PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Como lidar com Tosse em Crianças

Saiba como é a tosse em crianças e quando se preocupar. Veja os sintomas e causas da tosse alérgica e o que especialistas dizem sobre medicamentos. 
A tosse em crianças precisa da avaliação de especialista.
Basta o clima esfriar para os pais de crianças pequenas começarem a sofrer com a tosse dos filhos. É algo que assusta até mesmo os pais mais experientes, mas principalmente os de primeira viagem. No entanto, a primeira coisa que devemos lembrar é que a tosse é um mecanismo de defesa das vias áreas. A tosse não significa uma doença, ela é um sintoma, além de ser um sinal de alerta.
A tosse é a maneira que o corpo encontra de expulsar o que não é bom, de expelir secreções, evitando acúmulo e complicações. Ela pode também ser consequência de reações alérgicas ou apenas que irritam as vias aéreas. O organismo reage à esses agentes, tossindo, ou seja, impedindo a permanência no corpo.
Mas as crianças pequenas, em especial os bebês que ainda não tem as vias aéreas muito maduras sentem incômodo muito mais fácil e a tosse aparece mais facilmente, de forma excessiva.
Causas comuns da tosse: Além dos fatores irritantes, um exemplo clássico é quando a gente tosse devido a irritação de uma fumaça ou um cheiro muito forte. O que mais causa tosse em um bebê são as infecções virais, bem típicas do clima do outono inverno. Os vírus podem ser de vários tipos, os que são mais leves, que causam apenas um pequeno resfriado e os mais agressivos como o da gripe (H1N1). Mas o frio também pode ser irritante e causar tosse.
Nos bebês que são alérgicos é muito comum a tosse decorrente de uma crise de asma ou rinite.

Quando Preocupar?

A tosse torna-se preocupante quando vem acompanhada de um quadro febril. A febre alta, além do esforço respiratório e do estado prostrado da criança é fator de alerta, pois pode caracterizar um quadro de pneumonia bacteriana, o que, provavelmente será necessário uso de antibióticos.
Quando um bebê fica resfriado é importante observar se a tosse aguda não está desencadeando uma dificuldade respiratória devido a bronquiolite viral aguda. A ausculta médica é importante para acompanhar o chiado no peito. Existem outros motivos para o bebê chiar como refluxo e alergias alimentares, mas o mais comum é mesmo devido a presença de algum vírus.
Se a tosse se prolongar por mais de duas semanas é importante uma consulta médica para que possa ser avaliado e descartado doenças mais graves como coqueluche, fibrose cística, doença do refluxo e até mesmo tuberculose.
Quando a tosse vem acompanhada de muito catarro e peito cheio, é possível também que seja alguma doença bacteriana, e que precisa ser controlada. Como as crianças não sabe assoar o nariz, a secreção se acumula. E a piora acaba acarretando a necessidade de antibióticos.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK