PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 28 de março de 2017

Quadrilha planejava furtar corpo de fundador da Ferrari

© Getty Images
O objetivo dos bandidos era chantagear a família para restituir o corpo
Os policiais de Nuoro, na ilha italiana da Sardenha, desmantelaram uma quadrilha que pretendia furtar os restos mortais do fundador da montadora e escuderia Ferrari, Enzo Ferrari (1898-1988), sepultados no cemitério monumental de Modena.

O objetivo dos bandidos era chantagear a família para restituir o corpo. Eles chegaram até a visitar o local do túmulo e a decidir como os restos mortais seriam mantidos. O grupo era formado por traficantes de drogas e armas que atuavam entre a Sardenha e o norte da Itália.
A operação que desbaratou a quadrilha terminou com a prisão preventiva de 34 pessoas. "Eles tinham planejado tudo nos mínimos detalhes. O plano do furto parecia o modus operandi de um sequestro de pessoa", contou o comandante dos carabineiros de Nuoro, coronel Saverio Ceglie. Com informações da ANSA.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK