PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Médico é acusado de ejacular no rosto de paciente nos EUA

A paciente de 22 anos relatou o abuso a outro médico de plantão

MUNDO NOVA YORK


Um médico de 45 anos foi proibido de entrar em contato com pacientes após ser acusado de ejacular no rosto de uma mulher que estava sob seus cuidados.

O New York Daily News informa que o caso aconteceu quando David Newman estava atendendo na emergência do Mount Sinai Hospital, em Nova York (EUA), no dia 11 de janeiro.
 Uma paciente de 22 anos chegou ao local alegando fortes dores em um dos ombros. O processo refere que David administrou duas doses de morfina à paciente, que permaneceu consciente, mas sem condições de se mover.
 A paciente, que não foi identificada por questão legal, contou que o médico acariciou os seus seios e se masturbou na sua frente, ejaculando no seu rosto. A jovem recolheu amostras do sêmen em saco plástico, após recuperar os movimentos.
A publicação refere que a paciente denunciou o abuso a outro médico de plantão. Ainda segundo a reportagem, Davi é veterano da Guerra do Iraque, onde chegou a ser condecorado por sua participação.
FONTE: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK