PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O que a sua maneira de dormir diz sobre o seu relacionamento, de acordo com a ciência

POR GADOO - Pesquisas psicológicas realizadas no Edinburgh International Science Festival, no Reino Unido, descobriram que alterações no relacionamento de um casal pode mudar as posições em que eles dormem.
É importante salientar que não é a posição em que ficam antes de ir dormir ou logo após adormeceram, e sim a que dormem a noite toda e acordam pela manhã.
Com base na pesquisa do Professor Richard Wiseman (Universidade de Hertfordshire) e no trabalho da psicóloga Corinne Sweet, trazemos informações sobre essas posições para que você entenda melhor o seu relacionamento.
Confira:
1. Posição “abraço de lua de mel”: é comum quando o casal acaba de começar um relacionamento ou passou algum tempo separado um do outro. Ela também é popular entre casais quando a vida familiar ainda é apaixonada e cheia de ternura e amor.
O que a sua maneira de dormir diz sobre o seu relacionamento, de acordo com a ciência
Post traz informações sobre o que a sua maneira de dormir diz sobre seu relacionamento, de acordo com a ciência.
2. Posição “Diálogo”: é bastante comum entre o casal que mantêm uma forte conexão, porém que ainda precisa passar mais tempo juntos e se comunicar mais frequentemente.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
3. Posição “Observando as estrelas”: nesta posição os parceiros dormem de costas. Geralmente, um está deitado de costas, enquanto o outro descansa a cabeça no ombro alheio. O casal possui grande química, no entanto, às vezes, um dos envolvidos se sente um pouco desconfortável sendo forçado a olhar o outro ponto de vista.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
4. Esta posição: é muito comum entre os casais que não têm medo de demonstrar seus sentimentos. Em geral, significa que o homem é mais mandão e dominador no relacionamento.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
5. Posição “Eu te amo”: as pessoas que ficam nesta posição geralmente são muito felizes e desfrutam de seus relacionamentos. Ela reflete o respeito mútuo do espaço pessoal. Ao tocarem as costas provam que é muito importante sentir a presença do cônjuge nas proximidades.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
6. Posição “Liberdade”: em geral, demonstra que um casal foi para a cama depois de uma grande briga. Porém há outra explicação que diz que ambos provavelmente são independentes e egocêntricos, e que exigem muito espaço pessoal.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
7. Posição “Rei da cama”: pessoas que se espalham por toda a cama, em geral, sentem a necessidade de se afirmarem ao invés de mostrar seus sentimentos ao cônjuge. Seu comportamento nos relacionamentos é geralmente muito egoísta, e isso reflete em seus hábitos de sono.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
8. Esta posição: indica relações harmoniosas e apaixonadas, além de ser bastante popular nos primeiros anos de relacionamento. O parceiro por trás, em geral, desempenha um papel dominante na relação. O outro envolvido, por outro lado, gosta do sentimento de ser protegido.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
9. Esta posição: é uma das mais complexas com ao menos duas interpretações possíveis. Em geral, reflete uma relação sem paixão em que ao menos um dos envolvidos se sente assim. Uma segunda interpretação é que a pessoa que vira as costas está disposta a ter mais atenção.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
10. “Abraço de perna”: o casal prefere dormir sem muito contato, mas, casualmente, tocam os pés um dos outro. Em geral, estes amantes compartilham da harmonia da família e da confiança mútua, e dão liberdade um ao outro.
Foto: Brightside
Foto: Brightside
Fonte: Brightside

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK