de sua parte na herança, ela voltará ao montante inicial e será re-dividida entre os herdeiros restantes.

Quem quer renunciar a herança deve fazê-lo de maneira expressa ou por instrumento público ou por instrumento judicial, sendo vedada a renúncia tácita. Além disso, a renúncia deve ser total, ou seja, você renuncia a toda herança que receberá, não uma parte dela. Por fim, você não pode escolher um beneficiário de sua parte, uma vez que ela deve retornar ao montante inicial para dividida novamente entre os herdeiros.

É sempre importante lembrar, inclusive, que, assim como a aceitação, a renúncia é irrevogável, ou seja, uma vez que você renunciar a sua parte da herança, não têm como voltar atrás, exceto quando há vício no negócio jurídico, podendo a renúncia ser anulada judicialmente.

Caso seu objetivo seja que outra pessoa receba a herança em seu lugar, portanto, a melhor saída não é abrir mão da herança, já que, ao fazer isso, será como se você nunca tivesse herdado nada. Logo, é melhor recorrer a cessão de bens.
LEIA MAIS EM...

Dicas práticas para começar 2020 longe das dívidas

@
Final de ano chegando, temporada de Black Friday, férias e as famosas festas de confraternização. Como conseguir aproveitar tudo e ainda manter o planejamento financeiro para iniciar o ano sem nenhuma dívida? É importante seguir uma série de cuidados para alcançar esse objetivo.

Especialistas recomendam que aplicando algumas dicas de educação financeira é possível entender quais são os bons investimentos para fazer o dinheiro render mais a cada mês e seguir sem dívidas.

Além disso, para quem já está endividado, algumas empresas costumam fazer feirões no final do ano para negociar pendências e chegam a oferecer descontos imperdíveis para que o consumidor comece o ano com pé direito.

O consumidor que está com o CPF bloqueado por alguma restrição de crédito e pode aproveitar o 13º salário para participar da mega negociação promovida pelo Serasa até o dia 1 de dezembro. De acordo com a empresa, os descontos podem chegar até 80% do valor da dívida no Feirão Limpa Nome.

Compras e Black Friday

As grandes liquidações de final de ano podem atrapalhar ou iludir quem fez um amplo controle financeiro nos últimos meses. Algumas medidas são recomendadas para não cair na cilada dos grandes descontos.

O maior erro do consumidor é comprar algo apenas por ter valor reduzido, sem avaliar se aquele item será mesmo útil em seu dia.

Para evitar que isso aconteça, a recomendação é fazer uma lista com todos os produtos que deseja comprar e também os nomes das pessoas a quem deseja presentear. O consumidor precisa checar os valores médios atuais e deve estipular um limite máximo para efetivar cada compra para evitar sobrecarregar as contas mensais.

O desconto é real? Veja na na planilha qual era a média de preço daquele produto. Se não tiver um histórico, alguns sites fazem isso por você. Assim terá a certeza se o item realmente está com um bom preço.

A Black Friday está chegando e pode ser um ótimo momento para fazer aquelas comprinhas especiais, mas é preciso ter atenção, a campanha também ganhou a terrível fama de “tudo pela metade do dobro’ por causa de ofertas enganosas.

Veja também as lojas que oferecem descontos maiores para pagamento por boleto que podem chegar a 10%. Essa é uma grande vantagem para quem tem dinheiro guardado.

A Black Friday 2019 ocorre no dia 29 de novembro, em lojas físicas e virtuais, e deve movimentar grandes vendas em diversos segmentos. O Procon alerta para que os consumidores tenham cuidado com ofertas milagrosas e evitem sites suspeitos.

É possível economizar nas férias e viagens

É também comum aproveitar o verão e o recesso escolar para aquela viagem dos sonhos, mas isso não precisa comprometer as economias do trabalhador.

A primeira dica é o planejamento, item importante para uma vida financeira saudável. O consumidor deve escolher um destino dentro das suas possibilidades, definir os valores que poderá pagar e começar a programar as férias.

Ele deve aproveitar a fase de planejamento para avaliar os passeios oferecidos e se algum concede desconto para compra antecipada. Toda economia é válida!

Durante a viagem, é importante fazer anotações dos gastos e assim ter um controle melhor sobre as suas despesas. Existem bons aplicativos que ajudam nessa tarefa.

É importante reservar uma parte do dinheiro para os passeios, refeições e é claro para as bugigangas. O consumidor precisa ter muita atenção para não ultrapassar sua meta.

É aconselhável reservar 10% do valor pretendido para gastar na viagem para alguma emergência, mas só utilizar se realmente for necessário. Esse será um excelente sinal de que o planejamento financeiro está funcionando!

Ao tomar todos esses cuidados, o consumidor chegará em 2020 com a vida financeira saudável.  (Publicado em 12/11/2019 , por Mayk Souza)

Escolas públicas sofrem com baixa qualidade do ensino de inglês

Levantamento foi divulgado pela agência British Council
Arquivo/ Agência Brasil
O uso do inglês como prática social – aquela aplicada a necessidades básicas de comunicação, como se apresentar, pedir produtos em uma loja ou manter uma conversa curta – ainda não é o foco principal do ensino da língua estrangeira na rede pública, de acordo com a pesquisa divulgada pela agência do governo britânico British Council.

Apenas dois estados brasileiros avaliados atingiram todos os critérios necessários para o ensino de qualidade do inglês: Paraná e Pernambuco. São Paulo e Distrito Federal ficaram atrás, mas acima da média brasileira. Pará, Amapá, Goiás, Mato Grosso e Alagoas não aparecem no estudo. Os demais estados apresentaram desempenho mediano ou insuficiente para os critérios do British Council, agência internacional do Reino Unido para educação e cultura.

Chamado Políticas Públicas para o Ensino de Inglês, o levantamento avalia o panorama que receberá, no ano que vem, as mudanças na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira. De acordo com o texto da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada em 2018, o ensino da língua inglesa passará a integrar o currículo como matéria obrigatória.

Desafios

A pesquisa aponta dois déficits no desenvolvimento do ensino do idioma nas escolas públicas: a falta de professores qualificados e o foco no ensino gramatical em detrimento do ensino social da língua. “Uma vez que os discursos se organizam em práticas sociais, historicamente construídas e dinâmicas, o seu ensino pela prática traz um maior significado para o aluno”, explica Cíntia Toth Gonçalves, gerente sênior de inglês do British Council.

De acordo com o Censo Escolar do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) de 2017, apenas 45% dos 62 mil professores de inglês na rede pública têm formação superior na área de línguas estrangeiras. Paraná e Sergipe são os únicos estados com mais de 70% dos docentes habilitados em língua inglesa ou estrangeira moderna.

"Essa é uma situação difícil, mas não única no mundo. No contexto brasileiro, é primordial que se concentrem esforços também na formação inicial dos futuros professores para que eles estejam preparados para atender à demanda gerada pela BNCC", afirma Cintia.
POR AGÊNCIA BRASIL

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca

Doença mata 14 mil brasileiros por ano
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, doença que é a segunda principal causa de morte por câncer de pessoas do sexo masculino no país – cerca de 14 mil óbitos por ano. Os dados, do Instituto Nacional de Câncer (Inca), servem de alerta para que os homens não deixem a saúde de lado. Apesar do alto índice da doença, o levantamento mostra que metade dos brasileiros nunca foram a um urologista.

“Infelizmente ainda há muito bloqueio por parte do público masculino em relação ao exame do toque retal. Felizmente, isso tem melhorado um pouco ao longo dos anos. Associado a esse tabu, de ser um exame um pouco mais evasivo, de mexer com a parte da sexualidade masculina, o homem acaba ficando com um pouco mais de receio de ir ao médico”, ressalta Felipe Costa, médico urologista do Hospital do Homem, na capital paulista.

Próstata aumentada - Divulgação/Sociedade
 Brasileira de Urologia
O câncer de próstata, assim como a pressão alta e o diabetes, é silencioso. De acordo com o médico, a única forma segura de se precaver em relação à doença é a consulta clínica. Homens a partir dos 50 anos devem realizar o exame anualmente.

“Há grupos com fator de risco maior para o câncer de próstata: são os negros e aqueles indivíduos que têm história na família com câncer de próstata abaixo dos 60 anos. Para essas pessoas, a partir dos 40 ou 45 anos, eles já devem ter um acompanhamento direcionado para diagnosticar a doença”, ressalta o médico.

Doença lenta

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce lentamente, não causa sintomas e, no início, pode ser tratado com bastante eficácia. Em outros casos, no entanto, pode crescer rapidamente, espalhar-se para outros órgãos e causar a morte.

“O exame é extremamente rápido, é feito com anestésico local, de uma forma que provoque menos incômodo para a pessoa. Ainda hoje é uma das formas mais seguras e eficientes que a gente tem para poder diagnosticar o câncer de próstata na forma mais inicial”, destaca o médico.

Além do exame preventivo, os médicos recomendam que sejam evitados outros fatores, já conhecidos facilitadores da doença, como alimentação pobre em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais; sedentarismo, consumo de álcool e tabaco.

Segundo o Ministério da Saúde, estimativas apontam que ocorreram 68.220 novos casos da doença em 2018. Esse número corresponde a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens.

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Em homens jovens, a próstata possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.
POR AGÊNCIAS BRASIL

Brasil exporta projeto de bancos de leite para parceiros do Brics

Unidades em mais de 20 países servem como casa de apoio à amamentação
Elza Fiúza/Arquivo/Agência Brasil
Na próxima segunda-feira (18), Angola iniciará a implantação de uma rede de bancos de leite para apoio às mães com filhos em idade de amamentação. O país na costa ocidental da África é o 22º a tomar essa iniciativa com apoio e cooperação do Brasil, que iniciou a implementação de bancos de leite em meados da década de 1980 e pôs em funcionamento a sua própria rede nacional em 1998.

Na África, o projeto está também em funcionamento em Cabo Verde e Moçambique. Está presente ainda em 17 países latino-americanos e em dois países europeus – Portugal e Espanha. A expertise brasileira na cooperação internacional chamou atenção dos parceiros do Brics - acrônimo formado com as letras inicias de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (South Africa).

Com a presidência brasileira pro tempore (temporária) do Brics, abriu-se a expectativa de que, no próximo ano, o Brasil inicie a colaboração com seus quatro parceiros no grupo de países de economia emergente.

A cooperação é técnica e não envolve repasse de recursos. O apoio vai desde a elaboração de projetos, assessoria na escolha de hospitais participantes das redes locais, especificação de equipamentos e treinamento de pessoal como processamento de leite humano, práticas de aleitamento e gestão de banco de leite.

Conforme explicou à Agência Brasil Joao Aprigio Guerra de Almeida, pesquisador da Fiocruz e coordenador da Rede Global de Bancos de Leite Humano, constituída a pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS), a assessoria brasileira não impõe roteiro de criação de banco de leites em outros países.

“É um produto SUS-Brasil de exportação. Não transferimos modelos, mas sim princípios e apoiamos na adaptação às suas realidades. A cooperação brasileira se pauta por valores importantes como a horizontalidade, o compartilhamento, a não intervenção e o respeito à independência dos países”, assinalou Almeida.

A demanda de cooperação com os demais membros do Brics foi formalizada em uma reunião técnica ocorrida em agosto em Brasília, e ratificada em encontro dos ministros de Saúde dos cinco países, realizado em outubro em Curitiba.

Campanha Nacional 
LEIA MAIS EM...

7 Combinações De Alimentos Incríveis Para Sua Saúde

@
#combinaralimentos #alimentossaudaveis #Natureba
Nós falamos muito aqui no canal sobre os benefícios que os alimentos podem trazer a nossa saúde. Mas você sabia que a combinação de alguns alimentos podem ser extremamente benéficos para o nosso organismo?
Por isso combinar os alimentos certos pode aumentar o aproveitamento dos nutrientes pelo seu corpo. É isso o que acontece com o famoso suco de abacaxi com hortelã. Além de deliciosa e refrescante, essa combinação é uma excelente alternativa para limpar o organismo e facilitar a digestão. Já que a bromelina, presente no abacaxi, auxilia na desintoxicação do fígado e a hortelã é ótima para o processo digestivo. Quando dois ou mais ingredientes interagem entre si durante a digestão e facilitam a absorção de todos os nutrientes envolvidos, ocorre a sinergia alimentar. Dessa forma, os benefícios ao organismo são muito mais amplos e completos do que quando os alimentos são ingeridos isoladamente. E além disso, não deixa de ser uma ótima harmonização na gastronomia. Quer entender na prática como isso funciona? Conheça algumas combinações ideais de alimentos: Feijão + couve + laranja (ferro e vitamina C): Tomate + abacate ou azeite de oliva (gorduras monoinsaturadas e licopeno): Mamão + linhaça: Feijão + arroz: Cenoura + ervilha: Chá verde + limão: Tomate + brócolis: Assim como existem as interações positivas, quando ingerimos certas combinações de nutrientes, há também aquelas que não vão ajudar tanto essa absorção dos nutrientes, como é o caso do cálcio e o ferro. E aí, gostou de conhecer alguns tipos de combinação de alimentos que ajudam na absorção de nutrientes pelo organismo? É importante ter uma alimentação variada e, sempre que possível, juntar dois grupos alimentares que se complementam em uma refeição.

Segredo da longevidade pode ter sido descoberto, dizem cientistas

@
Estudo revela que 'super' sistema imunológico dos supercentenários abriga grande proporção de célula T auxiliar, que pode atacar e matar diretamente outras células de ameaça.
Qual é o segredo para a longevidade? Os pesquisadores Kosuke Hashimoto, Nobuyoshi Hirose e Piero Carninci acreditam que a resposta para viver mais dos 110 anos pode ser um aumento das células assassinas na corrente sanguínea.
LEIA MAIS EM...

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK